Site do TSE passa por manutenção preventiva neste sábado para garantir pleno funcionamento no dia de votação do 2º turno

Foto: Sérgio Lima/Poder360 – 25.set.2020

O site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) passará por uma manutenção neste sábado (28.nov.2020) e alguns serviços ficaram instáveis, informou a Corte Eleitoral.

Segundo o TSE, essa é uma “manutenção preventiva para garantir o pleno funcionamento no dia de votação do 2º turno”, que será realizado neste domingo (29.nov.2020) em 57 municípios do país. Os serviços como consulta ao local de votação e emissão de certidões poderão ficar instáveis de 16h30 às 19h30 neste sábado (28.nov). O órgão diz que logo depois da manutenção os serviços serão estabilizados e funcionarão normalmente.

No 1º turno das eleições municipais, realizado em 15 de novembro, houve atraso na divulgação dos dados apurados da votação. Segundo o presidente da Corte, ministro Luís Roberto Barroso, a lentidão do sistema ocorreu porque houve um problema em “um dos núcleos de computadores do supercomputador que processa a totalização”.

“O problema que ocorreu deu-se exclusivamente aqui no Tribunal Superior Eleitoral, 1 problema técnico de hardware”, disse em 15 de novembro.

A a pane enfrentada pelo TSE durante a apuração dos votos é creditada, em parte, à Oracle. A empresa de processamento de dados norte-americana foi contratada pela Justiça Eleitoral para fornecer infraestrutura necessária para a contagem de votos. Quando o equipamento falhou, a empresa não forneceu o suporte imediato para resolver o problema.

Apesar do atraso na divulgação, o ministro negou que o problema tenha afetado o resultado das eleições ou ainda tenha sido consequência de fraudes.

“A ideia de que a demora possa trazer algum tipo de consequência para o resultado não faz nenhum sentido”, disse. “No final do dia da votação, a urna imprime o resultado. Ponto. Não há como fraudar”, argumentou.

No dia, o magistrado também reforçou que as urnas não são conectadas à internet e que não há relação com a tentativa de ataque hacker à instituição no dia do 1º turno. Neste sábado (28.nov), a Polícia Federal prendeu, em Portugal, 1 hacker suspeito de invadir sistemas digitais do TSE.

Poder 360

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Neto disse:

    Rapaz!
    Tenho certeza que em todos municípios brasileiros, os votos são contados e enviados na sua totalidade bem certinhos, todos sem erros, sem roubos, na real mesmo.
    Agora!!
    O computador Central, o bichão grandão lá no TSE que tecebe os votos de todo PAÍS, e pouquíssimas pessoas tem acesso, esse SIM.
    De repente quem opera quiser fazer uma graça, acho que é POSSÍVEL.
    Em uma eleição presidencial, É UM PERIGO.
    Suposições.
    Apenas.

  2. Toinho disse:

    Cala a boca Zé ruela 🤣🤣🤣🤣

  3. Zé ruela disse:

    Há a afirmava de que as urnas não são conectadas à internet, e por isso não há possibilidade de invasão externa. E a transmissão dos TREs para o TSE não é feita pela internet??

    • Saulo disse:

      Não. É feita através de uma rede privada, entre os TREs e o TSE. É inclusive desligado o acesso à Internet nos TREs no dia da Eleição.

    • Cidadão disse:

      Deixa de falar bosta tapado

COMENTE AQUI