Policiais Antifascistas do RN negam acusações de serem “milicianos”

Reprodução

Ainda em nota encaminhada à imprensa, o grupo de policiais antifascistas nega qualquer relação em ser uma organização paramilitar ou miliciana, como está sendo investigado pelo MPRN.

“Fazer referência ao Movimento Policiais Antifascismo como sendo paramilitar ou miliciano é um erro crasso e completa ignorância quanto à história de ação e de formação do movimento, inclusive em suas ideias. O próprio GAEGO, do MP-RN, menciona no relatório que o Movimento Policiais Antifascismo não tem nenhum tipo de envolvimento com as operações já deflagradas no Estado que investigam atividade de milícia. E jamais encontrarão, pois o Movimento Policiais Antifascismo é anti-milícia”, destaca o grupo.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Emerson Fonseca disse:

    Este promotor que mídia e aparecer.

  2. Jotaerre disse:

    Indisciplina

  3. AOS AMIGOS TUDO..... disse:

    Parece que existem organizações de policiais em movimentos de apoio a grupos políticos do 17, 20 e 38. Não sei se é impressão ou existem???

  4. Manoel disse:

    "Acuse-os do que você faz, chame-os do que você é"
    Assinado: Gado & Familícia

  5. Wilson disse:

    A sua língua é muito nervosinha, por isto que você sempre se complica!

  6. #Bolsonaro tem razão disse:

    Até túnel Brutus?

  7. Ivana Sem Amor disse:

    Milícia mesmo só conheço a de Adriano e Queiroz.

COMENTE AQUI