Pai, que foi baleado ao fazer “escudo humano” para proteger filhos de tiroteio, perde dois empregos

Foto: Reprodução: Youtube/ Tmz

Um pai, que fez “escudo humano” para proteger filhos de tiroteio em uma concessionária, em Nova York, nos Estados Unidos, perdeu dois empregos, após ser baleado. O caso aconteceu na última segunda-feira (21). Anthony Jefferson agiu como um herói para salvar os filhos de 6, 5 e 2 anos, quando um homem entrou no local atirando.

Em entrevista ao TMZ, site americano de entretenimento, Danica Jefferson, a esposa de Anthony, disse que atualmente o marido não consegue andar, pois foi atingido com uma bala na coxa direita.  Danica relata que devido à incapacidade do marido de andar no momento, ele foi demitido de seus dois empregos. Ele trabalhava como pintor em uma empresa de manutenção e como operário de construção, em Nova York. Ela não revelou o nome das empresas.

Anthony teve alta do hospital, mas ainda está com a bala alojada em sua perna e precisará fazer uma nova cirurgia no futuro. Além disso, Danica relata que as crianças estão muito traumatizas. Elas não querem sair de casa e choram durante à noite. Uma das crianças chegou até a perguntar: “Por que o homem atirou no meu pai?”

Por isso, a família pretende levar as crianças a um terapeuta o mais rápido possível. Para isso, uma amiga de Danica criou uma página no GoFundMe para arrecadar dinheiro para as despesas médicas de Anthony e acompanhamento psicológico dos pequenos.

Confira o vídeo em que Anthony salva os filhos (a partir dos 22 segundos):

Revista Crescer/globo.com