Juiz manda polícia devolver drogas apreendidas ilegalmente, mas depois justifica “erro de digitação”


Por entender que policiais violaram a inviolabilidade de domicílio ao invadir, sem mandado judicial ou indícios da prática de crimes, a casa de um homem, um juiz de Pernambuco considerou a operação nula e ordenou, na terça-feira (28/7), que as drogas apreendidas fossem devolvidas ao dono.

Porém, nesta sexta (31/7), ele revogou essa parte da decisão, atribuindo a ordem a uma falha de digitação.

Confira a matéria completa aqui, no site Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Junin disse:

    Que drogas eram essas? Legais? Cachaça? Cigarros? Medicamentos? Pq se foi outras que por definição e perícia consideradas ilegais o juiz fez merda altamente punível, e ainda com uma justificativa pífia!!!! Não convence nem meninos!!!! Mas, como são semi-deuses…..

  2. Andre disse:

    BG, o erro faz parte.
    Só erra quem faz.
    Vc mesmo vive errando no português.
    Tanto vc quanto o juiz são humanos.
    Precisamos ser mais tolerantes.

  3. Raimundo disse:

    Ontem vi essa matéria.
    Quando vi art. 50, inciso XI, da constituição, pensei que era fake News.
    Art. 50 trata da Câmara dos deputados.

  4. Alex disse:

    Só?, Há tá ,eu acredito.

COMENTE AQUI