“Se possível, eu e Guedes acabaríamos com todas as estatais”, diz Salim Mattar, secretário Especial de Desestatização

Foto: Amanda Perobelli/Reuters

“Se possível, eu e o [Paulo] Guedes acabaríamos com todas as estatais. Mas temos orientação do presidente Jair Bolsonaro que a Caixa, o Banco do Brasil e a Petrobrás não serão vendidos”, afirmou o secretário Especial de Desestatização e Desinvestimento, Salim Mattar, em entrevista ao programa Os Pingos nos Is, da Jovem Pan, nesta sexta-feira, 7.

Após rumores que teria brigado com o ministro das Comunicações, Fabio Faria, sobre a privatização dos Correios, Salim disse que “não passa de fofocas” e que eles “estão muito alinhados”, inclusive também para a desestatização da EBC e da Eletrobrás. “Não para esse momento, mas estamos alinhados”, disse.

Segundo o empresário, a pauta conservadora de Bolsonaro e o liberalismo do ministro da Economia, Paulo Guedes, foram uma junção muito boa. Ele também criticou a quantidade de estatais no Brasil — 698, mais do que ele imaginava — e disse que o funcionalismo precisa diminuir. “No Reino Unido, o funcionalismo público custa 9,5% do PIB, nos EUA 10%, e no Brasil 13%. É uma ineficiência comparativa em relação aos outros países.

Poderíamos triplicar o valor e o número de pessoas no Bolsa Família. É normal que os funcionários das estatais, os sindicatos, sejam contra, mas a sociedade deseja que algumas estatais sejam rapidamente privatizadas”, afirmou. O secretário estimou que, depois da pandemia da Covid-19, vai conseguir vender a Eletrobrás, o que reduziria cerca de 300 ativos.

Salim criticou o Correios, chamando a empresa de “berço do mensalão”. “O número de corrupções é tamanho que é a única estatal que tem um convênio com a Polícia Federal”, disse. Para ele, o Correios está se transformando em uma estatal “inviável” e a existência da “empresa viola a Constituição”. “Onde que entregar um pacote, que é a grande receita do Correios, é interesse coletivo? Ainda mais com o número de reclamações que recebe”, finalizou.

Jovem Pan
OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Filho disse:

    Esse Salim Matar e a cara da ineficiência, só fala em privatizar. Mas privaizar que e bom nada. As poucas privatizações feitas nesse governo de imcompetentes foi organizada no Governo Temer. O problema do governo e que falam muito e agem pouco. Coloquem pessoas competentes não um monte de falastrões.

  2. Cidadão pagador de impostos disse:

    Desde a eleição em 2018 q o governo Bolsonaro diz q vai privatizar algo.
    Nem a inepta estatal do trem bala foi extinta.
    Mas os amigos estão TODOS pendurados nas tetas do governo.
    MORO 2022

  3. Manoel disse:

    Para os patriotas de araque, desde de FHC que falam dessa lorota de privatizar para melhorar a saúde, educação e segurança. Na época privatizaram meio Brasil e nada de segurança, nada de saúde e nada de educação. Algumas até eu aprovo, como foi as das comunicações,
    embora o serviço seja ruim. Agora Querem privatizar mais, mesmo empresas como BB, Caixa, Petrobras, Eletrobras e tantas outras recheando o caixa do governo com BILHÕES de reais de lucro que no fim vai para a educação, saúde e segurança. Óbvio q a iniciativa privada quer essas fábricas de dinheiro prontas, e a preço de banana.
    Mas a cegueira ideológico IMBECILIZOU uma reca de gente que nao consegue discernir nada, só ódio e antipetismo na frente. Fizeram a reforma trabalhista, previdenciária, estão prometendo ainda outras reformas para aumentar o emprego e nada.
    Só gostaria de lembrar q durante o governo de Lula nada foi mudado e tivemos a menor taxa de desemprego do Brasil….mas contra ódio ideológico nao adianta argumentos, só lamento. Continuem nessa cegueira q nao vai sobrar pedra sobre pedras para seus filhos e netos.

  4. João Macena disse:

    Penso igual a vc, caro Henrique. Parabéns pelo seu comentário. João Macena.

  5. Pedro disse:

    Manoel, sempre vc Manoel, patriotas , lesa Pátria, perfeito. Vão vender? E entregar pode? Acredito que seja melhor vender a entregar a iniciativa privada por meio de própinas, assim como entregar aos ditadores ao bel prazer deles, vem cá, essa é minha. Vcs petralhas são uns otarios, e réus confessos, já fui um , votei naquele analfabeto cachaceiro várias eleições e ajudei a eleger em duas, porém, deixei de ser cego e imbecil, na eleição da anta, comedora de vento e estocadora de vento, tive vergonha, tenho vários amigos petistas, gosto de todos eles. Mais eles sabem, não me venha com conversa idiota, passou o tempo de ser burro.

  6. Lia disse:

    Empresas tercerizadas também servem de cabide de emprego. Sempre se criam formas de apadrinhamentos. As casas políticas estão recheadas de assessores que nunca foram ao local de trabalho. Como se não bastasse ainda racham os salários. Fica difícil imaginar que estamos resolvendo as boquinhas vendendo tudo.

  7. Paulo disse:

    Posta aí o link direto, sem cortes, da fala… Já que tem sido difícil confiar em publicações da mídia atualmente…

  8. Henrique disse:

    É isso que todo brasileiro trabalhador quer, e que o Estado assuma só segurança, saúde e educação. O resto, vende tudo.

    • M.D.R. disse:

      É verdade , que esse MINISTRO DA ECONOMIA, deixe de fazer o POVO de idiota, surdo e mudo. A reforma TRIBUTÁRIA, é verdadeira picaretagem é dando com mão direita e tirando com esquerda, ou seja, está se fazendo de CEGO, a defasagem do IMPOSTO DE RENDA, é 103% corrigido para o
      contribuinte na está pedindo favor. Agora fica Tio Patinhos dizendo uma sugestão e o Presidente outra e ñ tem nada em consonância. O Presidente diz que é R$ 5.000,00 / Guedes diz R$: 3.000 00 O contribuinte sempre pagando a conta. O POVO Brasileiro faz um apelo que os DEPUTADOS FEDERAIS /SENADORRS, principalmente os seus representantes PRESIDENTES das referidas casas olho para o CONTRIBUINTE que vem sofrendo dos longos dos anos.

  9. Manoel disse:

    São esses os patriotas?
    Bando de lesa pátria!

    • Dinho disse:

      Manoel, o que vc entende por patriotismo? Empresas mal geridas, servindo de cabide de empregos?
      Privatiza tudo sim, que é o melhor. Consenso de Washington

    • Tio Sam disse:

      Brazil acima de tudo🇺🇲

  10. Gibira disse:

    Tirando o Banco do Brasil e CEF , podem privatizar tudo. Só assim acaba com as boquinhas dos apadrinhados políticos.

    • Aluísio Valença disse:

      Poderiam privatizar o legislativo também, assim acabaria o sistema de rachadinhas, essa boquinha maravilhosa de enriquecer políticos que não fazem nada, nem em trinta anos de mandato

COMENTE AQUI