Cidades

Prefeitura de São Gonçalo do Amarante executa novo trecho de implantação da rede de distribuição de água

Fotos: Divulgação

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, por meio do Sistema Autônomo de Água e Esgoto – SAAE, está executando as obras de implantação da rede de distribuição de água do Sistema Adutor Maxaranguape e substituição de redes de águas no município. Nesta semana, os serviços estão sendo realizados na Rua Nossa Senhora Aparecida, nas proximidades da rotatória de acesso ao aeroporto.

A obra faz parte do PAES, Programa de Ações Estruturantes de São Gonçalo do Amarante, e vai distribuir água em redes que somam mais de 116 Km de extensão. O objetivo é dar funcionalidade ao sistema novo, garantindo reserva hídrica e ofertando água de qualidade a população.

A tubulação que está sendo implantada vai transportar água do reservatório (próximo ao aeroporto) aos bairros Santo Antônio e Guajiru.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Criminosos fazem arrastão em Unidade de Saúde da Zona Norte de Natal

Foto: Reprodução

A Unidade de Saúde da Família do Panatis, na Zona Norte de Natal, foi alvo de um arrastão na tarde desta quinta-feira (25). Segundo testemunhas, homens invadiram a unidade e roubaram pertences de funcionários e pacientes.

O crime ocorreu por volta das 14h00 e ninguém ficou ferido. Por causa do assalto, a UBS precisou ter o atendimento suspenso pelo resto do dia. A Prefeitura informou que a unidade volta a funcionar normalmente na segunda-feira (29).

“Dois caras armados trancaram todo mundo dentro da unidade e tocaram o terror, levaram o celular de todo mundo, foram violentos com os idosos que estavam no auditório da vacinação, ameaçaram uma menina com uma arma na cabeça que não tinha celular e sempre bem violentos”, relata a aluna de Enfermagem, Dayane Damasceno.

Os homens conseguiram fugir antes que a polícia chegasse. Além dos dois criminosos que atacaram a unidade, de acordo com as vítimas, mais dois estavam em um carro e ajudou na fuga.

Segundo a Polícia Militar, foi realizado diligências na região em buscas dos suspeitos, mas ninguém foi encontrado. O veículo utilizado na ação foi achado abandonado no bairro de Igapó.

Novo Notícias

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

João de Deus é condenado a mais 44 anos de prisão por 4 estupros

Foto: Reprodução

oão Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus, que se apresentava como médium na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia (GO), foi condenado a mais 44 anos e seis meses de prisão, em regime fechado, por quatro crimes de estupro, sendo dois deles de vulnerável. A sentença, do juiz Marcos Boechat, da comarca de Abadiânia, foi publicada nesta quinta-feira (25) pelo Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO), mas o teor completo da decisão não foi divulgado.

Os casos de estupro ocorreram entre 2009 e 2018. João de Deus foi denunciado em cinco casos, mas foi absolvido em um deles, por insuficiência de provas. A Justiça goiana fixou indenizações por danos morais às vítimas em valores que variam de R$ 20 mil a R$ 75 mil. João de Deus poderá recorrer da sentença. Atualmente, ele está em prisão domiciliar, que foi decretada em outro processo.

João de Deus sempre negou todas as acusações de crimes sexuais. A defesa do condenado informou que ainda não foi intimada, e que não sabe o teor da condenação.

João de Deus tem outras três condenações por crime sexual. Em janeiro do ano passado ele foi condenado a 40 anos de prisão por estupro de cinco mulheres durante atendimentos na Casa Dom Inácio. A última condenação havia sido em maio deste ano, por violação sexual mediante fraude.

R7

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Câmara aprova texto-base da MP que substitui Bolsa Família pelo Auxílio Brasil

Foto: Marina Ramos / Agência Câmara

 

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quinta-feira (25), por unanimidade, o texto-base da Medida Provisória (MP) 1061/21, que cria o Auxílio Brasil, programa social que substituirá o Bolsa Família. Agora, os deputados analisam os destaques, que podem alterar o texto.

A medida muda alguns critérios para recebimento e cria incentivos adicionais ligados ao esporte, desempenho no estudo e inserção produtiva. Contudo, o relatório, do deputado Marcelo Aro (PP-MG), não estipula um valor básico do programa ou estabelece as fontes de recursos para o pagamento do benefício, que dependem da aprovação da PEC dos Precatórios, em análise no Senado.

O texto propôs valores reajustados pelo Índice Nacional de Preço do Consumidor (INPC) na linha de corte das famílias em situação de pobreza – cuja renda familiar per capita mensal seria entre R$ 105,01 e R$ 210 – e das famílias em situação de extrema pobreza, com renda familiar per capita mensal igual ou inferior a R$ 105,00. Desta forma, a quantidade de elegíveis pode aumentar.

O relatório prevê ainda uma parcela adicional relativa ao Benefício Primeira Infância, quando houver crianças de até 3 anos; à composição familiar, para cada integrante familiar gestante ou com idade de 3 a 21 anos; e um complemento, chamado superação da extrema pobreza, se a renda familiar mensal per capita, incluídos os benefícios anteriores, não for suficiente para superar a linha da extrema pobreza.

O MP mantém as principais condições para recebimento do benefício previstas no Bolsa Família, como a realização de pré-natal, o cumprimento do calendário nacional de vacinação, o acompanhamento do estado nutricional e a frequência escolar mínima, sem referência ao acompanhamento da saúde.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Celulares poderão ser utilizados como garantias de empréstimos em novo projeto do Governo Federal

Foto: © Marcelo Camargo / Agência Brasil 

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta quinta-feira (25) um projeto de lei a ser enviado ao Congresso, com mudanças relacionadas ao uso de garantias para obtenção de crédito no país. Com a medida, anunciada em cerimônia no Palácio do Planalto, será possível, por exemplo, usar o mesmo bem imóvel como garantia em mais de uma operação de crédito.

O secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, explicou que, como o objetivo do Novo Marco de Garantias é tornar mais simples, eficiente e seguro o uso das garantias de crédito para investidores, até aparelhos celulares podem ser usados como empréstimos.

”Quanto vale seu celular? R$ 700, eu pego isso em garantia. A taxa de juros cai de 5% ao mês para 1,3%, 1,4% aproximadamente. É isso que estamos fazendo no novo marco de garantias” explicou Sachsida.

O objetivo do governo com o chamado Novo Marco de Garantias é tornar mais simples, eficiente e seguro o uso das garantias de crédito para investidores, além de reduzir custo e juros de financiamentos e aumentar a concorrência no setor. O projeto cria o serviço de gestão especializada de garantias e trata do aprimoramento das regras de garantias, do resgate antecipado de letras financeiras, entre outras medidas.

De acordo com o Ministério da Economia, a operacionalização do serviço ficará a cargo das Instituições Gestoras de Garantias (IGGs) – pessoa jurídica de direito privado cujo funcionamento será autorizado pelo Banco Central (BC) a partir de critérios definidos pelo Comitê Monetário Nacional (CMN).

Agência Brasil 

Opinião dos leitores

  1. Kkkkkkk governo piada. Daqui a pouco vão fazer um projeto de lei para que os falidos do Brasil ofereçam o frezado com garantia kkkkk

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Conmebol tira gol fora de casa como critério de desempate em mata-mata

Foto: VIVIANE MOREIRA / FUTURA PRESS / ESTADÃO CONTEÚDO

A Conmebol anunciou hoje (26) o fim do gol fora de casa como critério de desempate nas fases de mata-mata das competições que organiza. A medida já valerá para os regulamentos dos torneios a partir de 2022 e abrange a Libertadores e a Sul-Americana.

“A Conmebol elimina o “gol de visitante”. A partir de agora, todos os gols de torneios da Conmebol terão o mesmo valor, já não se considerará como um critério de desempate os gols convertidos na condição de visitante. Com isso, aponta-se para uma maior justiça desportiva”, escreveu Alejandro Domínguez, presidente da entidade.

O critério de desempate não afeta a final da Libertadores e da Sul-Americana porque o vencedor é definido em partida única, mas mexe com o caminho nas fases anteriores. Com a alteração, uma possibilidade é de aumento do número de confrontos decididos nos pênaltis. Por outro lado, os times mandantes podem jogar de forma mais aberta nas partidas de ida, sem ter a preocupação de sofrer um gol que condicione a eliminatória, pensando no jogo de volta.

UOL

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Meio Dia RN

VÍDEO MEIO-DIA RN: Confira o programa desta quinta-feira e a entrevista com o Presidente do ABC, Bira Marques

Confira programa desta segunda-feira (22). O Meio-Dia RN, com este blogueiro, debateu os principais assuntos no Estado, pelo país e no mundo. Nesta edição, também houve entrevista com o Presidente do ABC, Bira Marques. Clique abaixo e assista via YouTube.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Anvisa recomenda exigir vacinação contra Covid para entrada de viajantes no Brasil

Foto: RENATO S. CERQUEIRA / FUTURA PRESS / FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou, nesta quinta-feira (25), duas notas técnicas recomendando, à Casa Civil, que a vacinação contra a Covid-19 seja obrigatória para entrada no Brasil por ar e terra. A segunda dose ou a dose única da vacina deve ter sido dada pelo menos 14 dias antes da entrada no país.

A política de entrada que está em vigor no país hoje não exige a vacinação. A entrada de estrangeiros por rodovias ou quaisquer outros meios terrestres também está proibida, com algumas exceções. A recomendação da agência é só permitir a entrada de pessoas por este modal se estiverem vacinadas.

“A inexistência de uma política de cobrança dos certificados de vacinação pode propiciar que o Brasil se torne um dos países de escolha para os turistas e viajantes não vacinados, o que é indesejado do ponto de vista do risco que esse grupo representa para a população brasileira e para o Sistema Único de Saúde”, pontuou a Anvisa em uma das notas.

Em qualquer tipo de entrada, a recomendação da agência é que sejam aceitas as vacinas aprovadas ou pela própria Anvisa ou pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Além das vacinas já aprovadas pela Anvisa – da Pfizer, Oxford/AstraZeneca, Johnson e CoronaVac –, a OMS também já valida as da Moderna, Sinopharm e Covaxin.

G1

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

VÍDEO: Em gravação, padre Robson afirma: “Sou o chefe da quadrilha”

Foto: Reprodução

Ex-reitor do Santuário Basílica de Trindade (GO) e investigado por supostos desvios de dinheiro proveniente da doação de fieis, o padre Robson de Oliveira Pereira, de 47 anos, admitiu, em áudio, que participava de esquema para burlar contratos e sabia do risco de ser preso pela polícia. “Sou o chefe da quadrilha”, diz ele, em um trecho.

Durante o encontro, uma das pessoas diz ter lido o resultado da possível investigação.

Funcionária da Afipe: Vai prender o senhor.

Em outro momento, padre Robson admite que seria o “chefe da quadrilha” e demonstra medo de ser preso.

Padre Robson: Deixa um delegado meio doido começar a fazer pergunta pesada. Aí, gente, eu vou falar para vocês uma coisa. Isso aí é crime organizado.

Klaus Marques: É crime organizado, e o senhor é o chefe.

Padre Robson: E eu sou o chefe da quadrilha.

Ouça abaixo:

A gravação, registrada pelo próprio padre Robson durante reunião com advogados, foi divulgada pelo Jornal da Record, na quarta-feira (24/11). O Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) apreendeu o material, que será periciado com autorização da Justiça.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) ainda analisa novo pedido de prisão preventiva contra o religioso e mais quatro pessoas, por corrupção ativa. A solicitação foi apresentada pela Polícia Federal (PF) na última quarta-feira (17/11), seis meses depois de a Corte manter suspensa uma investigação criminal contra o padre.

Para ler a matéria na íntegra acesse AQUI.

Metrópoles 

Opinião dos leitores

  1. Enquanto isso as velhinhas dando dinheiro a esse lobo, algumas entregando mais de 10%, fora todo tipo de santo que eles vendem na TV, para esse artistas torrar com boy e bens materiais p conforto próprio.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Mandetta desiste de candidatura presidencial e deve disputar vaga no legislativo

Foto: Keiny Andrade / Folhapress 

O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM) informou ao comando do União Brasil, partido que será formado a partir da fusão entre DEM e PSL, que não deseja mais disputar a Presidência da República em 2022. Em reunião com a cúpula do partido, Mandetta afirmou que prefere concorrer a um cargo legislativo no Mato Grosso do Sul.

A saída de Mandetta da lista de presidenciáveis abre caminho para que o União Brasil apoie outro nome da chamada “terceira via” para enfrentar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), líder nas pesquisas de intenção de voto, e o atual presidente, Jair Bolsonaro, que aparece em segundo.

Segundo o presidente do PSL (que vai presidir também o União Brasil), Luciano Bivar, a sigla agora discute apoiar um desses três nomes da terceira via: o ex-ministro Sérgio Moro, do Podemos; o candidato do PSDB, que ainda definirá seu nome nas prévias entre os governadores João Doria (SP) e Eduardo Leite (RS); ou o MDB, que vai lançar a pré-candidatura da senadora Simone Tebet (MS). Também não está descartada uma candidatura própria, mas hoje não há um nome.

“Estamos vendo quem aceitará efetivamente ser o candidato. Estamos considerando também outras candidaturas (de outros partidos), como a gente pode se agrupar, com o MDB, o PSDB e o Podemos”, disse Bivar ao Estadão. A desistência de Mandetta foi revelada originalmente pelo site Poder 360.

Estadão

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

PF do Brasil assume vice-presidência da Interpol pela primeira vez

Foto: Divulgação / Polícia Federal

A 89ª Assembleia Geral da Organização Internacional de Polícia Criminal, mundialmente conhecida como Interpol, resultou na eleição, nesta quinta-feira (25), do delegado de Polícia Federal brasileiro Valdecy Urquiza para o cargo de vice-presidente da corporação.

A vitória inédita do Brasil aconteceu após a votação de 172 delegações credenciadas dos 195 países membros da Interpol, um índice de participação recorde no evento.

Valdecy Urquiza foi eleito com 55,8% dos votos, e derrotou o candidato concorrente colombiano, general Jorge Luis Vargas Valencia, que ocupa o cargo de diretor-geral na Polícia Nacional da Colômbia.

Em nota, a Polícia Federal afirmou que a conquista do Brasil reflete “o importante papel da diplomacia brasileira na construção dos apoios internacionais”. No discurso após a eleição, o delegado Urquiza destacou a necessidade de uma Interpol “mais democrática, transparente e eficiente”.

CNN Brasil

Opinião dos leitores

  1. Só não pode investigar os familiares e comparsas do MINTOmaníaco das rachadinhas… Senão já sabe: será transferido!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *