Segurança

Exército defende declarações de general Villas Bôas no Twitter

Foto: Pedro Ladeira/Folhapress – 27.2.2018

O Exército brasileiro defendeu na última quarta-feira (4) as manifestações do general Eduardo Villas Bôas na véspera do julgamento do habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Pelo Twitter, ele afirmou que a instituição não aceitava “impunidade” e que estava atenta “às suas missões institucionais”.

“As palavras do general Villas Bôas deixam claro sua preocupação com o País, expressando ideias já abordadas em diversas outras ocasiões”, disse o Exército em nota enviada ao jornal O Estado de S. Paulo.

O texto também afirmou que “o Comandante do Exército é a autoridade responsável por expressar o posicionamento institucional da Força e tem se manifestado publicamente sobre os temas que considera relevantes”.

O posicionamento do Exército foi enviado depois de a reportagem questionar a instituição sobre o Regulamento Disciplinar do Exército, que proíbe militares de se manifestar publicamente a respeito de assuntos de natureza político-partidário, ao menos que esteja autorizado.

O decreto de agosto de 2002 tem por “finalidade especificar as transgressões disciplinares e estabelecer normas relativas a punições disciplinares” e lista 113 ações que, em tese, não deveriam ser praticadas por todos os militares – inclusive pelo general Villas Bôas.

O regimento diz ainda que um militar da ativa não deve “tomar parte em discussão a respeito de assuntos de natureza político-partidária ou religiosa”. Um membro do Exército também precisaria de autorização para “discutir ou provocar discussão, por qualquer veículo de comunicação, sobre assuntos políticos ou militares”. Ao militar também é vedado “tomar parte, fardado, em manifestações de natureza político-partidária”.

R7, com Estadão

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisa

Instituto de pesquisa DataVero se destaca pelo uso de tecnologia moderna e transparência de dados

O instituto de pesquisa DataVero tem chamado a atenção, nesse período pré-eleitoral, pelo formato arrojado na apresentação de seus relatórios. Utilizando recursos de Business Intelligence, o DataVero consegue chegar a uma infinidade de cruzamentos de dados que impressiona e tem sido usado pelos contratantes para obter um diagnóstico do quadro com uma riqueza gigantesca de informações a respeito do que pensa o eleitorado daquele universo pesquisado.

Para se ter uma ideia da dimensão do alcance da pesquisa DataVero, o mais recente levantamento feito pelo instituto, na cidade de Mossoró, revela mais de 1 milhão de possibilidades de respostas e informações a partir dos cruzamentos de dados dos locais pesquisados com os filtros de qualificação dos eleitores, como sexo, faixa etária, renda salarial, religião e grau de instrução.

Dessa forma, é possível saber, por exemplo, o que pensa o eleitorado jovem ou idoso, somente feminino, de religião evangélica, que sabe ler e escrever, ganha acima de dois salários mínimos e mora no Alto de São Manoel. Em questão de segundos, as informações são processadas e estão prontas para serem analisadas.

Com essa riqueza de detalhes apresentados com rapidez, o contratante avalia detalhadamente o que pensa cada segmento do eleitorado em cada bairro ou comunidade pesquisada.
No caso da pesquisa realizada em Mossoró, foram 30 locais pesquisados, multiplicado por 31 gráficos apresentados, 6 filtros de faixas de renda, 7 filtros de religião, 4 faixas de idade, 5 escolaridades e 2 sexos.

Com a multiplicação desses dados, chegaremos a um número que pode parecer impensável, mas é real: 1 milhão 562 mil e 400 possibilidades de informações disponíveis a partir de um único relatório.
O acesso ao relatório de apresentação da pesquisa DataVero é de fácil manuseio e não ocupa espaço em computador, tablet ou notebook, pois é feito utilizando apenas um link.

No caso de Mossoró, o link de acesso é esse abaixo. O leitor abre o link e utiliza as setas para prosseguir na leitura dos dados e realizar as filtragens que julgar necessárias.

https://bit.ly/pesquisa-DataVero-Mossoro-abril-2024

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

VÍDEO: “Se algo ruim acontecer comigo, não desanimem”, diz Bolsonaro a apoiadores

Foto: Wagner Meier – Poder360

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) incentivou neste domingo (21) que seus apoiadores “continuem lutando” contra aqueles que se opõem aos ideais defendidos pelo ex-presidente. Ele pediu que, “se algo ruim acontecer” contra ele, que os manifestantes “não desanimem” de defender as melhorias para o Brasil.

Sabemos onde estão os problemas do Brasil, sabemos o que fazer. E temos tudo para vencer. Se algo ruim acontecer comigo, não desanimem, continuem a luta. Porque os covardes só podem fazer uma coisa comigo, como eles querem concluir o 6 de setembro de 2018 na pessoa de um soldado deles, Adélio Bispo”, declarou Bolsonaro no ato em Copacabana, no Rio. Em 6 de setembro de 2018, Bolsonaro foi alvo de ataque a faca em Juiz de Fora (MG), enquanto cumpria agenda eleitoral. O autor do ataque, Adélio Bispo de Oliveira, foi preso em flagrante. Ele foi filiado ao Psol de 2007 a 2014.

 

Leia outros assuntos abordados por Bolsonaro no discurso:

  • anistia a presos pelo 8 de Janeiro – “Não queiram condenar um número absurdo de pessoas porque alguns erraram invadindo e depredando patrimônio como se fossem terroristas ou golpistas”;
  • Esplanada de Lula – Dá para comparar esses 38 ministros de Lula com os 23 de Bolsonaro? Olha o perfil de Paulo Guedes, compare com Haddad, o pior prefeito da história de São Paulo”;
  • investigações contra si – “O sistema não gostou dos 4 anos nossos e passou a trabalhar contra a liberdade de expressão”;

Poder 360

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Elon Musk pergunta quanto custa para comprar a TV Globo

Imagem: reprodução/X

O empresário Elon Musk interagiu neste domingo (21) com uma postagem do perfil Joaquin Teixeira, conhecido por abordar diversos temas com viés crítico e humorístico, perguntando quanto custaria para comprar a TV Globo.

O grande problema do Brasil se chama TV Globo ou Globo Lixo, como é conhecida por aqui. Você poderia facilmente gastar alguns dólares, comprar essa emissora demoníaca e salvar nosso país”, escreveu Joaquim Teixeira, com uma imagem da logomarca da emissora em um esgoto.

Musk respondeu perguntando: “Quanto isso custaria?”

Opinião dos leitores

  1. Seria um sonho a rede esgoto ser compra pelo magnífico Elon musk,aí sim o presidente Bolsonaro seria nosso presidente novamente.

  2. Ele estava fazendo chacota, seus bozolóides burros…
    Kkkkkkklkkkkkkkkkkkkkk
    Que vergonhoso!kkkkkk

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Juiz dá decisão contrariando trecho da nova lei das saidinhas que exige exame criminológico para progressão de pena

Foto: Ascom/Seap

Um juiz estadual da comarca de Bauru (SP) deu uma decisão que contraria um trecho do projeto de lei que acabou com as “saidinhas” de presos aprovado pelo Congresso Nacional e sancionado pelo presidente Lula.

A decisão foi proferida pelo juiz Davi Marcio Prado Silva, do Tribunal de Justiça de São Paulo, e considerou inconstitucional o artigo da lei que exige o chamado “exame criminológico” para progressão de pena.

O exame consiste em uma avaliação psicológica por meio da qual o profissional decide se há chances de o detento voltar a cometer crimes nos regimes semiaberto ou aberto.

Segundo o projeto das saidinhas, o preso só poderá progredir de regime caso tenha esse aval de um psicólogo.

Em sua decisão desta terça, porém, o juiz de Bauru defendeu a inconstitucionalidade do trecho. Para isso, citou decisões antigas de ministros do STF contra a exigência do exame, entre eles, de Dias Toffoli e Edson Fachin.

“Evidente, pois, que a nova legislação, no ponto que determina a realização obrigatória, indiscriminada e abstrata do exame criminológico como requisito para progressão de pena, padece de inconstitucionalidade, por violação aos princípios da individualização da pena, da dignidade da pessoa humana e da duração razoável do processo”, escreveu o magistrado na decisão.

Veto derrubado

Nos bastidores, membros do Conselho Nacional de Política Penitenciária (CNPP), vinculado ao Ministério da Justiça, preveem que o trecho da nova lei sobre o exame criminológico será derrubado pelo Supremo.

Em fevereiro, antes da aprovação do projeto, a coluna noticiou juízes e membros do CNPP já avaliavam que o trecho do projeto sobre o exame poderia causar uma “pane” no sistema prisional brasileiro.

“A imposição da obrigatoriedade de exames criminológicos tende a agravar ainda mais esse cenário, na medida em que sua realização envolve uma equipe multidisciplinar, composta por psicólogos, psiquiatras e assistentes sociais, além da disponibilização de equipamentos, materiais e espaços adequados, já hoje insuficientes para atender a demanda atual”, dizia uma nota técnica do conselho.

Metrópoles, coluna de Igor Gadelha

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Carreta que transportava bebidas pega fogo na BR-304, em Macaíba

Foto: reprodução

Um incêndio atingiu uma carreta carregada com bebidas, na manhã deste domingo (21), na BR-304, em Macaíba, na Grande Natal. Ninguém se feriu.

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte informou que foi acionado ao local e iniciou o combate às chamas por volta das 11h.

Ainda segundo os bombeiros, o fogo se concentrou na cabine e atingiu parte da carga do veículo.

As possíveis causas do incêndio não foram informadas pela corporação até a última atualização desta matéria.

g1-RN

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

VÍDEO: “Elegeram um cara que é amante de ditaduras, do falecido Fidel Castro e venera Nicolas Maduro”, diz Jair Bolsonaro em ato no Rio

Em discurso na manhã deste domingo (21), quando reuniu milhares de apoiadores em Copacabana, no Rio de Janeiro, Jair Bolsonaro afirmou que atual presidente é ‘amante do falecido Fidel Castro’, venera Nicolas Maduro, está ao lado do Irã e esteve ao lado do Hamas.

“Elegeram um cara que é amante de ditaduras”, disse Bolsonaro. O ex-presidente disse ainda que Lula “está agora ao lado do Irã, nesse conflito que acontece do outro lado do mundo. Mais ainda, estiveram ao lado do Hamas. Isso que temos aí é democracia”? Questionou Bolsonaro.

Com informações de Metrópoles

Opinião dos leitores

    1. 🤐😵‍💫🚨Formamos uma organização chamada Vanguarda Armada Revolucionária Palmares (VAR-Palmares) e praticávamos ações de desapropriação de bancos. Buscávamos dinheiro no banco para comprar armas. Também fizemos algumas ações em quartéis para pegar armas. ✅ COMO TEM GENTE QUE DEFENDE ESSE POVO.

    2. Pelo menos a turma desses já tá fora do poder há décadas.
      Já os seus ditadores de estimação….

  1. Hoje no Brasil, só o ex presidente Jair Bolsonaro consegue juntar milhares de pessoas. E as pessoas vão “de graça”. Isso é incrível !

  2. Falando do Lula? 😱
    Que surpresa 🤪
    Quero ver atacar o Xandão…
    🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣

    1. Eu te desafio a atacar o Xandão já que tu deu a idéia. Quem mais comete falácias é teu “presidente”

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Meio Ambiente

Litoral potiguar tem 11 pontos impróprios para o banho

Foto: Lucas Cortez/Inter TV Cabugi

O boletim de balneabilidade do programa Água Azul apontou que 11 pontos do litoral potiguar estão impróprios para banho neste fim de semana. O estudo é divulgado pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema).

Segundo o boletim, outros 22 trechos analisados estão próprios para banho. Ao todo, foram coletadas e classificadas 33 amostras de água em pontos distribuídos na faixa costeira dos municípios de Extremoz, Natal, Parnamirim e Nísia Floresta.

Os locais não recomendados para os banhistas são:

  • Praia da Redinha (Rio Potengi);
  • Praia de Areia Preta (Praça da Jangada);
  • Praia do Meio (Iemanjá);
  • Praia do Forte;
  • 3 pontos de Ponta Negra (Morro do Careca, Rua C.G. Teixeira – Escadaria e Rua M.S. Medeiros);
  • Via Costeira (Cacimba do boi)
  • Foz do Rio Pirangi, em Nísia Floresta
  • 2 pontos do Rio Pium (Ponte Nova e Balneário Pium), em Parnamirim.

A base dos dados analisa a quantidade de coliformes termotolerantes encontrados nas águas. Segundo o Idema, a classificação tem por base as normas estabelecidas na Resolução n.º 274/2000 do Conselho Nacional do Meio Ambiente – Conama.

O estudo é uma parceria entre o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) e a Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do RN (Funcern).

g1-RN

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

VÍDEO: Bolsonaro diz que ‘o sistema trabalha contra a liberdade de expressão’ e pede salva de palmas para Elon Musk

Em discurso no ato realizando na manhã desta domingo (21), em Copacabana, Jair Bolsonaro afirmou que “o sistema trabalha contra a liberdade de expressão”. O ex-presidente também pediu aos apoiadores uma uma salva de palmas a Elon Musk, dono do X, que fez uma série de críticas ao governo Lula e o STF nos últimos dias.

Essa é a segunda manifestação do ano feita pelo ex-presidente e apoiadores, afirmando apoio a Bolsonaro e com críticas ao governo Lula e ao ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes. Em fevereiro, o ex-presidente já havia reunido milhares de pessoas na Avenida Paulista.

Michelle Bolsonaro discursou

“Nosso povo não merece ser sacrificado. Vocês estão aqui porque acreditam que o Brasil vai vencer. Precisamos estar unidos. Não estamos aqui por um valor, estamos aqui por princípios e valores. Precisamos nos posicionar e exigir nossos direitos”, disse a ex-primeira dama Michelle Bolsonaro, durante a manifestação.

Com informações de Veja

Opinião dos leitores

  1. Os seguidores da SEITA BOLSONARISTA não fala mais no Artigo 142? O QUE ACONTECEU? não vale mas a pena pedir?

    1. Você sabe quem é a constituição do Brasil atual? Falar pra quê?

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Decreto de Lula dá golpe no direito de propriedade

Foto: Divulgação/MST

O presidente Lula (PT) assinou decreto já considerado no campo um golpe contra o direito de propriedade, porque à margem da Constituição amplia as hipóteses de desapropriação de terras para “fins de reforma agrária”. O decreto nº 11.995 de Lula, assinado em 15 de abril último, regulamenta ilegalmente dispositivos constitucionais. Isso só pode ser feito por lei federal, alerta o jurista Frederico Buss, especialista no tema, jamais pelo decreto que ameaça desapropriar até o que a Lei protege.

MST no comando

O presidente Lula (PT) assinou decreto já considerado no campo um golpe contra o direito de propriedade, porque à margem da Constituição amplia as hipóteses de desapropriação de terras para “fins de reforma agrária”. O decreto nº 11.995 de Lula, assinado em 15 de abril último, regulamenta ilegalmente dispositivos constitucionais. Isso só pode ser feito por lei federal, alerta o jurista Frederico Buss, especialista no tema, jamais pelo decreto que ameaça desapropriar até o que a Lei protege.

Será uma farra

O decreto abusivo autoriza desapropriação por “interesse social” e até “expropriação” por alegado “trabalho escravo” a critério… do Incra.

Outra ilegalidade

Buss lembra que descumprir normas ambientais e trabalhistas submete o dono da terra a sanções até no Judiciário, mais jamais a desapropriação.

Ora, cláusula pétrea…

O decreto agrava a insegurança jurídica e, para o jurista, relativiza o direito de propriedade, uma das cláusulas pétreas da Constituição.

Coluna de Cláudio Humberto, Diário do Poder

Opinião dos leitores

  1. Será que o rapaz auto intitulado ACEFALO JUMENTINIOM tem pelo menos uma paquera para dividir com a cumpanherada? Terra sei que não tem, melhor, só se for nas unhas.

  2. Quando o presidente comete ilegalidades, pode sofrer impedimento? Ou a constituição não vale mais…?

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Opinião

ARTIGO: Democracia ameaçada. Por MARCUS ARAGÃO

Foto: Guilherme Santos / Sul21

Pensamentos antidemocráticos, atos antidemocráticos e resultados antidemocráticos. A invasão do Congresso, do STF e do Planalto foi verdadeiramente um absurdo. Mas os invasores não detêm a exclusividade da insensatez. Diariamente, testemunhamos, em diferentes formas e intensidades, atos antidemocráticos praticados por nossas autoridades, seja na esfera federal, estadual ou municipal.

Permitir que a invasão do prédio do Diário de Natal ocorra livremente não é um ato antidemocrático? Não respeitar a decisão do juiz para promover a desocupação do prédio não é um ato antidemocrático? Tentar descriminalizar o pequeno roubo não é um ato antidemocrático? Apoiar ditaduras mundialmente conhecidas, que não respeitam as minorias, não é um ato antidemocrático? Limitar a liberdade de imprensa não é um ato antidemocrático? Deixando claro que não podemos confundir liberdade de imprensa com liberdade para ofender.

Estão destruindo a democracia com o intuito de salvá-la. São inúmeros absurdos que se repetem todos os dias na mídia, seja no executivo, legislativo ou judiciário. Sabemos que existe corrupção na esquerda e na direita. E embora o poder possa alternar como um pêndulo para um lado e para outro, se esquecem de que no meio há o povo que pode dar um basta nesse movimento quando chegar a hora da mudança. Não lembram que a democracia é o melhor sistema para todas as classes.

É possível que chegue o dia em que carnaval, feriado, futebol e cachaça não sejam mais suficientes para anestesiar as massas.

Acredito que muitos pensam que a população não se cansa, certo? Que aceitará eternamente grandes casos de corrupção ficarem impunes? Pensam que o Brasil assistirá tranquilamente Moro ser cassado? Acabarem com a Lava Jato e tudo bem? Acreditam que autoridades podem se unir a facções e conceder privilégios a bandidos — e a vida segue? Pensam que é normal vivermos amedrontados sem segurança? Assistirmos às audiências de custódia liberarem bandidos? Testemunhar inúmeros atos antidemocráticos se repetindo sem fim? A lista parece não ter fim…

Mas essa situação um dia terá — quem sabe um dia a conta chega.

Marcus Aragão
@aragao01

Opinião dos leitores

  1. Excelente texto, querer calar uma voz é anti- democrático, quanto mais, no mínimo metade da população de um país. Tem quem defendaca ditadura, estes, certamente por ignorância e na ânsia de se verem pendurados nas tetas do estado, são uns inconsequentes ridículos e pobres de espírito, talvez. se sentissem o peso da repressão no lombo, valorizassem a liberdade.

  2. Nenhuma palavra sobre a MINUTA DO GOLPE, confirmada pelos chefes das forças armadas?
    ME POUPE, NOS POUPE!

  3. Se acreditamos que quem seguimos é para acabar com tantos desmandos contra os políticos demagogos, vamos chegar em nossos objetivos um Brasil onde ser honesto não é privilégio E SIM OBRIGAÇÃO.

  4. Não tenho dúvidas que esse dia já começou amanhecer, não podemos mais ficar somente nos discursos de protestos, temos que tentar sensibilizar nossos representantes que pensam coletivamente e são honestos em suas convicções , pois eles existem são a maioria. Parabéns mais uma vez pela Lucidez Aragão !

  5. Não tenho dúvidas que esse dia já começou amanhecer, não podemo mais fica somente no discursos de potesos temo que tentar sensibilizar nossos representantes que penam coletivamente e são honesto em suas convicções , pois ela existem
    E são a maioria. Parabéns mis uma vez pela
    Lucidez Aragão !

  6. Espero que não demore muito ao povo tomar às rédeas do poder! São tantas alianças políticas que ficamos sem opção.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *