Trânsito

Estação de tratamento da Caern transborda e inunda Rota do Sol com dejetos

Em razão da quantidade de chuva que cai na Grande Natal durante final de semana, Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) Rota do Sol da Caern transbordou, inundando a Rota do Sol com dejetos nos dois sentidos e interrompendo o trânsito na noite deste domingo (3).

Alguns motoristas com veículos maiores ainda conseguiram passar pelo local, mesmo com água na altura das portas dos carros, mas a quantidade de água é grande e a correnteza é forte.

Vários carros estão retornando na contramão, nas dois sentidos, por não haver condições de trafegar pelo local.

Homens em um Troller ajudaram a resgatar uma família com uma criança de colo que estava em outro veículo que não conseguia sair da área alagada com esgoto.

Opinião dos leitores

  1. Apenas uma pergunta: foi autorizado uma estação de tratamento de esgotos numa área de preservação como aquela?

  2. É UMA VERGONHA, ESTE PROBLEMA JÁ OCORRE A VÁRIOS ANOS. O PROBLEMA É SEMPRE O MESMO. A INCONPETENCIA DA PREFEITURA E DO GOVERNO DO ESTADO É SIMPLESMETNTE VERGONHOSO. O INCOMPETENTE DO PREFEITO JÁ DECRETOU ESTADO DE CALAMIDADE. NÃO FAZEM NADA. QUANDO OS PROBLEMAS VOLTAM A OCORRER, VEÊM COM DESCULPAS ESFARRAPADAS. TOTAL FALTA DE RESPEITO.

  3. Via conhecida como RN da Bosta. Passou ali quando chove, seu carro fica todo sujo de bosta. O meu até hoje cheira a bosta, com uma catinga q é igual a catinga de c u, não acaba nunca. Já mandei p inúmeras higienizadoras, mas a catinga continua.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Finanças

Municípios do RN têm dificuldade para implantar piso da enfermagem

Foto: Rovena Rosa

Sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro no último dia 4 de agosto, o novo piso nacional da Enfermagem foi uma vitória comemorada pela categoria que agora teme não vê-la se concretizar. Isso porque, a nova lei preocupa Estados e Municípios sobre os recursos para esse aumento na folha de pessoal tendo o orçamento que já esbarra nos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

No Rio Grande do Norte, pelo menos 140, dos 167 municípios que se enquadram no perfil de pequeno porte, dependem dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para equalizar as finanças e com os questionamentos feitos no Supremo Tribunal Federal (STF) por diversas entidades, o sindicato da categoria vê o risco da conquista não acontecer na prática e planejam mobilização com paralisações incluídas na pauta. O impacto nos municípios do RN pode ser de R$ 272,4 milhões, segundo levantamento da Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

A presidente do Conselho Municipal das Secretarias de Saúde do RN (Cosems), Maria Eliza Garcia, diz que o novo piso é merecido para esses profissionais que trabalham diretamente na linha de frente do atendimento à população, porém , ressalta que há preocupação enquanto gestão.  “Temos 140 municípios com menos de 20 mil habitantes e eles não têm sustentação de arrecadação vivendo do FPM para garantir o pagamento desse piso”, alertou a presidente.

Segundo a gestora, o novo piso elevará a folha dos enfermeiros de quase todos os municípios em 100%. “Estamos preocupados em como vamos articular, organizar e cumprir o piso, que sabemos que teremos que fazer, mas como vamos ter recursos para isso?”, questiona.

A Lei 14.434 estipula que, em todo o país, enfermeiros não poderão receber menos que R$ 4.750, independentemente de trabalharem na iniciativa privada ou no serviço público federal, estadual, municipal ou do Distrito Federal, mas não apenas isso, uma vez que 70% (R$ 3.325) deste valor deve ser pago aos técnicos e 50% (R$ 2.375), para auxiliares e parteiras. Os pisos salariais deverão ser aplicados por todos os setores até o início do próximo exercício financeiro. Por enquanto, só poderão ser aplicados em instituições privadas e filantrópicas e municípios que tenham disponibilidade orçamentária.

A lei que institui os pisos nacionais também determina que as remunerações e salários atualmente pagos a quem já ganha acima desses pisos deverão ser mantidos, independentemente da jornada de trabalho para o qual o trabalhador foi admitido. E que também os acordos individuais ou coletivos devem respeitar esses valores mínimos.

Tribuna do Norte

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comportamento

“É possível ser gay, ídolo e ganhar título”, diz ex-goleiro do América-RN, Flamengo e Grêmio

Foto: Arquivo Pessoal

Era apenas um amistoso na pré-temporada do Grêmio em 1993, contra o Capão da Canoa. Aos 12 minutos do primeiro tempo, o goleiro Kita, do Capão, lança o atacante Melancia. Ao ver o ponta livre, o jovem goleiro Emerson, então com 21 anos, se joga com força sobre o adversário para impedir o chute.

O choque provocou na perna direita de Emerson uma lesão gravíssima que o afastaria dos gramados por praticamente dois anos. Ninguém entendeu o reflexo arriscado em um jogo que não valia nada, e que terminaria inclusive com um placar elástico — 6 a 1 para o Grêmio.

Naquela altura, Emerson já era um goleiro das categorias de base da seleção brasileira, valorizado e assediado. E isso virou um fardo. Quanto mais famoso ficava, maior o risco de ser descoberto como homem gay pelos companheiros, pela mídia e até pela família.

“Eu me joguei desesperado. Na verdade, o desespero era outro, não era um desespero para não tomar gol. A minha vida pessoal, a cada defesa que eu fazia, cada vez que eu me destacava mais dentro de campo, o buraco vazio aumentava também inversamente proporcional. Quanto mais famoso eu ficava, mais difícil se tornava ser gay dentro desse ambiente.”

“Eu não tinha tido contato com o mundo gay até então, com 21 anos. Então, quando eu quebrei a perna, e foi uma lesão grave que poderia inclusive ter ter acabado com minha carreira, porque quebrou a tíbia e fíbula, eu acabei saindo de cena, apesar de toda a fama e todo a comoção que causou no Rio Grande do Sul. Mas eu acabei saindo de cena um pouco e foi o que me deu a oportunidade de poder repensar algumas coisas e começar a equilibrar isso. Foi inconsciente, mas foi um ato de desespero mesmo para tentar mudar o rumo das coisas”, diz o ex-goleiro.

No podcast do ge, “Nos Armários dos Vestiários”, Emerson decidiu falar publicamente sobre como lidou com sua sexualidade durante os mais de 30 anos de futebol para ser um exemplo positivo especialmente para os atletas mais jovens que eventualmente se sintam presos no armário por causa do preconceito.

“O ambiente do futebol é muito hostil para um gay, muito mesmo. Eu fico imaginando quantos garotos desistiram de se tornar jogador de futebol por conta disso, por perceberem essa situação. Quantos talentos foram perdidos? O futebol perdeu, os clubes perderam, porque o ambiente realmente não ajuda. Eu segui com tudo isso, mas sofri com as consequências de seguir, era o meu sonho. Eu queria ser goleiro do Grêmio. Eu queria ser um jogador de futebol. Eu eu conquistei isso, só tive que que enfrentar um outro lado que é muito difícil”, afirma.

GE

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comportamento

Policiais militares discutem e vão parar na delegacia

Dois policiais militares foram parar na Central de Flagrantes da Polícia Civil após uma discussão entre eles. O caso aconteceu no bairro de Cajupiranga, em Parnamirim, na Região Metropolitana de Natal, nessa quinta-feira (18).

De acordo com as informações preliminares, a briga entre os PMs teria sido causada por motivos pessoais. Segundo a Polícia Militar, uma equipe foi acionada após uma denúncia indicar que um deles estaria baleado.

A guarnição foi ao local, mas não havia ninguém baleado. Ainda circulou a informação de que disparos teriam acontecido, mas não houve confirmação. Os dois militares foram encaminhados para a Delegacia de Plantão, em Cidade da Esperança, na zona Oeste de Natal.

A arma de um dos policiais foi apreendida por causa da suspeita dos disparos. Os agentes de segurança devem responder na justiça militar.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

Corpo é encontrado em mangue com marcas de tiro e pés amarrados com arame farpado na Grande Natal

Foto: Sérgio Henrique Santos

O corpo de um homem foi encontrado em um mangue da Grande Natal com possíveis sinais de violência e os pés amarrados com arame farpado. O caso aconteceu na tarde desta quinta-feira (18).

Segundo a Polícia Civil, o corpo estava na gamboa – pequena lagoa formada próximo ao rio dos Coqueiros – um afluente do Rio Potengi, em São Gonçalo do Amarante.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por pessoas que viram o corpo no local de difícil acesso e enviou uma equipe para fazer o resgate.

De acordo com o sargento Carvalho, que comandou a operação, o corpo é de um homem que aparenta ter entre 40 e 45 anos.

Ainda de acordo com os militares, o corpo tinha uma marca, possivelmente de disparo de arma de fogo, na altura da cabeça, e estava com os pés amarrados com arame farpado. Ele estava vestido apenas com uma bermuda de cor preta.

Os militares informaram que o corpo não estava em estado de decomposição, o que significa que a morte é recente.

Após o resgate, os militares levaram o corpo até uma área do Rio Potengi, perto da ponte de Igapó, onde ele foi recolhido pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep).

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil foi acionada para dar início às investigações.

G1 RN

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Ex-reitor do IFRN é condenado pelo TRE-RN por propaganda antecipada nas redes sociais

Foto: Reprodução 

O Ministério Público Eleitoral propôs representação por propaganda eleitoral irregular antecipada em desfavor de Josué de Oliveira Moreira, conhecido também como Prof. Josué Moreira, pré-candidato ao cargo de deputado federal nas Eleições de 2022. Na sessão plenária desta quarta-feira (17), a corte do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) julgou como procedente a representação, aplicando a multa mínima prevista (R$ 5.000,00), a ser paga pelo pré-candidato. A notícia é do próprio TRE.

Segundo o representante, o pré-candidato divulgou em seu perfil em rede social particular, uma postagem contendo explícito pedido de voto em seu favor. Nela há a frase “Vote em quem irá trabalhar em prol do seu Estado, cidade e da nação brasileira. Sigamos!” atrelada à imagem do representado, publicada no mês de julho de 2022, antes do período de campanha eleitoral.

“Neste caso, reconheço o pedido explícito de voto. A expressão ‘Vote em quem irá trabalhar em prol do seu Estado, cidade e da nação brasileira. Sigamos!’, tudo associado a ele é considerado como o pedido ‘vote em mim!’. A fundamentação do meu voto é no sentido de julgar procedente o pedido contido na representação e condenar o representado pela prática de propaganda extemporânea”, destacou o relator do processo, juiz José Carlos.

96 FM

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

VÍDEO: Homem morre e mulher grávida é presa após confronto com a PM na Grande Natal

Vídeo: Reprodução 

Um suspeito de assalto morreu e uma mulher foi presa após um confronto com a Polícia Militar. A troca de tiros aconteceu no bairro de Golandim, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, na noite dessa quinta-feira (18).

O que chama a atenção é que a mulher está grávida. Contra ela, a polícia disse que já existia um mandado de prisão em aberto.

De acordo com a polícia, a ocorrência começou na avenida das Fronteiras, na zona Norte de Natal. O casal roubou a bolsa de uma mulher com diversos bens pessoais, como carteira, celular, cartões e dinheiro. A PM foi acionada e fez buscas, mas, inicialmente, os suspeitos não foram localizados.

Em seguida, a vítima conseguiu rastrear o celular e acionou novamente a PM. Os policiais foram ao local indicado e foram recebidos a tiros. Houve revide e o criminoso acabou baleado.

Ele chegou a ser socorrido para o Hospital Santa Cataria, mas não resistiu e morreu ao dar entrada na unidade hospitalar. A criminosa foi detida e levada para a Central de Flagrantes da Polícia Civil, na zona Norte da capital.

Portal da Tropical

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

BRONCA: Fátima sem Carlos Eduardo

Foto: Redes sociais

A governadora Fátima Bezerra está tendo que administrar um grande problema na sua campanha pela reeleição.

E o problema tem nome e sobrenome: Carlos Eduardo Alves.

Aproximadamente 50 prefeitos que apoiam a governadora e também o ex-ministro Rogério Marinho, candidato ao Senado pelo PL, não aceitam que Fátima chegue no município acompanhada do ex-prefeito de Natal e candidato a senador pelo PDT.

A altíssima rejeição a Carlos Eduardo Alves tem gerado muito estresse e tensão na campanha da governadora, principalmente na agenda, a equipe de mobilização e articulação tem sido obrigada a montar a agenda sem a presença do ex-prefeito da capital.

Nos municípios cujos prefeitos apoiam a chapa Fátima Bezerra-Rogério Marinho, a governadora já está avisada: ela será muito bem recebida, mas sem Carlos Eduardo.

É BRONCA….

Opinião dos leitores

  1. As pesquisas reais, aquelas guardadas nos bastidores mostram que Carlos perde de lavada para o senado. Seu desespero fica evidente a cada atitudes louca tomada e fala desconectada com a vontade do povo.
    Não adiantou Garibaldi tentar salvar a vida política do filho e dele, um sabe que vai morrer politicamente nessa eleição e o outro corre risco devido a enorme rejeição da governadora.
    Por sinal a enorme rejeição de Fátima é o grande impecílio que os prefeitos encontram e não estão conseguindo transferir os votos.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Presidente do STF derruba liminar e torna Eduardo Cunha inelegível de novo

Foto: Sérgio Lima/Poder360

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Luiz Fux, anulou na quinta-feira (18.ago.2022) uma decisão que suspendia a inelegibilidade do ex-deputado Eduardo Cunha (PTB).

O ex-presidente da Câmara chegou a se candidatar para o cargo de deputado nas eleições de outubro. A decisão de Fux considerou pedido da PGR (Procuradoria Geral da República).

A determinação que beneficiou Cunha foi tomada em julho deste ano pelo juiz Carlos Augusto Pires Brandão, do TRF-1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região). Suspendeu os efeitos de parte de uma resolução da Câmara que determinava a inelegibilidade do ex-deputado.

A medida atendeu a um pedido da defesa de Cunha, que apontou irregularidades na tramitação do processo de cassação do seu mandato.

Na interpretação de Fux, ao tornar Cunha elegível novamente, a Justiça interferiu no funcionamento do Legislativo. “A decisão impugnada obsta de modo indevido o regular exercício de competência constitucional exclusiva do Poder Legislativo”, escreveu o ministro.

A decisão do presidente do STF ficará vigente até o trânsito em julgado da ação de origem.

Poder360

Opinião dos leitores

  1. Ninguem entende esse stf(em minúsculo mesmo), para soltar o maior ladrão do mundo com condenações em tres instâncias, foi num passe de magica, ai querem que o Cidadão acha que elles estão obedecendo a Constituição. É o fim da picada. OBS. Não sou eleitor, nem defensor do Sr. Eduardo Cunha, mais são dois pesos e duas medidas.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Kid Bengala tenta vaga na Câmara dos Deputados: “Vou entrar com tudo”

Foto: Reprodução/TSE

Clóvis Basílio dos Santos, mais conhecido como Kid Bengala, é mais uma das figuras que tentarão uma vaga na Câmara dos Deputados nas eleições deste ano. O anúncio da candidatura foi feito na última quarta-feira (17/8), em publicação realizada no TikTok.

“Como o Lucas, como o seu João, como o José, como o Ricardo, também como a Flávia, como a Maria, como a Joice, enfim, eu como todos os brasileiros e brasileiras estou de saco cheio de tanta sacanagem na política. Por isso, como você, eu resolvi inovar para meter o pau nessa bagunça”, disse na publicação que já passa das 196 mil visualizações.

Kid Bengala, que disputa o cargo de deputado federal pelo União Brasil, afirma que resolveu inovar e tentar uma candidatura para “meter o pau nessa bagunça”. “Pode apostar que eu vou entrar é com tudo”, finalizou o ator pornô de 67 anos.

Esta é a quarta vez que Kid Bengala concorre a um cargo político. Em 2008, se candidatou a vereador pela cidade de São Paulo. Na segunda eleição, saiu como candidato a deputado estadual. Já nas últimas, realizadas em 2020, tentou novamente o cargo de vereador. Em nenhuma das ocasiões o ator pornô conseguiu votos suficientes para ser eleito.

Metrópoles

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Governo pretende aumentar a tributação para quem ganha mais, diz Guedes

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quinta-feira (18), que o governo pretende aumentar a tributação para quem ganha mais, simplificando os impostos como contrapartida. “A base de arrecadação aumenta e essa massa de arrecadação maior paga a transferência de renda”, comentou.

Durante participação em evento do BTG Pactual, o ministro defendeu um mix de política econômica baseado em ação social do governo, investimento privado e melhor gestão do capital público.

Guedes criticou o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), dizendo que o banco teria agido junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) para não devolver recursos ao governo.

“Em vez de pagar, foram no TCU e convenceram o TCU de que era melhor deixar para pagar mais na frente. Nós temos que botar eles para pagar, porque, quando paga, a gente reduz um pouquinho o bônus deles mas, em compensação, reduz os impostos para todo mundo”, disse Guedes.

Estadão Conteúdo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *