PGR avalia que divulgação integral deu tom político à investigação criminal


Foto: Jorge William/Agência O Globo

A avaliação da Procuradoria-Geral da República (PGR) é que a divulgação integral do vídeo nesta sexta-feira provocou um viés político em uma investigação que deveria se ater ao campo criminal. O procurador-geral da República, Augusto Aras, já tinha pedido ao ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), que divulgasse apenas os trechos do vídeo que citavam a Polícia Federal para evitar a antecipação de um clima eleitoral.

Para a PGR, essa divulgação não mudou o teor dos fatos sob investigação, mas fortaleceu o discurso político do presidente Jair Bolsonaro. Apesar de haver declarações consideradas desastradas por parte dos ministros do presidente, ainda não há uma avaliação de que exista registro de outros crimes nesta reunião.

O vídeo é considerado relevante para as investigações porque corrobora as acusações do ex-ministro da Justiça Sergio Moro, de que Bolsonaro o ameaçou demiti-lo caso não conseguisse trocar o superintendente da PF do Rio. Porém, apenas os dois trechos que dizem respeito a esse assunto são provas a serem usadas no inquérito. As demais declarações são assuntos estranhos ao objeto da investigação, por isso a PGR foi contra a divulgação.

Em sua manifestação enviada anteriormente a Celso de Mello, Aras escreveu: “A divulgação integral do conteúdo o converteria, de instrumento técnico e legal de busca da reconstrução histórica de fatos, em arsenal de uso político, pré-eleitoral (2022), de instabilidade pública e de proliferação de querelas e de pretexto para investigações genéricas sobre pessoas, fatos, opiniões e modos de expressão totalmente diversas do objeto das investigações”.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tarcísio Eimar disse:

    Bolsonaro tá só blefando, dando corda e a turma do contra caindo. Mais uma rasteira.

  2. Ojuara disse:

    A divulgação apenas antecipou as eleições, o Celso de melo jogou gasolina pra apagar o fogo, e fez intencionalmente, pois sabe que está se aposentando e tentou jogar merda no ventilador, mas o tiro saiu pela culatra. Subiu ainda mais o apoio ao presidente, que vale salientar, tem a boca mais podre que eu já ouvi falar. Só não faz roubar e se meter em corrupção, se tivesse um pouco mais de classe, teria apoio de noventa por cento da população. Os outros dez seria dos PTralhas e seus asseclas. Estaria de boa

    • Sergio disse:

      Parece que vc não viu na íntegra. Ele DEFENDE a corrupção da família dele. Nessa reunião se tratou de tudo, menos de Brasil.

    • Flavio disse:

      Só não fez defender a corrupção institucionalizada, como Luladrao e sua quadrilha do PT fez durante os 16 anos de seu governo. Na realidade o Quadrilhao do PT tá procurando chifre em cabeça de cavalo, aí só tão levando coice. Kkkkkk

    • Maninha querida disse:

      Incrível como tem pessoas que tem a podridão dentro de si. O sujo falando do mal lavado. Um assecla de carteirinha.

  3. Indignado disse:

    Me parece que o excelentíssimo Min. Celso de Melo, pouco a pouco, tenta causar uma crise institucional e política no Brasil (maior de que a que já existe), mesmo o PGR sendo contra a divulgação do vídeo na íntegra, tendo em vista qua as demais narrativas não corrobararem para a elucidação do ponto em litígio,
    mesmo assim, o ministro julgou pertinente jogar gasolina num país que anda com os ânimos tão exaltados, contribuindo dessa forma à negatividade da imagem que o STF tentada se desvincular.

  4. Observador RN disse:

    Pense numa fonte imparcial…#globolixo

  5. Francisco Alves disse:

    Um presidente com 60 milhões apoiadores cái qualquer argumento kkkkk

  6. Jorge disse:

    Falou o engavetador geral da república.

  7. Morcego disse:

    Porque a PGR não investiga o novo VÍRUS que Bolsonaro descobriu durante a reunião ministerial o DODIV-19. Prestem atenção. Como diria o bom seridoense arri égua

  8. Rivanaldo disse:

    Diz Bolsonaro aos ministros: todos eles serão presos se a esquerda ganhar. Ora, a esquerda esteve 14 anos no governo e Bolsonaro não foi preso. Até se elegeu várias vezes e votou pelo impeachment. Só há uma ameaça à democracia: o plano de Bolsonaro de armar o povo, o dele.

  9. Thor Silva disse:

    Bolsonaro arretado.

  10. E DAÍ??? disse:

    QUE PORRA DE TOM POLÍTICO PORRA. PORRA EU NÃO ENTENDO POR QUE ESSE PORRA FICA FALANDO DESSA PORRA. PORRA! PQP PORRA. VÃO TODOS PRA UMA PORRA. PORRA! ESSA PGR É UMA PORRA MESMO PORRA. TÁ OK???
    E DAI??? SE NÃO GOSTOU VÁ PRA UMA PORRA. PORRA! TÁ OK???

  11. João JJ disse:

    É verdade!
    Tudo nesse país, tem conotações políticas.
    O corina vírus, a cloroquina etc etc….
    Então é melhor JAIR se acustumando, que o presidente se quer balança, quanto mais cair.
    Possibilidade remota.
    Vamos que vamos.

  12. J.Dantas disse:

    Está na hora de botar o STF, um tribunal político, que tinha a função de analisar se algo era inconstitucional ou não, no seu devido lugar…um zero a esquerda..kkkkkk

  13. Cidadão pagador de impostos disse:

    Engavetador geral da república?

  14. Junin disse:

    E agora ???? Boiada?????

COMENTE AQUI