FOTO que viralizou de militares revistando crianças em escola do Rio não é atual

Militares revistam crianças em escolas do Rio, mas em 1994 (Facebook/Reprodução)

Uma foto chocante já foi compartilhada mais de 40 mil vezes no Facebook: ela mostra militares armados revistando crianças de uma escola no Rio de Janeiro.

Nas redes, a imagem foi associada à intervenção federal decretada pelo governo na última sexta-feira, que delegou poderes de segurança pública ao Exército no estado do Rio.

No entanto, a foto foi tirada em 1994, durante outra intervenção, como esclarece o blog “Me engana que eu posto“, de VEJA. Na época, era realizada a Operação Rio I, que levou às ruas da capital fluminense cerca de 2.000 militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica.

A foto foi capa da edição de 23 de novembro do jornal O Globo, e foi tirada por Márcia Foletto. O blog entrevistou a fotógrafa, que afirmou que essa não é a primeira vez que a imagem circula como se fosse inédita.

“A primeira vez deve foi há uns oito anos, durante a ocupação do Exército na Maré, como se tivesse sido feita lá. Houve algumas outras vezes em que o Exército atuou no Rio e aconteceu a mesma coisa”, disse ela a VEJA.

A revista dos militares a crianças foi feita em uma escola no morro Dona Marta, em Botafogo. A matéria de O Globo trazia entrevistas com as crianças, que relataram que os militares as abordavam revistando seus bolsos e mochilas sem dar explicações.

A justificativa do Exército era de que as crianças poderiam estar participando de tráfico de drogas, mesmo sem saberem. No dia seguinte, um comandante informou que a corporação iria investigar os abusos.

Edição do jornal O Globo de 23 de novembro de 1994 (O Globo/Reprodução)

Exame

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. LEITOR disse:

    DEIXEM OS MILITARES TRABALHAREM EM PAZ,É UMA AÇÃO CONSTITUCIONAL DE EXCEÇÃO,LAMENTAVELMENTE BANDIDOS USAM CRIANÇAS E ADOLESCENTES COMO AVIÕES,E INOCENTES ÚTEIS,ROGAMOS QUE ISSO ACABE LOGO E QUE OUTRAS MEDIDAS PENAIS RIGOROSAS PARA OS MARGINAIS E MEDIDAS SOCIAIS,EDUCACIONAIS E ECONOMICAS PARA ESSAS COMUNIDADES CARENTES SEJAM EFETIVADAS DEFINITIVAMENTE.DEVEMOS COLABORAR COM ISSO FAZENDO TAMBÉM CRITICAS CONSTRUTIVAS É NOSSA OBRIGAÇÃO COMO CIDADÃO.

COMENTE AQUI