Justiça manda quebrar sigilos de Salles, que sextuplicou riqueza em 6 anos

Foto: Divulgação/EBC

O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou a quebra dos sigilos bancário e fiscal do ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles em um inquérito que investiga suspeita de enriquecimento ilícito. O patrimônio de Salles saltou de R$ 1,4 milhão para R$ 8,8 milhões entre 2012 e 2018.

No período, Salles exerceu dois cargos no governo de Geraldo Alckmin (PSDB), em São Paulo: foi secretário particular do governador entre 2013 e 2014 e, entre 2016 e 2017, ocupou por 13 meses a Secretaria de Estado do Meio Ambiente.

Salles nega irregularidades em suas contas. “Todos os meus rendimentos e bens foram declarados por mim mesmo”, disse o ministro ao Estadão Conteúdo. “Não tenho nenhum receio acerca da análise dos dados.”

A decisão é da última segunda-feira (18) e partiu da 10ª Câmara de Direito Público do TJ. O Ministério Público de São Paulo já havia feito o pedido inicialmente à 5ª Vara da Fazenda Pública, mas teve a solicitação negada. A Procuradoria de Justiça recorreu da decisão.

Uol

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tarcísio Eimar disse:

    Justiça é cega mesmo. E os políticos que aumentam às vezes em até 10x em apenas um mandato. Ninguém vê isso. Façam as contas: um simples vereador por melhor salário q tenha não dá pra levar a vida boa q tem, com ctz tem algo errado.

  2. O MICO disse:

    Lula está fora do governo Chicão. Larga de ser babão e deixa os ovos de Bolsonaro livres pros milicianos poderem fazer laranjada e tomar com os fantasminhas em RACHADINHAS amigas.

  3. Chicão disse:

    Luladrão com patrimônio de mais 40 milhões, isso é só o que tá bloqueado, fora a conta amigo. Profissão pra ganhar dinheiro é torneiro mecânico, todos que conheço são milionário. Rsrsrs

    • Marcos disse:

      Acho que li errado o título dessa reportagem, pensei que era sobre a suspeita de erriquecimento ilícito de Sales, e não de Lula como mencionado no comentário de Chicão.

    • mauricio disse:

      Entaõ investiga ele, e o q tem haver com esse outro? investiga todo mundo mané, ladrão é ladrão

COMENTE AQUI