Lamento muita gente passando necessidade, mas endividamento está no limite, diz Bolsonaro sobre prorrogação do auxílio emergencial

O presidente Jair Bolsonaro voltou nesta segunda-feira (25) a indicar que não haverá prorrogação do auxílio emergencial após afirmar a apoiadores que lamentava haver muita gente passando necessidade, mas que o endividamento do país está no limite.

Questionado por um apoiador sobre se é a favor de um novo auxílio emergencial, Bolsonaro disse que não iria conversar sobre o assunto com ele, mas somente com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

“Não, eu não vou… converso isso com o Paulo Guedes, contigo não. A palavra é emergencial. O que é emergencial? Não é duradouro, não é vitalício, não é aposentadoria. Lamento muita gente passando necessidade, mas a nossa capacidade de endividamento tá no limite”, alegou.

Aliados de Bolsonaro no Congresso têm defendido uma discussão sobre a retomada do auxílio emergencial, que se encerrou em dezembro, mas tanto Bolsonaro quanto Guedes têm dado declarações contrárias à retomada do benefício.

UOL com Reuters

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Romeiro disse:

    A conta é simples: cortem os gastos com o Legislativo e Judiciário (todas essas benesses) que o Auxilio volta.

  2. Georgino Queiroz disse:

    Quando tiver um esquerdista reclamando de alguma coisa é porque o que você está fazendo esta certo, o problema é que esses comunistas quer que o governo sustente eles, só que nesse governo é diferente, vão ter que trabalhar se não só vão comer mortadela.

  3. José Macedo disse:

    Está aí a prova que ele não usa o populismo e sim o crescimento do pais como um todo.

  4. Santos disse:

    Lamenta?
    O Brasil está do jeito que o senhor gosta. O caos é seu habitat natural, nele o senhor se desenvolve e se deleita.
    Mas a culpa não é sua, a culpa e de quem colocou vc aí… nunca escondeu seu despreso pela vida e sua incapacidade de agir, apenas de apontar para os outros. Com mais de 30 anos parazitando, não dá pra dizer que ninguém imaginasse que fosse assim.

  5. Manoel disse:

    Eu liberei trilhao pra banco, talkei?
    Pra pobre só mandioca e água.

  6. Gabriela disse:

    BOLSONARO já recebeu o Brasil quebrado da época desastrosa do PT, com dezesseis milhões de desempregados, QUEBRADO: SAÚDE, ECONOMIA; NÍVEL ELEVADO CORRUPÇÃO, haja vista LAVA AJATO e outras operações;, O RAKING DA EDUCAÇÃO NO BRASIL ocupa 60ª posição, entre 76 países, no ano 2019. UM CAOS.

    Aí vem uma doença que teve ORIGEM NA CHINA, não só quebrou várias empresas no BRASIL, e no MUNDO, além das mortes de milhões de pessoas.

    Apesar de tudo isso, o Presidente concluiu várias obras que estavam inacabadas, por exemplo trouxe água do São Francisco para CEARÁ, além de estradas por todo Brasil.

    ATUAL PRESIDENTE CORRETO, HONESTO E NÃO DEIXA NINUGÉM ROUBAR, O BRASIL PRECISA DE BOLSONARO.

  7. Antonio Turci disse:

    Parece que tem muita gente viciada na "lei do menor esforço".

  8. Edu Lima disse:

    Eu só olhando essa bando de esquerdista, um usando aquela velha viseira de burro!

  9. Claudio Henrique Do Nascimento disse:

    O povo tem de voltar a trabalhar, a moleza acabou Bolsonaro tem razão.

  10. Pixuleco disse:

    Não acredito que TONHO disse isso :
    E como fica meu 3x 1 comprado em 18 meses ?
    Meu churrasquinho de galeto com conhaque aos domingos ?
    Eu quero meu auxiliar porque o véio é bom , o véio é espetacular .
    Aí papai , desse jeito o YONHO vai deixar de ser pop .

  11. Pedro disse:

    15 milhões gastos em leite condensado…
    O omi é bom, o omi é espetacular…#sqn
    Só calígula gosta mais de leitinho do que o Bozo…kkkkkkkk

  12. João disse:

    Os pobres que votaram no Bozo devem tá é feliz…kkkkkkkkk
    Faz arminha que o auxílio volta….pah…….
    Muuuummmmmmmmm

  13. Natalense disse:

    Falou o sr. do caos

  14. Justo Veríssimo disse:

    Lamenta p*rra nenhuma.
    Tua família tá rica.
    O gado que se f*da!

COMENTE AQUI