Vacina de Oxford terá insumos farmacêuticos da China, diz presidente da Anvisa

Foto: Sean Elias – 04.abr.2020 / Divulgação / Reuters

O processo de produção de vacinas contra o novo coronavírus ganhou ainda mais força no noticiário brasileiro desta semana após o Ministério da Saúde anunciar a compra de doses da Coronavac e, depois, recuar a pedido do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Em entrevista à CNN nesta quarta-feira (22), o diretor-presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres explicou o processo e deu detalhes como será produzida a vacina de Oxford, que já recebeu recursos do governo federal.

“Vacina de Oxford irá trabalhar com insumos farmacêutico vindo da China. O insumo farmacêutico é a farinha que faz o pão, ele é a base da vacina, um substrato básico. Hoje, no mundo, é quase impossível ter um produto feito 100% em um país, essa noção pertence ao passado.”

Torres também falou sobre a expectativa da liberação de uma vacina para uso em massa na população. Ressaltou que há no Brasil, atualmente, quatro medicamentos contra a Covid-19 sendo desenvolvidos, mas que não se pode fazer previsão de datas nas quais estarão prontos.

“Todos esperam uma resposta sobre as vacinas no menor tempo possível, porém precisamos analisar as questões de segurança e eficácia. Depois dessas verificações, teremos no registro a análise da qualidade do produto e as certificações necessárias para seu uso em massa,” disse o presidente-diretor da Anvisa.

“Mesmo depois do registro, o trabalho da agência não vai parar. Vamos monitorar as etapas da vacinação. É um processo de médio e longo prazo, então não falamos em data.”

CNN Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro Paulo disse:

    Agora o gado subserviente ao seu "Mestre Supremo" endoida:
    Como bovino nem acredita em existência de vírus, agora com essa, vão virar ermitões e morar nu CU-me da montanha, isolados de tudo e de todos, só pra ficar de conversa com gente igual, que acredita nas suas verdades únicas do seu mundinho paralelo.
    Cuidado, "cidadãos do bem", criaturas do ódio e das trevas: vacina vai ser obrigatória para todos. Vão tomar na marra, mesmo que a polícia tenha que amarrar vocês e tome vírus injetado no sangue.
    Aleluia!!! Amém???

  2. Pixuleco disse:

    Gadolândia circulando ! Sai da fila bezerro , novilha touro e Vaca véia . Ração de cloroquina no cocho o ozônio no “ foreves “, mummmmm . Vacina só oara quem acredita na ciência 🧬. Aí Babalú ! Vai prender o pirú .

  3. Devolva o Brasil para os Índios disse:

    Vishhhh…….., e agora, como eu vou tomar minha vacina sem me sujar com as digitais da terrível China. Bolsonaro ñ pode aceitar, vamos protestar.

  4. Humilde Iconoclasta disse:

    Claro que tem insumos chineses, a vacina é feita com "pedaços" do vírus ou o vírus morto, e o vírus é … chinês.

  5. Roberto disse:

    Informação da CNN da filial da GLOBOLIXO é passível de checagem.

  6. Santos disse:

    Seria bom que o presidente descobrisse que taanto à pólvora qto as armas de fogo tiveram origem na China, quem sabe ele deixa essa besteira de liberação de arma de fogo.

  7. Cidadão pagador de impostos disse:

    Coitado do gado. É apanhando todo dia!
    Kkkkkkkkkkkk
    Moro Presidente 2022

    • Ricardo disse:

      Cada zé mané….

    • Patriota disse:

      O gado já decidiu que não se vacinará. Nem apoiarão mais armas de fogo porque descobriram que a pólvora foi descoberta na China. Deixa eles saberem da quantidade de peças chinesas que existem no celular aonde adoram escrever bobagens!

    • JR disse:

      Vai abandonar Andrade??
      Kkkkkkk
      Esqueceu de quem mandou prender o sapo barbudo??
      Mito 2022.

COMENTE AQUI