Lei de autoria do vereador Paulinho Freire assegura vacinação domiciliar de pessoas com deficiência motora em Natal

Foto: reprodução

Em meio a pandemia do Coronavírus, surge uma nova lei que irá contribuir para ampliar o acesso da população à saúde. A Prefeitura de Natal publicou hoje em seu Diário Oficial a Lei Ordinária N 7.032/2020 que assegura a aplicação de vacinas em pessoas com deficiência motora incapacitante, em residências, asilos, fundações, casas de repouso ou entidades que agrupem pessoas com mobilidade reduzida.

“Este ato é muito importante porque irá contribuir para que várias pessoas que necessitam de uma atenção especial tenham acesso às vacinas em casa. O novo benefício faz toda a diferença para muitas famílias agora, em meio essa crise sanitária, porque as pessoas não estão podendo sair de casa. Mas quero lembrar também que mesmo quando essa crise passar a lei permanecerá em vigor com o serviço assegurado”, afirmou o vereador Paulinho Freire.

A partir de hoje, a população natalense pode recorrer ao setor público solicitando o serviço para as pessoas que tem dificuldade de se locomover até as unidades de saúde. Deve-se lembrar que a lei abrange vacinas contra Influenza, pneumocócica 23-valente, difteria e tétano, febre amarela e hepatites (A, B, A+B).

“Agradeço a sensibilidade do poder executivo em sancionar essa ideia proposta por nosso mandato através do trabalho do legislativo municipal. Além de fiscalizar e zelar pelo serviço público, o trabalho do vereador é esse: pensar projetos de lei que possam assegurar melhoria de vida e bem estar para a população”, explicou Paulinho.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Aluizio disse:

    Antes q apareça alguma anta, dizendo q a pandemia e recente, eu me refiro a tudo q envolvem aos pacientes com coordenação motora, e que os parentes já sofrem d +, com nossos trans portes públicos do jeito q tá aí, principslmente, os mais carentes, essa medida já deveria ser lei faz tempo, ou não ?

  2. Aluizio disse:

    Paulinho , apesar de ser abc do povão , mas lhe admiro muito, agora essa lei, precisa , nessa situação, já não seria obrigado o poder público fazer isso , se não for , vc e outras autoridades já deveriam ter feitas a dezenas de anos atrás ,. Meu Deus

COMENTE AQUI