FOTOS: Após se dizer arrependido de foto com Aécio, Moro posa com Doria

Quatorze dias depois de ter declarado à revista Cruzoé que se arrepende da foto em que aparece aos risos ao lado do grão-duque do tucanato Aécio Neves, Sergio Moro deixou-se fotografar na companhia do neo-tucano João Doria. Deu-se na noite desta terça-feira, em Nova York, num jantar oferecido pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos. Durante o repasto, o juiz da Lava Jato foi homenageado com o título de “Personalidade do Ano”.

A cruzada que empreende contra a corrupção transformou Sergio Moro num colecionador de homenagens. O flagrante ao lado de Aécio também ocorreu numa confraternização em que a revista IstoÉ concedeu a Moro, em dezembro de 2016, o galardão de “Brasileiro do Ano na Justiça.”

Espera-se de um juiz que tenha um comportamento recatado. Se Moro foi sincero ao expressar o arrependimento que a foto com Aécio lhe causou, as imagens com Doria constituem indício de que, para o magistrado, é errando que se aprende… A errar.

Doria apressou-se em jogar as imagens no seu Facebook. Na legenda da foto ao lado, o candidato do PSDB ao governo de São Paulo anotou: “Noite especial aqui em NY ao lado de duas pessoas que admiro: ex-prefeito de NY, Michael Bloomberg e o Juiz Sergio Moro, homenageados no ‘Person of the Year Awards’ (Personalidade do Ano), prêmio que também tive a honra de receber no ano passado.”

Ao discursar, Moro disse ter refletido sobre a conveniência de aceitar o convite. Juízes devem atuar com modéstia e humildade, disse ele. Dirigindo-se a uma plateia majoritariamente composta de empresários e banqueiros, Moro declarou que só aceitou a homenagem por se tratar de algo que partiu da iniciativa privada. Enxergou no gesto um reconhecimento do setor privado à importância do combate à corrupção.

Dentro de dois anos, o juiz da Lava Jato talvez declare numa entrevista qualquer que se arrependeu da pose ao lado de Doria. É possível que Moro considere difícil definir recato. Mas a coisa é mais simples do que parece. Funciona como a gravidez. Assim como nenhuma mulher pode estar um pouquinho grávida, um juiz também não pode ser um pouco recatado. Ou é ou não é.

Blog Josias de Souza – UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fernando Alves disse:

    Moro o INQUISIDOR recebe um premio concedido pela Câmara do Comércio Brasil/EUA, patrocinado por bancos, dentre os quais brasileiros, e ninguém comenta nada ou acha estranho tão premiação? ainda por cima posa na foto junto a um representante da política de direita e filiado ao PSDB?

  2. Generildo disse:

    Grande besteira! Obama também tirou foto com um certo barbudo condenado e nem por isso foi trucidado.

  3. Carol disse:

    Moro , Moro, Moro , nosso orgulho!

    • Bruno de Lira Alves disse:

      Mero fantoche dos Estados Unidos. Sérgio Moro: um ridículo.

  4. Manuel Marcelino filho disse:

    Como confiar nas sentenças desse senhor ?

    • Antonio Turci disse:

      Hoje é praticamente impossível, principalmente em reuniões, evitar fotos. O fato do Dr. Sérgio Moro ter sido fotografado com o Sr. Aécio Neves não retira a dignidade do ilustre Juiz.

    • victor oliveira disse:

      como confiar na inocencia de LULA? ja que ele esta em varias fotos com, dirceu, palocci, delubio soares……

    • Bruno de Lira Alves disse:

      O Poder Judiciário, principalmente neste país, nunca foi, e nunca será, imparcial. As decisões de Moro são envoltas de subjetividade e ira (ira contra o maior presidente que este país já teve). E outra: falar bem de Moro; e mal de Lula, foi uma uma maneira encontrada de dizer a todo o mundo, notadamente por meio das redes sociais: eu sou rico, eu não sou pobre. Ou, então, uma maneira de um pobre, sem humildade, dizer e mostrar a todos que está emergindo… Deprimente!

COMENTE AQUI