Polícia

VÍDEO – ABSURDO: Apresentador diz que Comando Geral da Policia mandou punir Sargento que prendeu ladrão furtando cabos de iluminação pública

O Comando Geral da Policia divulgou na última segunda-feira (25), em seu boletim geral, algo que revolta não só a classe, mas também qualquer cidadão. De acordo com a nota, o terceiro sargento Breno Cesar Rodrigues Souza, pertencente ao Comando Policial Metropolitano (CPM), foi punido disciplinarmente por estar de folga e prender um ladrão que estava furtando cabos de iluminação pública. Na abordagem, o dito cidadão ainda foi agredido e sofreu lesões corporais leves.

O caso gerou repercussão no programa Cidade Alerta, da TV Tropical, apresentado por Salatiel de Souza. Em que enfatizou o absurdo da situação, afirmando que o Comando da Policia desmoralizou o profissional por apenas estar de folga, quando deveria exercer a função 24h. “Se alguém estiver matando, roubando, cometendo um crime, não faça nada, feche os olhos. De que adianta? Essa é a reposta do Comando”, afirmou Salatiel.

Confira abaixo a íntegra do documento:

Opinião dos leitores

  1. Esse governo pilantra tem que defender seus eleitores. Policial preso e o “bandido cidadão” solto. Viva o PT!!!

  2. Bandido sendo chamado de “Cidadão infrator). Era só o que faltava, só sendo governo ptralha para usar essa terminologia. Parabéns ao Policial ladão tem que ser preso mesmo, doa a quem doer.

  3. Infelizmente o que ocorreu não é o primeiro caso e não será o último…
    Sou militar da reserva e os oficiais a qual a força que servi, nunca iriam punir um subordinado que estivesse numa situação como essa…
    Por isso, sempre defendi que as forças auxiliares (PM’s e Bombeiros), tivessem o Comando de um oficial General e não dos Governadores que usam essas forças para seus caprichos…
    O Senhor Comandante Geral da PM, deveria não ter acolhido tal ordem de punição e se fosse obrigado a punir o referido Sargento, entregar o cargo em respeito aos seus subordinados…

  4. Policial cometeu outro crime, se n da pro serviço difícil não entra, se poupa e nós poupe, ta cheio de agente se segurança assim, entreguem as fardas, a gente q paga seus salários, nem pra fazer o que a lei manda alguns servem, acabou a época que na dava em nada, graças a deus, pq amanhã pode ser eu ou vc vítimas desses abusos.

  5. Incrível como se ver comentários defendendo a punição ao policial é aceitando os desmandos da governadora
    Triste fim do RN, onde o CERTO E ERRADO E O ERRADO TORNO-SE CERTO. Comentários de pessoas que vivem em outro mundo, bando fdp.

  6. Vergonhoso esse caso, punir um policial que está defendendo a sociedade, pois os cabos servem a sociedade, governo sempre ficando ao lado do ladrão

  7. Bem feito pra esse Sargento s vergonha.
    Agora talvez aprenda se fi gira de cego, surdo e mudo.
    FODA-SE SE ESTAO ROUBANDO, MATANDO, ESTUPRANDO E TRAFICANDO.
    AZAR, SEJA OMISSO,IGNORE, E ROCEBA SEU SALARIO NO FIM SO MÊS

  8. e ainda aparece meliante que defende esses bandidos, se fosse na casa dele acho que a opinião seria diferente

  9. O policial sabia q não podia agredir. Nem testemunha tinha a favor dele. As lesões testemunham contra ele. Faltou inteligência e agora culpa o comando por cumprir a lei.

    1. Será que o bandido não atendeu a voz de prisão e o policial precisou usar da força para imobilizar? Acho que caberia uma advertência, mas não uma punição dessa, já que foram lesões leves.

    2. Você leu o procedimento? Policial tem que deixar roubar mesmo, finge que não tá olhando e segue em frente! Quando vc for a vítima, ligue para o Batman!

  10. Estamos vivendo uma política de quero ver ele se reiar. Governadores contra o governo federal, tentam inverter a situação, deixando de lado o que realmente deveriam fazer que é, proteção aos cidadãos de bem. Mais infelizmente nossos direitos estão invertidos… Bandidos protegidos pelo partido de esquerda, próximo a uma campanha política, esses esquerdeopatas dependem dessa bandidagem para os elegerem e aí, fica a pergunta que não quer calar… Bandido vota em quem defende um regime mais severo neste país????

  11. A polícia não pode nem deve usar meios além do necessário pra conter o bandido. Se ele foi punido certamente deve ter excedido o necessário. Um crime não justifica outro…

    1. O agente de segurança foi criminoso e violou o estatuto da categoria e a lei, ou eles aprendem trabalham ou percam a farda, são remunerados pelo povo, se não dá pro serviço difícil n entrem.

  12. Tá tudo invertido nesse País! Se você é de bem e protege seu bem para o bem de todos, você é considerado do mal. Ou seja, o bem NÃO vence o mal.

  13. Trata-se da implementação, na prática, das idéias do filósofo marxista alemão Herbert Marcuse, para quem era necessário “proteger” essa escória (que Marx chamava de “lumpemproletariado”) que inferniza a vida dos brasileiros de bem todos os dias, uma vez que essa escória seria a vanguarda da destruição do Capitalismo. Não surpreende, portanto, as denúncias publicadas na imprensa espanhola segundo as quais o narcotráfico financiou partidos de esquerda em toda a América Latina.

    1. Olavete, vamos com calma. Apure os fatos, não meta “marxismo cultural” em todo micro-gerenciamento da humanidade. E leia Marcuse e Marx, você viajou legal.

    2. Carlão, se informe melhor. Todos os dias a imprensa relata casos de leniência de autoridades e da legislação penal brasileira com relação a criminosos de altíssima periculosidade. Recentemente um ministro do STF concedeu HC a um poderoso traficante, que aproveitou o presente e fugiu. Você talvez ache que isso é apenas “micro-gerenciamento da humanidade” – opinião que eu respeito. Mas eu prefiro achar que toda essa leniência com criminosos é deliberada. Um abraço e boa sorte.

  14. A presença de lesões não leva a dizer que foram causadas por ação ilegal do PM.
    Na simples imobilização do bandido elas podem ocorrer.
    Mas fica o recado: tá de folga? Então tá de folga.

  15. Um Estado que elege o PT pra governar merece algo diferente disso? Amanhã o comando vai punir o PM que importunar o bandido quando estiver em serviço. Parabéns ao povo do RN, reelejam o PT.

  16. Quem souber ler e compreender um texto, verá que o PM foi punido por agredir o infrator. Fato esse comprovado por laudo pericial. Ele não foi punido por prender.

    1. E daí, animalzinho? Vc acha que um ladrão vai se entregar gentilmente?

    2. PRENA ALGUEM E TENTE IMOBILIZA-LO S USAR A FORCA, QUE OBVIAMENTE CAUSARA ALGUMA LESAO.
      IDIOTA

    1. Esse manja, tome o poder pela força e implante essa sua legislação super coerente.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Natal estabelece cronograma da D3 contra a Covid-19 para população de 45 anos ou mais

Foto: Joana Lima/Secom

A Prefeitura do Natal ampliou os públicos na vacinação da 3ª dose contra a Covid-19. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS/Natal) elaborou um calendário de avanço da terceira dose, inicialmente até 04 de dezembro, para que o público possa se organizar e tomar a D3 em qualquer ponto vacinal:

  • Unidades básicas de saúde (UBS),
  • Drives Nélio Dias e Via Direta,
  • Trailer de vacinação na Praça da Árvore de Mirassol (este funcionando de quinta a domingo das 18h às 22h).

Até sábado (04) qualquer pessoa com 45 anos e mais vai estar apta para receber a dose de reforço.

  • Nesta terça-feira (30) o público contemplado para receber a D3 é de 53 anos e mais;
  • Na quarta-feira (01), 51 anos e mais;
  • Na quinta-feira (02), 49 anos e mais;
  • Na sexta-feira (03), 47 anos e mais;
  • No sábado (04), 45 anos e mais.

Durante essa semana, a cada dia, a vacinação diminui dois anos na faixa etária do atual público em vacinação. Outro detalhe importante, além da idade, é observar se atende ao critério do esquema vacinal de D1 e D2 ou dose única, ter sido concluído há pelo menos 05 meses (150 dias).

A SMS/Natal reitera que é possível verificar a documentação necessária, conferir os prazos e verificar dúvidas frequentes em relação às vacinas na plataforma vacina.natal.rn.gov.br . Nos próximos dias, de acordo com a adesão da população e recebimento de novas doses, outro calendário de avanço poderá ser divulgado.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Prefeitura de Maxaranguape cancela festa de réveillon

O prefeito de Maxaranguape, Luiz Eduardo, anunciou nesta terça-feira (30), o cancelamento da festa de réveillon no município.

“Levando em consideração que essa festa atrai de 15 a 20 mil visitantes, entre turistas regionais, nacionais e internacionais, mesmo com um ótimo índice de vacinação em nosso município, preferimos, não foi uma decisão fácil, cancelar o réveillon, preocupados com a saúde da nossa população”, disse.

O prefeito também informou que festas em residências serão permitidas. Ao mesmo tempo ele pediu que todas as recomendações sanitárias sejam seguidas.

Leia o comunicado na íntegra:

A Prefeitura de Maxaranguape informa que não realizará a festa de reveillon e queima de fogos, que inicialmente estava prevista para acontecer no Areal em Barra de Maxaranguape. Diante da incerteza apresentada no cenário mundial com os números crescentes na Asia e Europa com a nova variante Ômicron do coronavírus, o Prefeito Luiz Eduardo tomou essa decisão final por entender que o momento ainda é de precaução e cautela, e necessário para zelar pela saúde dos nossos munícipes.

Mesmo com a vacinação indo muito bem no município e sem casos graves há muito tempo, a possível grande circulação de pessoas nesse período e consequentemente, as aglomerações, podem ser muito impactantes em nossos números, que estão seguros até agora.

Esperamos que muito em breve, possamos voltar a realizar as comemorações que tanto alegram a nossa população.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Câmara rejeita título de cidadã natalense para Manuela d’Ávila

Foto: FÁTIMA MEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

A Câmara Municipal de Natal rejeitou conceder o título de cidadã natalense para Manuela d’Ávila, do PC do B.

A iniciativa havia sido do vereador Pedro Gorki, também do partido da ex-deputada federal, e foi rejeitada pelos parlamentares nesta terça-feira (30).

Opinião dos leitores

  1. Essa criatura pelo menos conhece a Cidade de Natal? Esse vereador de 1 mandato faça algo pelo povo de Natal.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Luto

Ex-vereador Ney Lopes Júnior é encontrado morto em casa

Faleceu nesta terça-feira (30), o ex-vereador e ex-prefeito de Natal, Ney Lopes Júnior, aos 47 anos.

Ney Lopes Junior foi prefeito de Natal durante um curto período, entre o final de 2012 e o início de 2013, após a renúncia de Paulinho Freire, que assumiria o lugar de Micarla de Sousa. Como era naquela ocasião o vice-presidente da Câmara, Ney Lopes Junior foi empossado.

Ele foi encontrado morto em sua residência pela noiva. O Blog do BG apurou que a causa da morte teria sido um infarto fulminante.

Daqui desse canto fica o nosso abraço no ex-deputado Ney Lopes e em Dona Abigail, nas suas irmãs e em todos os familiares.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Vacina da Pfizer ‘provavelmente’ protege contra caso grave da Ômicron, diz CEO da BioNTech

Foto: Myke Sena/MS

A vacina da Pfizer e da BioNTech contra o coronavírus vai provavelmente oferecer uma forte proteção contra quaisquer casos graves de infecção pela variante Ômicron, afirmou Ugur Sahin, diretor executivo e cofundador da farmacêutica à Reuters. Ainda assim, ele não descarta a hipótese de que seja necessária uma versão potencializada da dose do imunizante.

Os testes laboratoriais serão feitos ao longo das próximas duas semanas para analisar o sangue de pessoas imunizadas com as duas doses da vacina da Pfizer. O objetivo é descobrir se os anticorpos encontrados são capazes de inativar a Ômicron no organismo e se outras vacinas seriam necessárias.

“Acreditamos ser provável que as pessoas terão uma proteção substancial contra os quadros graves causados pela Ômicron”, disse Sahin, especificando que dificilmente aqueles imunizados com a Pfizer serão hospitalizados ou precisarão de cuidado intensivo.

O CEO da BioNTech também afirmou esperar que os testes laboratoriais mostrem uma perda de proteção vacinal contra casos leves e moderados do coronavírus graças à Ômicron, mas a extensão dessa perda ainda é difícil de prever. Ele não descarta a necessidade de uma dose de reforço para garantir uma camada extra de proteção contra a variante.

“No meu ponto de vista, não há nenhum motivo para ficarmos particularmente preocupados. A única coisa que me preocupa no momento é o fato de que ainda há pessoas que não se vacinaram”, disse.

Estadão Conteúdo com Reuters

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Segunda Turma do STF mantém foro privilegiado de Flávio Bolsonaro no caso das rachadinhas

Foto: JEFFERSON RUDY/AGÊNCIA SENADO/JC

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) manteve, nesta terça-feira, 30, o foro privilegiado do senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) no caso das rachadinhas. O parlamentar é acusado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) de liderar uma organização criminosa que recolhia parte dos salários de seus funcionários na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) na época em que era deputado estadual.

O operador do esquema seria Fabrício Queiroz, ex-policial militar e ex-assessor do filho Zero Um do presidente Jair Bolsonaro. O MP-RJ pedia ao STF a cassação da decisão do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ)  que concedeu foro privilegiado ao senador.

A sentença, dada pela 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio em 29 de junho de 2020, permitiu que as investigações saíssem da primeira instância e fossem direto ao órgão máximo da Justiça do Rio. Gilmar Mendes, Nunes Marques e Ricardo Lewandowski consideraram “improcedente” o pedido apresentado pelo MP-RJ. Mendes, relator da reclamação, considerou que o Ministério Público perdeu o prazo para recorrer da decisão junto ao TJ-RJ.

“O fato dessa discussão não ser apreciada por essa Suprema Corte por via natural do RE (recurso extraordinário) se dá em razão do reclamante ter pedido, como cível, o prazo para recorrer”, explicou o ministro. Apenas o ministro Edson Fachin votou a favor. “A prerrogativa de função não equivale a privilégio pessoal, mas condiz unicamente com a proteção funcional”, declarou.

Opinião dos leitores

    1. Ele só eh contra o foro privilegiado quando o criminoso não eh da família do MINTOmaníaco das rachadinhas talkei! Aliás, ele nem tinha direito a esse foro já que o crime foi cometido quando ele era deputado estadual mas criou uma nova jurisprudência ora… Muuuuu

    2. Tudo conversinha pra boi dormir. Na verdade não existem provas. Fato.
      #PraFrenteComBolsonaro

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

COVID: Brasil registra 305 óbitos e 9,7 mil casos nas últimas 24h

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta terça-feira (30):

– O país registrou 305* óbitos nas últimas 24h, totalizando 614.681 mortes;
*Sem dados do DF e com 35 óbitos represados do CE.

– Foram 9.710 novos casos de coronavírus registrados, no total 22.094.459.

O Ministério da Saúde calcula que 21.321.631 pessoas já se recuperaram da Covid. Outras 158.147 seguem em acompanhamento.

A média móvel de óbitos nos últimos 7 dias é de 231, e a média móvel de novos casos é de 9.182.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Emprego

Brasil cria mais de 250 mil vagas formais de trabalho em outubro, aponta Caged

Foto: reprodução/Senai

O Brasil criou 253.083 vagas com carteira assinada em outubro, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados nesta terça-feira (30) pelo Ministério da Economia.

O saldo é resultado de 1.760.739 admissões e de 1.507.656 desligamentos. Veja o gráfico abaixo:

Imagem: Divulgação/Caged

O estoque, que é a quantidade total de vínculos celetistas ativos, em outubro deste ano somou 41.205.069 vínculos, o que representa uma variação de 0,62% em relação ao estoque do mês anterior.

No acumulado de 2021, foi registrado um saldo de 2.645.974 empregos, decorrente de 17.209.495 admissões e de 14.563.521 desligamentos (com ajustes até outubro de 2021).

Em outubro, os dados do Caged registraram saldo positivo no nível de emprego em quatro dos cinco grandes grupamentos de atividades econômicas:

• serviços (+144.641 postos), distribuídos principalmente nas atividades de informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas (+71.258 postos);
• indústria geral (+26.697 postos), concentrados na indústria de transformação (+23.747 postos);                      • comércio (+70.355 postos);
• construção (+17.236 postos); e
• agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura (-5.844 postos).

No acumulado do ano, o setor de serviços também lidera as admissões:

• serviços: 1.145.498;
• indústria geral: 556.013;
• comércio: 482.332;
• construção: 284.544; e
• agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura: 177.592.

O levantamento oficial também mostrou que as cinco regiões brasileiras apresentaram saldo positivo no mês:

• Sudeste (+121.409 postos; +0,58%);
• Sul (+52.938 postos; +0,69%);
• Nordeste (+51.455 postos; +0,78%);
 Centro-Oeste (+17.554 postos; +0,50%); e
• Norte (+8.734 postos; +0,45%).

Salário médio de admissão foi de R$ 1.795,46

Em outubro, segundo o Caged, o salário médio de admissão foi de R$ 1.795,46. Comparado ao mês anterior (R$ 1.815,71), houve redução real de R$ 20,25 no salário médio de admissão, uma variação negativa em torno de 1,12%.

Nova metodologia desde janeiro de 2020

Desde janeiro do ano passado, o uso do Sistema do Caged foi substituído pelo eSocial (Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas) para as empresas, o que traz diferenças na comparação com resultados dos anos anteriores.

Na metodologia anterior (de 1992 a 2019), o melhor resultado para outubro na série sem ajustes havia sido em 2009, quando foram criadas 230.956 vagas no décimo mês do ano.

R7

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Anvisa confirma 2 primeiros casos da variante ômicron no Brasil

Foto: Juan Ruiz Paramo/Getty Images

A Anvisa confirmou 2 casos da ômicron, nova variante do coronavírus, no Brasil nesta terça-feira (30). Um casal que chegou da África do Sul presentou resultado laboratorial positivo para a variante Ômicron da Covid-19, após testagem realizada pelo laboratório Albert Einstein.

Esses são os primeiros infectados no Brasil. A amostra dos pacientes passará por uma análise extra no Instituto Adolfo Lutz, para garantir que se trata da variante. Os casos confirmados são de um viajante vindo da África do Sul e de sua mulher. Ele desembarcou em Guarulhos em 23 de novembro. O viajante entrou no país antes da notificação mundial sobre a nova variante.

Antes de viajar ao Brasil, ele havia realizado um teste RT-PCR com resultado negativo. O passageiro realizou novamente o exame em 25 de novembro, para regressar ao país africano, dessa vez com sua mulher. O teste de ambos foi positivo.

O diagnóstico foi comunicado ao Cievs (Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde) de São Paulo. O hospital Albert Einstein então realizou o sequenciamento genético das amostras.

A Anvisa notificou o Ministério da Saúde e as Secretarias de Saúde estadual e municipal de São Paulo sobre os casos. Dessa forma, os órgãos podem tomar as medidas necessárias para evitar a propagação da nova variante. O Cievs deve monitorar os casos da cepa no país.

Poder 360

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *