Trump agora diz que só queria tranquilizar os EUA

Imagem: reprodução

Depois de mudar sua atitude em relação às medidas de prevenção contra o novo coronavírus, Donald Trump disse nesta segunda-feira que suas declarações anteriores visavam apenas tranquilizar os EUA.

Em entrevista coletiva, o presidente foi questionado por Jim Acosta, da CNN, que lembrou suas declarações de que o vírus “simplesmente desapareceria”.

“Não é verdade que isso vai desaparecer?”, retrucou Trump, que argumentou em seguida: “”Eu quero que eles [os americanos] fiquem calmos, e estamos fazendo um ótimo trabalho”.

O presidente dos EUA também voltou a pedir às pessoas que continuem a seguir as medidas de distanciamento social até abril e disse que mais de 1 milhão de americanos já fizeram testes para a Covid-19.

Como publicamos mais cedo, os EUA já têm mais de 153 mil casos de coronavírus, com pelo menos 2.500 mortes.

O Antagonista