Político preso com 540 quilos de cocaína foi solto em 2018 por Lewandowski

Divulgação/STF

Foi preso neste domingo (2), com 540 quilos de cocaína transportados num avião de pequeno porte, o ex-vice prefeito e ex-presidente da Câmara Municipal de Ponta Porã Nélio Alves de Oliveira, de 70 anos.

Em 2018, ele foi solto por Ricardo Lewandowski. Na época, Nélio cumpria pena por tráfico de drogas após condenação pelo TRF-3. O ministro, porém, contrariando jurisprudência da época, que permitia o cumprimento da pena em segunda instância, mandou soltar o político.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Macedo disse:

    Boca de veludo, Carmem Miranda cabeça de piro…, e muitos outros estão aí para ajudar este meliante.

  2. Direita Honesta disse:

    NUNCA se apreendeu tanta droga no Brasil quanto no governo Bolsonaro. Imaginem se o STF e o Congresso Nacional deixassem o presidente trabalhar. Mesmo com tanta gente torcendo e agindo contra, nosso país segue melhorando e a popularidade do presidente continua crescendo.

    • Aluísio Valença disse:

      E seråo apreendidas muito mais. Essa é a prova que só aumenta a demanda por drogas no mundo e a política de enfrentamento a esse problema é conhecida pelos próprios policiais como enxugamento de gelo. A proibição interessa muito mais a quem se dá bem com ela.

    • Braulio Pinto disse:

      O volume de apreensões é diretamente proporcional ao total que circula. Se pegaram muito é porque muito mais está passando. Temer continua mandando no Porto de Santos.

  3. Pedro disse:

    O time hoje escalado no STF é péssimo, parece que fazem questão de não saber mesmo, desqualificados, prepotentes, arrogantes, políticos partidários, juridicamente incapazes, trapalhões, bem, o que dizer de um time que foi quase todo escalado por um analfabeto, ladrão e sem vergonha? Daquela mata não sai coisa boa.

  4. Antonio Turci disse:

    Lamentável. Para onde vamos?????

    • Nélio Alves disse:

      Toca pra Ponta Porã, meu filho.
      E rápido. Esse ano tem eleição.

  5. Gustav Mahler disse:

    Vai ser solto novamente. Basta que o advogado do meliante impetre um HC no STF. Para os advogados e juristas "garantistas", a prisão de criminosos é errado e só deve ser admitido em último caso.

  6. João disse:

    Enquanto isso, o MP está preocupado em colocar o Queiroz na prisão (ele já está em prisão domiciliar). Réus condenados em várias instâncias passeando pelas ruas, como um certo ex-presidente e outros bandidos perigosos soltos, mas o Queiroz é prioridade.
    Aí quando a imprensa mete o pau, vem a justiça e manda bloquear o site.

    • Francisco de Assis disse:

      O Queiroz não é prioridade, é mais um caso. Se você acha bonito proteger seus marginais sob um discurso de moralidade só demonstra sua parca cognição do que é justo.

  7. Moral dos Santos disse:

    Esperar o que se os piores bandidos do Brasil estão no STF? Tem que derrubar essa máfia

  8. Manoel C disse:

    Agora estão descobrindo quem realmente manda no tráfico de drogas no Brasil? PCC e CV não operam sem a conivência de certas pessoas no poder…

    • Dede Costa Gournnon disse:

      Há um print

    • Hugo disse:

      A ligação com todos os Poderes é tamanha, principalmente com o Judiciário , mas quem investiga quem manda na caneta????

    • Irany Gomes disse:

      Eu já sabia… O STF só pode ser a segurança da quadrilha!

    • Manoel disse:

      É verdade. Até na comitiva do mais alto chefe da nação, o presidente, pegam militar com dezenas de quilo de cocaína…

    • Manoel C disse:

      Tem nos 3 poderes e no alto empresariado, não se iludam. Castor de Andrade era um santo perto dessa turma do barulho.

COMENTE AQUI