Início da retomada da economia está sendo em ritmo acelerado, diz presidente do Banco Central

Foto: reprodução

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, voltou a avaliar nesta segunda-feira (6) que a economia já iniciou processo de retomada e a um ritmo acelerado.

“Nós temos, por exemplo, dados de arrecadação, dados de tráfego, dados de consumo de energia, dados de fluxo financeiro. Esses dados corroboram com a visão de que o pior já ficou para trás e a gente vai ter um crescimento”, disse em entrevista à Record.

“E esse início da volta do crescimento tem sido de uma forma até relativamente acelerado.”

Em trecho da entrevista exibido nesta noite, Campos Neto também afirmou que o Pix irá modificar o modelo de negócios de algumas atividades. A plataforma de pagamentos instantâneos do BC está prevista para estrear em novembro.

Ele exemplificou que, com o Pix, o pagamento de uma compra online será por meio de transferência imediata.

“A hora que você comprou, segundos depois o produto já está indo para sua casa”, disse.

Há duas semanas, Campos Neto disse que a plataforma permitirá que o consumidor saque dinheiro em estabelecimentos comerciais.

“As regras e os primeiros detalhamentos desse produto serão apresentados na próxima reunião do Fórum PI, em agosto”, disse Campos Neto na abertura da 9ª reunião plenária do Fórum Pagamentos Instantâneos.

Segundo o BC, a funcionalidade tem o objetivo de reutilizar o dinheiro no varejo e de ampliação da capilaridade.

FolhaPress

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Daysy disse:

    Raimundo, vc vai na lata!👏🏼👏🏼👏🏼
    É isso aí, vamos derrubando o pensamento esquerdista com a verdade!
    Eles acusam nós, do que eles são!
    Bora simbora que o Brasil tem pressa!
    Bolsonaro tem razão!

  2. Marcos Benício disse:

    Claro que está!
    Ou o povo que está recebendo o Auxílio Emergencial e está guardando o dinheiro?
    Está gastando, gerando impostos.

  3. Cigano Lulu disse:

    Ordem sem progresso é inútil, progresso sem ordem é falso. Que a atividade econômica reengate logo, que venha o crescimento e a recuperação dos empregos.

  4. Cavaludo disse:

    Encantador de burros

  5. Guto disse:

    60 mil mortes ponha na contas dos governadores e prefeitos, basta ver os escândalos de desvios que estão sendo descobertos. O governo federal fez sua parte, sendo inclusive, muito elogiado mundo afora pelas medidas implantadas. Seu problema é falta de informação!

  6. Zanoni disse:

    Tal como as mortes pela Covid. Desde o "E daí? Eu não sou coveiro!", já são mais de 60 mil mortes.

    • Raimundo disse:

      A esquerda não cansa de passar vergonha.
      Para implantar o comunismo, tentam se aproveitar de qualquer coisa.
      Para a esquerda, quanto mais mortes e mais desemprego, melhor.
      Abutres se alimentam de desgraça.
      Não vemos o pessoal da esquerda cobrar nada dos governadores.
      Alguns estados governados por esquerdistas estão entre os que têm piores índices.
      Pernambuco, Ceará, Maranhão e Pará.
      Mas o objetivo é falar mal de Bolsonaro.
      No Ceará de Ciro Gomes, um dos piores índices.
      Será que Cipriano seria um bom nome para Ministro da Saúde?
      A recuperação rápida da economia é uma decepção para a esquerda, a turma do Maduro, do quanto pior melhor.
      Na Venezuela, está faltando gasolina…

COMENTE AQUI