FOTOS: Governo do RN recebe 12 pacientes com covid-19 do Amazonas

Fotos: Elisa Elsie

O Estado do Rio Grande do Norte recebeu, na madrugada desta segunda-feira (18), 12 pacientes transferidos do Amazonas, a pedido da secretaria de saúde daquele estado. O avião pousou às 2h50 na Base Aérea de Natal (Bant), em Parnamirim. A operação, coordenada pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), contou com apoio da Força Aérea Brasileira (FAB), que fez o transporte dos enfermos e da equipe médica, das forças de segurança estaduais e federais, da Samu Natal e RN e também da STTU (Secretaria de Municipal de Mobilidade Urbana). O secretário Cipriano Maia (Sesap) estava presente na chegada do voo e deu as boas-vindas oficialmente aos amazonenses.

“Trata-se de uma operação humanista, de amor ao próximo, de grande relevância para a saúde pública na defesa da vida dos amazonenses, que aqui chegam e que são bem acolhidos para serem atendidos”, declarou. Inicialmente seriam 10 pacientes, mas a secretaria do Amazonas solicitou mais duas vagas à rede estadual hospitalar do RN. Os dois enfermos adicionais foram transferidos para o Hospital Giselda Trigueiro e 10 estão no Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), que integra a rede de instituições coordenada pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) e está recebendo pacientes do Amazonas em diversos estados brasileiros.

“Tudo está preparado para que os pacientes recebam o tratamento da melhor forma possível. Aqui no Rio Grande do Norte, teremos todo apoio tanto da equipe do HUOL como do Giselda e da Sesap para garantir informações aos familiares e o devido apoio à distância com a secretaria de saúde do Amazonas”, afirmou Cipriano. Segundo ele, o RN não corre risco de sofrer com a falta de oxigênio, fato garantido pela empresa que fornece o insumo ao estado.

“Tivemos uma decisão precavida, lá no início da pandemia, de instalarmos tanque de oxigênio em toda rede hospitalar do estado. Só tem um hospital que não tem e já estamos providenciando a instalação. Portanto, não temos risco imediato a não ser que haja problema de grande proporção”, explicou. Mas, mesmo com disponibilidade de leitos e com a chegada da vacina, ele faz um alerta para a população manter os cuidados de prevenção, como uso da máscara, álcool 70º e distanciamento social.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Agreste disse:

    LEMBRANDO A PETEZADA QUE A ARENA PRA JOGAR BOLA EM MANAUS, CUSTOU AOS CONTRIBUINTES, R$ 669. MILHÕES DE REAIS.
    JÁ O HOSPITAL…
    BEM!!
    NÃO FOI CONSTRUIDO.
    Vergonha!!
    Vergonha!!
    Vergonha!!!
    Partido dos Trambiqueiros é uma VERGONHA.

    • Manoel disse:

      O que diabos tem a ver a inépcia do MINTOmaníaco e do ministro da saúde com a construção de estádios?! Essa é a narrativa da vez? KKKKKKK

    • Júlio disse:

      Não Manoel. O rapaz não de comparativo, mas se os governos anteriores não tivessem torrado dinheiro em estádios, parque olímpico, refinarias em outros países, mas em hospitais, melhores escolas, o país não estaria com esse caos do SUS.

      Esses valores gastos desnecessariamente e superfaturados estão fazendo falta hoje.

  2. Calígula disse:

    A falta de Gestão dos Governantes do Estado do Amazonas, fez com que chegasse a esse ponto. Dinheiro e apoio do Governo Federal não faltaram.

    • Jeca Gado disse:

      Os governantes amazonenses são cúmplices do BOZO, o chefe da quadrilha.

  3. FLAVIO A disse:

    Só jogo de cena. Não dá conta nem da demanda local,avali trazendo mais pacientes. Esse povo deveria se envergonhar de brincar tanto com a inteligência do povo potiguar! DEVERIA ISSO SIM FALAR DOS RESPIRADORES QUE PAGOU AO FAMIGERADO CONSÓRCIO NORDESTE E ATÉ HOJE NEM ÁGUA!!

  4. Eduardo disse:

    Tudo muito lindo na teoria, mas na prática a medida poderá trazer sérias consequências para o RN e demais Estados.

    Por se tratar de uma nova Cepa, qualquer país sério isolaria Manaus e mandaria toda a estrutura necessária para resolver o colapso

    Mas aqui nesse cabaré não. Transferem os doentes para outros Estados tão lascados quanto o AM.

    Foi montada alguma estrutura especial no Giselda e HUOL? São só leitos de Covid padrão?

    Espero que não, mas sugiro a Governadora que comece a contar nossos cilindros de O2

  5. Calígula disse:

    Fátima Bezerra e o Secretário de Saúde deveriam ir no Giselda Trigueiro fazer uma visita aos irmãos Manauara.
    #BOLSONARO TEM RAZÃO
    #MITO 2022

COMENTE AQUI