Ivermectina causou queda nos atendimentos por Covid em Natal, diz o médico infectologista Fernando Suassuna

Foto: reprodução/YouTube

Nos últimos dias, hospitais privados de Natal e até Unidades de Pronto Atendimento (UPA) têm registrado queda nos atendimentos de pacientes com Covid-19. Para o médico infectologista Fernando Suassuna, membro do comitê científico da Prefeitura de Natal, a baixa na procura por atendimento têm relação, entre outros aspectos, com os efeitos da ivermectina na população.

No começo do mês de junho a ivermectina provocou uma verdadeira corrida da população natalense às drogarias e farmácias de manipulação. Era comum se ver em todas as regiões da cidade filas com centenas de metros formadas por clientes em frente a esses estabelecimentos em busca do medicamento.

Para o infectologista Fernando Suassuna, a queda nos atendimentos tem relação com dois fatores. “Primeiro com o uso da ivermectina há mais ou menos duas ou três semanas, mas também ao tratamento precoce e à profilaxia feita a nível dos planos de saúde, que fizeram seus protocolos, saíram na frente e começaram a fazer os antivirais precocemente com a cloroquina, azitrominica e ivermectina. Então, com isso, essa tendência é de queda. E também da ivermectina sim, porque durante esse período, de duas ou quatro semanas, começa o efeito da ivermectina modulando a imunidade das pessoas”, explica o infectologista.

Fernando Suassuna ressalva, no entanto, que sua conclusão sobre a relação da ivermectina com a redução nos atendimentos em Natal não é um dado científico, mas uma análise sua como médico. “A gente não tem como provar nada, mas acha que são esses dois fatores”.

No final de junho o presidente licenciado do Sindicato dos Médicos do RN (Sinmed), Dr. Geraldo Ferreira, visitou o Hospital São Lucas, um dos mais tradicionais de Natal, e informou que o atendimento a pacientes com covid-19 caiu em torno de 51% em uma semana na unidade.

No dia 1º de julho, Dr. Geraldo Ferreira visitou o hospital privado Rio Grande e recebeu a informação que a unidade retomará as cirurgias eletivas nos próximos dias. A decisão foi tomada diante da redução de atendimentos a pacientes com Covid-19, que ocuparam praticamente toda a unidade nos últimos meses.

No final do mês passado pesquisadores da UFRN divulgaram uma pesquisa que aponta para uma redução nas demandas por solicitações de regulação que partem das UPAs no RN. De acordo com a avaliação, essa queda na pressão das UPAs deve refletir na diminuição nos internamentos e demandas por leitos de UTI e UCI nos próximos dias.

Portal Grande Ponto

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Joana disse:

    Gostaria de saber se pode tomar ivermectina sem ter os sintomas da doença.

  2. Nellymar disse:

    A União danosa, a disseminação criminosa da indústria pandemica, o oportunismo de setores da imprensa, torno-se um grande quadrilhao, para usurpar findos, e após essa pandemia, a operação covidao deixará a lava jato no chinelo, pois o q já se vê é de causar enjoo. Precisamos renegar veementemente, tudo isso, agora, e não depois do estrago feito. Pois ser a leite intornado, q não mais voltará ao copo.

  3. José disse:

    Não há ciência que explique o sonho do protagonismo natalense.

  4. Augusto Santos disse:

    Parabéns Suassuna.
    Esses medicamentos fez o vírus sumir de vários Estados do Norte do País.
    As mortes foram reduzidas em mais de 90%, os hospitais de campanha foram fechados e as alas dos hospitais particulares para covid foram fechadas por falta de pacientes.

    Os governantes de esquerda do Nordeste não querem ver é morte. Não estão nem aí para as vidas das pessoas.
    Bom exemplo foi os quase 100 milhões que o consórcio nordeste enviou para uma empresa fantasma e os 5 milhões que a Governadora do RN perdeu

  5. Dajalma Cosme de Olveira disse:

    Boa Noite. Eu Djalma Cosme de Oliveira, hoje eu agraço primeiramente a Deus e o Deputado Albert Dikson e o Dr. Fernando Suassuna, quando eu comecei a senti gargata irritada e perder o paladar e o cheiro, tomei irvermectina e fiquei melhor, fui ao médico do Posto ele mim falou pode ser ou não covid-19, eu falei que tinha tomado irvermectina ele bom, eu agora estou sentido toda tarde febre ele mim passou antibiótico no outros dias estava bem graça a Deus, logo em seguindo teve minha esposa pegou de mim ela bem recente tinha vinha se recomperado de um cêncer e tomoi irvemectina e se recomperou mais rápido que e dessa pandemia que é fatal e mortal olhe que eu já tenho 64 anos e minha esposa 59 anos de idade, rezamos muito todos os dias e fomos corando desse mal, mais ainda continuamos com os cuidaddos que todos tem que ter, Deus é maior em tudo. AMÉM.

  6. Fátima noia disse:

    Fomos acometido deste vírus e logo começamos o tratamento com invermectina e nossos sintoma foi bem leve.eu minha filha e minha neta.

  7. João Jr disse:

    Pq será que somos campeões mundiais em casos recuperados da covid19 ??? Coveiros não gostam disso.

  8. João Jr disse:

    Notícia para tristeza dos coveiros de plantão. A ivermectina é largamente usada no continente Africano devido a várias verminoses. Filariose é uma delas. São mais de 100 milhões de usuários da ivermectina no continente. Lá os casos de morte foram menos de 4000. A África do Sul não fechou. Escolas funcionando. Etiópia não foi um caos como prévia a OMS. Pelo contrário, está tudo tranquilo.

  9. Pepe disse:

    Caiu aonde?
    Ah….!
    O ABC…!
    É caiu sim!
    Viva o isolamento,que aqui não tem e a vacina,que vai resolver.

  10. Lopes disse:

    Tomei essa peste e quase morri de caganeira!

  11. Obrigado,Dr Suassuna.

  12. Obrigado,Dr.Suassuna pelo seu conhecimento e ajudar o povo do Rio Grande do Norte.👏👏👏

  13. Manoel disse:

    Como disse Darwin lá por volta de 1875: A ignorância gera mais frequentemente confiança do que o conhecimento.
    O que tem de ignorante aqui afirmando o q nao sabe….É a era do WA, a ferramenta de disseminação de mentiras e boatos.

  14. Célia Mendonça disse:

    Parabéns DEPUTADO ALBERT DICKSON

  15. Antônio disse:

    GRAÇAS AO DEPUTADO E MÉDICO OFTALMOLOGISTA DR ALBERT DICKSON, O TEMPO TOFO PREOCUPADO COM A POPULACAO ENTROU FIRME NA LUTA CONTRA O COVID….PARABENS..O MERITO É TODO DELE…BG PRECISA ENALTECER SIM DR. ALBERT DICKSON POR LUTA.

  16. Antenado disse:

    Esses que são contra, com certeza já tomaram. Mas a mente doente não permite que reconheçam e confessem.

  17. De Lima disse:

    Muito fácil deduzir algo baseado em nada. "Ciência" agora virou achismo e fé.

  18. Bezerra disse:

    Pois é!
    Por via das dúvidas já tomei minha dose!

  19. Epaminondas disse:

    A observação clínica é importante em relação a Ivemerctina como meio de atenuar os sintomas porém não deve ser dito que ela previne pois passa a falsa impressão de que tomando se está imune ,o que não acontece.

  20. Flávio Martinez disse:

    Seria interessante a OMS iniciar um estudo ou uma pesquisa mais séria em relação ao uso desses vermífugos no Brasil. Se a medicina de observação vêm apresentando resultados positivos com esses vermífugos, nosso país serviria de modelo e exemplo para as demais nações.

  21. Chicó disse:

    A Torcida Organizada do Coronavírus detesta esse tipo de notícia !!! Há vários depoimentos sobre a eficácia da Ivermectina. Só não ver quem não quer.

  22. José Antônio disse:

    profissional competente! Parabéns, professor Suassuna!

  23. Adalberto disse:

    Curioso…. só não fez diminuir os óbitos!!!

    • Cidadão disse:

      Você pode provar isso?

    • Manoel disse:

      Porque a pessoa é internada e morre em média 15 dias após ser infectado, ou seja demora 15 dias pra diminuir o número de óbitos, quem tá morrendo hoje foi infectado a no mínimo 15 dias, entendeu ou precisa desenhar ?

  24. Cabo Silva disse:

    Esse está de olho na secretaria de saúde do município…

COMENTE AQUI