Temer nomeia Onyx Lorenzoni ministro extraordinário para cuidar da transição

O deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS) foi nomeado ministro extraordinário pelo presidente Michel Temer para coordenar a equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro, de acordo com decreto publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira.

A nomeação tem data de 1º de novembro, mas foi publicada apenas nesta segunda.

Onyx já foi anunciado por Bolsonaro como futuro ministro-chefe da Casa Civil de seu governo. Ele iniciou na semana passada as conversas com o atual chefe da pasta, Eliseu Padilha, para dar início à transição.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Curiosa disse:

    Vamos desenhar Milton: Pode até não ter ainda NENHUM FICHA SUJA, mas quase todos os ministros até agora anunciados estão sendo investigados por corrupção. Discurso de campanha já era! hahahaha

  2. Paulo disse:

    Em que país você está esse ONYX declarou que recebeu caixa 2. Se isso não é FIXA SUJA o que é estão? O Governo já começa com corruptos e apoiadores de corruptos.

  3. Ana disse:

    Como se é futuro mimistro em uma pasta e é ministro atual em outra. Cuidado com o que estão fazendo, temer, Padilha, e grande parte do atual governo estão todos enrolados em corrupção, participar é meio que encobrir e da carta Branca ao que temer vem fazendo. Depois como vou cobrar se eu fazia parte. Não se pode cruzar e cabecear ao mesmo tempo, nem chupar cana e assobiar.

    • Milton disse:

      Vamos desenhar Ana: Onyx é cotado para ser o Ministro da casa civil no FUTURO governo de Bolsonaro. Ele está a frente da equipe de transição, e assim, Temer faz essa nomeação hipotética, pois NÃO existe a pasta de ministério extraordinário.
      Outro detalhe, não se preocupe, NENHUM FIXA SUJA fará parte da equipe de Bolsonaro, ao contrário da turma do PT, onde isso era pré requisito para ser nomeado.

    • Manoel disse:

      Tá "serto" Milton.

COMENTE AQUI