Política

Paraná Pesquisas: Entre eleitores de SP, Bolsonaro tem 68,4% dos votos válidos contra 31,6% de Haddad

Foto: Luciano Belford/Estadão Conteúdo

O candidato do PSL à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, aparece com 59,4% das intenções de voto, segundo pesquisa do Instituto Paraná divulgada nesta quinta-feira (25). O candidato do PT, Fernando Haddad, tem 27,4% das intenções de voto. Não sabe somam 4% e não votariam em nenhum dos dois candidatos somam 9,2%. A pesquisa foi realizada com eleitores do Estado de SP durante os dias 22 a 24 de outubro de 2018.

Em votos válidos, Jair Bolsonaro ultrapassa a marca de 60% com 68,4%, já Haddad tem 31,6% dos votos válidos.

Com relação ao potencial eleitoral dos candidatos, Bolsonaro tem 51,4% dos entrevistados afirmando que “com certeza votariam” nele, contra 23,7% de Haddad. Entre os que “não votariam de jeito nenhum” em Bolsonaro são 33,3%, contra 61,8% de Haddad.

Dados da pesquisa

De acordo com a Resolução-TSE n.º 23.549/2017, essa pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o n.º BR-04858/2018 para o cargo de Presidente e sob o n.º SP-07460/2018 para o cargo de Governador.

O universo desta pesquisa abrange os eleitores do Estado de São Paulo. Para a realização desta pesquisa foi utilizada uma amostra de 2.004 eleitores, sendo esta estratificada segundo sexo, faixa etária, grau de escolaridade e nível econômico.

O trabalho de levantamento de dados foi feito através de entrevistas pessoais com eleitores com 16 anos ou mais em 87 municípios durante os dias 22 a 24 de outubro de 2018, sendo auditadas simultaneamente à sua realização, 20,0% das entrevistas.

Tal amostra representativa do Estado de São Paulo atinge um nível de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,0% para os resultados gerais. Para a seleção da amostra utilizou-se o método de amostragem estratificada proporcional, conforme o mapeamento do Estado em 15 mesorregiões homogêneas segundo o IBGE, considerando-se esta divisão geográfica como primeira estratificação.

Dentro de cada mesorregião, agruparam-se os municípios em grupos homogêneos, procedendo-se à estratificação proporcional final da amostra.

A Paraná Pesquisas encontra-se registrada no Conselho Regional de Estatística da 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª e 7ª Região sob o nº 3122/18. A amostra é representativa dos moradores das áreas pesquisadas e foi selecionada em três etapas.

Na primeira etapa realizou-se um sorteio probabilístico dos municípios onde as entrevistas foram realizadas através do método PPT (Probabilidade Proporcional ao Tamanho), considerando a população eleitora com 16 anos ou mais residente nos municípios como base para essa seleção.

Na segunda etapa, fez-se um sorteio probabilístico dos setores censitários, onde as entrevistas foram realizadas, através do método PPT (Probabilidade Proporcional ao Tamanho), tomando a população de 16 anos ou mais residente nos setores como base para essa seleção.

Na terceira etapa, a seleção dos entrevistados dentro do setor censitário, foi feita utilizando-se quotas amostrais proporcionais, em função das seguintes variáveis: sexo, faixa etária, escolaridade e nível econômico.

Jovem Pan

 

Opinião dos leitores

  1. O PT parece aqueles pacientes terminais que antes de morrer fica dando aqueles xiliques e convulsões.

  2. O Salviano, pelo que vi leu não só as matérias jornalísticas de cunho partidário, mas, principalmente a pesquisa e respectiva base de dados. Base de dados que para quem entende o razoável conclui o óbvio. O rótulo jornalístico partidário demonstra que o objetivo é macular a verdade dos números. Parabéns Salviano! TOLERÂNCIA, PACIÊNCIA, SAÚDE, PAZ e FELICIDADES para todos!

  3. O quer que aconteça no próximo domingo não pode e não deve interferir nas nossas relações. O estrago causado por ocasião dessa eleição já tomou proporções inimagináveis. São relações de anos sendo jogadas no esgoto motivadas por pessoas que não merecem. Particularmente, penso que é utopia acreditar que iremos expurgar a corrupção, transformar o país e promover a justiça. Esse discurso tem sido reverberado há décadas. Mas, voltando ao ponto inicial, gostaria de convidar a todos, petistas e bolsonariano, a tomarem para si um comportamento republicano, aretornarem à essência do nosso modo ser e de viver: humano, acolhedor, preocupado consigo e com o próximo. Obviamente tenho minha preferência. Obviamente tenho familiares e amigos que pensam diferente de mim. Que bom que é assim. Que bom que seja sempre assim. Que bom será se o engajamento demonstrado nas eleições de 2018 seja ampliado para promoção e desenvolvimento de um país mais justo. Que bom será se esse mesmo engajamento repercuta nas nossas ações, no cumprimento das nossas obrigações, no honrar dos nosso compromissos.
    Enfim, que possamos adotar um espírito de moderação, colocando de lado animosidades, respeitando mutuamente uns aos outros mesmo em meio a discordância.
    Nós precisamos de PAZ! As pessoas ou estão com medo, ou estão na iminência de desenvolvê-lo. E isso é salutar? Não. É terrível.
    Sei que não sou melhor do que ninguém. Sei que a minha opinião – aqui parcialmente exposta, não é superior a de ninguém. Às comvergimos; às vezes, divertimos; às vezes, simplesmente, não incorretos nem uma coisa, nem em outra.
    Portanto, caros leitores e leitoras, vamos nos despir de sentimentos negativos e seguir em frente, mais uma vez, respeitando uns aos outros.
    P.S.: que bela atitude a do general que ofereceu flores à Ministra Rosa Weber, atacada por um dos seus pares. Sigamos o seu exemplo. Dediquemos flores em vida, enquanto é dia.

    1. Concordo !! deveremos nos unir e deixar de lado as preferências partidárias e ideológias, que todos tenham como ideologia o crescimento desta nação e a melhoria de vida para todos.

    2. Bem verdade F.M. mas precisa combinar isso com a turma da esquerda que vem usando de tudo, como sempre, nas eleições, no mais baixo nível.
      Basta apenas citar dois exemplos:
      A MENTIRA de Geraldo Azevedo que afirmou ter sido torturado pelo MOURÃO;
      A suástica que a moça fez no corpo e saiu divulgando que tinha sido eleitor de Bolsonaro;
      Tem muito mais… fiquemos com esses… O respeito sempre existiu, mas só de um lado

    3. João, eu compreendo a sua indignação, mas acho que as agressões ocorrem de todos os lados. Lembra do caso da placa com o nome da vereadora carioca cruelmente assassinada? Pois é, isso fomenta ou não a ira do opositor? Estou citando o exemplo como mera ilustração. Como disse anteriormente, há exemplo de todos os lados.
      Não nos deixemos levar. Sejamos agentes da PAZ, em respeito a esta e as futuras gerações.
      PAZ, amigo. PAZ! se Deus quiser, todos voltarão a tomar a sua cervejinha (ou Coca-Cola, à quem preferir) cercado de petistas, bolsonaristas, bacuraus, enfim, gente de todas as tribos. Grande abraço!
      P. S.: só agora percebi o tanto de vezes que fui traído pelo corretor ortográfico na primeira postagem (kkkkkkk). Desculpa, turma.

  4. Nos lugares mais civilizados do Brasil, onde as pessoas mais trabalham e são esclarecidas, a verdade prevalece. E onde há miséria e podridão, que os abutres se alimentam e prosperam.

    1. Será por isso que Haddad está vencendo na capital de São Paulo?

    2. Exatamente por isso o PT venceu 04 eleições seguidas e hoje somos esse país dominado por bandidos, com mais de 60 mil assassinatos, economia tentando se recuperar, indústria tentando voltar a produzir e uma classe política viciada em recursos públicos e cargos públicos que levou o país a ver tantos corruptos, protegidos pela impunidade que o aparelhamento estatal propiciou.

  5. ESTABELECIDA A VERDADE EM SP, vamos desmontar a MENTIRA do IBOPE:
    Se há um lugar do Brasil em que Fernando Haddad NÃO vai vencer a eleição é na CIDADE DE SÃO PAULO, de onde ele foi praticamente EXPULSO em 2016:
    Haddad perdeu em TODOS os 58 distritos eleitorais, desde a Avenida Paulista, até a zona rural.
    Em uma cidade em que as eleições são tradicionalmente muito disputadas, nunca antes se vira um governante ser rejeitado de forma tão categórica como ele foi, um verdadeiro massacre eleitoral.
    Das 1.512 entrevistas (para um universo de mais de 33 milhões de eleitores), 413 foram realizadas na CAPITAL; 784, no INTERIOR; e 315, na "PERIFERIA", mas não há explicação sobre a "PERIFERIA" que o instituto se refere;
    A mídia comprometida com a esquerda correu para colocar nas manchetes, sugerindo uma impressionante reação do candidato do PT, justamente na cidade que mais motivos tem para não elegê-lo, não votar em Haddad.
    Alguns ainda tentaram relacionar a surpreendente "queda" de Bolsonaro (que estaria recebendo menos votos do que teve no primeiro turno) ao apoio de João Dória (que lidera no estado, mas perde na capital), o que não faz qualquer sentido.
    É provável que a intenção da parte dos jornalistas, responsáveis por pinçar parte da pesquisa e transformá-lo em "fato midiático", tenha sido apenas essa mesmo: aplicar um desfibrilador na moribunda campanha de Haddad.
    A MANIPULAÇÃO FOI TÃO EVIDENTE QUE NEM O PT SAIU GRITANDO QUE JÁ TINHA VIRADO EM SÃO PAULO. OLHA QUE NISSO, MENTIRAS, O PT É MESTRE!

    1. Salvino, você precisa ler com mais cuidado. A pesquisa é sobre o estado de São Paulo, não da cidade.

    2. Exato Marcos, a mídia falou da virada em São Paulo, SEM DETALHAR que ERA APENAS na capital.
      Segundo o Ibope na capital estaria 41 x 40 a favor de Haddad, número questionável, já que o petista foi varrido eleitoralmente em 2016, perdeu em todos os distritos do estado, perdeu até dos votos em branco.
      Outro detalhe na pesquisa do ibope, na capital foram "pesquisados" apenas 413 pessoas no universo de 33 milhões de habitantes. O Ibope ainda trabalha para o PT, a rede Globo e o jornal a folha de São Paulo, meios de comunicação declaradamente opositores a Bolsonaro.
      Mas os petistas precisam acreditar nessa manipulação, é o que eles sabem fazer, criar mentiras e defendê-las.

    3. Mais uma enorme mentira do PT. Como tudo o que fazem e dizem. A vitória de Bolsonaro em São Paulo (capital, interior, o escambau) será enorme. Criem vergonha na cara, petralhas, e deixem de espalhar mentiras por ai. Tenham decência em algum momento de suas vidas.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Governo Federal libera R$ 40 milhões para obra de novo acesso ao Aeroporto

Foto: Reprodução

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), liberou, nesta quarta-feira (19), verba de R$ 40 milhões para a construção da obra “Ponte dos Mártires”, novo acesso que ligará o Aeroporto Internacional Aluízio Alves à capital potiguar. O ministro Rogério Marinho esteve com o prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulo Emídio, no Monumento aos Santos Mártires em Uruaçu para evento de anúncio oficial da liberação, onde informou que as obras ainda não tem previsão para início e conclusão mas o dinheiro necessário já está empenhado junto à Caixa Econômica Federal.

Segundo Rogério Marinho, o investimento federal na obra, que será executada pela Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, trará um grande benefício ao estado. “Esse é mais um recurso importante que garantimos para o Rio Grande do Norte e que vai beneficiar milhares de moradores da Região metropolitana de Natal, além dos turistas que chegam ao nosso estado pela via aérea. Essa ponte vai ser mais um acesso importante para o Aeroporto Internacional e vai auxiliar na promoção do desenvolvimento econômico e social da região”, destaca.

A Ponte dos Mártires, como vem sendo denominada, fará a ligação do Santuário dos Mártires de Uruaçu, que tem acesso para o aeroporto, com os bairros Quilômetro 6 e Quintas nas proximidades da avenida Mor Gouveia em Natal. A obra também deve impulsionar o turismo religioso no estado. Sua proposta de emenda veio do deputado federal João Maia (PL) e foi solicitada pelo Prefeito Paulo Emídio (PROS) junto ao Ministro Rogério Marinho.

Com extensão de 400 metros e 10 metros de largura, a ponte será construída no local mais estreito de travessia sobre o rio Jundiaí, efluente do rio Potengi. Os recursos encontram-se empenhados e o contrato de repasse já foi assinado com a Caixa Econômica Federal. A estrutura do acesso incluirá um passeio intertravado em ambos os lados de 2,50 metros, bem como 7 metros de pista de rolamento com duas faixas de circulação. A iluminação pública em LED também está prevista no projeto para o local.

Tribuna do Norte

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Mais de 200 procuradores e promotores do MPRN receberam vencimentos acima de R$ 140 mil em novembro

Foto: Reprodução

Procuradores e promotores do Ministério Público do RN tiveram benefícios financeiros de fazer inveja ao cidadão potiguar que ainda vive em crise por causa da pandemia e restrições impostas pelo cenário econômico. Levantamento realizado pelo Justiça Potiguar junto ao portal da Transparência do MPRN apontou que 207 promotores receberam de rendimento líquido uma média de R$ 140 mil no mês de novembro de 2021.

O valor do contracheque foi inflado pelo recebimento de nada mais nada menos do que R$ 118.650,00 a título de outras remunerações retroativas/temporárias que por serem de natureza indenizatória não entram no corte do teto de promotores e procuradores que gira em torno de R$ 33 mil a R$ 35 mil.

Somente de remunerações retroativas ou temporárias pagas em novembro aos 207 membros do MPRN o impacto foi de R$ 24,5 milhões aos cofres públicos do RN.

Ainda segundo o levantamento do Justiça Potiguar, pagamentos retroativos passaram a constar nos vencimentos dos membros do MP a partir de maio, em alguns casos valores altos foram pagos em pelo menos dois meses a procuradores e promotores que somaram exclusivamente nos dois meses a bagatela de R$ 340 mil, valor que equivale a praticamente o valor de 10 vezes do teto constitucional do cargo.

As verbas indenizatórias do MPRN incluem benefícios como licenças-prêmio e férias de 60 dias, a que os membros do MP têm direito, não gozadas que são vendidas e incorporadas na remuneração e não há nada de ilegal, que fique claro. Apesar do amparo na lei a pergunta que fica é se o momento é o mais oportuno visto o cenário econômico da maioria dos potiguares.

Justiça Potiguar

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima

2021 ficou entre os anos mais quentes da história, aponta agência da ONU

Foto: Reprodução

Uma análise feita com dados consolidados de seis bases de dados internacionais sobre temperaturas globais mostrou que 2021 foi um dos anos mais quentes da história.

Segundo a Organização Meteorológica Mundial (OMM), o ano passado está entre os sete mais quentes já registrados na história.

O grupo dos sete anos mais quentes inclui todos os anos desde 2015. Entre eles, o ano de 2016 lidera o ranking de temperatura global, seguido de 2019 e 2020.

A agência da ONU (Organização das Nações Unidas) especializada em meteorologia pontua que as temperaturas médias globais foram temporariamente resfriadas, entre 2020 e 2022, pelo fenômeno La Niña.

“Eventos consecutivos de La Niña significam que o aquecimento de 2021 foi relativamente menos pronunciado em comparação com os últimos anos. Mesmo assim, 2021 ainda foi mais quente do que os outros anos influenciados pelo La Niña”, declara o secretário-geral da OMM, Petteri Taalas.

“O aquecimento generalizado de longo prazo como resultado do aumento dos gases de efeito estufa na atmosfera é agora muito mais relevante do que as variações anuais nas temperaturas médias globais causadas por fatores naturais do clima”, complementa.

Os dados levantados pela agência ao longo dos anos mostram que desde os anos 1980, o planeta fica mais quente a cada década, e a expectativa é que a tendência se prolongue.

“O ano de 2021 será lembrado por temperaturas que quebraram recordes de quase 50°C no Canadá, comparáveis aos valores registrados no deserto da Argélia, chuvas excepcionais e enchentes mortais na Ásia e na Europa, além da seca em partes da África e da América do Sul. Os impactos das mudanças climáticas e perigos relacionados à temperatura tiveram efeitos devastadores em comunidades de todos os continentes”, diz Petteri Taalas.

CNN

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

Temendo nova variante do vírus, Hong Kong abaterá 2 mil animais

Foto: REUTERS / Tyrone Siu

Hong Kong vai sacrificar cerca de 2 mil animais depois que alguns testaram positivo para coronavírus, no momento em que a cidade se empenha em manter a estratégia de “covid zero” determinada por Pequim. A decisão de sacrificar os bichos foi tomada depois que as autoridades de saúde detectaram alguns casos de covid em um pet shop.

A secretária de Saúde do território, Sophia Chan, disse que o governo local pretende preservar a saúde pública depois que um funcionário da loja e um cliente também testaram positivo para covid-19 após entrarem em contato com alguns hamsters. O funcionário foi infectado com a variante Delta, muito rara em Hong Kong.

A cidade tem seguido rigidamente a política chinesa de “covid zero”. Por isso, Hong Kong vem registrando poucos casos de coronavírus. Por outro lado, o centro financeiro foi praticamente isolado do restante do mundo nos últimos dois anos.

Estadão Conteúdo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Após agressão, âncora apresenta programa todo ensanguentado e avisa: “Só me matando”

Foto: Reprodução

O âncora Daniel Carniel foi agredido fisicamente e apresentou um programa em sua emissora, o canal por assinatura Adesso TV, do Rio Grande do Sul, todo ensanguentado para explicar o que aconteceu e denunciar o ataque. Carniel definiu a agressão como um “atentado”.

“Um rapaz estava me esperando na porta da emissora (…) perguntou se eu era Daniel Carniel, quando eu confirmei, ele começou a me agredir e a me chutar”, relatou o âncora, com ferimentos pelo rosto.

O agressor, de acordo com o jornalista, o atacou por causa das “denúncias que faz na TV” e por “falar o que quiser” no programa.

O apresentador comentou ainda que ele já havia sido alertado para tomar cuidado com sua segurança.

Daniel acrescentou que a polícia irá investigar o caso, com ajuda de câmeras de segurança para identificar o agressor. “Não vão me calar. Só me matando”, afirmou Daniel, prometendo que irá “caçar” o autor dos ataques.

Depois do programa, o jornalista procurou atendimento médico e realizou exame de corpo de delito.

Terra

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Você está gestante e tem muitas dúvidas sobre este momento?

A Maternidade Dr. Delfin Gonzalez irá realizar, no próximo dia 5, às 9h, em sua unidade, mais uma roda de conversa para gestantes e casais grávidos.

A ação contará com a participação dos coordenadores de ginecologia e obstetrícia da maternidade, Dr. Ricardo Cobucci e Dr. Adson Vale, e terá visita guiada e momento para esclarecimentos sobre a gestação e o parto.

As inscrições são gratuitas e limitadas e podem ser feitas pelo link: abre.ai/conversahrg. Participe!

Mais informações pelo: (84) 98129-3618

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Governo prepara a compra de pílulas da Pfizer contra Covid

Foto: Divulgação / REUTERS

Em meio ao avanço de casos positivos de Covid-19 no Brasil, motivado pela disseminação da variante Ômicron, o Ministério da Saúde avalia a possibilidade de comprar a pílula antiviral Paxlovid contra o coronavírus, fabricada pela Pfizer.

O laboratório deve solicitar autorização para uso do novo medicamento à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nas próximas semanas.

De acordo com a farmacêutica, a pílula tem 89% de eficácia na prevenção de hospitalizações e mortes de pacientes de alto risco contaminados pelo novo coronavírus.

O medicamento deve ser tomado por cinco dias, logo após os primeiros sintomas da doença. O efeito da pílula bloqueia a replicação do vírus e impede a evolução da Covid-19 para quadros graves.

Fontes ligadas ao Ministério da Saúde informaram ao Metrópoles que a pasta estuda a possível compra do imunizante da farmacêutica. No entanto, ainda não há previsão de quando o país receberia doses do remédio nem do quantitativo de pílulas que poderiam ser enviadas ao Brasil.

Em conversa com a reportagem do Metrópoles por telefone, a assessoria de imprensa do Ministério da Saúde informou que, para avançar nas tratativas e na avaliação de uso do Paxlovid na rede de saúde brasileira, é preciso que o medicamento tenha sua utilização e comercialização autorizadas pela Anvisa.

Caso a agência reguladora permita o uso emergencial do remédio, o Ministério da Saúde poderá recomendar que a pílula seja utilizada no Sistema Único de Saúde (SUS) sem a necessidade de análise prévia pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias ao SUS (Conitec).

Metrópoles

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

ELEIÇÕES 2022: Os Dickson vão se dividir entre o PSDB e o PP

O deputado estadual Albert Dickson confirmou que está de saída do PROS para o PSDB, partido que é presidido no Rio Grande do Norte pelo deputado Ezequiel Ferreira e ainda conta com os deputados Gustavo Carvalho, José Dias, Raimundo Fernandes e Tomba Farias, para disputar a renovação do mandato.

O parlamentar também confirmou que a mulher e deputada federal Carla Dickson está a caminho do PP, legenda presidida pelo deputado federal Beto Rosado.

O casal deve fazer dobradinha em partidos diferentes, mas manter a base eleitoral entre os evangélicos e a classe médica.

Opinião dos leitores

  1. Resumindo: pra onde o vento levar eles pulam do barco. Já viram que a canoa pode afundar. E os evangélicos ainda caem no canto da sereia…

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Henrique Alves diz que MDB é a vida dele, mas atos recentes do político mostram o contrário

O ex-deputado e ex-ministro Henrique Eduardo Alves anunciou que será candidato a federal nas eleições do próximo ano com um discurso voltado para o partido, afirmando que o MDB é a sua vida e tudo mais. Contudo, as atitudes recentes dele mostram o contrário.

“O MDB é minha casa, minha história e minha vida”, disse.

Mas, a começar por 2018, eleições de destaque no RN, que tiveram palanques fortes, quando Walter Alves foi candidato a deputado federal pelo MDB, Henrique decidiu apoiar a candidatura de Benes Leocádio pelo PTC.

Na mesma eleição, o próprio Henrique também anunciou o voto em Tomba Farias, do PSDB, para deputado estadual.

 

 

Opinião dos leitores

  1. Quem conhece Henrique Alves de perto sabe bem: pense num cabra sem futuro. O sujeito quando vier a ser odiado dentro de sua própria casa e da sua família, já viu…. este sujeito é capaz de qualquer coisa para conseguir seus intentos. Sem escrúpulos.

  2. Será que ainda vai ter bobos pra votar nele??? será que já nao basta….? nao vejo os mesmos comentários direcionados a outros partidos?? pq será ? conivencia ou conveniencia??? ou estupidez mesmo?????

  3. Espero que o RN continue o que começou na eleição passada , ou seja , chega de Alves e Maias , duas famílias que sugaram no estado

  4. Bennes não ganha mais nem pra vereador em Lages, imagine pra deputado o cara não atende ninguém não faz nada por ninguém, ra de besta só a carinha dele viu, duvido ele ganhar

  5. tudo mentira, só para se beneficiarem do eleitorado que ainda fazem parte dos curais, que feio em ? besta quem ainda vai votar neles

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Antônio Jácome confirma pré-candidatura à federal e já sonha com retorno ao Congresso

O ex-deputado Antônio Jácome, que desistiu da reeleição em 2018 para tentar uma das vagas do Senado Federal confirmou a pré-candidatura para federal nas eleições do próximo ano.

Jácome ainda não decidiu por qual partido vai disputar o mandato, mas um caminho natural é o PSD para fazer uma “dobradinha” ao lado do filho Jacó Jácome, que tentará renovar o mandato de estadual.

Jácome, que durante muito tempo foi tratado como um dos grandes articuladores da política potiguar, já foi vice-governador no governo Wilma de Faria.

O ex-parlamentar também deve ter o apoio do sobrinho Ériko Jácome, atualmente no MDB.

Opinião dos leitores

  1. São sempre as mesmas figurinhas, os Jácome, os Diksson, os Alves. Temos que mudar isso, colocar gente nova no congresso.

  2. é o homi do migué……!!! todos os filhos na politica e a conversinha de evangélico….!!! basta!!!

  3. Generalizando: começou a sujeira da política no nosso estado os protagonistas dos arrumadinhos estão entrando em campo e nosso estado cada mais vezes se acabando pela gerência incapaz dos nossos políticos. É só olhar para a Paraiba e ver um sinônimo de crescimento.

  4. Não sei como o povo ainda vota nesse cara de pau q nada acrescenta para o desenvolvimento do RN .
    Vai cuidar do teu rebanho se é q tu és evangélico . Q duvido muito .

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *