Juíza de Manaus proíbe segunda dose em quem furou a fila da vacina da Covid-19


Foto: reprodução

Uma decisão da juíza federal Jaiza Fraxe, titular da 1a Vara Federal do Amazonas, determinou que aqueles que receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 de maneira indevida, sem que estejam comprovadamente nos grupos prioritários, não deverão receber a segunda dose.

A determinação foi dada em um pedido dos Ministérios Públicos – Federal e do Amazonas – e Defensorias Públicas – da União e do Estado para que a Prefeitura de Manaus disponibilizasse a lista de todas as pessoas vacinadas diariamente em seu site da internet.

Veja a matéria completa no site Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Valéria disse:

    Muito boa decisão. Parabéns!! Que os nomes sejam divulgados

  2. Punição disse:

    Tem que proibir e ainda fazer que reembolse a dose que tomou.

  3. Tico de Adauto disse:

    Coisa boa kkkkkk

  4. Só olhando disse:

    Acho que devem ser punidos de outra forma. Caso não tomem a 2ª dose, o Erário público será penalizado pois o valor gasto na 1ª dose será desperdiçado.

    • AZ disse:

      Tem razão, vai ser pior pois os que furaram vão ter que tomar as 2 vezes.

  5. Celino disse:

    Sem pro. O excelentíssimo soberano supremo das galáxias das divindades celestiais Gimar Mendes, vai autorizar.

    • Erasmo disse:

      Gilmar Mendes já tomou tbm, ah fdp.

    • João Maria disse:

      BG tive o prazer e a satisfação de conhecer a Dra. Jaiza Fraxe na posse de seu pai o general Jorge Ernesto Pinto Fraxe então diretor geral do DER aqui do nosso RN, uma senhora bonita e muito educada que nos cumprimentou com muita simplicidade, parabéns pela sua acertada decisão.

  6. Victorina Assanhada disse:

    Meu marido tomou, mas ele é do grupo de risco

  7. Neto Silva disse:

    É proibido desde a primeira.
    Onde tem petralha infiltrados, tem desonestidade.

COMENTE AQUI