Meio Dia RN

VÍDEO MEIO-DIA RN: Confira o programa desta segunda em RESENHA com Ciro Pedroza, Pedro Ratts e Walter Fonseca; ainda entrevista com o prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra

Confira programa desta segunda-feira(21). O Meio-Dia RN, com este blogueiro, debateu os principais assuntos no Estado, pelo país e no mundo. Clique abaixo e assista via YouTube.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Brasil atinge marca de 40,5 milhões com imunização completa contra covid

Foto: Governo de SP

O Brasil atingiu nesta sexta-feira (30) a marca de 40,5 milhões de brasileiros com o ciclo vacinal contra a covid-19 completo. Segundo o Ministério da Saúde, o número representa 25% da população acima de 18 anos que já tomou as duas doses ou a vacina de dose única.

Além disso, a campanha de imunização registou nesta sexta-feira mais de 140 milhões de doses aplicadas. A primeira dose da vacina já chegou para mais de 61% da população acima de 18 anos. O público-alvo da campanha conta com mais de 160 milhões de brasileiros.

Para que as vacinas atinjam a efetividade esperada, é necessário tomar as duas doses. O Ministério da Saúde reforçou a campanha para incentivar os brasileiros que ainda não completaram o ciclo vacinal a procurarem uma unidade de saúde para a segunda dose.

Até agora, a pasta já distribuiu mais de 176,5 milhões de doses para todos os estados e Distrito Federal. “A cada nova distribuição, uma estratégia de imunização é definida de forma tripartite, entre representantes da União, estados e municípios. É importante que todos os gestores locais do SUS sigam as orientações, para completar o esquema vacinal de todos os grupos”, afirma o ministério.

Mais vacinas

A meta do Ministério da Saúde é vacinar todos os brasileiros acima de 18 anos com uma dose até setembro e com as duas doses até dezembro. Para isso, a pasta já encomendou mais de 600 milhões de doses que serão entregues pelos laboratórios até o fim de 2021.

R7

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima

Marinha emite aviso de mau tempo e recomenda que embarcações de pequeno porte “evitem a navegação” no litoral sul do RN

A Marinha, através da Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte, emitiu um aviso de mau tempo com alerta de possibilidade de mar grosso entre o Norte de Salvador (BA) e Natal (RN), com ondas de Sul a Sudeste de 4,0 metros de altura, entre a noite de 30 de julho e a manhã do dia 02 de agosto.

Diante deste cenário, recomendou que as embarcações de pequeno porte “evitem a navegação” e que as demais embarcações redobrem a atenção quanto ao material de salvatagem, estado geral dos motores, casco, bomba de esgoto do porão, equipamentos de rádio e demais itens de segurança.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Aneel mantém patamar mais caro da bandeira tarifária nas contas de luz em agosto

Foto: Marcelo Casal Jr./Agência Brasil

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) anunciou nesta 6ª feira (30.jul.2021) que manterá em agosto a bandeira vermelha patamar 2 –a mais cara– como referência nas contas de energia elétrica. Isso significa que, para cada 100 quilowatts-hora consumidos, serão acrescidos o valor de R$ 9,49.

“Em julho, as afluências nas principais bacias hidrográficas do SIN (Sistema Interligado Nacional) continuam entre as mais críticas do histórico. Agosto inicia-se com igual perspectiva hidrológica, com os principais reservatórios do SIN em níveis consideravelmente baixos para essa época do ano”, diz a agência.

O sistema de bandeiras é usado para determinar o valor cobrado aos consumidores a partir das condições de geração de energia elétrica. Conforme a disponibilidade de insumos para a produção, a bandeira pode ser alterada em uma escala de verde, amarela e vermelha, sendo a última quando há mais dificuldades.

O Brasil vive a pior crise hídrica desde 1931, o cálculo atual não atende os custos da geração de energia elétrica. Como mais de 60% da matriz elétrica brasileira é hidráulica, a geração de energia está prejudicada e o governo aciona as usinas térmicas, mais caras e mais poluentes.

Apesar da situação, o governo nega risco de apagão ou racionamento de energia elétrica. Em pronunciamento em rede nacional no dia 28 de junho, o ministro Bento Albuquerque (Minas e Energia) pediu, entretanto, economia voluntária por parte dos consumidores.

Na mesma data, o governo editou uma MP (medida provisória) que cria a Creg (Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética) –grupo de ministros que poderá impor medidas de gestão das águas e de energia. A MP propõe também, mas sem detalhar, que as contratações de reserva de capacidade de energia elétrica sejam realizadas via “procedimentos competitivos simplificados”.

Poder 360

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gastronomia

Rabada, risoto potiguar e filé de peixe frito no dendê, são as delícias do primeiro Papo de Fogão Raiz

 

O Papo de Fogão Raiz vai mostrar a gastronomia popular dos mercados, feiras e botecos. E essa semana vamos estar no Mercado Antônio Carneiro, o mercado da 6 em Natal, com com a Dona Toinha, da lanchonete Santa Maria, que vai fazer uma rabada, e vamos estar também com Thiago, do Maia RockBar, que vai preparar um risoto potiguar.

E, na Dica Rápida, Paulo Duarte, do bar do Pernambuco no Canto do Mangue, vai fazer um filé de peixe frito no azeite de dendê.

É nesse final de semana. Não perca!

SÁBADO
BAND NORDESTE
Alagoas, 07h
Maranhão, 10h
TV CORREIO/RECORD
Paraíba – 13h30

DOMINGO⠀
RIO GRANDE DO NORTE
TV TROPICAL/RECORD – 10h

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Emprego

“O IBGE ainda está na idade da pedra lascada”, diz Guedes ao ser questionado sobre a taxa de 14,6% de desemprego no país

Foto: Wilson Dias/ Agência Brasil

Após o IBGE divulgar que a taxa de desemprego no país ficou em 14,6% no trimestre encerrado em maio — estável em relação à medição anterior, mas com avanço no número de trabalhadores na informalidade, que bateu 40% —, o ministro da Economia, Paulo Guedes, criticou a instituição, dizendo que “ela está ainda na idade da pedra lascada”.

— Nós criamos 300 mil empregos em junho (com base nos dados do Caged). Desde que a Covid nos atingiu, já criamos 2,5 milhões de novos empregos. A Pnad do IBGE está muito atrasada metodologicamente, pesquisa feita por telefone… É muito superior a metodologia do Caged, ela vem direto das empresas. Nós vamos ter inclusive que rever, acelerar os procedimentos do IBGE porque ele ainda está na idade da pedra lascada, baseada ainda em métodos que não são os mais eficientes. (Com o Caged), nós temos informações direto das empresas — disse o ministro, que participou de evento na manhã desta sexta-feira no Rio.

Guedes, no entanto, comparou dados de pesquisas diferentes, que utilizam metodologias distintas. O Caged, apurado pelo Ministério da Economia, considera apenas trabalhadores com carteira assinada, com base em dados enviados pelas empresas. As divulgações consideram sempre um único mês, calculando o saldo entre novas contratações e demissões.

Já a Pnad, do IBGE, é mais abrangente, levantando informações sobre tipos de ocupação, tanto formais quanto informais, além dos trabalhadores por conta própria e funcionários públicos.

Ele baseou sua fala nos dados divulgados nesta quinta-feira pelo Caged, que apontam para uma geração de 1,5 milhão de vagas formais no país entre janeiro e junho deste ano.

— O Brasil está acelerando num ritmo acelerado. O Brasil está criando um milhão e meio de empregos neste ano. Vamos acelerar o ritmo de criação de empregos com o bônus de inclusão produtiva e o bônus que incentiva a qualificação profissional. Vamos criar mais 2 milhões de empregos. Estamos criando praticamente um milhão de empregos a cada 3 meses e meio — frisou Guedes. — Então, o IBGE está um pouquinho atrasado. Esta conta vai ter que convergir com o que está acontecendo.

O ministro não comentou o avanço da informalidade, tendo citado o crescimento da população como fator que pesa no cenário do emprego:

— Agora, naturalmente, população brasileira continua crescendo, então é possível que o desemprego esteja até caindo um pouco, marginalmente. Nós respeitamos acelerar esse ritmo de queda.

O Globo

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Processo seletivo de prefeitura do interior do RN oferece pouco mais de um salário mínimo para profissionais com curso superior

A prefeitura de Lagoa Nova, município distante 198 km de Natal, divulgou um edital de Processo Seletivo (veja aqui) que tem como objetivo a admissão temporária de diversos profissionais da área da saúde, como nutricionista, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, dentista, entre outros.

Ao observar o edital, um fato que chega a ser vergonhoso chamou a atenção. O baixo valor dos vencimentos oferecidos para profissionais com formação superior. Pouco mais que o atual salário mínimo vigente que é de R$ 1.100.

A maioria das vagas, o vencimento é de R$ 1.200, para cargas horárias 30h ou 40h semanais. Em alguns casos, os profissionais têm direito a uma gratificação, mas em outros, não.

Opinião dos leitores

  1. Esses valores deveriam ser o salário dos Prefeitos e Vereadores, que não fazem nada.
    Vergonha um edital desse.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Ceará-Mirim recebe 30 computadores do Ministério das Comunicações para rede básica de ensino

O Ministério das Comunicações, através do ministro Fábio Faria, formalizou a doação de 30 computadores para a educação básica de Ceará-Mirim, nesta sexta-feira (30), durante solenidade realizada com a presença do prefeito da cidade, Júlio César Câmara.

O prefeito Júlio, que na ocasião também representou a FEMURN, agradeceu ao Ministro pelo apoio à Ceará-Mirim em relação à educação e demais pastas. Na semana passada, em Brasília, Ceará-Mirim recebeu R$ 5 milhões do ministro Fábio Faria para pavimentação de ruas da cidade.

O evento desta sexta-feira foi realizado em São Gonçalo do Amarante, e contou também com  a presença de Pedro Justino, Mário Pinheiro e Antonieta Varela, gestores municipais das escolas agraciadas pelos equipamentos de informática.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Orçamento pode acomodar aumento do Bolsa Família, diz ministro Paulo Guedes

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que é possível acomodar no Orçamento um valor mais elevado para o Bolsa Família. Segundo ele, até o momento, o programa está perfeitamente enquadrado dentro dos planos do ministério, da Lei de Responsabilidade Fiscal e do limite do teto. A intenção é que o valor do benefício chegue a R$ 300. Guedes ponderou, no entanto, que, para aumentar o valor, é preciso controlar gastos inesperados que costumam ocorrer em decisões dos Três Poderes da República.

“Até agora, a nossa ideia do Orçamento era essa e imprevistos sempre acontecem e terão que ser atacados diretamente. Estamos analisando e, pelas primeiras informações que estão chegando, é possível que a gente tenha que rever alguma coisa”, disse após participar na sede do Ministério da Economia, no Rio, do lançamento do projeto de remição de foro digital, com a apresentação do aplicativo SPUApp.

De acordo com o ministro, o que acontece normalmente é que os Poderes são independentes e todos têm capacidade de afetar os orçamentos, com decisões que não estavam previstas. Por isso, conforme explicou, a equipe econômica calcula previsões para eventuais gastos que estão fora da sua órbita de controle. “Há sempre gastos que vêm seja em questões do Judiciário, seja do Legislativo, ou às vezes até exigências do próprio governo mesmo, que quer fazer o Bolsa Família um pouco maior. Há sempre um sinal amarelo, que passa rapidamente para o vermelho”, disse.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Fábio Faria diz que só será candidato se Bolsonaro quiser

Cerimônia de posse do ministro das Comunicações, Fábio Farias, no Palácio do Planalto com a presença de ministros e convidados, entre eles Paulo Guedes, Luis Eduardo Ramos, Braga Neto, Augusto Heleno, Dia Toffoli (STF), João Noronha (STJ) Sérgio Lima/Poder360 17.06.2020

Foto: Sérgio Lima/Poder360 – 17.jun.2020

O ministro das Comunicações Fábio Faria afirmou através das redes sociais nesta sexta-feira (31) que estará com Bolsonaro em 2022 e só será candidato ao que ele quiser.

“Bolsonaro tem feito um governo sem corrupção e tem feito muito pelo Nordeste, pelo meu RN e pelo Brasil”, escreveu o ministro em uma publicação na qual compartilhou uma notícia afirmando que ele não formou chapa com nenhum candidato no RN e que aconselhou um político a parar de ‘bater’ em Bolsonaro.

 

 

Opinião dos leitores

  1. Não demora 30 dias e ele vai mudar de opinião!! Seja lá o que ele seja candidato, esse sem futuro terá um duelo com os funcionários dos correios!! Tu não ganha por esperar coisa!!

  2. Correta a posição do ministro. Chama-se lealdade. Nesse caso, muito diferente da devoção prestada pela esquerdalha a seu bandido predileto de 9 dedos.

    1. Lealdade, confiança e caráter são tres coisas, que a esquerda não tem.

  3. Os servidores do Estado que estão pendurados no consignado do Banco do Brasil, estão aguardando ansiosamente para a sua tentativa de se eleger. Se o pai foi um Coronel oligarca para os servidores públicos, e um péssimo gestor, Fátima está mostrando como fazer,avali o filho desse sujeito. Estamos aguardando ansiosos para vc ver o resultado das urnas.

  4. E daí?
    Não vai se eleger mesmo!
    Todo mundo que foi na onda do bunda suja, se deu mal… espero aconteça o mesmo com o Dr. UAI-FAI

    1. Ganha em qualquer Estado da federação.
      Em Especial no RN, ou São Paulo.
      E o seu guru bicho das zureis grande, ladrão perde feio.
      Vc vai vê.
      Voto auditado já!!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Senador Jean Paul Prates ignora governo federal e diz que obra de Oiticica é ação de Fátima e dele

Imagem: reprodução/YouTube

O senador Jean Paul Prates (PT) ignorou o governo federal e disse que a Barragem de Oiticica será entregue ao povo potiguar “com esforço da governadora Fátima Bezerra (PT)”.

Em uma publicação no Instagram, sem qualquer menção ao governo federal, que enviou a maior parte dos recursos necessários para a conclusão da obra, o parlamentar também destacou que seu mandato teve “uma importante articulação para garantir os recursos necessários ao andamento das construções”.

“A construção era um sonho do povo do Seridó potiguar desde 1950 e há muitas gestões estaduais estava travada. Com o esforço da nossa governadora Fátima Bezerra, Oiticica está 90% concluída e finalmente será entregue”, escreveu o petista.

“Nosso mandato teve uma importante articulação para garantir os recursos necessários ao andamento das construções, quando garantimos a destinação desses recursos ao Rio Grande do Norte por meio de uma emenda na Lei de Diretrizes Orçamentárias em 2020”, acrescentou.

 Portal Grande Ponto

Opinião dos leitores

  1. É desse jeito que Aécio Neves perdeu em 2014, e Bolsonaro não se elegeu no primeiro turno.
    É desse jeito.
    Agora estão querendo emprenhar o povo pelo ouvido outra vez.
    Eleições limpas Já!
    Estão com medo do quê??
    Domingo tem pesquisas verdadeiras.
    Acompanhe e vejam qual é o sentimento do povo brasileiro.
    Vcs vão vê o show!!!
    Abram os olhos, ninguém vai engolir esse Barroso interferindo.

  2. Esse senador aí não sabe nem o que é uma barragem até porque é carioca da gema e caiu aqui no RN de pára-quedas, é o nosso RN sem talento de casa toda a culpa do governo de fora.

  3. Ou piada sem graça senador, seu partido o PT de luladrao, passou 16 anos no poder e não concluiu, agora com recursos do governo federal vai ser inaugurada.

  4. Piada do ano…Senador responda pq, 16 anos do governo PETISTA a obra andou rápida tal qual uma tartaruga….?

  5. Desse zero à esquerda e dessa governadora cujo mandato ainda não começou? Impossível! Nenhum dos dois fez absolutamente NADA pelo RN. A governadora fez apenas a reforma da previdência estadual, que ela dizia não ser necessária, lembram?

  6. O senador e a governadora podem, até, ter algum mérito, mas a obra é majoritariamente bancada com recursos da União.

  7. O Governo do estado é o EXECUTOR da Obra. Governo estadual é responsável pelo projeto, licitação, contratação de empresas construtoras, fiscalização , medição das etapas concluídas e pagamento do serviço executado. Recursos em sua maior parte da União (pertencente a todas unidades da Federação) e aporte menor de recursos do Governo do estado. Em parte, o Senador Jean não está errado. Governo do estado é quem projetou, licitou e executa a obra.

  8. A esquerda vive de enganar e iludir.
    Traduzindo o que ele falou.
    O PT passou 16 anos e não fez.
    Bolsonaro e Rogério Marinho estão fazendo…
    Obrigado, Bolsonaro!!!

    1. José Tomaz.
      Barroso estava querendo votação pelo celular…
      Barroso é contra Bolsonaro?
      Ele tem isenção?
      Acusaram Moro de não ser imparcial.
      Barroso é imparcial?
      Quantos países do mundo têm o mesmo sistema que o Brasil?
      Por que os países desenvolvidos não usam esse sistema?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *