Governo do Estado libera que pessoas com deficiência entrem com seus acompanhantes em estabelecimentos autorizados a funcionar na pandemia

Em anúncio feito pela governadora Fátima Bezerra nas redes sociais, o governo do estado também vai liberar a entrada de pessoas com deficiência com seus acompanhantes em estabelecimentos autorizados a funcionar na pandemia.

Segundo a governadora, o Decreto com a autorização será publicado ainda hoje em uma edição extraordinária do Diário Oficial.

De acordo com o anúncio feito por Fátima “a medida autoriza o acesso do(a) PCD com acompanhante ou atendente, levando em consideração o Estatuto da Pessoa com Deficiência, e não afasta a responsabilização específica por infração ao Estatuto ou aos decretos de segurança sanitária”.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Junior disse:

    Concordo com o Joaquim , Inocente, Everton e o João. Já estava errado ele do grupo de risco ter ido, não bastasse levou o filho. Mas basta o telefonema da autoridade, o prefeito editou quase no mesmo dia e a governadora depois. Parabéns ao funcionário que impôs O CORRETO. Acho difícil ele não ter dito que era desembargador rsrsts

  2. Luciana Morais Gama disse:

    Dr. Claudio é um homem sério, vejam q ele não se apresentou como Desembargador quando foi barrado ao entrar no supermercado com o filho. Faltou o bom sendo do segurança, pois o filho dele tem síndrome de down.

  3. Flávio Martinez disse:

    Ótima medida! Os portadores de necessidades especiais precisam ser tratados de modo protetivo. Parabéns!

  4. Inocente disse:

    Será que se eu tivesse sido barrada com meu filho portador de necessidade especial em um estabelecimento comercial os nossos governantes teriam adaptado o decreto ao meu interesse ou essa adaptação só é pra desembargadores?

  5. Everton Lopes disse:

    Massa Demais!

    Convido um desembargador ir no Walfredo e decidir que o povo tem direito a saude.

    • Joao disse:

      Esse desembargador deu pessimo exemplo duas vezes ele e o filho são do grupo de rico e ainda desobedeceu o decreto governamental, queria ver se fosse um cidadão comum.

  6. Joaquim disse:

    O judiciário está governando tudo, parece que foram eleitos pelo povo.

COMENTE AQUI