RN alcança conceito Ótimo em dois rankings de Transparência para Covid-19

O Rio Grande do Norte alcançou o conceito ÓTIMO na mais recente publicação da Transparência Internacional. O Ranking Transparência no Combate à Covid-19 avalia como os portais de 26 governos estaduais e, agora, também da União, informam sobre contratações emergenciais de forma fácil e ágil. Semana passada, o Estado potiguar também foi avaliado no patamar mais alto de transparência pelo ranking da ONG Open Knowledge Brasil. O trabalho de transparência do Governo é coordenado pela Controladoria Geral do Estado com informações da Secretaria de Saúde e outros órgãos do Governo.

O Rio Grande do Norte se encontrava no nível BOM até o último ranking. Subiu sete pontos e alcançou 84,8 pontos (de 100 possíveis) neste novo boletim, já no nível ÓTIMO. Na primeira avaliação, ainda em maio, o RN obteve 46 pontos e avaliação REGULAR. “Os critérios da pesquisa ainda eram desconhecidos para nós. Desde então estudamos as exigências e conseguimos essa evolução, mesmo com limitações de Tecnologia de Informação que encontramos no Governo”, comemorou a gestora da Lei de Acesso à Informação da Control, Lenira Fonseca.

Assim como no segundo boletim, o Rio Grande do Norte foi o oitavo Estado do Brasil que mais cresceu em pontuação neste Ranking de Transparência. “Ainda nos encontramos na 17ª colocação. Mas mais importante é nossa qualificação no nível mais alto de transparência. Outros Estados também têm trabalhado muito nessa questão e por isso não conseguimos subir tanto na colocação, mas com o esforço das equipes dos órgãos do Governo mostramos nossa excelência no trabalho avaliado, apesar dos limites de tecnologia”, concluiu Pedro Lopes.

Avaliação da União pela Transparência Internacional

A União não era avaliada pela Transparência Internacional até o boletim passado. Partiu de Pedro Lopes enviar ofício solicitando a inclusão da União na avaliação do ranking. A motivação foi a divulgação do ente, no início de junho, que modificaria os critérios de computação de óbitos e passou quatro dias sem apresentar registros.

“A transparência é dever de todos os gestores públicos e de todos os entes da federação. Era inconcebível a Transparência Internacional deixar de fora da avaliação a União, especialmente após os fatos ocorridos em junho. Cumprimos o nosso dever como cidadão e exigimos da União o mesmo esforço que fazemos nos Estados e municípios de ser transparente com os dados públicos”, depõe o Controlador Geral do RN.

O Governo Federal foi incluído já neste terceiro e mais recente boletim, e ficou na penúltima colocação em transparência de informações com apenas 49,3 pontos. A nota é considerada REGULAR e ficou acima apenas do estado de Roraima, com 40,5 pontos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Francisco disse:

    Cadê o consórcio Nordeste para quer serve mesmo foi só para levar os 5milhões?

  2. Manoel disse:

    Parabéns Fátima!!
    Ótimo governo!!!

    • Augusto disse:

      Só queria saber quem mede isso.
      Sera que sabem de 06 ambulâncias compradas a peso de ouro?
      E os remédios e os testes rápidos, pra onde foram??
      E o calote dos respiradores??
      Não acredito em quem mede isso.
      Tem mutreta pelo meio meu caro manezinho.

  3. Chico 100 disse:

    Dali Fátima. Melhor governo que o RN já teve. Sério e transparente. Os doentes que perguntam pelos 5 milhoes, pois não tem o que dizer, eu lhes digo: o governo comprou e foi enganado. Isso acontece. Todo mundo já foi enganado. Ou por algo ruim que comprou ou por algo que não recebeu. O corrupto é quem não entrega, não é quem comprou de boa fé.

  4. Medeiros disse:

    Governo sério, parabéns..

    • M.D.R. disse:

      Cadê os R$ 5 MILHÕES, até na presente data ñ justificou a sociedade .

  5. Esquerda mi mi mi disse:

    Cadê os R$ 5 milhões que estavam aqui?

  6. Lucia Vasconcelos disse:

    Interessante ! E cadê os 5 milhões? E o contrato das ambulâncias com locação acina da média? Questionável essa colocação!

COMENTE AQUI