MPRN convoca estagiários para trabalhar em Natal, Mossoró e Apodi; veja lista de aprovados

Estagiários são do curso de Direito. Também foram convocados estagiários de pós-graduação para as áreas jurídica e administrativa

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) convocou aprovados em processo seletivo para credenciamento de estagiários do curso de Direito. Ao todo, foram convocados 20 candidatos para estagiar no pólo Natal e um, para Apodi.

O Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Ceaf) do MPRN também convocou aprovados para credenciamento de estagiários de pós-graduação, programa denominado MP Residência. São duas convocações para a área jurídica no pólo Mossoró e outras duas da área administrativa para Natal, sendo de contabilidade e de arquitetura.

Para ver a lista dos aprovados, os documentos necessários, e os locais e horários de credenciamento, clique aqui.

Detran vistoria transporte escolar das cidades de Mossoró e Apodi

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) inspecionou no sábado (25) os ônibus que realizam transporte escolar nos municípios de Mossoró e Apodi, na região Oeste do Estado. A medida faz parte do Acordo de Cooperação Técnica firmado entre o Departamento e o Ministério Público Estadual (MPE), que tem como objetivo fiscalizar a frota de ônibus estudantil que transporta alunos das escolas públicas de todo o Rio Grande do Norte.

O trabalho tem o objetivo de zelar pela segurança dos estudantes que utilizam regularmente o transporte escola no trajeto de ida e volta à escola. A ação consiste em notificar as prefeituras para que envie para o procedimento de vistoria todos os ônibus cadastrados pelo munícipio a realizar o transporte de estudantes. Nesse sentido, as equipes de vistoriadores veiculares do Detran analisam os itens de segurança e demais especificações determinadas pela legislação.

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) determina que o transporte escolar só deve trafegar se for registrado como veículo de passageiros, com inspeção semestral dos equipamentos de segurança, com pintura de faixa horizontal na cor amarela com o dístico “ESCOLAR”, em preto. Também é exigido equipamento registrador instantâneo inalterável de velocidade e tempo; com lanternas de luz branca, fosca ou amarela dispostas nas extremidades da parte superior dianteira e lanternas de luz vermelha dispostas na extremidade superior da parte traseira. O veículo tem que possuir cintos de segurança em número igual à lotação, além de outros requisitos e equipamentos obrigatórios estabelecidos pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Nessas ações o Detran/RN inspeciona todos os itens de segurança do veículo desde os pneus até cinto de segurança, como também é avaliada a documentação do condutor, que deve ter idade superior a vinte e um anos, portar carteira de habilitação na categoria D ou E, não ter cometido nenhuma infração grave ou gravíssima ou ser reincidente em infrações médias durante os doze últimos meses, além de ser aprovado em curso especializado. O resultado da fiscalização é encaminhado através de relatório ao Ministério Público Estadual (MPE) para que, se preciso for, sejam tomadas as devidas providências legais.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Azulão disse:

    Se vistoriarem as cidades mais interioranas, como Bodó, Jaçanã, Santa Cruz, Jardim do Seridó, São Vicente, Serra de São Bento, São Bento do Norte, São Tomé, irão encontrar viaturas escolares em estado de miséria total… um verdadeiro perigo contra os alunos e quem mais se utilizar destes veículos, que servem a estudantes, agricultores, times de futebol, isso mesmo, e é muito comum ver estes ônibus escolares transportando evangélicos até a Igreja Universal que fica na Av. Salgado Filho em Natal… Se o Detran realmente trabalhar direito, vai descobrir muita maracutaia e perigos…