Militares divulgam nota de repúdio contra o ministro do STF Gilmar Mendes

Foto: Reprodução/Ministério da Defesa

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo, e os comandantes das três Forças, Edson Pujol (Exército), Ilques Barbosa (Marinha) e Antonio Carlos Moretti (Aeronáutica) divulgaram no início da tarde desta segunda-feira (13) uma nota de repúdio contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes em razão de sua declaração no sábado (11) de que os militares coadunam com “genocídio” na pandemia do novo coronavírus.

“Comentários dessa natureza, completamente afastados dos fatos, causam indignação. Trata-se de uma acusação grave, além de infundada, irresponsável e sobretudo leviana. O ataque gratuito a instituições de Estado não fortalece a Democracia”, diz a nota. Os militares irão representar Gilmar na Procuradoria-Geral da República (PGR).

Além disso, o documento afirma que “genocídio é definido por lei como ‘a intenção de destruir, no todo ou em parte, grupo nacional, étnico, racial ou religioso’ (Lei nº 2.889/1956)”.

“Trata-se de um crime gravíssimo, tanto no âmbito nacional, como na justiça internacional, o que, naturalmente, é de pleno conhecimento de um jurista. Na atual pandemia, as Forças Armadas, incluindo a Marinha, o Exército e a Força Aérea, estão completamente empenhadas justamente em preservar vidas. Informamos que o MD [Ministério da Defesa] encaminhará representação ao Procurador-Geral da República (PGR) para a adoção das medidas cabíveis”, finaliza a nota.

Neste domingo, a CNN revelou a ampla insatisfação dos militares com as declarações de Gilmar. A nota de repúdio era pra ter sido divulgada no domingo (12), mas Azevedo refluiu, pois avaliou que poderia atrapalhar o processo de pacificação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) com o STF. Nesta segunda-feira, houve uma reavaliação, e a nota foi divulgada.

CNN Brasil

InterTV Cabugi encerra o Globo Esporte RN

Foto: Reprodução/Instagram

O Globo Esporte RN encerrou seu ciclo. De acordo com o jornalista Thiago Cesar, apresentador, a emissora resolveu encerrar o programa e, com isso, ele também acabou sendo desligado.

“É o fim de uma etapa de aprendizado gigante pessoal e profissionalmente . Realizei sonhos , cobri e coordenei momentos que vão ficar marcados na história da TV potiguar… Copa do Mundo , Revezamento de Tocha Olímpica, Seleções Brasileiras de vários esportes, UFC…fizemos transmissões da primeira final de um Campeonato Potiguar na TV aberta, teve disputa amadora também… cobertura intensa do título mundial de surfe de um potiguar… trabalhei com alguns dos maiores e melhores do país e fui colega de gigantes do jornalismo do meu RN. Me veio o reconhecimento também!”, disse o jornalista em trecho no Instagram.

Thiago Cesar, por fim, agradeceu pelo reconhecimento local: “Me orgulho por ter sido a cara do esporte da @intertvrn nesses quase 10 anos, briguei muito por ele também! Recebi cinco prêmios da ACERN em votação dos torcedores e a Medalha Marinho Chagas de Médico Esportivo, a maior honraria da área no nosso estado. Cuidei do nosso GERN com todo carinho e dedicação porque sei o que ele significa. Saindo feliz pelos resultados! Cabeça pra cima que tem muito jogo pela frente. Obrigado pelo carinho”, finalizou.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Fim de jogo. Hoje o ciclo do nosso #GloboEsporteRN foi fechado…a emissora resolveu encerrar o programa e,com isso, acabei desligado . É o fim de uma etapa de aprendizado gigante pessoal e profissionalmente . Realizei sonhos , cobri e coordenei momentos que vão ficar marcados na história da TV potiguar… Copa do Mundo , Revezamento de Tocha Olímpica, Seleções Brasileiras de vários esportes, UFC…fizemos transmissões da primeira final de um Campeonato Potiguar na TV aberta, teve disputa amadora também… cobertura intensa do título mundial de surfe de um potiguar… trabalhei com alguns dos maiores e melhores do país e fui colega de gigantes do jornalismo do meu RN. Me veio o reconhecimento também! Me orgulho por ter sido “a cara” do esporte da @intertvrn nesses quase 10 anos, briguei muito por ele também! Recebi cinco prêmios da ACERN em votação dos torcedores e a Medalha Marinho Chagas de Médico Esportivo, a maior honraria da área no nosso estado. Cuidei do nosso GERN com todo carinho e dedicação porque sei o que ele significa. Saindo feliz pelos resultados! Cabeça pra cima que tem muito jogo pela frente. Obrigado pelo carinho . 👊🏿🙂⚽️⚽️⚽️⚽️

Uma publicação compartilhada por Thiago César Azevedo (@thiagocesarge) em

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cabo Silva disse:

    Agora pode se dedicar à saúde e emagrecer.

FOTOS: Família no RN descobre tumor cerebral em filho de 03 anos e faz campanha para arcar tratamento e cirurgia de extrema urgência

 

Ver essa foto no Instagram

 

Quanto vale uma vida? Pois é, me vi hoje desesperado, meu filho, que sempre foi uma criança saudável e feliz, hoje teve um diagnóstico de um tumor cerebral e precisará se submeter a uma cirurgia URGENTE. Diante de todo esse desespero, precisamos levantar um valor de aproximadamente 250.000,00 e estamos desesperados pois não possuímos esse dinheiro e a cirurgia é de extrema urgência. Iremos nos desfazer de nossos bens e do que for preciso, faremos rifas, vaquinhas, tudo que for necessário, pois a vida dele não tem preço. Então você que está lendo isso, você que é um pai, mãe, avô, avó, tem amigos, sobrinhos, se coloque no nosso lugar, não tenha vergonha, eu peço ajuda de vocês, seja qualquer quantia, será muito bem vinda. Deus é conosco, e irá nos ajudar a salvar a vida do nosso filho. Conto com a ajuda de vocês. Segue nossas contas: Bradesco Ag 1038 Cc 1605-5 Pedro raphael pereira da Silva CPF 120.598.687-18 Nubank Ag 0001 Conta 432545-7 CPF 120.598.687-18 Pedro raphael pereira da Silva PicPay @pedro.silva.raphael

Uma publicação compartilhada por Pedro Raphael (@pedroraphael_1) em

“Quanto vale uma vida? Pois é, me vi hoje desesperado, meu filho, que sempre foi uma criança saudável e feliz, hoje teve um diagnóstico de um tumor cerebral e precisará se submeter a uma cirurgia URGENTE. Diante de todo esse desespero, precisamos levantar um valor de aproximadamente 250.000,00 e estamos desesperados pois não possuímos esse dinheiro e a cirurgia é de extrema urgência”. O apelo é do pai Pedro Raphael e da mãe Francimara, pelo filho Pietro Vinicius, de 3 anos.

A mensagem, que vem sendo compartilhada nas redes sociais, ainda completa:

“Iremos nos desfazer de nossos bens e do que for preciso, faremos rifas, vaquinhas, tudo que for necessário, pois a vida dele não tem preço. Então você que está lendo isso, você que é um pai, mãe, avô, avó, tem amigos, sobrinhos, se coloque no nosso lugar, não tenha vergonha, eu peço ajuda de vocês, seja qualquer quantia, será muito bem vinda. Deus é conosco, e irá nos ajudar a salvar a vida do nosso filho. Conto com a ajuda de vocês”, finaliza.

Segue as contas para ajuda:

Bradesco

Ag 1038
Cc 1605-5
Pedro raphael pereira da Silva
CPF 120.598.687-18

Nubank

Ag 0001
Conta 432545-7
CPF 120.598.687-18
Pedro raphael pereira da Silva

PicPay
@pedro.silva.raphael

Foto: Reprodução/Instagram

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antonio disse:

    Será que o governo do estado ou mesmo a prefeitura não poderiam autorizar a cirurgia dessa criança? Professora Fátima Bezerra e/ou Dr. Álvaro Dias, tomem uma providência urgente. Senhores Deputados, Vereadores, Ministério Público, abracem essa causa. Não deixe essa criança sem essa cirurgia. O caso é uregente. Pensem no sofrimento de Pierto e dos seus pais. Consigam essa cirurgia, mesmo pelo SUS, mas em caráter de emergência.

Cidade de São Paulo “pode estar próxima da imunidade de rebanho”, avalia biólogo

Foto: Reprodução/CNN Brasil

A expressão “imunidade de rebanho” ganhou destaque de discussões entre os especialistas e governantes depois da pandemia do novo coronavírus. Em entrevista à CNN, na manhã desta segunda-feira (13), Fernando Reich, especialista em biologia molecular explicou como funciona este método e afirmou que a cidade de São Paulo pode estar próxima de atingir a fração necessária para a imunização de rebanho. No entanto, ele alerta que essa não é a melhor solução para combater o novo coronavírus.

“As pessoas só ficam imunes depois que elas saram. Se você tiver que ter 70% das pessoas infectadas para ter imunidade de rebanho, ela só vai chegar quando esta proporção for alcançada pelo número de pessoas infectadas. Para saber quantas pessoas já estão imunes, o melhor método é você medir a fração de pessoas com o anticorpo na população”, disse.

“Em São Paulo, eu participo de um grupo que está medindo isso e concluímos, na última medição que fizemos, em que 11% das pessoas da cidade de São Paulo já tinham anticorpos. Em bairros mais pobres, chegavam a 16%. A grande dúvida que estamos tendo nos últimos tempos é qual a fração de pessoas com anticorpos medida corresponde à imunidade de rebanho? Será que é 70%, 40%? Ninguém sabe isso direito”, explicou.

Na visão do especialista, a realidade da capital paulista poderá ser analisada nas próximas semanas, uma vez que a cidade já está adotando medidas para a flexibilização da quarentena.

“Suponhamos que a imunidade de rebanho seja atingida com 70% de fração como é que se explica a queda [dos números] em São Paulo, com variação entre 11% a 16%? Mas isso a gente já vai saber, muito provavelmente, nas próximas semanas, porque quando você atinge a imunidade de rebanho e você reabre a cidade não tem nova onda [do vírus] em curto prazo. Quando abrirmos novamente a cidade de São Paulo, dependendo do que acontecer, nós saberemos”, acrescentou.

Reinach explicou ainda as realidades distintas entre a europa e em como as cidades brasileiras lidaram com a evolução do vírus. Em países como Itália, por exemplo, ao optar por medidas restritivas, o país apresentou queda na curva de casos, no entanto, não houve a imunização de rebanho. Sendo assim, a vacina poderá ser o caminho mais viável e rápido para a imunização da população.

“Nos países desenvolvidos, que fizeram lockdown, muito provavelmente tem muita gente ainda para ser infectada. Provavelmente a vacina chegará nestes locais antes da imunização de rebanho. Já em locais como Manaus, por exemplo, que não houve um controle da doença, existe a possibilidade de você ter a imunidade antes da vacina chegar”, exemplificou o especialista.

“Entretanto, é importante lembrar que a imunidade de rebanho não é uma boa solução. Ela tem um custo em mortes muito alto porque para você chegar lá você tem que ter uma fração da população infectada e muito se discute qual é a porcentagem necessária para chegar neste dado”, detalhou Reinach.

“Na Europa, o que aconteceu foi que a queda no número de casos foi impulsionada por causa de um lockdown e um distanciamento social. No entanto, em locais onde tais medidas não ocorreram efetivamente, a queda é observada por meio da imunidade de rebanho”, concluiu.

CNN Brasil

 

Prefeitura do Natal começa pré-cadastro para apoio da Lei Aldir Blanc

Foto: Divulgação

A Prefeitura do Natal, através da Secretaria Municipal de Cultura (Secult) e da Fundação Cultural Capitania das Artes (Funcarte), abre o pré-cadastramento de Espaços Culturais aptos à solicitação de apoio financeiro através da Lei Federal Aldir Blanc (Lei nº 49.017, de 29/03/2020), que dispõe de recursos financeiros para apoio e fomento ao segmento cultural. Os formulários e documentos necessários estão disponíveis no site da Prefeitura do Natal (www.natal.rn.gov.br) e no Blog da Funcarte (www.blogdafuncarte.com.br)

Nesta etapa de inscrições, poderão ser cadastrados apenas Espaços Culturais localizados em Natal que comprovem a realização de eventos, ações e atividades artísticas. O pré-cadastramento constitui a primeira etapa do processo de implementação da Lei Aldir Blanc para o Município do Natal. A referida Lei ainda aguarda a regulamentação e o cronograma de repasse dos recursos para os Estados e Municípios, bem como os respectivos critérios que nortearão as ações e instrumentos jurídicos das outras etapas (Editais e outros).

Como acessar:

INSCRIÇÃO ONLINE: 

Inscrições: www.natal.rn.gov.br e www.blogdafuncarte.com.br

De 13 a 27 de julho de 2020 (até às 20h)

INFORMAÇÕES E TIRA DÚVIDAS:

Whatsapp: (84) 98704.4417

Telefone: (84) 3232.4959

E-mail: [email protected]

QUEM PODE PARTICIPAR DO PRÉ-CADASTRO: 

Poderão participar Pessoas Jurídicas – Espaços Culturais Formais:  microempresas, pequenas empresas, organizações culturais, cooperativas e instituições culturais (com CNPJ) e Pessoas Físicas – Espaços Culturais Informais: salões comunitários e/ou residências que sirvam de sedes de ateliês artísticos ou grupos, coletivos ou bandas, de comprovada realização de atividades (cursos, oficinas, ensaios) e eventos, representados por Pessoa Física, devidamente comprovado (Com CPF e documentação pessoal do Representante do Espaço), devidamente cadastradas no Cadastro Municipal de Entidades Culturais – CMEC (Clique aqui para acesso ao formulário do CMEC)

QUAIS OS ESPAÇOS CULTURAIS PREVISTOS NA LEI ALDIR BLANC? 

Pontos e Pontões de Cultura; Teatros Independentes; Escolas de música, de capoeira e de artes e estúdios, companhias e escolas de dança; Circos; Cineclubes;  Centros culturais, casas de cultura e centros de tradição regionais; museus comunitários, centros de memória e patrimônio; bibliotecas comunitárias; Espaços culturais em comunidades indígenas; Centros artísticos e culturais afro-brasileiros; Comunidades quilombolas; Espaços de povos e comunidades tradicionais; Festas populares, inclusive o carnaval e o São João, e outras de caráter regional; Teatro de rua e demais expressões artísticas e culturais realizadas em espaços públicos; Livrarias, editoras e sebos; Empresas de diversão e produção de espetáculos; Estúdios de fotografia; Produtoras de cinema e audiovisual; ateliês de pintura, moda, design e artesanato; Galerias de arte e de artesanato; Espaços de apresentação musical; Espaços de literatura, poesia e literatura de cordel; Espaços e centros de cultura alimentar de base comunitária, agroecológica e de culturas originárias, tradicionais e populares; Outros espaços e atividades artísticos e culturais validados em cadastros culturais existentes (Art. 7º).

IMPORTANTE

O apoio financeiro destina-se ao Espaço Cultural. Isto compreende um local físico, com estrutura, onde se desenvolvem atividades, ações e/ou eventos, sejam espetáculos, apresentações, ensaios, atividades de formação artística, entre outras. Todas comprovadas e que indiquem a participação da população de comunidades, bairros, territórios e/ou localidades outras. Serão considerados Espaços Itinerantes aqueles que desenvolverem ações, atividades e eventos, em estrutura tangível, móvel que se deslocam entre diferentes lugares (exemplo: circos, parques, espaços móveis de apresentações de espetáculos e afins).

HAVERÁ INSCRIÇÕES PRESENCIAIS PARA O PRÉ-CADASTRO DE ESPAÇOS CULTURAIS?

As inscrições para o pré-cadastramento serão realizadas exclusivamente em formulário pela internet (online), disponível no endereço eletrônico do Blog da Funcarte e no Portal da Prefeitura do Natal. No entanto, a Secretaria Municipal de Cultura e a Fundação Cultural Capitania das Artes estarão com as equipes de suporte para orientações e atendimento, em caráter excepcional àqueles que não conseguirem acesso ou consolidar sua inscrição através do dispositivo digital. O atendimento será feito através de agendamento prévio, através de telefone, WhatsApp, e-mail e com critério diferenciado, em cumprimento às normas preventivas contra o Coronavírus.

QUAL A DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA PARA EFETUAR O PRÉ-CADASTRO? 

Será necessário o envio, em arquivo digital (PDF), da documentação abaixo descrita e o preenchimento das informações solicitadas no Formulário de Inscrição. Fique atento para o tipo de inscrição que deseja realizar:

PARA INSCRIÇÕES EM ESPAÇOS CULTURAIS FORMAIS (COM CNPJ):

1. Cópia do C.N.P.J

2. Cópia do instrumento de Constituição Jurídica (Estatuto, Regimento, ou Contrato Social) e suas alterações posteriores que comprove atuação na área cultural;

3. Cópia do instrumento de constituição da Diretoria em Exercício (Ata da eleição ou nomeação);

4. Currículo cultural com comprovação em anexo (Cartazes, clipagens de jornais impressos ou mídia digital (blogs, sites…), fotos, link para vídeos, outros…)

5. Cópia do Comprovante de residência em Natal do representante e/ou do Espaço (Espaço locado ou em uso pelo representante, anexar comprovação do proprietário).

6. Certidão Negativa de débitos de tributos municipais (do representante).

PARA INSCRIÇÕES EM ESPAÇOS CULTURAIS INFORMAIS (SEM CNPJ):

7. Cópia do C.P.F. do Responsável pelo Espaço;

8. Cópia do R.G do Responsável pelo Espaço;

9. Currículo cultural com comprovação em anexo (Cartazes, clipagens de jornais impressos ou mídia digital (blogs, sites…), fotos, link para vídeos, outros…)

10. Cópia do Comprovante do domicilio em Natal (Espaço locado ou em uso pelo representante, anexar comprovação do proprietário).

11. Certidão Negativa de débitos de tributos municipais.

QUANDO POSSO ENVIAR A DOCUMENTAÇÃO SOLICITADA?

A documentação solicitada, deverá ser enviada em arquivo digital, em PDF, para o e-mail [email protected] no ato do preenchimento do formulário de inscrição. Lembre-se que o envio da documentação é obrigatório e a ausência de algum documento invalidará a inscrição.

OUTRAS INFORMAÇÕES DE IMPLEMENTAÇÃO DA LEI FEDERAL ALDIR BLANC EM NATAL:

SERÁ LANÇADO ALGUM EDITAL DE APOIO FINANCEIRO PARA OS ARTISTAS, GRUPOS E ENTIDADES CULTURAIS ATRAVÉS DOS RECURSOS DA LEI ALDIR BLANC?

Sim, as equipes da Secult e Funcarte estão finalizando a organização para que tão logo seja anunciada a regulamentação da Lei em questão, as instituições possam lançar os editais para a classe artística, seus grupos, coletivos e entidades.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jose disse:

    Todas as categorias tiveram ajuda federal menos a IMPRENSA, as pequenas rádios estão sofridas com o comércio fechado os poucos anunciantes que tinham no interior acabaram. Ninguém lembra de apoio às radios ?

Polícia encontra corpo no lago em que Naya Rivera sumiu; corpo é da atriz, diz site

Foto: Reprodução / Instagram

A polícia de Ventura, na Califórnia, encontrou um corpo no lago em que a atriz Naya Rivera desapareceu. A informação foi divulgada pela corporação nesta segunda-feira (13).

A atriz está desaparecida desde a última quarta-feira (8) após passeio de barco com o filho. A polícia deve dar mais informações ainda nesta segunda. Segundo o site TMZ, o corpo encontrado é de Naya.

Sonares, câmeras e mergulhadores foram utilizados no Lago Piru, onde ela foi vista pela última vez. Um vídeo mostrou como a visibilidade, de uma câmera controlada remotamente, é baixa a 30 pés de profundidade — cerca de 9,1 metros.

Naya Rivera, de 33 anos, participou de seis temporadas da série “Glee”. O filho da atriz, de 4 anos, está bem e, segundo a revista People, está na companhia do pai, Ryan Dorsey.

Segundo autoridades, há muitas árvores e detritos no fundo do lago, fazendo com que nadadores e mergulhadores se enroscassem com facilidade.

Histórico do desaparecimento de Naya

Naya alugou um barco por volta das 13h do dia 8 de julho, e saiu para navegar com o filho de 4 anos. Joey foi encontrado pela polícia dormindo na embarcação e informou para as autoridades que mãe não retornou ao barco após mergulho.

Na quinta (9), a polícia do condado de Ventura afirmou que acredita que a cantora e atriz tenha morrido em um “trágico acidente”.

As autoridades também divulgaram vídeo com imagens da atriz deixando o carro na companhia do filho e entrando na embarcação horas antes de sumir durante mergulho.

G1

Fábricas deixam a Argentina e migram para o Brasil

Alberto Fernandez, presidente da Argentina: debandada – Matias Baglietto/Reuters

Ao menos três empresas do setor automotivo anunciaram, nas últimas duas semanas, o fechamento de fábricas na Argentina e a migração das operações para o Brasil. Primeiramente foram a Basf e a Axalta, companhias que produziam tintas e resinas para automóveis, a anunciar a migração na semana passada. Agora, a Saint-Gobain Sekurit, de origem francesa, fechou um acordo de demissão para seus 150 funcionários. A planta, especializada na produção de vidros para para-brisa, será incorporada pela subsidiária brasileira.

As decisões colocam em xeque a política industrial do atual presidente do país, Alberto Fernandez. A Saint-Gobain montou a fábrica em 2016 ao custo de 200 milhões de dólares, num acordo com o ex-ocupante da Casa Rosada, Mauricio Macri.

A Argentina não vive o momento de crise que sofreu entre os anos 1990 e 2010. No entanto, a deterioração dos fundamentos econômicos locais permanece. Ao início desta década, era possível comprar 1 dólar com menos de 4 pesos. Dez anos depois, são necessários 71 pesos para adquirir um mísero dólar, perfazendo uma desvalorização de 1.675% no período.

Com  informações da Veja

FOTOS: Mãe busca ‘remédio mais caro do mundo’, de R$ 12 milhões, para salvar bebê de 1 ano em São Paulo

Fotos: Arquivo Pessoal

O pequeno Arthur Ferreira Belo, de apenas 1 ano e 8 meses, enfrenta uma difícil luta pela vida após ser diagnosticado com o tipo 1 da Atrofia Muscular Espinhal (AME), o mais agressivo da doença. Agora, sua família corre contra o tempo para arrecadar cerca de R$ 12 milhões e comprar o ‘remédio mais caro do mundo’, capaz de neutralizar os efeitos da doença e permitir um grande avanço no tratamento.

Para isso, foi criada uma ‘vaquinha virtual’ com o objetivo de arrecadar, até 8 de outubro, o valor necessário para importar o medicamento dos Estados Unidos. A ideia da campanha surgiu após a família de Arthur ver outros casos de vaquinhas virtuais bem sucedidas, como é o caso da Sarah e do Heitor, cujas histórias foram divulgadas pelo G1.

Segundo informações da Secretaria de Saúde do Estado, a Atrofia Muscular Espinhal é uma doença rara, degenerativa e genética, que interfere na capacidade do corpo de produzir uma proteína essencial para a sobrevivência dos neurônios motores, responsáveis pelos gestos voluntários vitais simples do corpo, como respirar, engolir e se mover. Apesar da atrofia, os pais garantem que o pequeno é muito esperto, encantador e risonho.

Arthur foi diagnosticado quando tinha apenas três meses de vida, e a notícia abalou toda a família. Isso porque a AME é a maior causa genética de morte de crianças com até 2 anos. Agora, a grande esperança dos pais é o medicamento Zolgensma, aprovado em maio de 2019 nos Estados Unidos, que promete um grande avanço na recuperação dos pacientes.

O grande problema é que esse é o remédio mais caro do mundo. Como não é vendido no Brasil, a família de Arthur precisa importá-lo dos Estados Unidos, onde chega a custar 2,125 milhões de dólares. Pela cotação atual, o medicamento pode custar R$ 11.325 milhões. Por isso, a mãe Alessandra Ferreira Santos, de 28 anos, resolveu criar uma ‘vaquinha virtual’ para arrecadar o valor.

“Temos esperança e muita fé nesse remédio. Por ser tão caro, acredito que trará um efeito positivo e que ele volte a andar. Tudo o que eu e meu marido queremos é que o nosso filho tenha a vida mais ‘normal’ possível. Mas, temos apenas três meses para arrecadar o valor, porque a medicação faz efeito somente até os dois anos, e a burocracia ainda demora. Temos muito medo de perder o Arthur”.

A família busca fazer a campanha da forma mais transparente possível. Pelas redes sociais, são postados todos os valores arrecadados por mês e quanto falta para alcançar a meta. Além disso, Alessandra e os voluntários postam outras formas de arrecadação de verba, como rifas e bingos.

Quando a campanha foi lançada, em outubro do ano passado, o dólar estava mais baixo e a família precisava de R$ 9 milhões. Agora, necessita de quase R$ 12 milhões, além da quantia necessária para pagar os custos hospitalares. “Sempre fazemos prestação de contas. Muitas pessoas acabam questionando a gente pela mudança de valor”.

Disgnóstico

Alessandra conta que, quando Arthur nasceu, percebeu que o bebê era mais ‘mole’ do que o comum, mas foi tranquilizada pelos pediatras. Mas, o tempo foi passando e, aos três meses de vida, a mãe percebeu que ele ainda não conseguia segurar o pescoço e engasgava quando mamava. Foi quando ela decidiu procurar um médico para entender o que estava acontecendo.

“Encontramos um rapaz no pronto-socorro que nos recomendou um hospital que tratava doenças raras. Fomos até lá, fizeram testes por três dias, e diagnosticaram ele com atrofia muscular. O médico disse que ele tinha uma doença rara, degenerativa, com expectativa de vida de apenas dois anos. Foi um choque, porque nunca tínhamos ouvido falar disso”, explica.

Para confirmar o diagnóstico, Arthur passou por um teste de DNA, que apontou que ele tinha o tipo 1 da doença, o mais severo. Pouco tempo depois, ele passou por duas cirurgias de traqueostomia e gastrostomia, que permitem a respiração mecânica e o suporte nutricional, respectivamente. Em seguida, o plano de saúde liberou o tratamento com o remédio Nusinersena (Spinraza).

O medicamento é o único registrado no Brasil para o tratamento da AME. Diversos estudos apontam sua eficácia na interrupção da evolução da atrofia para quadros mais graves, que são prevalentes na maioria dos pacientes. Arthur chegou a tomar seis doses do remédio, mas a evolução no tratamento continua muito lenta.

“Ele toma uma dose a cada quatro meses. Mas, se interromper, perde totalmente o efeito de tudo que já tomou. O Zolgensma é uma dose única, e pelo que acompanhamos de outras crianças, promete uma evolução muito boa no tratamento. Hoje, vivemos com medo, pois já vimos muitos pacientes morrerem por conta da doença”.

Atualmente, Arthur mexe um pouco os braços e as pernas com a ajuda dos pais e fisioterapeutas, mas não consegue segurar objetos nem andar. Além disso, depende de ventilação mecânica 24 horas por dia, pois não consegue respirar sozinho. Com o ‘remédio mais caro do mundo’, a família busca dar maior qualidade de vida para o pequeno, que hoje sofre uma dura rotina.

De acordo com Alessandra, o medicamento vai direto para a corrente sanguínea e faz com que a proteína que não é produzida pelo paciente com AME passe a ser produzida, permitindo que os neurônios que sobreviveram possam se manter vivos e, assim, recuperar o paciente.

“Sabemos que ele não vai sair correndo assim que tomar, mas temos esperança que ele aprenda a andar e que possamos diminuir os aparelhos. É tudo muito triste, ele está crescendo e não pode brincar com as outras crianças. Esse remédio é a nossa grande esperança”.

Os pais também esperam que, quando Arthur finalmente tomar o medicamento, eles possam realizar um sonho que precisou ser adiado com o descobrimento da doença: conhecer a praia e o mar na Baixada Santista. “Nós havíamos feito muitos planos, íamos levá-lo para Mongaguá, mas os médicos não deixaram. Um dos meus sonhos é apresentar a praia para o meu filho”, finaliza.

Especialista

De acordo com a neurologista Andrea Anacleto, a Atrofia Muscular Espinhal proximal tipo 1 é uma doença rara, sem cura e que evolui de forma grave na infância, caracterizada por fraqueza muscular grave e progressiva. Segundo a especialista, a doença é ligeiramente mais frequente em meninos do que em meninas, e o diagnóstico é baseado na história clínica e exame e pode ser confirmado por teste genético.

Com a doença, o bebê geralmente apresenta fraqueza muscular grave, que afeta primeiro os braços e as pernas nas regiões proximais e depois passa para as extremidades, como mãos e pés, além de dificuldade de alimentação e insuficiência respiratória, conforme explica a neurologista.

Segundo Andrea, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta assinou a incorporação do medicamento Nusinersena na Relação Nacional de Medicamentos Essenciais do Sistema Único de Saúde (SUS). Além dessa medicação, deve ser orientada uma abordagem multidisciplinar com o objetivo de melhorar a qualidade de vida.

Nos Estados Unidos, a FDA, agência que regulamenta a aprovação de medicamentos no país, autorizou a venda do remédio Zolgensma, sendo esta uma terapia gênica indicada para o tratamento da AME, usada para deter a progressão da doença. Atualmente, essa medicação não está disponível no Brasil, havendo a necessidade de que, quando indicada, seja realizada a importação.

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Flávio A disse:

    O que me deixa indignado são os políticos roubando com força no país e tirando dinheiro do erário para seu luxo pessoal enquanto seres humanos morrem. Vimos agora vários casos como compra de respiradores inexistentes via Consórcio Nordeste, Secretário de Saúde do Rio de janeiro com mais de 8.500.000,00 em espécie em casa e por aí vai. Os bandidos do PT que assaltaram o país em trilhões de reais bem que poderiam se compadecer e comprarem o medicamento,para queimarem menos no inferno para onde irão quando morrrerem.

  2. H4CK3R disse:

    Cadê as lives de músicas sebosas pra pedirem doação e conseguir o dinheiro?

Comerciantes são autuados em Ponta Negra por descumprimento de decreto de isolamento social

Foto: Divulgação

A fiscalização ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) autuou seis comerciantes por descumprimento ao Decreto Estadual nº 29.742/2020, que proíbe o uso comercial da orla urbana em face da pandemia do Coronavírus. Após denúncia de que bares e restaurantes de Ponta Negra, estavam colocando jogos de mesas, cadeiras, guarda-sóis e espreguiçadeiras na faixa de areia, os fiscais foram até o local, no último sábado (11), e constataram a infração.

Foi dada a ordem para recolhimento dos materiais, além de lavrado de auto de infração ambiental e a aplicação de multa, que podem chegar até R$ 2.013,00 reais. De acordo com o supervisor de Fiscalização, Gustavo Szilagyi, a ação contou com o apoio da Secretaria de Serviços Urbanos (Semsur), da Guarda Municipal e a Companhia Independente de Policiamento Ambiental, da Polícia Militar.

“Foram autuados três bares por disposição irregular de mesas e cadeiras na orla, todos nas proximidades do Morro do Careca, um carrinho de crepe, um ponto de aluguel de pranchas e stand-up e um restaurante da Av. Erivan França, que estava ocupando a faixa do calçadão da praia com mesas, cadeiras e tabuletas de publicidade”, relata Szilagyi.

O decreto municipal nº 11.988, de 29 de junho de 2020, regula a abertura gradual das empresas com restrições desde o último dia 30, e, também, a abertura de bares e restaurantes. Porém, a abertura está sendo gradual, nem todos os tipos de comércio estão permitidos a serem abertos. Sendo assim, os cuidados por parte dos empresários para conter a transmissibilidade da covid-19 devem ser os mesmos.

O secretário da Semurb, Thiago Mesquita, esclarece que os estabelecimentos que não observarem os decretos estadual e municipal, quanto às regras sanitárias, serão devidamente autuados. “O retorno econômico gradativo é importante, contudo, mais importante ainda deve ser o cuidado sanitário estabelecido pelo comitê científico municipal”, alerta.

A população também pode ajudar a fiscalizar os pontos da cidade que estejam com aglomerações ou descumprindo os decretos que visam o combate ao novo Coronavírus. Basta realizar denúncia, que pode ser anônima, pelo telefone da Ouvidoria: (84) 3616-9829, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, ou pelo e-mail [email protected] . Além do canal 24h do Ciosp pelo 190.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Araquem Souza disse:

    Um ponto positivo da fiscalização municipal, é que nas feiras livres a exemplo das Rocas, existem bastante espasso entre as bancas, onde podemos transitar com mais comodidade.

  2. Patriota disse:

    É o brasileiro atual sendo brasileiro. A nação cujo líder maior incentiva o descumprimento de leis que considera absurdas. Aos amigos tudo. Aos inimigos a lei.

Setor de atividade física se prepara para reabertura no RN

Foto: Divulgação

As academias de musculação e estabelecimentos de atividade física que não fazem uso de ar-condicionado vão poder reabrir suas portas nesta semana no Rio Grande do Norte, depois de mais de três meses de fechamento do setor. A prefeitura de Natal fará a liberação da área amanhã, terça-feira dia 14 de julho, enquanto o Governo do Rio Grande do Norte prevê a reabertura do setor no restante do estado no dia seguinte, a quarta-feira dia 15 de julho. O Conselho Regional de Educação Física da 16ª Região acompanha o retorno das atividades e reforça a importância do cumprimento dos protocolos apresentados pelas autoridades. O Conselho também criou uma cartilha de orientação que foi disponibilizada na internet, no site www.cref16.org.br, trazendo os principais pontos que devem ser seguidos para garantir a segurança nesse retorno.

“São orientações desde a chegada das pessoas, que deve acontecer sem nenhum tipo de toque, até questões como distanciamento de pessoas, distância entre equipamento, demarcação de locais para exercícios, circulação de ar natural, reforço na higienização, duração de treinos e controle do número de pessoas, afim de garantir segurança para os usuários e também para todos os profissionais do setor”, explica o diretor executivo do CREF16/RN, Adriano França.

O QUE DIZ O PROTOCOLO

A Prefeitura de Natal e o Governo do Rio Grande do Norte utilizam como orientação técnica para a reabertura gradual da economia os protocolos organizados pela Federação do Comércio do RN, a Fecomércio, que contou com a participação de diversas entidades e comitês científicos na sua elaboração.

De acordo com o documento, academias, clubes, box de crossfit e demais estabelecimentos de atividade física que vão reabrir nesta semana devem utilizar ventilação natural- sem uso do ar-condicionado, observar a distância de 2 metros entre pessoas e a ocupação de 6,25m²,proibir a entrada e permanência de pessoas sem máscaras, oferecer água, sabão e álcool em gel 70% para higienização, liberar a utilização de bebedouros apenas para abastecimento de garrafas pessoais, ter aulas com no máximo 40 minutos, agendar os atendimentos, garantir o uso de equipamentos de proteção individual para funcionários e capacitar colaboradores sobre as novas regras.

As aulas coletivas poderão acontecer, desde que sejam respeitadas as determinações sobre distanciamento e ocupação. A mesma regra vale para a realização de treinos coletivos ou com o acompanhamento de personal trainer ao ar livre. Os demais estabelecimentos, que façam a utilização de sistema de ar-condicionado, só vão poder reabrir a partir do dia 5 de agosto.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Augusto disse:

    Não era nem pra ter sido fechadas.
    Era só controlar as entradas do pessoal , com hora marcada.
    Academias gera SAÚDE.
    As atividades físicas é uma unanimidade entre todos os médicos do mundo.
    Primeiríssima necessidade.

  2. Almir Dionisio disse:

    Excelente, mais precisa que sejam fiscalizados os espaços antes da abertura.
    A higienização das academias em Natal deixa muito a desejar, algumas com apenas 01 servidor por turno para realizar a higienização.
    Sabemos que esse processo no protocolo deverá ser continuo com a utilização de cada equipamento por aluno.
    Eu particularmente continuarei me exercitando ao ar livre com os cuidados necessários e em casa. O momento ainda requer medidas de isolamento para a redução dos casos de transmissibilidade.
    Sabemos a importância da atividade física para a qualidade de vida e até mesmo o psicológico do individuo, porém, os alunos precisam que as academias propiciem o atendimento do protocolo estabelecido, bem como contribuírem para que tudo transcorra dentro do que foi estabelecido.
    Cada um será fiscal, devendo denunciar qquer medida que não esteja sendo observada e cumprida pelo estabelecimento,
    assim como colaborar com as medidas estabelecidas para os alunos.

  3. Aluísio Valença disse:

    Ninguém aguenta mais ficar sem malhar os glúteos!

COVID-19: RN tem 669 pacientes internados, sendo 340 em leitos críticos; taxa de ocupação neste fim de manhã é de 81,6%

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os dados do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta segunda-feira(13). Na ocasião, o secretário adjunto, o médico Petrônio Spinelli, informou que a taxa de ocupação de leitos se encontra em queda, e registra neste momento 81,6%.

O secretário também informou que 669 pessoas estão internadas em hospitais públicos, privados ou filantrópicos, entre suspeitos, confirmados, pacientes em enfermaria ou críticos, que neste último caso, somam (340).

Entre regiões, a ocupação se encontra no seguinte cenário:

Oeste (Mossoró):  94%

Região metropolitana de Natal: 81%

Seridó: 73%

Mato Grande: 71%

Alto Oeste (Pau dos Ferros): 50%

RN contabiliza 39.598 casos de coronavírus, com 52.274 suspeitos e 62 mil descartados; 05 óbitos em comparação com o último boletim

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta segunda-feira(13). Os casos confirmados chegam a 39.598. No boletim desse domingo eram (39.421 ).

O total de vítimas da covid-19 no RN chega a 1.399, sendo 05 cinco a mais em comparação com o boletim desse domingo(12).

Os casos suspeitos somam 52.274, descartados(62 mil) e pacientes recuperados são 3.258(sem atualização desde sexta(10).

A eficiência do cooperativismo e sua atuação em conjunto com o Governo do Estado para interiorização de leitos de UTI no RN

Uma das maiores cooperativas do Brasil, a Cooperativa Médica do RN – Coopmed-RN, vem dando suporte profissional médico qualificado e bem treinado para o cenário atual. Desta forma, a Cooperativa contribui, em contrato firmado com o Governo do Estado do Rio Grande do Norte, para abertura de leitos de UTI, nas mais diversas regiões do Estado.

A expansão ocorreu nos leitos de UTI de Caicó, Currais Novos, João Câmara e Pau dos Ferros, com destaque para a ampliação dos serviços de urgência e emergência em Santo Antônio do Salto da Onça e São Paulo do Potengi.

A diretoria da Coopmed ressalta que a interiorização dos leitos de UTI tem uma importância imensurável, pois abre caminhos para levar a medicina de ALTA/MÉDIA Complexidade para o interior do Estado.

O presidente do Cooperativa, Dr. Victor Vinícius de Almeida Ferreira, enfatizou que o projeto de interiorizado do cooperativismo é fundamental para levar medicina de qualidade a todo RN.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Aluísio Valença disse:

    Cooperativismo não é coisa de comunista?

Rússia conclui testes e quer distribuir vacina contra a covid-19 em agosto

Foto: Miguel Noronha/Futura Press/Estadão Conteúdo

A Rússia está mais perto de se tornar o primeiro país a iniciar a distribuição de uma vacina contra o coronavírus para a população. O país anunciou hoje que concluiu parte dos testes clínicos necessários para comprovar a eficácia da imunização desenvolvida por iniciativa do governo russo. A expectativa é de que a distribuição comece já em agosto.

“A pesquisa foi concluída e provou que a vacina é segura”, disse Yelena Smolyarchuk, chefe do centro de pesquisas clínicas da Universidade Sechenov, à agência de notícias estatal TASS.

A vacina aprovada foi desenvolvida pelo Centro Nacional de Pesquisa para Epidemiologia e Microbiologia Gamalei. Segundo o diretor da instituição, Alexander Gintsburg, a previsão é que que a vacina “entre em circulação civil” entre 12 e 24 de agosto.

O Ministério da Saúde russo ainda realizará testes bioquímicos da vacina, mas espera finalizar o processo até setembro, mesmo mês para o qual Gintsburg prevê o início da produção em massa por laboratórios privados.

A vacina russa está perto de ser distribuída porque os testes clínicos começaram em junho. A Universidade Sechenov agrupou 38 voluntários remunerados para o estudo. Parte deles já receberá alta nesta quarta-feira (15), quando terão completado 28 dias em isolamento. A intenção foi protegê-los de outras possíveis infecções.

Os voluntários têm entre 18 e 65 anos e ainda serão monitorados por mais seis meses.

Também no mês passado, o exército russo iniciou uma outra frente de testes clínicos da vacina. O estudo vai durar dois meses e segue em andamento.

A Rússia é o quarto país do mundo com o maior número de pessoas contaminadas pelo coronavírus. Segundo dados da Universidade Johns Hopkins, o país tem mais de 730.000 pessoas infectadas e já passou de 11.000 mortes causadas pela covid-19.

UOL

Células de gordura podem servir de depósito para o novo coronavírus

Foto: Pixabay

Um estudo da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) mostrou que as células adiposas (que armazenam gordura) não só podem ser infectadas pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) como servem de repositório ao agente responsável pela covid-19.

O experimento ajuda a entender por que os obesos correm mais riscos de desenvolver a forma grave da doença.

Além de serem mais acometidos por doenças crônicas, como diabetes, dislipidemia e hipertensão – que por si só são fatores de risco –, os obesos teriam, segundo a Unicamp, um maior reservatório para o vírus em seu organismo.

“Temos células adiposas espalhadas por todo o corpo e os obesos as têm em quantidade e tamanho ainda maior. Nossa hipótese é a de que o tecido adiposo serviria como um reservatório para o Sars-Cov-2. Com mais e maiores adipócitos, as pessoas obesas tenderiam a apresentar uma carga viral mais alta”, disse à Agência Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) Marcelo Mori, professor do Instituto de Biologia (IB) e coordenador da pesquisa.]

A dúvida agora é saber se o vírus consegue sair da célula de gordura com capacidade para infectar outras células do corpo.

Os experimentos estão sendo conduzidos in vitro, com apoio da Fapesp, no Laboratório de Estudos de Vírus Emergentes (Leve).

Nas comparações, os pesquisadores da Unicamp observaram que o novo coronavírus infecta melhor as células adiposas do que, por exemplo, as epiteliais do intestino ou do pulmão.

Em idosos

O estudo mostrou também que a célula de gordura envelhecida por uma radiação ultravioleta apresentava uma carga viral três vezes maior do que as células “jovens”, o que ajudaria a explicar também a razão de os idosos correrem mais riscos com a pandemia.

“Recentemente, começaram a ser testados em humanos alguns compostos capazes de matar células senescentes [que surgem com o envelhecimento]: são as chamadas drogas senolíticas. Nos experimentos com animais, esses compostos se mostraram capazes de prolongar o tempo de vida e reduzir o desenvolvimento de doenças crônicas associadas à idade avançada”, afirmou Mori.

O grupo da Unicamp teve então a ideia de testar o efeito de algumas drogas senolíticas no contexto da infecção pelo SARS-CoV-2. Em experimentos feitos com células epiteliais do intestino humano, observou-se que o tratamento reduziu a carga viral das células submetidas à radiação UV.

“Alguns compostos chegaram a inibir em 95% a presença do vírus. Agora pretendemos repetir o experimento usando as células adiposas”, explicou.

As etapas seguintes da pesquisa incluem a análise de céulas obtidas de pacientes com diagnóstico de covid-19, obtidos por meio de biópsia. “Um dos objetivos é avaliar se essas células encontram-se de fato infectadas e se o vírus está se replicando em seu interior.”

Caso se confirme que o vírus cause algum tipo de impacto metabólico na célula, Mori observou que as implicações poderão ser grandes. “As células de gordura têm um papel muito importante na regulação do metabolismo e na comunicação entre vários tecidos. Elas sinalizam para o cérebro quando devemos parar de comer, sinalizam para o músculo quando é preciso captar a glicose presente no sangue e atuam como um termostato metabólico, dizendo quando há necessidade de gastar ou armazenar energia. Pode ser que o vírus interfira nesses processos, mas por enquanto isso é apenas especulação”, disse o pesquisador à Fapesp.

R7

 

Médico morre após mal súbito em motel em Natal

O Blog Gustavo Negreiros noticia que um médico psiquiatra alagoano de 36 anos, foi encontrado morto na noite desse domingo (12), em um motel na estrada da Redinha. De acordo com o post, a acompanhante chamou os funcionários do motel, que imediatamente acionaram a polícia e o SAMU. Segundo informações do relatório da polícia, o médico teria sofrido um mal súbito.