Brasil

Desastres naturais afetam 93% dos municípios do Brasil em 10 anos e causam prejuízo de R$ 32,1 bi

Foto: Gustavo Mansur/ Palácio Piratini/Divulgação

Das 5.570 cidades do país, 5.233 foram afetadas por desastres naturais de 2013 a 2023, o que resultou na emissão de 64.742 decretos de Situação de Emergência e Estado de Calamidade Pública, 6.322 somente no ano passado. Em 2024, entre 1º de janeiro e 13 de maio, os danos e prejuízos causados por intempéries acarretaram em 2.358 decretações no país e num prejuízo de R$ 32,1 bilhões, sendo R$ 26,32 bilhões privados e R$ 5,77 bilhões públicos. Os números foram divulgados pela CNM (Confederação Nacional dos Municípios).

Os desastres de 2023 causaram R$ 639,4 bilhões de prejuízos em todo o Brasil.

“São os municípios que sofrem diretamente os impactos negativos dos desastres, que desencadeiam danos humanos, como mortes, ferimentos, desabrigados, desalojados, doenças e outros efeitos negativos ao bem-estar físico, mental e social da população atingida”, afirma a CNM (Confederação Nacional de Municípios).

R7

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisa

PODERDATA: 47% reprovam e 45% aprovam governo Lula

Foto: Sérgio Lima/Poder360

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é desaprovado por 47% e aprovado por 45% dos eleitores. É a 1ª vez desde o início do mandato que a avaliação negativa supera numericamente a positiva, mas ainda dentro da margem de erro da pesquisa, de 2 pontos percentuais.

Desde a posse de Lula, em janeiro de 2023, o percentual dos que dizem “desaprovar” subiu 8 p.p. (de 39% para 47%). A aprovação ao governo petista caiu 7 pontos percentuais (de 52% para 45%) e atingiu a menor taxa da série histórica.

alt

A pesquisa foi realizada pelo PoderData, empresa do grupo Poder360 Jornalismo, com recursos próprios. Os dados foram coletados de 25 a 27 de maio de 2024, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram realizadas 2.500 entrevistas em 211 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O intervalo de confiança é de 95%.

Poder360

Opinião dos leitores

  1. Eu continuo dizendo, eu aprovo o governo de LULADRAO, pois ele está fazendo exatamente o que se propôs, roubar, mentir, corromper, apoiar seus comparsas, e tomar muita cachaça. Viva LULADRAO, o verdadeiro.

    1. Nobre ANALFABETO FUNCIONAL, já comprou o livro do Comunista Aldo Rebelo do PC do B? Cora já pra comprar, seu MITO O MESSIAS já comprou o dele, e olha que nem sabia que ela gostava de lê!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Taxar compras de até US$ 50 piora desigualdade, diz AliExpress

Foto: Unsplash

O AliExpress se disse “surpreendido” com a decisão da Câmara dos Deputados de taxar em 20% as compras feitas em sites internacionais. Segundo a varejista chinesa, o imposto afetará principalmente os mais pobres, além de desestimular investimentos estrangeiros no país.

Na terça-feira (28.mai.2024), a Câmara aprovou o PL (projeto de lei) do Mover (Programa de Mobilidade Verde e Inovação), com o dispositivo que dá fim à isenção de tributação federal para compras estrangeiras de até US$ 50 e estabelece uma alíquota de 20%. Agora, o texto vai ao Senado. A expectativa é que seja apreciado nesta quarta-feira (29.mai), para não perder o prazo.

Em nota, a gigante de comércio eletrônico afirma que a medida “impactará de forma muito negativa a população brasileira, principalmente aqueles de classes mais baixas, que deixarão de ter acesso a uma ampla variedade de produtos internacionais, que em sua maioria não são encontrados no país, a preços acessíveis”.

A empresa destaca que o PL “não altera a isenção para viagens internacionais”. Brasileiros podem viajar para o exterior e fazer compras de até R$ 5.000 a cada 30 dias sem pagar imposto sobre os itens na volta ao país. Segundo o AliExpress, isso aumenta “ainda mais a desigualdade social”.

Poder360

Opinião dos leitores

  1. O MOLUSCO EX CONDENADO TEM QUE ARRUMAR DINHEIRO SEJA EM QUALQUER LUGAR NO BOLSO DO POBRE CONTRIBUINTE DO BRASILEIRO; PRA QUE TENHA AINDA CONDIÇÃO DE FAZER SEUS BELOS PASSEIOS MUNDO À FORA COM RECURSOS QUE ERAM PRA SER INVESTIDOS EM OUTROS FINS; PORÉM ALERTAS FORAM FEITOS E A REALIDADE A CADA DIA QUE PASSA SE COMPROVA! QUEM FEZ O L ESTAR PAGANDO A CONTA TAMBÉM!

  2. Uma vitória do governo.
    Conseguiu mais 20%.
    É o jeito os burros de cargas pagarem ou deixar de comprar coisas boas, baratas.
    Faz o L.
    Governo fraco é assim.
    Só pensa em impostos.
    Diminuir as mordomias, ja mais.

  3. Impossível discordar disso… Ao contrário de proteger a indústria e o comércio nacional, esse tipo de iniciativa prejudica o consumidor, especialmente o mais pobre… Se o Nine realmente é contrário, como ele se dizia, que assim o vete. Mas sabemos que não é esse o posicionamento do governo.

  4. E o pobre continua levando tromba no governo do amor. O amor voltou e a sopa de osso também.

    1. Quem taxou essas compras foi o congresso, cuja maioria foi eleita por idiotas como você.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Líder do governo defende mudanças na gestão Lula: ‘Se estivesse bem, teria 80% de aceitação’

Foto: Bruno Spada/Câmara dos Deputados

Líder do governo na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT-CE) defendeu uma renovação na Esplanada dos Ministérios e uma chacoalhada geral no PT para o enfrentamento do bolsonarismo nas ruas e nas redes sociais.

“Toda renovação é bem-vinda. Evidentemente que o presidente é quem encaminha. Mas às vezes nós temos que evitar em qualquer governo a acomodação, a sensação de que está tudo bem. Se estivesse tudo bem, o Lula estava com seus 80% de aceitação. Não está tudo bem”, afirmou Guimarães ao ser questionado sobre a necessidade de uma reforma ministerial.

As declarações do congressista foram dadas horas antes do governo sofrer uma série de derrotas na votação dos vetos presidenciais do Congresso Nacional nesta terça-feira (28).

Folha de S. Paulo

Opinião dos leitores

  1. Falavam de Fernando Henrique, Aécio Neves, Michel Temer e agora Jair Bolsonaro. Quem vai ser o próximo?

  2. Esse povo da esquerda tem que ter alguém para falar.
    Foi assim com Fernando Henrique
    Aécio Neves
    Michel Temer
    E agora Jair Messias Bolsonaro.
    Quem vai ser o próximo?

  3. Então, de acordo com o “deputado do $ na cueca”, a culpa pela má gestão é dos ministros…nada a ver com o cachaceiro ladrão…çey!!! Como sempre, o PT (Partido da Terceirização) delegando a culpa…

  4. Um cabra safado desses sair com uma dessas, é o mesmo que fazer um gol de bicicleta, aos 49 do segundo tempo e depois correr pata o abraço em Gustavo Mafra, sai coceira.

  5. ESSE É O FAMOSO DÓLAR NA CUECA.
    kkkkk…
    Imaginem!
    Pra permanecerem no poder absoluto, agora quer dizer o que é certo ou errado.
    Como pode o povo votar tão mal.
    Esse sujeito não perde uma eleição no Ceará.
    É muita jumentice.

  6. Traz de volta Dirceu, Genoíno, Silvinho do PT, Delúbio, Palloci e os outros 35 sujeitos da turma do ALIBABÁ.

  7. Ladrão cuidando de ladrão , ambos reciclados pelos togados canhotos e cidadãos amauroticos !

  8. MUDANÇAS, COMO EM ADMINISTRAÇÃO DE ESQUERDA PT LULA NÃO TEM MUDANÇA É SÓ O CAOS NA ECONOMIA [GASTANÇAS E GASTANÇAS , ERAM 23 MINISTROS, AGORA 40 , VIAGENS E VIAGENS HOSPEDAGENS TURISTICAS COMO A DA CHINA 3 AVIOÕES 200 PESSOAS E JUNTO O MST, JÁ + DE 10 MIL COLOCADOS NO FEDERAL EMPREGUISMOS, ARRUMAÇÃO DE CUMPANHEIROS, TEMOS QUE AGUENTAR SOFRENDO O RETROCESSO!!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Universidades federais decidem continuar em greve após acordo do governo com sindicato

Foto: Gabriela Biló/Folhapress

Professores de universidades e institutos federais têm decidido manter a greve por reajuste salarial, mesmo após acordo do governo Lula com o Proifes (Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico) —um dos sindicatos que representam a classe— nesta segunda-feira (27).

Nesta terça-feira (28), todas as 63 instituições de ensino paralisadas nos últimos 55 dias realizaram assembleias para decidir se retornam às atividades.

Por enquanto, todas optaram por seguir em greve. Dentre elas, estão Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e Ufba (Universidade Federal da Bahia).

Além disso, houve nova adesão ao movimento nesta tarde, a UFPI (Universidade Federal do Piauí).

A decisão dos docentes atende à expectativa do Andes (Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior), outra entidade com protagonismo nas negociações salarias, mas que rejeitou a proposta salarial da gestão Lula (PT).

Folha de S. Paulo

Opinião dos leitores

  1. Vocês professores, tão estudados, porém só servem de massa de manobra e bucha de canhão para esses PTralhas. Se liguem e ensinem a verdade sobre esses bandidos a seus alunos, a máscara caiu, só vocês não perceberam. Logo vocês.

  2. Essas direções de sindicatos, todos filiados ou controladas pela CUT, são todos parte da mesma quadrilha, só fazem a onda e depois aceitam qualquer probosta, pois o deles vem por fora.

  3. Assim é complicado. O AMOR não havia voltado?
    Os professores de Iphone não faziam coração e o L a tempo e fora de tempo?
    LLLLLLLLLLLLLLLLLLL

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

Fluxo de voos deve crescer 28% no RN e anima trade

Foto: Augusto César Gomes

O principal aeroporto do Rio Grande do Norte deverá ter um mês de junho mais movimentado que o normal. O Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, apresentará um crescimento de 28% em relação a junho de 2023 e 26% comparado a junho de 2022, totalizando 1.540 voos planejados.

Com 18 ligações, incluindo duas internacionais, o aeroporto espera uma média de 25 chegadas diárias. Paralelamente, o aeroporto de Mossoró também apresenta um aumento significativo, com 8.684 assentos previstos e 126 voos programados para junho de 2024. As rotas de Mossoró incluem destinos como Recife com a Azul, além de Natal e Fortaleza com a VoePASS. A estimativa foi divulgada no Boletim de Inteligência da Emprotur, com dados do Sistema de Inteligência Turística do Rio Grande do Norte (Sírio), na semana passada.

Para entidades do ramo de turismo os dados positivos representam um papel importante na recuperação do turismo no Estado. O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do RN, Abdon Gosson, diz que para potencializar o resultado é preciso intensificar esforços para fazer com que o turista venha ao RN.

“O turismo é a maior indústria geradora de emprego e renda do nosso Estado. Então, todo o comércio que o envolve, como os setores paralelos, como shoppings, são beneficiados. O turista que nos visita deixa dinheiro aqui e aquece nossa economia, um benefício tanto para o turismo, quanto para todo o estado”, afirma o presidente da Abih-RN.

Tribuna do Norte

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Governo Lula sofre derrotas em série e é atropelado pelo Congresso

Foto: Joédson Alves/Agência Brasil

A sessão do Congresso Nacional desta terça-feira, 28, foi marcada por derrotas em série do Palácio do Planalto. De uma só vez, foi derrubado o veto do presidente Lula à saidinha de presos e a articulação política do governo federal não conseguiu derrubar o veto do ex-presidente Jair Bolsonaro ao dispositivo que criminalizava o disparo de fake news durante as eleições.

Mas as derrotas não ficaram por aí. O governo federal também não conseguiu manter o veto à Lei de Diretrizes Orçamentárias que proibia o repasse de recursos públicos a movimentos sociais como o MST ou para a realização de cirurgias de mudança de sexo em crianças.

No caso específico da lei das saidinhas, foram 314 votos a favor da derrubada do veto na Câmara e 52 no Senado. Houve, inclusive, adesão de partidos que compõe a base governista como o MDB e o PSD.

Um voto, no entanto, chamou a atenção. A deputada Maria do Rosário (PT) votou pela derrubada do veto das saidinhas de presos. Ela não se pronunciou sobre o tema até o momento.

Disparo de fake news

Essa não foi a única derrota do governo Lula na sessão do Congresso desta terça. Mais cedo, os deputados mantiveram o veto do ex-presidente Jair Bolsonaro que retirou o trecho sobre fake news do texto que substituiu a Lei de Segurança Nacional (LSN).

O trecho vetado pelo ex-presidente previa criminalização da disseminação em massa de “fatos inverídicos” durante as eleições. As penas iriam de 1 a 5 anos de cadeia, além de multa.

O governo do presidente Lula (PT) orientou pela derrubada, mas o próprio ex-presidente Bolsonaro chegou a procurar os líderes do Congresso para que o veto fosse mantido. Durante a votação, os aliados de Bolsonaro argumentaram que a redação do trecho poderia abrir margem para retaliações com fins políticos.

O veto foi mantido pela votação dos deputados. Foram 139 votos para derrubá-lo, e 317 para mantê-lo. Para derrubar o veto são necessários ao menos 257 votos dos deputados.

Após a manutenção do veto, deputados de oposição gritaram: “Lula, ladrão… seu lugar é na prisão”.

Sem dinheiro ao MST

A terceira grande derrota do governo Lula na sessão do Congresso foi durante a análise de um dispositivo da LDO que proibia o financiamento de movimentos sociais que incentivem “invasão ou ocupação de propriedades rurais” ou ações que busquem “diminuir ou extinguir o conceito de família tradicional.”

Esse dispositivo foi incluído na LDO pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), filho do ex-presidente da República. O trecho foi barrado por Lula. Na sessão do Congresso, entretanto, os parlamentares reincluíram esse trecho na LDO com o apoio de 339 deputados e de 47 senadores.

O Antagonista

Opinião dos leitores

  1. O ruim de tudo isso, é o ex presidiário recorrer aos seus despachantes no STF e reverter as decisões do congresso.
    Tem sido assim.
    Vamos vê de novo?
    É aguardar.

  2. Lula queria destinar dinheiro pata o MST invadir propriedades privadas.
    E o pior, queria aprovar tecursos para ser realizada cirurgia de mudança de sexo em crianças.
    É um imoral!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Congresso derruba veto de Lula e proíbe uso de verbas para aborto e mudança de sexo

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

O Congresso derrubou, nesta terça-feira (28), um veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para permitir a proibição do uso de verbas da União para promover ações sobre invasão de terras, aborto, cirurgia de mudança de sexo em crianças e outros temas que são bandeiras de siglas conservadoras.

A decisão foi tomada em sessão conjunta do Parlamento, na noite desta terça. Como se trata de uma votação conjunta de deputados e senadores, ela é dividida em duas etapas. Na Câmara, foram 339 votos pela derrubada e 107 pela manutenção. Já no Senado, foram 47 votos para derrubar o veto e 23 para mantê-lo.

O dispositivo sobre o assunto foi incluído pelos parlamentares na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2024 por meio de uma emenda apresentada pelo deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP). No início deste ano, o presidente Lula vetou o trecho.

O veto, no entanto, foi derrubado pelos parlamentares na sessão desta quarta. O trecho acrescentado à LDO proíbe o uso de verbas públicas para promoção, incentivo ou financiamento das seguintes ações:

  • invasão ou ocupação de propriedades rurais privadas;
  • ações tendentes a desconstruir, diminuir ou extinguir o conceito de família tradicional, formado por pai, mãe e filhos;
  • ações tendentes a influenciar crianças e adolescentes, da creche ao ensino médio, a terem opções sexuais diferentes do sexo biológico;
  • cirurgias em crianças e adolescentes para mudança de sexo;
  • e realização de abortos, exceto nos casos autorizados em lei.

CNN Brasil

Opinião dos leitores

  1. A pauta do governo do PT é desgraçada mesmo. Ainda tem gente que se diz cristã votando numa porcaria dessas.

  2. Se os PTRALHAS são a favor, é simples, só abdicarem de seus salários e regalias e pagarem essas cirurgias. Simples assim! Aqui temos outras prioridades que esse presidente canalha e corrupto não quer custar. Muitas pessoas em filas de cirurgias e tratamentos que não chegam.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Em nova derrota para Governo Lula, Câmara derruba decreto de Flávio Dino que dificultava acesso a armas de fogo

Foto: Marcelo Camargo

Em mais uma derrota ao governo do presidente Lula (PT), a Câmara aprovou, nesta terça-feira, um projeto que susta um decreto do então ministro da Justiça Flávio Dino que dificultava o registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição.

Com a aprovação do projeto de decreto legislativo, fica inválido o trecho do decreto de Dino que restringia a aquisição de armas de pressão por gás comprimido ou por ação de molas. Também caem as exigências para renovação dos certificados das armas e a necessidade de comprovação de efetiva necessidade para a aquisição de um armamento.

O texto também afrouxa regras para a localização de clubes de tiro e para a prática de tiro esportivo. Com o PDL, também deixa de haver a imposição de multa por publicidade sobre armas de fogo, tiro esportivo e caça.

Ao assinar o decreto, em julho do ano passado antes de ir ao STF nomeado por Lula, Dino afirmou que o texto colocava fim a um capítulo “trágico, de trevas” e que o texto é “equilibrado e ponderado”.

Revista Ceará

Opinião dos leitores

  1. Se armas forem fora da lei, só os fora da lei terão armas. Desarmar o cidadão não é a solução.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

VÍDEO: “Governo Lula não mexe com o rico, que pode sair do país e tem isenção de US$ 1.000, mas taxa a compra do mais pobre”, diz Kim Kataguiri

O deputado federal Kim Kataguiri (União-SP) fez duras críticas, nesta terça-feira (28), ao Governo Lula por causa da taxação de 20% em compras internacionais abaixo de US$ 50.

“Governo Lula não mexe com o rico, que pode sair do país e tem isenção de US$ 1.000, mas taxa a compra do mais pobre”, afirmou.

Com informações de Metrópoles

Opinião dos leitores

  1. Um dos melhores deputados que o país tem: jovem, cheio de projetos apresentados, um dos menores usos de $ público da Câmara, extremamente estudioso e inteligente, é só ver como os “comuna” correm quando são convidados a debater com ele.

  2. Demagogo oportunistas. Não sabia q votando nulo o cachaceiro poderia ser presidente? Agora tenta pousar de paladino da liberdade econômica.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

VÍDEO: Câmara aprova, em menos de 15 segundos, taxação de 20% em “comprinhas” abaixo de US$ 50

Nesta terça-feira (28) a Câmara aprovou, em menos de 15 segundos, a taxação de 20% em compras internacionais abaixo de US$ 50.

Após acordo entre líderes partidários e o governo, votação foi feita de forma simbólica.

Metrópoles 

Opinião dos leitores

  1. Perai! Mas não era Lula que queria taxar? Com esse placar com certeza muitos do PL votaram a favor de taxar…

    1. Se Lula não quer taxar ele veta esse artigo do projeto de lei, veremos

    2. Iso, isso… só tem o PL na câmara.
      Um texto com 2 parágrafos você foi incapaz de entender.

    3. Você tem demência? Isso foi acordo com o lula, ni guem votou em 15 segundos se nao o lira. Você tem noção do que esta falando petista????

    4. Você é um jumento desinformado ou é mau caráter? 🚨🚨A alíquota de 20% sobre o e-commerce estrangeiro, que afeta sites asiáticos como Shein e Shopee, é um “meio-termo” e substituiu 🫏🫏🤡🤡 a ideia inicial de aplicar uma cobrança de 60% sobre mercadorias que vêm do exterior e custam até US$ 50. O porcentual será de 60% para produtos mais caros.💩💩 O 🐁queria era 60%, cavalo batizado!!!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Bilionários preparam nova viagem de submersível aos destroços do Titanic 11 meses após tragédia

Submersível Triton 4000/2 Abyssal Explorer, que deve ser utilizado para viagem ao Titanic | Crédito: Divulgação/Triton Submarines

Quase um ano após a operação fracassada do submersível Titan, da OceanGate, uma dupla de bilionários quer usar um submersível para visitar os destroços do Titanic.

Um dos homens em questão é Larry Connor, um investidor imobiliário de Ohio que esteve na Fossa das Marianas e na Estação Espacial Internacional.

“Quero mostrar às pessoas em todo o mundo que, embora o oceano seja extremamente poderoso, ele pode ser maravilhoso e agradável e realmente mudar vidas se você fizer isso da maneira certa”, disse Connor em entrevista ao Wall Street Journal.

O CEO e co-fundador da Triton Submarines, Patrick Lahey, acompanharia Connor nessa jornada. A empresa foi fundada em 2008 e realizou diversas outras explorações marítimas, inclusive ao próprio Titanic.

De acordo com a companhia, a primeira gravação em 4K do naufrágio, “filmada na primeira descida tripulada aos destroços em mais de 14 anos, foi gravada com um submersível Triton”.

Poucos dias depois da implosão do Titan, Connor telefonou para Lahey, conforme relatou o empresário ao Wall Street Journal.

“Tínhamos um cliente, um homem maravilhoso. Ele me ligou e disse: ‘Sabe, o que precisamos fazer é construir um submarino que possa mergulhar [profundidades no nível do Titanic] repetidamente e com segurança e demonstrar ao mundo que vocês podem fazer isso, e que Titan foi uma engenhoca”, pontuou Patrick Lahey.

O submersível que seria utilizado nessa nova tentativa é o Triton 4000/2 Abyssal Explorer, informou o WSJ.

Segundo informações no site da empresa, ele consegue alcançar uma profundidade de 4 mil metros — os destroços do Titanic estão localizados a 3.800 metros abaixo do nível do mar.

“Patrick vem pensando e projetando isso há mais de uma década. Mas não tínhamos os materiais e a tecnologia. Você não poderia ter construído este submersível há cinco anos”, destacou Connor ao WSJ.

Não foi divulgada data para que nova tentativa de chegar aos destroços do Titanic ocorra.

CNN Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Justiça brasileira demoraria mais de 2 anos para zerar todos os processos, diz CNJ

Foto: Vinícius Schmidt/Metrópoles

Segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a Justiça brasileira precisaria de 2 anos e 5 meses para julgar o estoque de processos pendentes de decisão. A estimativa considera que esse cenário ocorreria se nenhuma nova ação fosse impetrada no período.

A informação consta no relatório divulgado pelo CNJ, na manhã desta terça-feira (28/5). O relatório “Justiça em números 2024” apresenta informações extraídas do Banco Nacional de Dados do Poder Judiciário, em que são consolidados dados dos 91 órgãos do Poder Judiciário espalhados pelo Brasil.

Na Justiça Estadual, o resultado é de 2 anos e 7 meses, enquanto na Justiça Federal o tempo necessário é de 2 anos e 10 meses. Na Justiça do Trabalho, é de 1 ano e 4 meses; na Justiça Militar Estadual, de 1 ano e 1 mês; e nos Tribunais Superiores, de 1 ano e 2 meses.

Os órgãos que apresentaram maior tempo necessário para o findar o acervo foram o Tribunal Regional Federal da 3ª Região , com 4 anos e 10 meses, e o Tribunal de Justiça de São Paulo, com 3 anos e 7 meses – os únicos acima de três anos e meio.

Em 2023, foram julgados 33,2 milhões de processos, com aumento de 3,4 milhões de casos (11,3%) em relação a 2022. O período foi finalizado com 83,8 milhões de processos pendentes aguardando alguma solução definitiva.

Metrópoles

 

Opinião dos leitores

  1. O que são dois anos ou 10(com a demanda)em vista dos benefícios das ações e avanço social???? Não é interessante, não é mesmo? muitos interesses obscuros em jogo, não é mesmo? Estão esperando o quê para começarem, cambada de vagabundos

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Veja como votaram os deputados do RN no veto de Bolsonaro a lei que puniria fake news

Foto: reprodução

O Congresso Nacional decidiu manter o veto do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) que impediu punir quem espalhar fake news durante as eleições. O veto foi mantido pelos deputados por 317 votos a favor e 139 contra, com 4 abstenções.

Como o veto foi mantido na votação pelos deputados, os senadores não tiveram que votar.

Veja como votaram os deputados do RN:

Sim (para manter o veto):

Benes Leocádio
Paulinho Freire
General Girão
Sargento Gonçalves
Robinson Faria
João Maia

Não (para derrubar o veto):

Fernando Mineiro
Natália Bonavides

Entenda o veto

De 2021, os vetos foram analisados somente nesta terça-feira (28), quase três anos depois.

A decisão dos parlamentares impediu a retomada de uma pena de prisão de um a cinco anos e multa, no caso de “comunicação enganosa em massa”. O veto impediu a inclusão de uma lista de “crimes contra a democracia” no Código Penal.

A comunicação enganosa em massa era definida pelo texto como “promover ou financiar campanha ou iniciativa para disseminar fatos que sabe inverídicos, e que sejam capazes de comprometer o processo eleitoral”.

98 FM Natal

Opinião dos leitores

  1. O Partido das Trevas sendo PT! Sempre a favor dos marginais. Estranharia se fosse diferente.

    1. O q alguns não perceberam é q o pt sempre votou assim.
      A pergunta é: pq será q benes, robinson, João maia e Paulinho pararam de votar a favor do PT e contra o povo honesto?
      Pense aí…

    2. animal, esses vagabundos que votaram a favor das fakes news sao os mesm que tu idolatra, bando de extremistas, e agora contando com o ex moderado e agora extremista de carteirinha o novo disseminador de fake news PAULINHO FREIRE, quando a gente ver o gado a favor de alguma coisa, pode ir atras que so tem coisa errada, RN contribuindo pra diseminação de fake news e ataques a democracia graças a esses excrementos travestidos de deputados

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Filha de Wendell Lagartixa dispara em número de seguidores no Instagram

O perfil da filha de Wendell Lagartixa, Anne Lagartixa (@annelagartixa), vem ganhando notoriedade e vem crescendo no Instagram desde a prisão do pai dela, no dia 10 de maio, na Bahia.

A grande repercussão dos eventos envolvendo Wendell transformou Anne em uma das maiores expectativas das eleições de 2024 em Natal, com apostas de que será uma das mais votadas da eleição para Câmara de Natal. O partido dela é o Solidariedade, cuja chapa é organizada pelo ex-deputado Kelps.

Wendell Lagartixa foi o candidato a deputado estadual mais votado da história do Rio Grande do Norte, com 88 mil votos em 2022, e não conseguiu assumir o mandato devido a problemas judiciais.

No dia 10 de maio, quando viajava de Natal para o Rio Grande do Sul, ele foi parado por uma unidade da Polícia Rodoviária Federal do Estado da Bahia sob acusação de porte de armas e desde então está no sistema penitenciário baiano.

A filha Wendell é pré-candidata a vereadora de Natal e desde que o pai foi preso já ganhou 12 mil novos seguidores no Instagram, além de seus vídeos estarem alcançando visualizações altíssimas, um deles, no qual ela sofre ameaças das facções, já ultrapassou 1 milhão de visualizações.

Anne lançou uma campanha pela liberdade do pai, fazendo voto de silêncio, e anunciou que só voltará a falar quando o pai for solto ou se for eleita assumir o mandato de vereadora na Câmara Municipal de Natal, em 2025.

Opinião dos leitores

  1. É isso ai, o povo merece mesmo Anne Lagartixa nos representando.
    O que ela fez? Nada! simplesmente ficou “famosa” pois o Pai tá preso.
    Belo currículo para cuidar da educação, saúde e segurança.
    País de 💩!

  2. Melhor estratégia, ficar calada para não falar besteira e comover toda uma população, mas a população gosta de eleger pessoas assim sem a menor experiência.

  3. A prova que o povo gosta mesmo de gente fora da lei, na maioria das vezes são boldonaristas. #fato

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Veto sobre ‘saidinha’ de presos: veja como votaram os deputados e senadores do RN

Foto: Reprodução/TV Senado

O Congresso Nacional derrubou os vetos do presidente Lula (PT) e voltou a proibir a “saidinha” de presos. Com isso, o benefício não será mais concedido em feriados e datas comemorativas, como Dia das Mães e Natal.

O veto foi derrubado nesta terça-feira (28) pelos deputados por 314 votos a 126 votos, com 2 abstenções. Na votação dos senadores, o veto foi derrubado por 52 votos a 11 votos, com 1 abstenção.

Para que o veto fosse derrubado, era necessário que tanto a Câmara dos Deputados quanto o Senado Federal votassem.

Veja como votaram os parlamentares do RN:

SIM: votou pela derrubada do veto;
NÃO: votou pela manutenção do veto

Senadores:

Rogério Marinho e Styvenson Valentim votaram pela derrubada do veto. Não há registro do voto da senadora Zenaide Maia.

A decisão dos parlamentares proíbe que o detento saia em duas circunstâncias:

Opinião dos leitores

  1. Prefiro assim: desse jeito os bandidos gadriotas golpistas ficarão na cadeia sem dó nem piedade!

  2. Nessa altura do campeonato, com a festa nos presídios com Lula presidente, vc que já foi vítima de roubo, furto, estelionato, vc tem que tem parente viciado em drogas, vc tem alguma duvida da simpatia que a esquerda tem com marginais?

  3. Hahaha esse é o famoso voto em causa própria, bom lembrar que essa lei servirá para todos e eu quero ver eh choro e ranger de dentes logo ali na frente.

    1. Esquerdista é bicho safado e cara de pau.
      Parece preocupado com o fim das saidinhas.
      Por que será?
      É bandido?
      Defende bandidos?
      Por que simula risadas contra os congressistas de bem?

  4. A bonitinha de rosto lindo votou sim para saidinhas de bandidos. Agora caiu a máscara quem é Natália Bonavides: Defensora de ladrão, defensora à invasão de áreas privadas.. ou seja; loba em pele de ovelha.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *