Parnamirim lança projeto que cria Centro Cultural da 2ª guerra; instalações do antigo Aeroporto Augusto Severo e da Ala 10, unidade da Base Aérea, entre espaços

Em viagem à Brasília, o prefeito Rosano Taveira, acompanhado de seu secretariado visitou o Comando da Aeronáutica para uma reunião com o chefe do Estado Maior, Tenente Brigadeiro Amaral, ocasião em que apresentou o projeto que cria o Centro Cultural Trampolim da Vitória, espaço multicultural que vai unir atrações históricas, culturais e de entretenimento, potencializando o turismo e difundindo a história de Parnamirim.

O projeto, que vai utilizar as instalações do antigo Aeroporto Augusto Severo e da Ala 10, unidade da Base Aérea Brasileira, sediada em Parnamirim, foi apresentado também nas embaixadas Americana e Francesa, durante a visita do chefe do Poder Executivo Municipal à capital brasileira.

“Estamos propondo uma união de esforços para o resgate de um espaço que além de alavancar o turismo em Parnamirim, fomenta o desenvolvimento em nossa cidade”, destacou Taveira.

O secretário Municipal de Finanças, Planejamento, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Giovane Júnior, que também acompanhou a visita, explica que o projeto conta com a parceria do Sebrae/RN, que há mais de 3 anos desenvolve a ideia daquilo que virá a ser um circuito histórico e cultural com a utilização de diferentes equipamentos e espaços, em Natal e em Parnamirim, diretamente ligados ao período da 2ª Guerra Mundial.

“Parnamirim terá seu capítulo contado, dentro dessa história, através do resgate de três espaços considerados ícones, que são os prédios onde funcionavam o teatro, o hospital e o comando geral, no período da segunda guerra”, explicou.

O titular da SEPLAF, diz que a proposta foi muito bem recebida pelo brigadeiro Medeiros, comandante da Ala 10. “Outro parceiro também muito importante que é a Fecomércio se mostrou muito receptivo às ideias apresentadas”, adiantou.

Para João Hélio, diretor técnico do Sebrae/RN, a iniciativa do município é muito importante não só para a economia como geradora de emprego e renda, mas também porque coincide com a iniciativa do próprio Sebrae, que tem desenvolvido um projeto para o fomento do turismo focado não somente no nicho sol e mar, mas também no resgate da história, que foi a participação do território potiguar durante a 2ª Guerra Mundial.

“Nós somos atores desse momento histórico e contar essa trajetória é resgatar a nossa história e a importância da influência desse período nos nossos costumes e na nossa cultura. Trazer esse novo olhar sobre esse potencial turístico que nós temos deverá atrair novos vistantes para o nosso estado”, comentou.

Jaime Mariz, diretor executivo da Fecomércio destacou a importância do projeto e comentou o interesse da instituição em unir forças com todos os outros parceiros no intuito de fazer o projeto acontecer.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. SousA disse:

    Com as constantes reduções dos números de vôos no aeroporto Aluísio Alves, talvez a reabertura do aeroporto Augusto Severo seja perfeitamente viável..

  2. SousA disse:

    Com as constantes reduções dos números de vôos no aeroporto Aluísio Alves, talvez a reabertura do aeroporto Augusto Severo seja perfeitamente viável.

  3. Carlos Sodré disse:

    Os Parabéns para Paulo Lopes pelo excelente trabalho de costura para viabilizar esse projeto

  4. Luciana Morais Gama disse:

    Prefeito parabéns pela iniciativa, porém bom mesmo seria a REABERTURA DO AEROPORTO AUGUSTO SEVERO para voos, já que na época do fechamento nenhum político de Parnamirim disse nada, onde perdemos milhares empregos diretos e indiretos. As urnas falaram.

COMENTE AQUI