Prefeitura de Parnamirim e Polícia Civil discutem implantação de Delegacia de Homicídios

Reprodução

Parnamirim entrou nesta quarta-feira (5) em fase de preparação para receber um grande reforço na área da segurança pública, uma delegacia de homicídios da Polícia Civil, em seu território. Esse fato deve proporcionar uma resposta a toda a sociedade, frente à criminalidade. O Secretário de Segurança, Defesa Social e Mobilidade Urbana (Sesdem) Marcondes Pinheiro participou de uma reunião na Prefeitura de Parnamirim, juntamente com o chefe do executivo municipal, Rosano Taveira e os delegados Dr. Marcos Geriz, Diretor da Polícia Civil da Grande Natal e Dr. Bem-Hur de Medeiros, Delegado Geral Adjunto da Polícia Civil.

Na oportunidade ambos conversaram sobre a importância da chegada da delegacia de homicídios e sobre os preparativos para o início das atividades, que não deve demorar. O objetivo principal é atacar as taxas de homicídio em Parnamirim, mas a ação também deve proporcionar uma melhor distribuição de investigações de homicídios. Atualmente, tal conduta criminosa fica sob a responsabilidade de duas delegacias distritais, que devido à altíssima demanda, ficam por vezes, sobrecarregadas.

O Diretor da Polícia Civil da Grande Natal, Delegado Marcos Geriz, disse que a Delegada Geral da Polícia Civil está empolgada com a implantação. “Vamos contar com a Prefeitura com relação à estrutura física e material para que consigamos instalar a Delegacia de Homicídios o mais breve possível. Temos o pessoal e nossa Delegada Geral está se empenhando para que essa abertura aconteça ainda esse ano”, disse.

O titular da Sesdem, Marcondes Pinheiro, disse que a delegacia vai trazer mais segurança para Parnamirim, pois será especializada na investigação do crime hediondo de homicídio, fazendo com que tenhamos respostas mais rápidas no sentido da elucidação dos casos. “A abertura da Delegacia de Homicídios é um pleito antigo que vai virar realidade. Vamos nos esforçar para, juntamente a Polícia Civil, concretizar essa implantação o mais breve possível”, concluiu.

A equipe de polícia deve contar com delegado, escrivão e agentes para tratar, de forma especializada, dos homicídios.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. AZ disse:

    Deveria ter de plantão

  2. Bruno disse:

    Devem estar fazendo policiais de barro pra colocar nessa delegacia nova….
    Ou então vão descobrir a cabeça para cobrir os pés….
    Não de eleição é assim , os bestas que acreditem.

  3. Gibira disse:

    Ano eleitoral aparece solução pra tudo.

    • Aluísio Valença disse:

      Inclusive pra Covid. É Cloroquina, é alho, é vermífugo, é ozônio no rabo.

  4. Heytor George disse:

    Delegacia de Homicídios, como é que se implanta delegacia se não tem efetivo , o RN, têm o 3 menor efetivo do Brasil, concurso previsto para ocorrer no 1 semestre se estende na PGE, mas tal conversa é para pegar os desinformados, que não esqueçamos, ano eleitoral.

COMENTE AQUI