Limite de isenção para compras de brasileiros no exterior dobrará para US$ 1.000

Foto: Max Milhas

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira em seu discurso na cúpula do Mercosul que foi aprovada proposta brasileira para elevar o limite de “isenção para bagagem em viagens aéreas”, sem dar detalhes. Segundo uma fonte, a medida prevê dobrar o teto de US$ 500 para US$ 1.000 para compras no exterior sem pagamento de impostos.

A proposta, ainda segundo essa fonte, autoriza cada Estado membro do bloco a elevar esse limite. Cada governo, portanto, vai decidir se seguirá o Brasil. A medida abrange aquisições fora de free shops, para os quais também haverá teto de US$ 1.000 em 2020.

A ideia é aproveitar essa medida, anunciada em outubro, e que começa a valer em 2020 para dobrar também o limite de compras no exterior sem impostos. Com isso, o brasileiro poderá comprar até US$ 2 mil no exterior no próximo ano.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Maldoni disse:

    Mais um benefício para os mais pobres do país.
    Para os que já podem muito, esse governo é uma benção.

  2. Maldoni disse:

    Mais um benefício para os mais pobres do país.
    Para os que já podem muito, esse governo é uma benção.

  3. Amaral disse:

    C o dólar nas alturas não tá compensando comprar nem um chiclete no exterior… a Disney vai ficar p depois…

COMENTE AQUI