Facção criminosa comemora aniversário com foguetório

Uma queima de fogos em várias cidades do RN na noite desta sexta-feira, 27, chamou a atenção da população. A razão do foguetório seria a comemoração de mais um aniversário de uma facção criminosa.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Brasil e RN acima de tudo disse:

    BG, esse tipo de notícia não deveria nem ser divulgada para não dar mídia. Deveria adotar o mesmo procedimento no futebol, quando invadem o campo, as câmeras não mostram, justamente para não dar fama.

  2. Dan disse:

    Cadê os comentários kkkkkkk

  3. Diana disse:

    Qual ?

  4. Atento disse:

    O exército nas ruas, invadindo os retiros desses marginais, resolveria parte desse problema. A população tem que denunciar esses criminosos. Disquem de um orelhão se não querem se identificar e denunciem o marginal.

Jogos Olímpicos serão entre março e abril de 2021, diz mídia japonesa

Foto: ISSEI KATO / REUTERS

O Comitê Olímpico Internacional (COI) montou uma força-tarefa para estudar as possíveis novas datas para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Resolver esse quebra-cabeça logístico, porém, não será fácil. A entidade planeja tomar uma decisão sobre a remarcação em três semanas, de acordo com relatos da mídia japonesa nesta sexta-feira, e o evento deve acontecer entre março e abril de 2021.

Segundo os jornais locais, esse período parece uma boa opção no momento devido à disponibilidade do calendário. Na última terça-feira, o COI e os organizadores do Japão concordaram em adiar as Olimpíadas para o próximo ano, antes da primaveira (no hemisfério norte), por causa da pandemia do coronavírus.

O periódico japonês Nikkei, afirma que o órgão internacional tomará uma decisão final sobre as novas datas após consultar os organizadores japoneses e as federações esportivas envolvidas. As partes analisaram as diferentes possibilidades em uma teleconferência realizada na quinta-feira, na qual participou o presidente do COI, Thomas Bach.

A entidade informou nesta sexta-feira, que todos os atletas que se classificaram para as Olimpíadas de Tóquio 2020 manterão suas vagas para os Jogos no próximo ano.

Entre os 11.000 atletas esperados para competir em Tóquio, aqueles que já haviam conquistado sua vaga estão garantidos. O COI também disse que a quantidade de vagas alocadas para cada esporte nos Jogos permanecerá a mesma no próximo ano.

“Os 57% qualificados permanecem com as vagas e o objetivo é manter as mesmas cotas de atletas nos diferentes esportes”, afirmou uma autoridade do COI.

A pandemia causou estragos nas programações esportivas e forçou o cancelamento de muitas eliminatórias olímpicas em diversas modalidades. Os atletas também estão com dificuldades para treinar devido a medidas de restrição tomadas para impedir a propagação do vírus.

Embora tenha sido um grande golpe para o Japão, que investiu 12 bilhões de dólares na preparação para os Jogos, a decisão de adiar foi um alívio para milhares de atletas preocupados com o treinamento, num momento em que grande parte do mundo adota o isolamento para combater uma doença que matou milhares de pessoas.

O Globo

Final de semana reserva chuvas no RN, especialmente, no interior; veja previsão

Foto: Reprodução/Emparn

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte(Emparn) prevê chuvas no estado neste fim de semana em decorrência da atuação da Zona de Convergência Intertropical.

Conforme imagem em destaque, a capital potiguar reserva tempo nublado, com possibilidade de chuvas isoladas. O interior do estado deverá registar o maior volume pluviométrico.

Aos 55, Dinho Ouro Preto já pegou coronavírus, gripe suína e dengue

Foto: Reprodução/Instagram

Dinho Ouro Preto pode ser considerado um verdadeiro sobrevivente da cena punk de Brasília. Aos 55 anos, o líder do Capital Inicial tem um prontuário médico bastante longo e variado.

Ao anunciar que contraiu o novo coronavírus na última quarta-feira (25), o cantor virou alvo de brincadeiras quando fãs recordaram que o músico também sofreu com outras doenças no passado.

Em 2016, Dinho precisou se afastar do palco após ter dengue. À época, ele comentou: “Que roubada”.

Já em 2009 ele foi vítima do surto que assolou o mundo naquele período: a gripe suína.

No mesmo ano, o artista caiu do palco em um show realizado na cidade de Patos de Minas (MG), teve traumatismo craniano e precisou se afastar dos palcos por quase um ano.

Devido a esse histórico de infelicidades, a web não perdoou e começou a comentar que Dinho “estava em todas” as doenças, surtos, epidemias e pandemias que surgem pelo mundo.

R7

Para o SETURN, recomendações do MPRN são inócuas e chovem no molhado

Aparentemente o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte não tem acompanhado as medidas adotadas pelas empresas permissionárias do serviço de transporte público, amplamente divulgadas na imprensa local e mídias sociais”, reagiu Augusto Costa Maranhão Valle, coordenador jurídico, do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município do Natal – SETURN – ao responder no final da manhã desta sexta-feira (27) a recomendação conjunta Nº 001/2020 – PGJ/PmJs Consumidor/PmJ Saúde, onde sugere ao chefe do executivo municipal e secretária de mobilidade urbana a adoção de medidas para prevenção a disseminação do Coronavírus.

O MPRN sugere: utilização de ônibus acessíveis, alteração do percentual dos veículos em circulação; Higienização total dos veículos, em especial nos locais de contato das mãos; Divulgação das medidas que foram tomadas e Requisição de informações sobre o cumprimento da recomendação ministerial, visando a instrução de futura ação judicial.

Para o coordenador jurídico do SETURN, a recomendação do Ministério Público é vazia em si própria, pois apenas recomenda o que já vinha sendo praticado e ignora a realidade dos fatos.

“É como “chover no molhado”, de nada tem serventia, salvo a tentativa de divulgar na mídia a realização de ações nesse período em que os servidores públicos estão em “teletrabalho” com salários garantidos, enquanto a iniciativa privada entra em colapso econômico sem ter condições de garantir o pagamento, sequer, das obrigações salariais”, disse Augusto Valle, sugerindo que caso o Ministério Público efetivamente deseje colaborar com a solução do problema, ao invés de se portar como engenheiro de obra pronta, deveria orientar a Prefeitura do Natal a restringir nesse período o pagamento da meia-entrada estudantil e da gratuidade do idoso.

Segundo Augusto Valle, a população idosa tem circulado em grande volume nos ônibus de acordo com dados do sistema de bilhetagem NatalCard (sistema de transporte urbano e urbanizado): dia 23: 6.278, dia 24: 5.971, dia 25: 5.995, e dia 26: 6.745.

Assim, os idosos que deveriam permanecer em isolamento social por se tratarem do maior grupo de risco do COVID-19 correspondem a 8% dos passageiros transportados no período, contribuindo inclusive com uma maior lotação dos ônibus.

Situação similar ocorre com os estudantes. Apesar de todas as aulas estarem suspensas, o volume de estudantes transportados surpreende. Foram 7.385 no dia 23, 6.668 no dia 24, 6.513 no dia 25 e 7.044 no dia 26. Isto corresponde a 9% dos passageiros transportados.

Em outras palavras, 17% dos passageiros transportados nesse período poderiam deixar de utilizar o serviço, contribuindo, sensivelmente, para um melhor desempenho da operação de emergência e atendendo as recomendações das autoridades de saúde. “Registra-se que essas medidas restritivas têm sido adotadas com êxito em diversas cidades e poderiam contribuir em muito com o sistema de transporte, como por exemplo, Teresina, Campo Grande e São José dos Campos, dentre outras”, explicou.

E, no que toca a higienização dos veículos, Augusto Valle informa ao MPRN que as empresas do setor, muito antes de qualquer orientação governamental, adotaram excepcionalmente medidas adicionais de limpeza, dentre as quais a higienização dos veículos nos locais de contato dos passageiros com álcool 70º ou água sanitária. “Pelo que, também neste ponto, a recomendação do ministério público é inócua”, pontua.

Augusto Costa Maranhão Valle registra que toda a frota do serviço de ônibus de Natal é acessível, nos termos das normas da ABNT, pelo que não compreende a orientação para utilização de “ônibus acessíveis”, pois isso é um fato superado no serviço de transporte de Natal.

Com relação ao percentual da frota, o Prefeito de Natal, Álvaro Dias, divulgou na sexta-feira passada (20) a suspensão total do serviço de transporte público da capital, a exemplo das medidas adotadas pela Cidade de João Pessoa e Fortaleza. Contudo, esta decisão foi revista após ampla reunião com setores representativos da sociedade, da qual o Ministério Público do Rio Grande do Norte não teve o menor interesse em participar. “Registre-se, em tempo, antes que se alegue não ter ocorrido convocação, que estamos em momento de calamidade pública e que a convocação da reunião foi realizada pelas redes sociais do prefeito (postagem no Twitter)”, salientou Valle.

Neste encontro, após exaustivo debate, foi deliberado o cancelamento da suspensão do serviço de transporte público, mas como não se sabia ao certo os impactos da redução de demanda optou-se, inicialmente, pelo estabelecimento de frota inicial de 30% (trinta por cento) dos veículos, mas com a possibilidade de reavaliação diária do percentual da frota, como disposto no parágrafo primeiro do art. 1º do Decreto 11.924, de 20 de março de 2020.

Com isso, a Secretaria de Mobilidade Urbana tem diariamente avaliado a execução do serviço e, já na segunda-feira, dia 23 de março de 2020, orientou o reforço da frota, indicando os pontos de deficiência da operação. Fato que tem se repetido diariamente. O fluxo de passageiros foi modificado drasticamente, o comércio e serviços estão funcionando em escala reduzida. Os reforços de horários foram realizados nos momentos de maior demanda, a frota circulante a partir de terça-feira, dia 24, corresponde à média corresponde 45% dos horários regulares, das linhas em operação, pois nos horários de maior fluxo tem uma operação reforçada, enquanto de menor fluxo reduzida.

“Nesse período de crise temos realizado aproximadamente 2.800 viagens por dia e apenas em algumas poucas viagens temos identificado o desrespeito da população a lotação máxima do período de crise. Nestes casos, temos reforçado a orientação aos motoristas para proibir o ingresso de pessoas, mas os relatos são de ameaça de agressões caso não se permita o acesso. Assim, sequer essa responsabilidade deve ser imputada as empresas, é a população que se recusa a aguardar o próximo veículo. Todos têm que contribuir com a solução do problema”, acrescentou.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Giba disse:

    Se cortarem 30% dos salários do MP, tem dinheiro p fazer o que sugerem e mais alguma coisa.

Corpo de Bombeiros alerta para riscos de aglomerações nos açudes e barragens no RN

FOTO: ASSECOM/CBMRN

Para evitar aglomerações e seguir as recomendações de precaução ao novo coronavírus (COVID-19), o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN), alerta sobre a prática de lazer nos diversos mananciais do interior do Estado.

“Está provado que a principal medida para combater o avanço do novo coronavírus (COVID-19) é a população permanecer em casa e evitar aglomerações. Os açudes, rios e lagoas estão atrativos devido às fortes chuvas dos últimos dias na região, porém, esses lugares são arriscados em virtude da contaminação do vírus”, disse o subcomandante do 3° subgrupamento do 2° grupamento do Corpo de Bombeiros do RN, capitão Lima Verde.

Após a publicação do decreto governamental no último sábado (21) sobre as restrições temporárias direcionadas ao enfrentamento do novo coronavírus, o Corpo de Bombeiros vem intensificando ações de conscientização para o povo potiguar. Ainda de acordo com o capitão Lima Verde, além dos mananciais do interior do Rio Grande do Norte, os militares estão promovendo orientações em diversos pontos dos municípios a fim de evitar a concentração de pessoas.

“Assim como os outros órgãos do governo, o Corpo de Bombeiros também está na linha de frente no combate ao coronavírus. O trabalho de prevenção e alerta está sendo realizado em todo o Estado, seja nas praias do litoral, na capital e região, nos açudes ou até mesmo nas ruas”, finalizou.

Em vários países que apresentaram a pandemia, o início do problema foi ligado a situações de aglomeração. Por isso, a maior orientação é cancelar reuniões e eventos que não sejam imprescindíveis. Logo, é necessário evitar ambientes fechados e lotados, como teatros, cinemas e até mesmo os locais de trabalho. Além do isolamento social, lavar as mãos constantemente, espirrar ou tossir tampando o rosto com a parte interna do cotovelo são orientações essenciais na tentativa de conter o avanço do vírus.

Brasil tem 92 mortes e 3.417 casos confirmados de novo coronavírus, diz Ministério da Saúde

Arte Coronavírus — Foto: Arte/G1

O Ministério da Saúde divulgou o mais recente balanço dos casos da Covid-19, doença causada pelo coronavírus Sars-Cov-2. Os principais números são:

92 mortes

3.417 casos confirmados

2,7% é a taxa de letalidade

São Paulo concentra 1.223 casos, e o Rio, 493.

No balanço anterior, que marcou o primeiro mês da circulação do novo coronavírus Sars-Cov-2 no Brasil, os números apontavam 77 mortes e 2.915 casos confirmados. Em relação às mortes, o aumento foi de 19%, e de 17% em relação aos casos do dia anterior.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carlos Sérgio disse:

    Eu estava agora a tarde conversando com um bolsominions e ele falava que as mortes nada tem com o coronavirus, coisas da mídia, coisas da Globo, perguntei a respeita das mortes na Itália, ele falou que era o dia de quem morreu morrer mesmo.
    Falou que deve abrir tudo, nada de confinamento, perguntei a ele a respeito dos necrotérios montados ao meio das ruas em uma cidade americana. Ele falou que não assiste TV a alguns dias
    Deixei de entender como ele teve as opiniões e conclusões relatadas..estranho
    Kkkkkkk

  2. João disse:

    É o próprio governo que está contabilizando, mas daqui a pouco, quando ficar difícil contar, os terraplanistas vão falar que não morreram todos de covid-19

VÍDEO: China de olho no mundo pós-pandemia

ASSISTA VÍDEO AQUI

O filme Dr. Fantástico (1964), de Stanley Kubrick, é uma sátira a vários fenômenos da Guerra Fria, como a corrida armamentista e o conceito de destruição mútua assegurada.

A China está manobrando em meio à pandemia de COVID-19 para ascender no status de liderança mundial. Enquanto os americanos correm para minimizar as suas perdas pela pandemia, a ditadura chinesa está de olho no pós-apocalipse.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Calixto Silva disse:

    Cadê o vídeo BG?

POLÊMICO: Médicos do Samu de SP são avisados que terão que atestar mortes ocorridas fora dos hospitais por Covid-19, e naturais e indefinidas correm risco de supernotificação

Foto: Daniel Castellano / Gazeta do Povo/

Durante a pandemia causada pelo coronavírus, os médicos que atuam nas dez ambulâncias de SAV (Suporte Avançado de Vida) do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e os do Grau (Grupo de Resgate e Atenção às Urgências e Emergências) da capital paulista passarão a atestar mortes naturais, indefinidas e causadas pela Covid-19 ocorridas fora dos hospitais.

Os profissionais do Samu foram avisados sobre a nova função em reuniões ocorridas nesta semana com a coordenação do serviço, mas ainda não há uma data para iniciarem o trabalho. A Folha teve acesso ao conteúdo discutido nos encontros.

A nova medida é baseada no decreto 64.880 do governo de São Paulo e em resolução da Secretaria Estadual da Saúde —ambos publicados na sexta-feira (20).

O decreto delega às secretarias de Saúde e de Segurança Pública de São Paulo a adoção de medidas necessárias para que as atividades de manejo de corpos e de necrópsias, no contexto da pandemia do Covid-19, não constituam ameaça às equipes de saúde e à população, além de dar carta branca para a tomada de decisões por parte dos secretários.

A resolução define apenas que os profissionais das unidades de saúde deverão emitir a Declaração de Óbito dos casos relacionados à Covid-19 e o seu procedimento.

Por enquanto, a atuação do Samu para atestar mortes ocorridas fora de ambiente hospitalar está sendo tratada no âmbito da coordenação do serviço com as secretarias municipal e estadual da saúde. A função ainda é de responsabilidade dos médicos do SVO (Serviço de Verificação de Óbitos).

Hoje, em caso de morte sem assistência médica, a família vai à delegacia e faz boletim de ocorrência de morte natural. O delegado manda o serviço funerário retirar o corpo e levá-lo ao SVO para necrópsia. Depois, o mesmo é liberado para velório.

O Samu, assim que iniciar na função, examinará o corpo, fará o teste para Covid-19, se necessário, e preencherá uma autópsia verbal, que ficará no serviço.

Se a morte ocorrer por Covid-19, o atestado será alterado com a confirmação.

A Folha ouviu profissionais do órgão, que estão preocupados. “Uma vez que o médico do Samu não fará uma autópsia completa, se for obrigado a emitir o atestado deverá colocar como causa da morte apenas o provável, o que pode levar tanto a uma supernotificação como a uma subnotificação de mortes pela Covid-19. De qualquer forma, ainda que se faça teste nos casos de morte possivelmente por coronavírus, as demais causas serão subnotificadas”, afirma um médico que preferiu não se identificar.

“Isso destrói as estatísticas usadas para políticas de gestão em saúde. Os falecimentos por infarto, derrame, aneurisma, etc serão classificados como causa indeterminada ou Covid-19.”

O médico Wagmar Barbosa, conselheiro do Conselho Regional de Medicina do estado de São Paulo, acha que é a melhor medida a ser tomada neste momento.

“O conselho foi consultado pelo governo. A decisão é baseada em experiências internacionais. O manuseio dos corpos e o traslado implicam em risco não só às equipes de saúde mas também à população”, diz ele.

“É óbvio que não é o ideal e eu entendo o lado dos médicos do Samu, mas, quando se fala em controle sanitário, a medida é válida. Dada a situação atual, não vejo outro tipo de atitude. A situação é dinâmica. Se houver uma alternativa melhor, não vou me opor”, afirma.

Equipes do Samu realizam atendimento pré-hospitalar de urgências e emergências, de acordo com prioridades.

Casos como infarto ou AVC, por exemplo, em que o paciente corre o risco de morte iminente, devem ser atendidos pelas equipes avançadas (com médico e enfermeiro, além do condutor da ambulância, que também é um socorrista) num tempo que não deve ultrapassar 12 minutos, segundo preconizam organizações médicas internacionais.

Outro ponto negativo, segundo os profissionais do Samu, é a desassistência que a medida pode ocasionar no atendimento de ocorrências graves.

Para o professor da Faculdade de Saúde Pública da USP Gonzalo Vecina Neto, a medida não é inviável, mas também não é adequada.

“Dado o fato de que o Samu não tem tempo de atendimento das emergências adequado, é uma má utilização de recurso sofisticado, de se ter equipes mais completas do Samu para fazer verificação de óbitos.”, diz ele.

“O mais correto seria suprir o SVO de equipes volantes. Um morto não sai do estágio de morto, mas quem está vivo e precisa da ambulância de UTI pode ser sacrificado. O ideal seria os médicos do SVO se deslocarem e fazerem esse serviço.”

Procurada, a Secretaria Estadual da Saúde negou que haja mudança de protocolo em relação ao Grau.

A pasta afirmou também que os funcionários do Serviço de Verificação de Óbito seguem desempenhando normalmente suas funções.

A Secretaria Municipal da Saúde, responsável pelo gerenciamento do Samu na cidade de São Paulo, afirmou desconhecer o assunto. O Ministério da Saúde não respondeu aos questionamentos da reportagem.

Folha de São Paulo

https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2020/03/medicos-do-samu-de-sp-sao-avisados-de-que-terao-que-atestar-mortes.shtml

https://tribunaonline.com.br/medicos-do-samu-de-sao-paulo-terao-que-atestar-mortes-por-coronavirus

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lucian disse:

    As cartas estão na mesa.
    Ou vc acredita no presidente da República, ou estão lascados.
    Esse Doria é um canalha.
    É tudo que o Brasil não precisa.
    Faça as suas escolhas.
    Fátima Lula Bezerra ja fez.

  2. Silvio. disse:

    Esse é o Joãozinho.
    Kkkkkkkkkkll
    O RN tá fundido.
    Fora Fátima.
    A Paraíba e bem aí corra!!!!

  3. Aderbal. disse:

    Olhem os.numeros da Europa , aqui vai ser pior.

  4. Anderson disse:

    João Dória é um pilantra fino, um verdadeiro 171! Pisando sobre "mortos" visando ser Presidente da República!
    DÓRIALIXO

  5. Mpj disse:

    O tal decreto não diz que os médicos vão atestar sem fazer exame. Ele deixa explícito que em caso da covid19 , será feito exame e aí sim dirá se morreu por coronavirus ou não .

  6. LEO disse:

    Dessa Oposição Canalha ao Bolsonaro,se espera tudo….

  7. Silveira disse:

    Se ele fizer todos os absurdos, piorar a situação em SP, tiver o maior números de mortes, não fizer nada além do isolamento, mas se coloca contra Bolsonaro, a esquerda vai aplaudir, aclamá-lo, fazer passeata em apoio e vão culpar o presidente pelos erros dele. País de corruptos.
    Por sinal ele sabia do coronavírus desde janeiro e não tomou qualquer providência, sequer evitou o carnaval.
    Dória é contra acabar o isolamento, mas não permite as indústrias de SP pararem.
    Quando ele deveria ter agido não fez, agora toca fogo na situação.
    Mas o governo de SP fez um contrato milionário com a globo, então vai ser devidamente protegido pela emissora.

  8. Nando disse:

    Todo mundo tá errado, só Boisonaro estuda certo. Tá igual ao soldado de Caico, ligou pra mãe , que na parada militar em Natal, tinha 3 mil soldados desfilado errado, só ele estava certo.

  9. ForaCanalhas disse:

    O CANALHA do governador Dória quer aumentar os números pra confrontar Bolsonaro e consequentemente aumentar o pânico na população.

FOTOS: Papa reza só e concede benção universal e ‘remissão dos pecados’

 Fotos: Reuters/Guglielmo Mangiapane

Em uma Praça de São Pedro vazia e chuvosa, o papa Francisco concedeu há pouco a chamada benção Urbi et Orbi, uma expressão latina que significa “à cidade de Roma e ao mundo, a todo o universo”.

Geralmente, é uma benção dada pelo pontífice somente na Páscoa e no Natal.

O papa também concedeu a indulgência plenária, ou seja, “a remissão dos pecados”, para os católicos. É uma espécie de absolvição coletiva concedida pela Igreja Católica em situações específicas. Nesses casos, os fiéis podem oferecer a indulgência a familiares mortos que não receberam o sacramento da unção dos enfermos.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Capeta disse:

    O mundo vai se acabar é só quem vai escapular são os crentes da Universal e os da Av 2, no alecrim, o resto vão tudo para o inferno.

  2. Sergio disse:

    As indulgências voltaram. Não precisam mais se arrependerem dos pecados!

  3. NILDO disse:

    Qual o problema do papa rezar sozinho?

  4. JK disse:

    CORDEIRO DE DEUS RETIRAI OS PECADOS DO MUNDO!

Juíza Eleitoral notifica vereador Robson Carvalho por distribuição de sabonete líquido

Foto: Reprodução

A Juíza da 3ª Zona Eleitoral/RN, Hadja Rayanne Holanda de Alencar notificou o vereador Robson Carvalho para que cesse, imediatamente, a distribuição de sabonete líquido com sua foto e se abstenha de promover-se pessoalmente, com a finalidade de obter apoio eleitoral ou de votos.

A ação foi caracterizada pela Juíza como propaganda eleitoral antecipada e seu descumprimento, acarretará multa de R$ 1.000,00 (mil reais), por dia. A Juíza determinou ainda que a chefe de cartório da 3ª Zona Eleitoral tomou conhecimento de qualquer outra propaganda antecipada referente ao vereador.

Leia matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Neto disse:

    Esse ant patriota, deve der preso.
    É isso qie ele merece.
    Só tumara vê, o povo de Natal, inventar de reeleger um cara desse naipe.
    Aprenda a votar.
    Pelo Mor de Deus, como diz fatoca.

  2. Luiz Moreira disse:

    Que caridade mais fajuta.

Projeto da UFRN vai ajudar vacinação de idosos em condomínios de Natal durante a pandemia

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte, por meio do projeto de extensão “ESTRATÉGIAS DE APOIO À CAMPANHA DE VACINAÇÃO DE IDOSOS CONTRA INFLUENZA NO MUNICÍPIO DE NATAL/RN: uma ação complementar no combate a COVID-2019”, está contribuindo a Secretaria Municipal de Saúde de Natal na vacinação de idosos contra a influenza. A ação visa diminuir os riscos que esta população estaria exposta se aglomerada em espaços coletivos.

Nesse sentido, as unidades envolvidas no projeto de extensão (Departamentos de Enfermagem, Departamento de Saúde Coletiva, Núcleo de Estudos em Saúde Coletiva, Diretoria de Atenção à Saúde do Servidor, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Instituto Envelhecer o e o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde – LAIS) disponibilizaram os números de telefone do Instituto Envelhecer para cadastramento dos condomínios através dos síndicos.

No entanto, em virtude do congestionamento das linhas telefônicas do Instituto Envelhecer, o grupo gestor do projeto está desenvolvendo uma plataforma que estará disponível no site do LAIS (https://lais.huol.ufrn.br/), a partir do dia 28/03/2020, para que os síndicos dos condomínios (e somente eles) acessem e cadastrem os idosos com 60 anos ou mais residentes, moradores dos respectivos condomínios, exclusivamente.

Para o cadastramento é necessário informar nome completo, idade, data de nascimento, e ainda se os idosos residentes já foram vacinados nesta campanha ou não.

Recomendamos que até que a plataforma esteja pronta, os síndicos iniciem a busca das informações que serão enviadas por meio da plataforma.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cabo Silva disse:

    Comece providenciando as vacinas!!!
    O LAIS é aquele enrolado na justiça com o programa da SIFILIS???

    • Ricardo Lúcido disse:

      Cabo Silva . Como autoridade militar de tão graduada patente , sugiro que se informe melhor sobre o que é o LAIS , e a importância desse serviço na inovação e gerenciamento médico em todo Brasil . Vovô me contava uma história muito engraçada . Soldado Totonho tinha 29 anos de PM , desses 28 servindo na mesma cidade , ao completar 29 anos e 11 meses foi promovido a cabo . Orgulhoso desfilava pela cidade com o novo uniforme devidamente normatizado com as insinuando de Cabo e o nome CB TOTONHO . Passsando pela farmácia foi cumprimentado por dona ZEFA , irmã do prefeito e senhora de destaque na sociedade local : “ PARABÉNS TOTONHO ! Agora já é cabo ! “ . Totonho parou , inchou o peito em posição de autoridade e respondeu . “ E EU DRUMO DONA ZEFA “ . Só para descontrair Silva .

Justiça determina suspensão imediata de kits eleitoreiros por vereadora Professora Nilda, de Parnamirim

Foto: Reprodução

A Justiça Eleitoral, a pedido do Ministério Público, determinou a suspensão imediata da distribuição de kits de pela Professora Nilda, vereadora de Parnamirim, além de muita de R$ 1.000,00 reais por descumprimento.

Segundo apurou  a Justiça Eleitoral, a vereadora se aproveitou do momento da pandemia para fazer política junto ao eleitorado. A parlamentar distribuiu um kit em áreas carentes de Parnamirim, contendo álcool gel, sabonete e sabão, e no kit constavam seus dados, das suas redes sociais.

VÍDEO MEIO-DIA RN: programa desta sexta atualizou o cenário da pandemia de coronavírus no RN, pelo país e no mundo

Confira programa desta sexta-feira(27). O Meio-Dia RN, com este blogueiro, debateu os principais assuntos no estado, pelo país e mundo. Clique abaixo e assista via Youtube.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gabriel Fernandes disse:

    Caros leitores, caro BG, estamos todos falando somente em coronavirus, mas temos mil situações na vida. Uma coisa que me inquieta, acho que nas últimas três semanas a Petrobras reduziu o valor da gasolina ao todo em 25% ou mais. Acho que uns 30%. Mas, nos postos redução zero. Preocupado é com nossa vida e nosso cotidiano também.

Maia diz que ajuda do governo para empresas pagarem salários “não é ruim”, mas é “tímida” e “não vai resolver nada”

Foto:Michel Jesus/ Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta sexta-feira (27) que a linha de crédito emergencial anunciada pelo governo para pequenas e médias empresas pagarem os salários por dois meses “não é ruim”, mas é “tímida” e “não vai resolver nada”. Segundo Maia, ainda faltam medidas voltadas para outros setores da sociedade.

O programa de crédito, divulgado mais cedo pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, vai disponibilizar no máximo R$ 20 bilhões por mês, num período de dois meses.

O objetivo é aliviar a pressão financeira sobre as empresas durante a crise gerada pela pandemia do novo coronavírus.

“Acho que essa [decisão] do financiamento, que eu não acho ruim, porque, pela informação que eu tenho, a taxa de captação é a mesma do empréstimo. [Tem] uma carência, um prazo para pagar, [e] a garantia majoritária do governo, ainda é tímida – 20 bilhões por mês – não vai resolver nada”, afirmou Maia a um grupo de empresários do grupo Lide, em evento realizado por videoconferência.

Crédito anunciado

A linha de crédito anunciada é voltada para empresas com faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 10 milhões. Para Maia, o governo precisa pensar logo em medidas destinadas também a empresas que estão fora dessa faixa.

“Como é que faz com o resto? Porque tem empresas maiores, que também vão ter dificuldade. Tem microempresas que ficaram de fora”, afirmou.

Feito no Palácio do Planalto, o anúncio do pacote ocorre após o aumento da pressão sobre Bolsonaro para que adote medidas semelhantes às vistas em outros países para facilitar medidas como o isolamento recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para reduzir o crescimento no número de doentes pela Covid-19.

Bolsonaro tem dado declarações diminuindo os riscos do coronavírus e defendendo a redução das restrições ao movimento de pessoas e a volta ao trabalho devido aos prejuízos econômicos das medidas de isolamento.

Exemplo de fora

Maia citou o exemplo de outros países que apresentaram políticas para todos os setores da sociedade.

“O que o governo deveria fazer é o que os outros países estão fazendo, a Grã-Bretanha virou completamente há 15 dias a sua política. […] Os americanos fechando agora um pacote no Congresso de 2 trilhões de dólares com políticas focadas em todos os segmentos, incluindo os mais vulneráveis, no pagamento de salário, na renda mínima, olhando os setores da economia, capital de giro, específico para o setor aéreo, [que] justamente foi primeiro a ser atingido”, afirmou.

Maia cobrou ações do governo que, na avaliação dele, são “simples” e “óbvias” e poderiam contribuir para dar mais tranquilidade à população – como a extensão do prazo para entrega do imposto de renda, previsto para ir até o fim de abril.

“O governo não conseguiu até hoje, pelo menos eu não li até hoje ainda, adiar a entrega do Imposto de Renda, que é uma coisa simples. Muitos já entregaram, não tem nenhum grande impacto porque as pessoas já tem suas documentações, mas é um gesto, é uma sinalização que passa tranquilidade pras pessoas”, afirmou.

Questionado pelos empresários sobre o que achava do afrouxamento das medidas de restrição à circulação de pessoas nas cidades, o presidente da Câmara ponderou que, para isso, são necessárias ações que garantam a integridade especialmente das pessoas que estão no grupo de risco, como os idosos.

“É claro que todos querem reduzir o isolamento, mas a gente não pode ter uma onda de abertura de isolamento que gere uma segunda onda de aprofundamento maior da crise econômica e também uma tragédia maior, principalmente na perda de vidas pelo colapso do sistema de saúde”, observou.

Ele afirmou ainda que outros países que afrouxaram o isolamento, depois, precisaram retomar a medida com resultados piores.

“A Itália fechou, liberou e a tragédia veio. Então, os exemplos que nós temos no mundo é que começar fechando, depois liberar, o impacto é pior”, disse.

“Então, eu acho que nesse momento de crise é ruim um poder atropelar o outro. Porque, como é o Poder Executivo que organiza, executa, se tentar atropelar é ruim. Agora, é fato, como eu disse aqui, [são] decisões simples, óbvias que o governo já deveria ter tomado”, acrescentou.

Na avaliação dele, se essas ações estivessem organizadas em um pacote único, seria mais fácil para dar previsibilidade ao país e aos setores da economia e, assim, evitar os conflitos entre setores que devem a manutenção do isolamento e aqueles que pedem o seu afrouxamento.

“Se estiver tudo organizado, num pacote só, eu tenho certeza que esses conflitos mais cedo mais tarde não existiriam. Porque todos estariam minimamente organizados”, afirmou.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Biró disse:

    Kkkkkkkkkklkk
    Kkklklllkllkkkk
    Bote o fundo(dão) safado que da pra ser suficiente.

  2. Sergio disse:

    Mentiu???

  3. LEO disse:

    Esse canalha é o "Vulgo Botafogo "da lista da Odebrescht……

  4. Sidney disse:

    Esse Maia juntamente com o Alcolumbre é a escória da política desse país,são idênticos a turma do PT,esses 2 estão querendo tirar proveito da situação,vcs são um monte de bosta.

  5. Valdir Mesquita disse:

    Quem é Rodrigo Maia? Filho de quem? Quem ele apoia politicamente?
    Não foi ele que pediu desculpas ao governo comunista chinês, mesmo o mundo sabendo que o coronavírus começou na China?
    Não é Rodrigo Maia que foi denuncia por 03 delatores como tendo participado de esquemas de lavagem de dinheiro? Não é Rodrigo Maia que sabe não poder sair da proteção do foro privilegiando, pois a lava jato pega ele? O Brasil precisa de Rodrigo Maia pra quê mesmo?
    Qual o lado político que ele representa, dos corruptos ou dos honestos?

  6. Brasil disse:

    Maia tá mais que certo, o que o governo de bozo tá fazendo não representa nada, como danado empresa sem faturar vai pegar empréstimo? Essa proposta é engana besta, vamos demitir e pronto, pra ajudar banco eles ajudam com força

  7. Brasil mostra sua cara disse:

    esse absecado pelo poder tem que parar de fazer politicagem safada, colocando opiniões contrária a quem está se esforçando pra na medida do possível ajudar as pessoas. O maior problema hoje no Brasil é esse vírus Rodrigo Maia.

  8. Observando disse:

    Campanha a presidencia 2022 ja comecou.

  9. Olímpa disse:

    Falar sobre a liberação da verba partidária ele fica quietinho !!! Diminuir salários e verba de gabinetes zero . Palhaço

  10. Ronaldo disse:

    ninguém quer tirar o dinheiro do bolso!

    • M.D.R. disse:

      O MINISTRO DA FAZENDA, é verdadeiro Tio Patinhos e pior que fica travando as verbas no momento de guerra.

    • Bolsominion disse:

      Autoridade, esse dinheiro é nosso. A gente paga imposto também para situações de emergência.

  11. Joaquim disse:

    Esse é um tremendo filho da puta

Coronavírus: No RN, franquia nacional de cuidadores de idosos produz cartilha com orientações

Fotos: Reprodução

Referência nacional no segmento de cuidadores de idosos, a Cuidare Brasil, sediada em Natal, lançou uma cartilha com orientações para os franqueados e os cuidadores. O material traz todas as orientações a serem adotadas nesse momento de pandemia.

Como surgiu a Covid-19, os cuidados de higiene a serem seguidos, como deve ser o trabalho diretamente ao assistido são algumas das informações do manual.

Para facilitar a compreensão, o material é todo ilustrado e mostra, por exemplo, os cinco momentos para higienização das mãos.

A publicação mostra como fazer a fricção anti-séptica das mãos com preparação alcoólica e como higienizar com sabonete líquido e água.

Um dos destaque das cartilha é o capítulo “Protocolo para cuidadores de idosos”, que mostra todas as etapas a serem seguidas pelos profissionais ao chegar ao lar do idoso, desde a fase do pré-encontro com o assistido até o momento em que tem contato direto com o idoso.

“A pandemia do Coronavírus exige novos procedimentos, quebra de paradigmas, padrões rigorosos de higienização e modelo mais flexível na relação com o assistido e o cliente”, afirma Izabelly Miranda, diretora da Cuidare Brasil.

Fotos: Reprodução

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcelo disse:

    Nessa eu confio.

  2. EMJ disse:

    Parabéns a Cuidare Natal e a Cuidare Brasil, Franquia 100% Potiguar, pelo cuidado e atenção com seus clientes. 👏🏻👏🏻👏🏻