Vacinas recebidas pelo RN até agora só dão para imunizar 10% dos idosos que vivem no Estado

As vacinas contra a Covid-19 recebidas até agora pelo Rio Grande do Norte são suficientes para imunizar apenas 10% dos idosos que vivem no Estado, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para fechar o primeiro ciclo de imunização, o Estado precisa receber mais doses, principalmente considerando que profissionais de saúde estão no grupo prioritário, independente da idade.

Nesta terça-feira (19), o Rio Grande do Norte recebeu do Ministério da Saúde 82,4 mil doses da Coronavac, o que dá para vacinar 41 mil pessoas – já que serão duas doses. Em contrapartida, o RN tem 392 mil habitantes com mais de 65 anos, de acordo com o mais recente estudo, de 2019.

As pessoas com mais de 60 anos formam o principal grupo de risco para a Covid-19. Nesta faixa etária, a mortalidade é maior que nos outros pacientes. No Rio Grande do Norte, a maioria dos óbitos por Covid-19 entre os homens aconteceu naqueles pacientes que têm entre 70 e 74 anos de idade. Já entre as mulheres, são mais afetadas as que têm mais de 80 e menos de 84 anos de idade.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), a campanha de vacinação contra a Covid-19 deve começar nesta terça-feira (19) às 10h. A imunização estava prevista para iniciar nesta segunda (18) às 17h, mas o voo que trará as doses da vacina para o Estado atrasou.

Neste domingo (17), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso emergencial de duas vacinas contra a Covid-19: a Coronavac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac; e a da Universidade de Oxford em parceria com o laboratório AstraZeneca e a Fiocruz do Brasil.

Na primeira fase da campanha, serão vacinados no RN profissionais de saúde (independente da idade). Já na segunda etapa, a vacina será aplicada em quem tem mais de 75 anos. Na terceira fase, a vacina será aplicada em quem tem mais de 60 anos e está em instituições do governo, como asilos.

Desta fase adiante, serão contempladas também as pessoas que têm comorbidades, como pressão alta, diabetes e doença renal. Essas doenças incluem as pessoas no grupo de risco para a Covid-19 apesar da idade.

Segundo o IBGE, o RN tem 829 mil pessoas diagnosticadas com alguma comorbidade que são de risco para a Covid-19. Considerando apenas os maiores de 60 anos, 297 mil pessoas estão inscritas nesse grupo.

Além da Coronavac, o Ministério da Saúde deve distribuir nos próximos dias cerca de 2 milhões de doses da vacina de Oxford, que serão importadas de um laboratório da Índia.

AGORA RN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jaidy Oliver disse:

    Bom dia, nem os 10% , exemplo do meu caso, sou idosa , servidora da saúde, tenho câncer e estou no ativa, atendendo a servidores que estão nas alas Covid-19 e UTI, mas, não seremos contemplados, que somos administrativos mesmo dentro do hospital todos os dias e com os contatos diretamente, só os servidores da assistências direta, se é que dará para todos. E, não culpo o presidente é todo um contexto.

  2. Dr. Del Gado disse:

    As vacinas já existentes não tiveram participação do governo federal na sua compra. O ministério da saúde se apossou das poucas vacinas compradas por Doria. Vamos ver agora se o gov. federal continuará atrapalhando a compra e liberação do restante das vacinas, ficará no imobilismo negacionista como fez até agora, confiscando dos estados que se agiram a tempo ou se Bozo vai mudar o discurso e assumir a vacinação.
    Afinal pra eleição daqui a dois anos, o discurso de combate à corrupção, eficiência e cuidado com o povo, não dá mais pra ser usado, perdeu a validade. E A única coisa na cabeça do verme Bozo e seus seguidores abestalhados é manter-se no poder a qualquer custo.
    #Fora Bozo

  3. José Macedo disse:

    É óbvio que não vai dar para todos os 296 mil idosos e não é só no RN é no Brasil inteiro.
    Com 82 mil doses, tem que incluir também os 37 mil profissionais da saúde, vai levar um tempo porque o mundo inteiro quer a vacina e a capacidade de produção não supri a demanda e em qualquer situação , quem tem mais poder para oferecer tem prioridade.
    O imediatismo do ser humano é compreensível em um momento deste, mas temos que analisar os fatos : as vacinas só podem ser compradas se o fabricante fizer o pedido na Anvisa e este tem que comprovar todo o processo de fabricação e a taxa de imunização nas cobaias para que sejam aprovadas, além de vários itens como armazenamento, capacidade de produção, transferência de tecnologia e etc…
    Ela vai chegar em grandes quantidades em breve cobaias, é só aguardar.

  4. joaci disse:

    Vao eliminar 10% dos velhinhos do RN, com essa droga.

  5. Observador disse:

    alguns não esqueçam a GTA kkkkkkkkkkkkk

  6. José disse:

    Vale lembrar que esse lote de 6 milhões é um lote INICIAL. Se mudarmos a perspectiva, em vez de reclamar, lembraremos que a campanha contra a vacina é muito forte, institucional, e que novos lotes serão autorizados pela ANVISA assim que forem produzidos.
    Vale salientar a atual dificuldade para a aquisição de insumos.

  7. Rivanilson disse:

    Até ontem os esquerdopatas gritavam VIVA DÓRIA pelas vacina (mesmo não tendo a cobrada e exigida comprovação científica).
    Agora que as vacinas são em quantidade menor que o necessário, gritam CULPA BOLSONARO
    Assim vai caminhando o gado da esquerda rumo ao apoio incondicional aos corruptos e opressores.

  8. gusthenrique disse:

    O especialista em logística do governo federal vai resolver isso, fiquem tranquilos!

  9. Fernando disse:

    Os 5 milhões de reais desviados do combate a pandemia dariam pra vacinar mais quantos? Ninguém será responsabilizado? Somos um povo idiotas!

  10. Calígula disse:

    Calma que vem mais por aí, pq o Véio Bolsonaro é bom, o Véio Bolsonaro é espetacular.
    MITO o pai da vacina segura.

    • Everton disse:

      Deixe de defecar pelos dedos, se dependesse dele essa vacina nem tinha chegado.

  11. Analista disse:

    Nada nesse Estado e nesse País funciona direito. PQP!!!

  12. Ojuara disse:

    É assim mesmo !!! Está sendo assim no mundo todo, a vacinação se dá de forma gradual afinal estamos falando de uma pandemia que assola o mundo inteiro. Mas o melhor de tudo é que já temos VACINAS. Fé e esperança de dias melhores!!!!

  13. Observando. disse:

    Mas um ano dificil.

  14. Maria disse:

    A continuação da fabricaçao depende dos chineses, será que eles vão levar em consideração os insultos do governo Minto? Se relevarem e mandarem esses insumos, aí cabe ao gado e aos donos comerem o capim de rabinho entre as pernas para não piorar a situação mais ainda.

  15. Jacó disse:

    Em tempo, a idade na fase atual é a partir de 75 anos; e ñ 65 como consta na matéria

  16. Lair Solano Vale disse:

    Ruim é nada. Vai dar tudo certo : são João em julho e Carnaval em setembro , etc e tal

  17. ReneGado disse:

    Parabéns ao nosso presidente, por jogar contra e fazer de tudo pra atrasar e pra vacina não chegar, ele merece.
    Agora é correr contra o tempo.

    "O homem é roxo" Agora eu entendi essa frase, ele deixa o povo roxo sem ar nos hospitais e sem vacina. Vlw Calígula, o profeta.

COMENTE AQUI