‘Moro, Valeixo sai esta semana. Está decidido’, escreveu Bolsonaro ao então ministro

Foto: Carolina Antunes/PR

O Estadão obteve uma série de quatro mensagens trocadas entre Jair Bolsonaro e Sergio Moro que consta do inquérito do STF sobre a suposta tentativa de interferência do presidente na Polícia Federal.

As mensagens mostram que partiu de Bolsonaro a decisão de trocar o então diretor-geral da PF, Maurício Valeixo.

“Moro, Valeixo sai esta semana”, escreveu o presidente, às 6h26 do dia 22 de abril.

“Está decidido”, disse em outra mensagem.

“Você pode dizer apenas a forma. A pedido ou ex oficio (sic).”

Onze minutos depois da terceira mensagem de Bolsonaro, Moro responde:

“Presidente, sobre esse assunto precisamos conversar pessoalmente. Estou ah disposição para tanto.”

O diálogo mostra que a decisão de Bolsonaro de mudar o comando da PF já tinha sido tomada horas antes da polêmica reunião ministerial do dia 22 de abril.

O Antagonista