Globo não chega a acordo e desiste de transmitir Uruguai x Brasil nesta terça (17) pelas Eliminatórias da Copa 2022


Imagem: reprodução

Após manter conversas nos últimos dias, a Globo desistiu de transmitir o jogo de amanhã (17) entre Uruguai x Brasil, válido pela quarta rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, às 20h (horário de Brasília).

A emissora carioca não chegou a um acordo com a Mediapro, empresa espanhola detentora dos direitos de transmissão de oito seleções que disputam o torneio. Com isso, o jogo corre um risco real de não ser exibido em televisão aberta. A única chance, a depender de conversas, é uma possibilidade na Band. A exclusividade segue do EI Plus, streaming da Turner também disponível para assinantes do UOL Esporte Clube.

Segundo apurou a reportagem do UOL Esporte, a emissora repetirá o esquema que fez no mês passado, com Peru x Brasil. A cobertura realizada será baseada em imagens que serão pedidas para os donos da partida – cerca de três minutos com os melhores momentos, como manda a lei atual. Repórteres fecharão VTs sobre a partida para os telejornais da Globo, além de programas esportivos do Sportv. Algumas entradas ao vivo também vão acontecer.

No horário de Uruguai x Brasil, a Globo seguirá sua programação normal, com “Haja Coração”, “Jornal Nacional” e “A Força do Querer”. No Sportv, um VT de Flamengo x Atlético-GO previsto. Às 21h50, um “Troca de Passes” pós-jogo está previsto.

Até hoje, a emissora tentava a exibição da partida. Porém, não conseguiu devido a divergências com os espanhóis. As conversas tinham evoluído, mas voltaram a travar no início de novembro. Os espanhóis desejam fechar um vínculo definitivo por todos os jogos disponíveis no seu pacote. Porém, a Globo não vê necessidade e deseja um contrato apenas para os jogos da seleção fora de casa. Essa posição da emissora é inspirada pela pandemia do novo coronavírus, que fez o grupo de comunicação rever e renegociar valores de diversos eventos.

Outro ponto defendido pela Globo sobre essa tese é que apenas os jogos do Brasil e Argentina costumam agradar ao público brasileiro e que, no momento, os outros confrontos só chegam para figurar num pacote. Uma disputa entre Peru x Bolívia, por exemplo, não costuma conseguir um retorno interessante de audiência no Sportv.

A Globo também manifesta internamente que a Mediapro tem sido intransigente na negociação. Além de não desejar mudar a venda do pacote, os espanhóis não baixam os valores cobrados para o fechamento do possível contrato. Na última pedida, a Mediapro queria um valor na casa dos 20 milhões de dólares, algo que se torna inviável com o dólar alto neste momento.

Sem negócio com a Globo, a Mediapro fechou com a Turner no fim da semana passada para exibição da 3ª e 4ª rodada das Eliminatórias, incluindo Uruguai x Brasil, para dar uma opção ao público brasileiro. Quem assina o UOL Esporte Clube, serviço do UOL, poderá ver a partida tranquilamente. O fato foi o mesmo que a Mediapro fez no mês passado, nas rodadas iniciais do torneio, quando também não conseguiria passar a goleada da seleção contra o Peru por 4 a 2 em TV aberta antes da interferência da CBF, que fechou com a TV Brasil.

A Band, juntamente com operadoras de TV por assinatura, ainda tentam viabilizar a transmissão para TV aberta. A ideia é viabilizar uma exibição de Uruguai x Brasil, e de outras partidas das Eliminatórias na TV por assinatura. Tudo vai depender da venda de cotas publicitárias junto ao mercado de anunciantes. Se a Band conseguir atrair marcas para cobrir os custos dos direitos, o objetivo final será alcançado.

UOL