Prefeitura de Tibau do Sul finaliza estudo geológico que analisa estrutura das falésias de Pipa e avalia risco de acidentes

Foto: reprodução

A Prefeitura Municipal de Tibau do Sul entregou, na manhã desta quarta-feira (25/11), um estudo geológico que mapeou os locais de risco de acidente, nas falésias da Praia da Pipa. O estudo servirá de base à realização da etapa seguinte — a avaliação por parte de engenheiros civis —, que deve resultar em um relatório.

O estudo geológico, que já estava em andamento mesmo antes do acidente que vitimou uma família há uma semana, analisa a estrutura das falésias, e considera os eventuais agentes causadores desses deslizamentos. As equipes do município de Tibau do Sul dividiram os estudos das falésias em duas etapas, sendo a conclusão do relatório geológico a primeira delas.

A partir desse estudo, a equipe de engenharia/perícia vai elaborar um relatório, através do qual deve orientar quais medidas são necessárias quanto aos imóveis interditados preventivamente. Essa segunda parte do estudo, que considera os dados da geologia e da engenharia, será entregue daqui a 10 ou 15 dias. Até a conclusão, os locais e estabelecimentos que estão interditados permanecem como estão, assim como alguns pontos da praia.