Judiciário

VÍDEO: Advogado compartilha tela sem querer e juíza vê xingamento: “Que filha da puta”

 

Um descuido no compartilhamento da tela do computador em um julgamento virtual causou grande constrangimento a um advogado no último dia 22 de março.

O defensor Raphael Bueno teve um pedido rejeitado pela juíza Edinéia Carla Poganski, do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (TRT-9), durante a sessão e acabou deixando que ela visse seu desabafo a outra pessoa em uma conversa de WhatsApp: “Que filha da puta”, escreveu o advogado logo após a negativa para que uma parte no processo em julgamento fosse considerada suspeita.

“Doutor, o que o senhor escreveu ali? O senhor escreveu ‘Que filha da puta’? Quem é filha da puta, doutor?”, questionou a magistrada, demonstrando irritação.

“Não! Não estou falando de Vossa Excelência, estou falando da situação”, tentou se explicar Bueno, claramente constrangido. “Tá gravado na tela, foi gravado”, respondeu a juíza. “O senhor digitou”, completou ela. Veja o desenrolar da situação:

“Minhas escusas”

Apesar de não admitir que xingou a juíza, o advogado pede “sinceras escusas” mais de uma vez após o episódio. Contrariada, a juíza Edinéia Poganski diz que, de qualquer maneira, “esse não é o linguajar que se espera de um advogado”, ao que Raphael Bueno concorda, tentando encerrar o assunto.

Metrópoles

Opinião dos leitores

  1. Essa é a realidade da justiça brasileira. Uma total falta de decoro, desde um reles causídico ao ministro do STF.
    Lastimável!

    1. O cara deu bobeira em estar projetado, ele não quis expor esta opinião para todos… Se fôssemos ‘projetados’ em tudo que fazemos e digitamos todo mundo ia preso

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Sergio Moro diz que votaria no humorista Danilo Gentili para presidente

Fotos: Reprodução/YouTube/Michael Melo/Metrópole

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro afirmou, em coluna publicada nesta sexta-feira (9/4) na revista Crusoé, que votaria no humorista Danilo Gentili para presidente da República.

A afirmação foi feita logo após apontar que o Manhattan Connection, atualmente na TV Cultura, tem sido um dos poucos programas que assiste durante a pandemia do novo coronavírus.

“O ambiente descontraído, a qualidade dos âncoras, a relevância e a heterogeneidade dos convidados têm sido um atrativo. Em um deles, quase foi lançada a candidatura presidencial do Danilo Gentili – que, aliás, teria o meu voto”, assinalou o ex-juiz federal, que hoje trabalha em um escritório de advocacia.

A candidatura de Sergio Moro também é ventilada como possível alternativa ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e ao ex-presidente Lula da Silva (PT), possíveis candidatos em 2022.

O ex-ministro da Justiça, no entanto, não se aprofunda no assunto. Ao longo do texto, ele defende o programa de críticas feitas por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro.

Como mostrou o Metrópoles, pesquisa encomendada pelo Movimento Brasil Livre (MBL) aponta que o humorista Danilo Gentili teria cerca de 4% dos votos caso se candidatasse à presidência da República, em 2022.

A taxa é semelhante as do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM), do apresentador global Luciano Huck e do ex-presidenciável Ciro Gomes (PDT), todos com 4%.

O levantamento de opinião pública foi realizado pelo Instituto de Pesquisas e Estratégia (IPE). Foram realizadas 2 mil entrevistas em todas as unidades federativas, nos dias 27 e 28 de março deste ano. A margem de erro para os resultados é de 2,2 pontos percentuais (pp).

O Metrópoles apurou que o humorista afirmou, em uma aula fechada da Academia MBL, que está aberto para conversar sobre uma possível candidatura à presidência.

Metrópoles

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Libertadores 2021: veja os grupos dos brasileiros após o sorteio, com Flamengo no “chave da morte”

Foto: Reprodução

A Conmebol sorteou na tarde desta sexta-feira, em um evento virtual na sua sede em Luque, no Paraguai, os grupos da Libertadores 2021.

Atual campeão do torneio, o Palmeiras foi cabeça de chave do Grupo A e pode ter outro brasileiro em seu grupo: o Grêmio, caso o time gaúcho passe pelo Del Valle-EQU na Pré-Libertadores. O primeiro jogo será nesta sexta-feira, às 19h15, no Paraguai.

O Santos, outro brasileiro que disputa a Pré-Libertadores, cairá no grupo que tem o Boca Juniors como cabeça de chave caso elimine o San Lorenzo, da Argentina. O Peixe venceu na ida, fora de casa, por 3 a 1.

São Paulo e Flamengo são outros brasileiros cabeças de chave. Internacional e Atlético-MG estavam no pote 2 do sorteio, enquanto o Fluminense estava no pote 3.

A fase de grupos da Libertadores começa daqui a duas semanas. A primeira rodada acontecerá entre os dias 20, 21 e 22 de abril. A tabela ainda será desmembrada pela Conmebol.

A final da Libertadores está marcada para 20 de novembro, e decisão da Sul-Americana prevista para 6 de novembro. Os locais dos jogos ainda não foram definidos.

A exemplo das últimas edições, depois da definição dos oito grupos de quatro times cada, as equipes se enfrentam em jogos de ida e volta dentro da chave. Os dois melhores avançam às oitavas de final. Nessa fase, os duelos serão definidos em sorteio, com vantagem de decidir em casa para o time de melhor campanha.

Com Globo Esporte

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

STF afirma seguir a Constituição ao determinar CPI da Pandemia no Senado

Foto: Dorivan Marinho/STF

Em nota institucional, e sem citar o nome do presidente Jair Bolsonaro ou do ministro Luís Roberto Barroso, o Supremo Tribunal Federal (STF) defendeu a decisão que determinou a instalação da CPI da Pandemia no Senado. O ministro Marco Aurélio Mello também viu como acertada a decisão do colega Barroso de mandar instalar a comissão parlamentar de inquérito, uma vez que ela teve o número mínimo de assinaturas no Senado para poder ser criada. A respeito das críticas do presidente Jair Bolsonaro a Barroso em razão dessa decisão, Marco Aurélio disse que é hora de deixar a retórica de lado e de arregaçar as mangas.

Barroso consultou os colegas, inclusive o presidente do STF, Luiz Fux, antes de dar a liminar, tendo recebido apoio da maioria. O ministro Kassio Nunes Marques não apoiou. Também falou com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, antes da divulgação da decisão, para dar a oportunidade de instalar a CPI antes. Fux também conversou com Pacheco e preferia que o Senado resolvesse o assunto por lá mesmo.

— Na minha decisão, limitei-me a aplicar o que está previsto na Constituição, na linha de pacífica jurisprudência do Supremo Tribunal Federal, e após consultar todos os Ministros. Cumpro a Constituição e desempenho o meu papel com seriedade, educação e serenidade. Não penso em mudar — disse Barroso.

“O Supremo Tribunal Federal reitera que os ministros que compõem a Corte tomam decisões conforme a Constituição e as leis e que, dentro do estado democrático de direito, questionamentos a elas devem ser feitos nas vias recursais próprias, contribuindo para que o espírito republicano prevaleça em nosso país”, diz trecho da nota do STF.

— Comissão parlamentar de inquérito é instrumental ao alcance da minoria, e não apenas da maioria. E aí evidentemente se tem um terço de assinaturas. Não dá para sentar em cima — disse Marco Aurélio.

Para uma CPI ser instalada no Senado, é preciso ter um terço de assinaturas, ou seja, o apoio de 27 dos 81 senadores. A oposição conseguiu 31, mas o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), vinha resistindo em instalá-la. O objetivo da CPI é investigar se o governo Jair Bolsonaro cometeu omissões no combate à pandemia do novo coronavírus.

No Twitter, o presidente da República disse que “Barroso se omite ao não determinar ao Senado a instalação de processos de impeachment contra ministro do Supremo, mesmo a pedido de mais de 3 milhões de brasileiros”. E arrematou: “Falta-lhe coragem moral e sobra-lhe imprópria militância política”.

‘Tem alguma coisa aí errada’

Questionado sobre a mensagem que Bolsonaro postou no Twitter, Marco Aurélio disse:

— O que eu digo é que devemos deixar a retórica de lado e trabalhar para fazer frente à pandemia. Trabalhar, e trabalhar muito, arregaçar as mangas, porque é muito triste o quadro vivenciado no Brasil. Veja a percentagem. Mundialmente, temos 2,7% da população. Em número de mortes no mundo, temos 27%. Tem alguma coisa aí errada.

No Twitter, Bolsonaro destacou que a decisão de Barroso foi “monocrática”, ou seja, sem ter passado pelo plenário da Corte, e para investigar apenas o governo federal, mas não os governadores. Em seu despacho, o ministro do STF disse que tomou a decisão sozinho, sob justificativa de que o agravamento da crise sanitária requer urgência. Mas resolveu também submetê-lo ao referendo dos demais ministros. O julgamento, no plenário virtual, em que os ministros não se reúnem, apenas colocando seus votos no sistema eletrônico da Corte, começará na sexta-feira da semana que vem e tem previsão para terminar no dia 26 de abril, uma segunda-feira.

Marco Aurélio disse que, em mandado de segurança, o tipo de ação em que Barroso tomou sua decisão, é possível o relator decidir sozinho. E concluiu dizendo que, para eventual mudança, é preciso esperar a manifestação do plenário.

O Globo

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Em manifesto, associações dizem ser perseguidas e ameaçadas por Fernando Mineiro, Secretário de Estado de Fátima Bezerra

O Grande Ponto destaca nesta sexta-feira(09) que um grupo de nove associações comunitárias e cooperativas ligadas a agricultura familiar do Estado do Rio Grande do Norte denunciou, por meio de um manifesto, que “de forma discriminatória e desrespeitosa” o Governo do Estado do Rio Grande do Norte os excluiu das negociações de renovação do contrato com o Banco Mundial, cujo prazo de negociação para a vigência final foi estendido até o 31 de dezembro de 2022.

De acordo com as associações, foram contemplados somente os projetos com execução direta pelo governo do Estado através do Projeto de Desenvolvimento Sustentável do RN – Governo Cidadão.

“Antes de tudo enfatizamos que, permanentemente somos pressionados e, praticamente ameaçados pelo Secretário de Estado o Sr. Fernando Mineiro que se utiliza dos diversos mecanismos administrativos no sentido de nos obrigar a prestar contas e devolver os recursos financeiros a disposição das entidades provocando, dessa forma, a interrupção dos trabalhos de implantação dos subprojetos, ao mesmo tempo em que isso simboliza uma verdadeira ‘foiçada pelas costas’ dizimando os sonhos de centenas de agricultores e agriculturas familiares em diversos territórios do Rio Grande do Norte”, diz trecho do manifesto. (Leia abaixo na íntegra).

Em contato com o Portal Grande Ponto, o secretário disse que irá apresentar um pequeno relatório ainda hoje de cada um desses projetos e que os recursos foram depositados nas contas das associações desde o governo passado para a execução. Ainda segundo ele, o prazo para a execução varia de 6 a 8 meses.

“São 326 associações. 17 não conseguiram terminar. Essas 9 associações estão entre as 17. Eles precisam prestar contas. A questão é essa. O que eu podia fazer, eu fiz. Não posso desrespeitar os termos dos contratos firmados por eles desde o governo passado e a legislação em geral. Se fizesse isso, eu estaria cometendo improbidade administrativa e prevaricação com os recursos públicos”, rebateu o secretário.

Ele acrescentou ainda que, como coordenador do projeto, é “obrigado a acatar os pareceres técnicos dos setores de engenharia e jurídico”.

“A minha insistência (feita de maneira formal, através de notificações conforme determina a legislação) é pra que façam a prestação de contas. É isso que eles chamando de pressão e ameaças. As normas a seguir estão nos contratos assinados por eles lá atrás. Sou obrigado, pela legislação, a fazer as notificações”, acrescentou o auxiliar da governadora Fátima Bezerra.

Leia manifesto AQUI em texto na íntegra via Grande Ponto.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Meio Dia RN

VÍDEO MEIO-DIA RN: Confira o programa desta sexta-feira

Confira programa desta sexta-feira(09). O Meio-Dia RN, com este blogueiro, debateu os principais assuntos no Estado, pelo país e no mundo. Clique abaixo e assista via Youtube.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

“Tem ministro fura-teto que não desiste”, diz Guedes sobre Orçamento

Foto: Reprodução

Em live com investidores, o ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a criticar o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

Sem citar nominalmente o colega, mas citando o termo “ministro fura-teto”, Guedes declarou que “não adianta querer levantar o governo apenas com obras”.

Tem sempre o ministro mais ousado. Tem ministro fura-teto, tem de tudo aqui. Tem ministro que não desiste, volta toda hora e bate no mesmo lugar. Isso acontece volta e meia. Isso bota em risco o grupo inteiro”, disse Guedes.

Ele ainda acrescentou: “Não adianta querer levantar o governo agora através de obras”. Durante a elaboração do Orçamento 2021, o Ministério do Desenvolvimento Regional foi o maior beneficiado do remanejamento de R$ 26,5 bilhões de recursos obrigatórios para gastos em obras.

O Antagonista

Opinião dos leitores

  1. Guedes está preocupado em agraciar unicamente o mercado financeiro. Nada que traga melhoria para os Estados e para o povo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Em nota técnica, Sesap faz novas orientações sobre notificações de casos e óbitos por Covid-19

A Secretaria de Estado da Saúde Pública emitiu Nota Técnica Nº 10/2021/SESAP – SUVIGE/SESAP – CPS/SESAP – SECRETARIO, direcionada às secretarias municipais de saúde com os protocolos referentes à covid-19 e sobre a vigilância epidemiológica da doença.

O documento atualiza os critérios para definição de casos suspeitos para covid 19 e recomenda a ampliação da testagem sorológica, inclusive ressaltando a necessidade de realizar os testes em crianças.

Segundo a Nota Técnica, as notificações dos casos para investigação de covid-19 deverão ser realizadas de forma imediata pelos serviços de saúde. Além dos procedimentos de notificação, o documento atualiza dos critérios para encerramento de casos e as notificações de óbitos suspeitos e confirmados da doença.

Quanto à testagem, diz que se deve priorizar a realização dos exames de RT-PCR, o qual é recomendado para qualquer paciente sintomático, que apresente quadro de síndrome gripal ou síndrome respiratória aguda grave, até o 7º dia após início de sintomas.

Também são reforçadas as orientações quanto ao isolamento de pacientes confirmados ou suspeitos, investigação de casos, novas variantes do sars-covid-2 no Brasil, sobre os casos de Síndrome Inflamatória Multisistêmica Pediátrica (SIM-P) temporariamente associada à covid-19.

A respeito da vacinação contra a covid-19, é recomendado aos gestores municipais proceder com a vacinação das pessoas que atendam aos critérios do grupo prioritário, de acordo com a fase de progressão da campanha de vacinação, unicamente após 30 dias da recuperação pós infecção pelo SARS-CoV-2.

Todas as informações sobre a imunização podem ser consultadas no Plano de Operacionalização da Campanha de Vacinação contra a COVID-19 no Rio Grande do Norte, além das demais Notas técnicas, disponíveis no site da Sesap, no endereço www.saude.rn.gov.br, na área Coronavírus.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

UTILIDADE PÚBLICA: Plataforma lançada pela Prefeitura informa em tempo real dados sobre pontos de vacinação em Natal; veja onde não tem fila

Foto: Joana Lima / Secom

Em apenas um clique, o natalense vai saber qual o melhor local para poder receber a vacina contra a Covid-19. A Prefeitura de Natal lançou nesta sexta-feira (09) uma ferramenta on-line, oferecendo esse serviço a toda população. Pelo endereço eletrônico https://vacina.natal.rn.gov.br/, o cidadão poderá saber em qual ponto do sistema de drive-thru poderá ser atendido de forma mais segura e rápida. Além disso, o portal conta com o Vacinômetro, trazendo o número de pessoas vacinadas até o momento, bem como o total de alimentos arrecadados pela campanha Vacina Solidária.

O sistema é simples e será atualizado de hora em hora. Nesse primeiro momento, estão listados no site os oito pontos de vacinação no sistema drive-thru (shopping Via Direta, ginásio Nélio Dias, Palácio dos Esportes, sede da OAB/RN, UNP Roberto Freire, Sesi e Arena das Dunas) e os seis pontos onde há aplicação para os pedestres (shopping Via Direta, Nélio Dias [idosos e profissionais da saúde], sede da OAB/RN, Sesi e UNP Roberto Freire). Ao acessar, o usuário vai saber se o local em que deseja ir está sem fila, com pouca fila, fila moderada ou fila intensa. Caso a aplicação no local tenha fechado, o aviso será de fila encerrada. Atualmente, já foram aplicadas 177.164 doses em Natal.

Opinião dos leitores

  1. Quero saber o motivo de Natal está patinando nos 64 anos se já não há mais quase nenhuma procura por esta faixa etária ? Quero também salientar que as vacinas continuam chegando.

  2. Quando anunciavam de forma alarmante que até maio de 2020 no RN teriam 11 mil mortos, a indústria da pandemia atuou com toda força. O tempo foi passando, as UTI não eram abertas pelo governo estadual, os cofres eram abastecidos por muito dinheiro encaminhado pelo governo federal e o discurso do medo aumentava exponencialmente.
    Começou 2021 e as medidas que deveria ter sido adotadas, não existiram, tudo em nome do remédio lockdown, que precisava ser adotado a qualquer preço.
    Chegou o lockdown e o que houve? As mortes dispararam, subiu de 900 para 4 mil por dia. Quem vai ser responsabilizado por isso, quem adotou o lockdown ou quem encheu os cofres públicos de recursos e as medidas efetivas não foram tomadas?
    Os mesmos que impedem o tratamento preventivo por não ter comprovação científica, obrigam a população ao lockdown sem qualquer comprovação. O resultado, é só ver como estão os números de mortes. Mas científico que isso impossível. Que os culpados sejam responsabilizados

  3. Não entendi, que a vacina da Oxford é pra os profissionais da saúde, se a saúde toda já foi vacinada. E segunda a fonte de dentro afirmou que estava guardado a segunda dose. Agora veio novamente pra saúde? Que p… é essa? Se todos já tinham se vacinados, e a segunda dose estava guardada e agora os que veio foi pra

    A vacina que veio foi da Oxford e coronavac, só que da Oxford é pra saúde, mas a saúde toda já tinha tomado. Inclusive demorou a voltar a vacinar pq a segunda dose estava guardada e a que veio foi pra saúde novamente?

  4. Não entendi, que a vacina da Oxford é pra os profissionais da saúde, se a saúde toda já foi vacinada. E segunda a fonte de dentro afirmou que estava guardado a segunda dose. Agora veio novamente pra saúde? Que p… é essa? Se todos já tinham se vacinados, e a segunda dose estava guardada e agora os que veio foi pra saúde.

  5. As pessoas querem e que baixe a idade de vacinação, semelhante a joao pessoa que desde a semana passada já vacina o pessoal de 60 anos ou mais. Canalhas.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

SETURN cobra licitação para transporte público urgente em Natal

 

O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos (SETURN), se manifestou por meio de nota cobrando a realização de licitação do transporte público em Natal. Confira abaixo:

NOTA

Há 11 anos que o sistema de transporte público de Natal, opera sem regras estabelecidas pelo órgão gestor, sobretudo, por parte da Prefeitura do Natal. Vários gestores que estiveram como chefe do poder executivo municipal nos anos anteriores, prometeram a realização de uma licitação para resolver esses percalços no transporte, mas nos últimos anos, nada foi concretizado, inclusive, com duas tentativas fracassadas.

A crise no setor de transporte em Natal já vem se arrastando ao longo dos anos e com a pandemia, se tornou caótica. O fato é que as empresas de ônibus precisam receber suas obrigações por parte da prefeitura como também, o órgão municipal, precisa assumir suas responsabilidades na gestão do transporte; cada um tendo seus direitos e deveres como rege qualquer tipo de contrato.

O que não é mais aceitável é o poder executivo municipal continuar sem se posicionar, sendo omisso aos problemas no transporte público de Natal, e permanecer sem apresentar uma atualização da Planilha Tarifária às empresas permissionárias, o que as impedem de investirem na renovação da frota e na manutenção dos seus veículos, pelo fato da atual tarifa ser insuficiente para isso. Sem atualizar a planilha com os gastos e nem os reajustes sofridos com os combustíveis ao longo dos anos, nunca chegaremos a um equilíbrio financeiro desejado, e muito menos, ofereceremos um serviço de qualidade aos nossos clientes.

Nos últimos 10 anos a frota envelheceu, e 30% dos passageiros pagantes migraram para outros meios de transporte por insatisfação; o que só agrava a cada dia a situação financeira vivida pelas empresas de ônibus. Como conseguir manter um serviço de qualidade, atendendo satisfatoriamente aos nossos clientes, sem o poder público municipal cumprir com suas obrigações legais? Se continuarem omissos à crise, querendo que as empresas apenas sobrevivam, não avançaremos em nada e o problema continuará longe de ser resolvido.

A crise é nacional, mas pelo menos em algumas cidades do país, as autoridades já destinaram receitas públicas para socorrerem as empresas de suas cidades, evitando assim, o colapso dos seus serviços. Em Natal não pode ser diferente, é preciso medidas urgentes que garantam que o setor não pare e se mantenha. Conclamamos, por fim, as autoridades competentes que olhem para o transporte público e enxerguem o quanto esse serviço é essencial e indispensável para dezenas de milhares de natalenses diariamente.

Opinião dos leitores

  1. Cobrar para fugir da responsabilidade, a farsa foi descoberta, qdo a prefeitura abriu a licitação ninguém participou, porque será? Se da prejuízo entregue ao poder público, chega de pintar de bom moço e transferir o ônus para os outros, falsos empresários.

  2. Boa tarde. E todas as 11 vezes que abriram os envelopes da licitação no parque da cidade e nunca obtiveram uma proposta? Será que não há uma empresa em todo esse Brasil que consegue operar diante das exigências mínimas da câmara municipal?
    Contra outra, SETURN.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

[VÍDEO] Incêndio proposital destrói a Barraca do Salu entre Pitangui e Jacumã

 

 

Por volta das 18h dessa quinta-feira, 8, um incêndio proposital foi registrado nas instalações que abrigava a Caipirinha do Salu, localizada entre as praias de Pitangui e Jacumã. O empresário Luis Pereira, o Salu, é uma figura bem conhecida e foi um dos pioneiros no preparo de sucos e caipirinhas, como também lagostas, desde a década de 90 na região do Riacho Pratagy.

Trabalhador e figura humilde atende a turistas de todo o Brasil que vêm conhecer as belezas potiguares, além de dar sustento a  pelo menos 10 famílias da localidade do município de Extremoz/RN.

Opinião dos leitores

  1. Anos atrás, não sei precisar quantos, tocaram fogo num restaurante, salvo engano Marina’s Muriú, também fogo colocado por gente. Ver-se então um padrão para a região. Algum concorrente incomodado? máfia que não recebe o ‘dízimo’?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *