VÍDEO: Câmeras flagram agressões de neto a avó de 76 anos e ele é preso

Câmeras do elevador e dos corredores de um prédio no Leblon, no Rio de Janeiro, flagraram agressões de Matheus Luz à avó, Maria Stela Vasconcelos da Silva, de 76 anos.

Nas imagens, ele derrama água de uma garrafa na cabeça dela, dá murros no painel do elevador e, em outra gravação, chuta uma criança.

A Justiça do Rio aceitou o pedido de prisão preventiva de Matheus por lesão corporal com violência doméstica, discriminação e humilhação a pessoa idosa. Segundo as investigações, Matheus também batia na cabeça dela com uma garrafa e chutava a idosa.

Em depoimento à polícia, segundo a TV Globo, Matheus admitiu os maus-tratos e disse ainda que queimava a avó com pontas de cigarro. A idosa passava os dias sentada na portaria do prédio, para fugir da violência doméstica, como relataram vizinhos, que denunciaram o crime.

A polícia afirma que Matheus tem histórico de delitos semelhantes e já praticou outros crimes previstos no Estatuto do Idoso contra a avó, em 2017, e uma lesão corporal contra a mãe, em 2019.

Metrópoles

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Macedo disse:

    Cadê a revolta das midiaslixo, por que eles não incentivaram o ódio da população contra este branco, como fazem habitualmente quando o problema é com negros.
    Se fosse uma idosa negra seria diferente?
    Qual a importância da cor na violência?

  2. Inácio Rodrigues disse:

    Esse ai é eleitor do bozo! Alguem duvida?

  3. Santos disse:

    Esse é o exemplo da família tradicional conservadora brasileira.

  4. Antônio Soares disse:

    Cadeia nesse safado.

  5. Sargento Pincel disse:

    Olha aí… Um rapaz branco como a neve, mora no Leblon (bairro nobre), o que ele fez? “Apenas” agrediu uma idosa, “apenas”! A forma de como a polícia o conduziu para a delegacia, tão elegante, tão cordial…

  6. Antonio Turci disse:

    motivo suficiente para mandar esse bandido mofar em Bangu 1, 2, 3 ou para o ráio que o parta.

  7. Ana disse:

    Merecia ser colocado na ala dos estupradores e deixarem os detentos "cuidarem" dele…

COMENTE AQUI