Mulheres dominam pista da Corrida de 3 Tambores

Engana-se quem pensa que o universo agropecuário é dominado pelos homens. Cada vez mais as mulheres estão conquistando espaço, e prova disso foi a Corrida de 3 Tambores que aconteceu neste sábado (13) na 56ª edição da Festa do Boi, dentro da Copa Potiguar da modalidade. As histórias das atletas são similares: já tinham convívio com cavalo nas fazendas dos familiares e uma aproximação com a vaquejada.

Kaline Machado é uma das atletas que representa o estado em competições pelo Brasil. Ela conta que o surgimento da modalidade no Rio Grande do Norte se deu há três anos e aconteceu porque alguns homens queriam inserir esposas, filhas e irmãs na rotina das vaquejadas.

“Foi a esposa de um deles que falou da vontade de correr nas pistas, mas não tinha nada que incluísse a mulher. Foi aí que eles trouxeram os 3 Tambores, e acabou unindo toda a família”, e acrescentou, “não são só os adultos que correm, tem a categoria Kids, Junior.
As nossas filhas correm 3 Tambores e nos incentivam”.

Kaline, que é vice-presidente da Associação Norte-Riograndense de 3 Tambores, afirma que a modalidade e o ambiente não registra nenhum preconceito com a presença das mulheres. “Não tem lugar para isso.
As mulheres abrilhantam os campeonatos de 3 Tambores e mostram competitividade. Os melhores tempos são feitos por elas, chegam a fazer em 17 segundos todo o circuito”, explica.

Atletas

A empresária cearense Andrea Macedo, na época de colégio, praticava  Hipismo. Com o fim dos estudos, sentiu falta de um esporte com cavalos. Em 2013, conheceu a modalidade e “não vou deixar mais”.
“É uma adrenalina muito boa. A mulher sempre lidou com a competição, seja no mercado de trabalho, nas tarefas do dia-dia, mas aqui a coisa é diferente”, contou a atleta que já foi convidada a competir em São Paulo.

Mas tem algo que desacelera Andrea, a perda do seu animal. O atleta, seja ele de qual gênero, tem um grande companheiro: o cavalo. Com o animal, eles formam uma dupla que devem fazer o circuito dos 3 Tambores com o menor tempo. “Eu perdi minha égua há dois anos e o coração ficou apertado. É difícil digerir uma perda, é o meu companheiro, minha dupla, mas não dá pra desistir, está intrínseco no meu sangue”.

No caso de Fernanda Nunes, as filhas de 11 e 4 anos são as grandes incentivadoras da mãe correr nas pistas. “A minha mais velha que me chamou para voltar a correr e é muito bom. Quando não tenho um resultado bom, ela me orienta, aconselha, chama a minha atenção nos erros. Amamos de paixão e as competições empolgam toda a família”.

Ana Catarina Dias, gestora municipal, relembra que quem gostava de montar a cavalo só tinha a vaquejada como esporte, e os 3 Tambores é mais uma opção que agrega diversos familiares. Hoje, depois de mais de três anos da modalidade instalada no Rio Grande do Norte, Ana garante que o RN é o estado mais forte no Nordeste, com competições organizadas, na modalidade.

“Temos atletas de alto nível com capacidade de disputar por igual com competidores do Sul e Sudeste. A cada campeonato, os atletas estão mais afiados, bem treinados e dispostos a ganhar”, comentou. Ela mesma ganhou no mês passado a prova Rufino Borba, em Pernambuco, na categoria Tira Teima, com a presença de homens, mulheres, profissionais e amadores; e na categoria Aberta, somente com atletas profissionais.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Anderson disse:

    O que seria de nós, homens, sem as mulheres?! Cada mulher pode chegar aonde ela própria quiser porque cada uma guarda uma força inacreditável. Tenho enorme respeito e admiração por vocês, polivalentes! Vocês, mulheres, são as tampas das nossas panelas, ou as panelas para nossas rampas, a ordem – tampa/panela panela/tampa – é o que menos importa. O FATO é nós não vivemos sem vocês!

Com 73% de verba pública, primeiro turno custa R$ 2,82 bilhões

Balanço do financiamento de campanha no primeiro turno mostra que candidatos tiveram R$ 2,82 bilhões em receita, 73% saídos dos cofres públicos, dos fundos partidário e eleitoral.

O dinheiro privado -doações ou recursos dos políticos- ficou em R$ 764 milhões.

Os valores aumentarão com o segundo turno.

Nesta eleição, o financiamento tem como fontes: 1) R$ 2,7 bilhões de fundos eleitoral e partidário; 2) doações de pessoas físicas, que já somam R$ 407 milhões; e 3) dinheiro dos políticos, cerca de R$ 357 milhões.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tom disse:

    Como um sujeito se passa por defender um crápula que comandou o maior roubo de dinheiro público que se tem notícias no mundo. Isso só pode ser uma lavagem cerebral ou o sujeito totalmente sem noção.

  2. Tião disse:

    16 anos de pt e 24 de partidos de esquerda transformaram o país, se o caminho tá certo vote no petralhas Hadad, se o caminho necessita ser corrigido, vote Bolsonaro. Fácil!

    • Leo disse:

      Bozo há 28 anos faz parte do seu pseudoesquema.
      Vc faz questão de passar vergonha na net ou é burrice mesmo?

    • joao disse:

      Burrice Leo é desrespeitar o voto alheio.. burrice é votar no partido cheio de trambiqueiros e corruptos, cujo dono do partido esta preso por corrupcao e lavagem de dinheiro.. Vergonha é apoiar isso.. ou vc nao tem vergonha na cara?

Assembleia Legislativa do RN terá representação partidária mais fragmentada

A bancada da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte para a 62ª legislatura (2019/2022), escolhida no pleito deste ano, será a mais fragmentada das últimas cinco eleições para deputado estadual. O Legislativo estadual contará com 14 partidos, dois a mais da atual legislatura. A cada eleição vem ocorrendo pulverização de legendas na Casa, que na Legislatura de 2006/2006 tinha nove partidos, passou a dez no período 2011/2014 e finalmente, a 12 na que termina em fevereiro de 2019, quando serão empossados os 24 deputados eleitos no domingo (07), data do primeiro turno das eleições em todo o país.

Assembleia Legislativa tem nove projetos em tramitação relacionados com o ajuste fiscal
O pleito deste ano pode ser o último com eleição de candidatos pelo critério proporcional, em que deputados com menos votos podem ser eleitos, caso a reforma política implante o voto majoritário para as eleições de deputado federal e estadual, a exemplo do que ocorre em relação aos candidatos a senador da República.

Com relação à bancada de cada partido, embora tenha perdido três deputados, o PSDB continua sendo a legenda com o maior número de parlamentares – cinco, enquanto seis partidos contarão com dois deputados e outras sete legendas terão apenas um deputado cada.

Na atual legislatura, o partido hegemônico, o PSDB que é presidido pelo presidente da Assembleia, tem oito deputados e em segundo lugar aparece o PSD, legende que teve a sua bancada reduzido de quatro para dois deputados. Hoje, o DEM tem dois deputados, número que caiu para um na próxima legislatura, o MDB mantém os dois. Atualmente oito partidos contam com um parlamentar cada.

Quanto aos deputados que renovaram mandados ou não se elegeram, nas eleições deste ano a renovação foi de 37,5% – nove deputados “novos” foram eleitos no primeiro turno, enquanto 15 se reelegeram. Nas eleições de de 2006, 2010 e 2014 o índice de renovação chegou a 41,7%, com a manutenção de 14 cadeiras em cada pleito.

Tribuna do Norte

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Chico disse:

    Vergonha essa a ALRN, corruptos saindo pelo ladrão, como pode escândalos por cima de escândalos, e não tem um único deputado que proteste e peça providências, todos coniventes. também com a população aprovando membro de quadrilha pra gerir as contas do estado. Vamos querer o que, triste fim!

    • Flávio disse:

      Verdade Chico,o povo reclama mais vota nos mesmos. Sinceramente merecem se ferrar para aprenderem. Com esses parlamentares saúde, segurança e educação. ZERO!!!

    • Osmar disse:

      Vai cuidar de teus chifres ze ruela

    • M.D.R.s disse:

      É verdade , entre estes 24 DEPUTADOS, foram poucos que deram uma só palavra pelo funcionalismo que já vem oito sem REPOSIÇÃO salarial e salários atrasados/décimo da mesmo forma. Pelo contrário tem DEPUTADOS do ESQUEMA DO GOVERNADOR, optaram pelo admissão de 20.000 pais de famílias e também acabar "ACABAR COM ADICIONAIS TEMPO DE SERVIÇOS " certamente reverenciar mais recursos para ELES "DEPUTADOS ". Veja as respostas nas URNAS , era para ter feito uma limpeza de 80 a 90% de renovação.

Menos de 10% dos hospitais têm equipes de cuidados paliativos no Brasil

Menos de 10% dos hospitais brasileiros têm equipes de cuidados paliativos, serviço essencial para que doentes graves e sem chances de cura tenham qualidade de vida até o fim.

Levantamento inédito da Academia Nacional de Cuidados Paliativos mostra que são apenas 177 serviços registrados nos 2.500 hospitais brasileiros com mais de 50 leitos—a maioria (58%) no Sudeste.

“Não há coordenação, muitos cuidados são oferecidos de forma isolada e irregular”, diz Daniel Forte, presidente da Academia Nacional de Cuidados Paliativos, que apresentou os dados nesta quinta (11) em evento em Lima, no Peru.

Entre os países latino-americanos, o Brasil só está à frente da República Dominicana e da Venezuela em termos de disponibilidade de serviços de cuidados paliativos. Uruguai, Argentina, Costa Rica e Chile são os mais bem colocados.

No evento, representantes de governos, da academia e da sociedade civil criaram uma força tarefa com objetivo de incentivar países da região a adotarem políticas públicas de cuidados paliativos.

Folhapress

Leite atinge alta de 37,04% e já é o produto com maior elevação de preço neste ano

O litro do leite longa vida está mais em conta para o consumidor, porém o produto é o que mais subiu no ano, segundo o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo).

A alta acumulada é de 37,04% em São Paulo. A inflação oficial acumulada no ano é de 3,34%, no índice do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).Entretanto, em setembro, a queda do leite foi de 6,81%.

Segundo o economista da Apas (Associação Paulista de Supermercados), Thiago Berta, a queda nos preços se deve ao aumento da produção, tradicionalmente maior no segundo semestre, principalmente na região Sul.

De acordo com o Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), é esperado que o preço do produto caia ainda mais nos próximos meses, porque deve aumentar a captação do produto nas regiões Sudeste e Centro-Oeste.

Berta avalia que, apesar da queda, a pressão do leite no acumulado do ano ainda é grande por conta de eventos atípicos no primeiro semestre, como a paralisação dos caminhoneiros, no fim de maio.

“Com a greve, houve descarte de mais de 600 milhões de litros de leite, praticamente zerando o estoque. Além disso, houve seca e entressafra complicadas”, explica.

Folhapress

Governo divulgará atividades que poderão ser terceirizadas na administração pública

O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão divulgou novas regras para contratação de terceirizados na administração pública. O decreto nº 9.507/2018 ampliou ainda as contratações indiretas para as empresas públicas e sociedades de economia mista controladas pela União, como o Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Petrobras, Correios e Eletrobras. De acordo com o governo, as regras entrarão em vigor 120 dias.

As novas normas substituem o decreto nº 2.271/1997, que já trazia a possibilidade de terceirização para as atividades de “caráter acessório, instrumental ou complementar”. No entanto, a nova regulamentação publicada não trouxe as atividades que poderiam ser terceirizadas especificadas na lei de 1997.

O decreto 2.271, que deixa de valer, trazia o seguinte trecho: “As atividades de conservação, limpeza, segurança, vigilância, transportes, informática, copeiragem, recepção, reprografia, telecomunicações e manutenção de prédios, equipamentos e instalações serão, de preferência, objeto de execução indireta”.

Questionado sobre os cargos que poderão ser atingidos pelo novo decreto, o Ministério do Planejamento informou que divulgará um ato com a lista das atividades que poderão ser terceirizadas. Segundo o órgão, “serão sempre de caráter auxiliar, instrumental ou acessório, sem responsabilidade sobre atos administrativos ou tomadas de decisão”.

“É importante frisar que o decreto em questão tem como principais objetivos estabelecer vedações à terceirização e padronizar os procedimentos de contratação de serviços terceirizados no âmbito federal. Uma das principais diretrizes do normativo é a premissa de que a administração pública federal contrate serviços e não mão de obra”, ressaltou.

O ministério informou ainda que as regras em relação às atividades que podem ser terceirizadas ou as que são vedadas já estavam consolidadas por meio da Portaria nº 409, de 2016, que trata sobre as garantias contratuais ao trabalhador na execução indireta de serviços e os limites à terceirização de atividades.

No entanto, a portaria não contemplava as empresas públicas e às sociedades de economia mista controladas pela União.

“O novo decreto não inova no ordenamento em relação a práticas de terceirização em qualquer setor ou órgão dos serviços federais, ao contrário, apenas uniformiza regras que já são praticadas pelos gestores de compras”, explicou.

Questionado se o decreto poderia diminuir a abertura de concursos públicos, o ministério respondeu que todos os órgãos e entidades já podiam contratar serviços terceirizados, e o que o decreto muda é que agora existe um padrão único para todo o Executivo Federal nessas contratações.

Segundo o Planejamento, “nada que esteja relacionado aos planos de cargos dos órgãos e entidades poderá ser passível de terceirização, salvo cargos extintos”.

No entanto, para advogados ouvidos pelo G1, o decreto permite na prática a ampliação da terceirização no setor público e ameaça consequentemente a investidura nos cargos e empregos públicos por meio dos concursos, pois apresenta “conceitos vagos e imprecisos” (veja mais abaixo).

Vedações

A nova regulamentação, que mantém o que estava na portaria nº 409, determina que não poderão ser terceirizadas as atividades que:

– envolvam a tomada de decisão ou posicionamento institucional nas áreas de planejamento, coordenação, supervisão e controle;

– sejam considerados estratégicos para o órgão ou a entidade, cuja terceirização possa colocar em risco o controle de processos e de conhecimentos e tecnologias;

– estejam relacionados ao poder de polícia, de regulação, de outorga de serviços públicos e de aplicação de sanção;
sejam inerentes às categorias funcionais abrangidas pelo plano de cargos do órgão ou da entidade, exceto disposição legal em contrário ou quando se tratar de cargo extinto, total ou parcialmente, no âmbito do quadro geral de pessoal.

Empresas públicas

Segundo o decreto, nas empresas públicas e nas sociedades de economia mista controladas pela União, poderá haver terceirização nos planos de cargos dos órgãos e entidades no caso de não se atingir “os princípios administrativos da eficiência, da economicidade e da razoabilidade”. O decreto cita como hipóteses para a contratação o caráter temporário do serviço, o incremento temporário do volume de serviços, atualização de tecnologia que tenha menos custo, seja mais segura ou menos prejudicial ao meio ambiente ou impossibilidade de competir com a concorrência.

Esses empregados terceirizados atuarão somente no desenvolvimento dos serviços contratados, segundo o decreto. O conselho de administração ou órgão equivalente das empresas públicas e das sociedades de economia mista estabelecerá o conjunto de atividades que serão passíveis de terceirização na contratação dos serviços.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rosa disse:

    Esta é forma de se manter no poder, pois o mandatário fica com o poder de nomear, alguns até nem dão expedientes, mais grave é que alguns são mais caros que os servidores público; além de criar um exército de eleitores subalternos ao comando do gestor, isso só piora a qualidade do serviço.

    • M.D.R.s disse:

      Concordo em gênero, número e grau. Isto ocorre no poder executivo que tem aproximadamente 25.000 cargos de confiança, assembléia legislativa; conta os DEPUTADOS com seus cargos de 20 a 30 cargis

    • M.D.R.s disse:

      Concordo em gênero, número e grau. Isto ocorre no poder executivo que tem aproximadamente 15.000 cargos de confiança, assembléia legislativa; conta os DEPUTADOS com seus 20 a 30 cargos comissionados e com absurdos de comissionados só quem paga a conta são os BARNABÉS que já vem oito sem reposição salarial. Esperamos com essa renovação os DEPUTADOS, tenham o olho clínico para o funcionalismo.

    • M.D.R. disse:

      Concordo em gênero, número e grau. Isto ocorre no poder executivo que tem aproximadamente 15.000 cargos de confiança, assembléia legislativa; conta os DEPUTADOS com seus 20 a 30 cargos comissionados e com absurdos de comissionados só quem paga a conta são os BARNABÉS que já vem oito sem reposição salarial. Esperamos com essa renovação os DEPUTADOS, tenham o olho clínico para o funcionalismo.

Entusiasmo marca abertura da Festa do Boi 2018

Um final de tarde especial, sob as bênçãos da padroeira do Brasil e os olhares inquietos da criançada que escolheu o Parque Aristófanes Fernandes para comemorar o seu dia, com grande participação do público e muitas homenagens, marcou a abertura oficial, na sexta, 12 de outubro, da Festa do Boi 2018. Na solenidade o presidente da Anorc, Marcelo Sales, recebeu, entre outros, o governador Robinson Faria; o prefeito de Parnamirim, Rosano Taveira; o presidente da Federação da Agricultura; José Vieira; o presidente da Associação Brasileira de Produtores de Leite (Abraleite), Geraldo Borges; o presidente da Associação Brasileira de Criadores de Gado Girolando, Luiz Carlos Rodrigues; o presidente da Federação dos Municípios do RN, prefeito de São Paulo do Potengi, Naldinho; o secretário de Agricultura e Pesca do RN; Guilherme Saldanha; e a secretária chefe do Gabinete Civil do Estado, Tatiana Mendes Cunha.

O primeiro dia do evento, que segue até o próximo dia 20, teve uma programação especial inteirinha voltada para as crianças. Na Pista de Julgamento, espaço tradicional da solenidade de abertura, a emoção e o entusiasmo deram a tônica, com a entrega, por parte da Anorc, de placas comemorativas em reconhecimento à atuação de quatro grandes nomes do Agronegócio do Rio Grande do Norte (veja quadro).

Nesta 56ª edição, a Festa do Boi tem realização da Associação Norteriograndense de Criadores (Anorc) em parceria com o Governo do Estado, Prefeitura de Parnamirim, BB, BNB, AGN, Senar, Emater, Fecomércio, Fiern e Sebrae. A estimativa é que leilões, negócios avulsos shows e o comércio varejista durante os dias de festa movimentem algo em torno de R$ 50 milhões. O Parque Aristófanes Fernandes deverá receber um público estimado em 330 mil pessoas nos nove dias de evento. Estarão expostos cerca de 2.500 animais P.O (Puro de Origem), com exemplares da mais pura genética em ovinos, caprinos, bovinos e equinos.

Em sua fala, na solenidade de abertura, o presidente da Anorc, Marcelo Passos, fez questão de destacar o apoio dado pelo governo Robinson Faria ao Agronegócio potiguar. “ O senhor mostrou sensibilidade, governador. Mostrou que entendeu a importância do setor rural para a nossa economia. São muitos os exemplos disso, como a oferta de crédito para micro e pequenos produtores por parte da AGN e a Lei do Queijo, que o senhor destravou na Assembleia Legislativa e sancionou, pondo fim a 14 anos de espera”, destacou Passos.

O presidente também fez questão de pontuar a grandeza do segmento. “Nosso setor tem grandes nomes, como os que homenageamos aqui hoje (veja retranca). Gene que tem mostrado que somos capazes de, mesmo com toda a adversidade do semiárido, podemos ser campeões nacionais de raças e de produtividade. Com o apoio do governo e o reconhecimento da sociedade, temos muito ainda a oferecer ao nosso estado. Unidos somos fortes. Muito fortes”, disse.

Passos pontuou que, após a Lei do Queijo (veja matéria à pág. 7), a nova luta que a Anorc pretende vencer, juntos com outros órgãos e “com o apoio das Secretarias de Agricultura e Tributação”, é a da pecuária de corte (veja matéria à pág. 3). “É inadmissível este estado não conseguir abater bois e alimentar o nosso mercado interno de consumo de carne bovina”, ressaltou.

Já o governador do Estado, Robinson Faria, destacou o sentimento de gratidão externado por Marcelo Passos e pontuou que sua gestão, de fato, marcou uma época no apoio ao setor rural. “Antes de ser governador, de ser político, eu fui empresário. Conheço as dificuldades de empreender é sempre procurei olhar para o setor rural com este olhar: o de que eu precisava ser um facilitador de negócios”, disse o chefe do Executivo Estadual.

A solenidade de abertura contou, ainda, com as presenças do presidente da Associação Norteriograndense de Criadores de cavalos Quarto de Milha (ANQM), Fernando Nunes; do presidente da Associação Norteriograndense de Criadores de Ovinos e Caprinos (Ancoc), Alexandre Confessor; do vice-presidente da Associação Brasileira de Criadores de Gado Sindi (ABCSindi); do superintendente do Sebrae RN, Zeca Melo; do Diretor Presidente da Emparn, Alexandre Wanderley; da Diretora Geral da Emater, Cátia Lopes; do Diretor Geral do Idiarn, Camilo Collier Neto, entre outros.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Armando Cruz de madeira disse:

    Lula tá aí kkkkkkkk

INDIRETA? Se algum dirigente do PT errou, tem que ir para a cadeia, diz Haddad

O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, reconheceu neste sábado que faltaram mecanismos de controle nas estatais para que se evitasse a corrupção durante os governos petistas e defendeu que os culpados sejam presos.

O candidato disse que tem feito seguidamente autocrítica, mas que é importante também mostrar caminhos para que os erros cometidos não se repitam. Perguntado sobre enriquecimento de dirigentes partidários, ele foi ainda mais duro.

“Aí é pior, se algum dirigente cometeu erro, garantido o amplo direito de defesa, se concluir que enriqueceu tem que ir para a cadeia”, disse.

Contudo, ele ressaltou que para alguém ser considerado culpado, só depois do trânsito em julgado do processo.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado em segunda instância por corrupção e lavagem de dinheiro no processo do tríplex do Guarujá e está preso em decorrência dessa condenação. O ex-presidente, que alega inocência e ser alvo de perseguição política, no entanto, ainda tem espaço para recursos no tribunais superiores.

Exame

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Brasil é verde e amarelo disse:

    É muita incoerência…na foto ao fundo aparece um LADRAO CONDENADO,e esse IDIOTA falando que vai punir os corruptos ,só imbecil comedor de MERDA para acreditar nessa quadrilha

  2. Tico disse:

    Ter que aturar um cínico desse, pede todo dia pra soltar quem comandou o maior roubo aos cofres públicos que se tem notícias no mundo (se tiver outro, me corrija) algo em torno de 100 bilhões, com programa de governo elaborado por Dirceu, gleiser e outros bandidos também sentenciados por roubo de dinheiro público, e ainda sai com uma dessa, mas dia 28 esse bandido será defenestrado da vida pública.

  3. Juan disse:

    E ainda tem gente que vota nessa quadrilha.

  4. João de Almeida disse:

    É cinismo desse candidato do PT, eles estão querendo retirar os que estão presos, quanto mais prender mais ladrões do PT. BASTA!

  5. Fábio disse:

    O desespero tá grande, daqui a pouco ele vai dizer que Lula tem de ficar preso……um cabra desde que responde 32 processos por enriquecimento ilícito e corrupção fica falando isso pra enganar mais ainda os petralhas

  6. Vagner disse:

    O cara responde a 32 processos por corrupção e vem falar sobre combate a corrupção… É muita hipocrisia.

  7. Teixeira disse:

    Vou presentear Haddad com um litro de óleo de peróba!!!

  8. carlos santana disse:

    então pq ele não se entrega, já que tem 32 processos nas costas?
    votem 17

  9. Brasil é verde e amarelo disse:

    No sul não se alisa BANDIDO

  10. Silva disse:

    Lascou se Haddad. Até tú vai preso, só processos o criador do kit gay e pior prefeito de São Paulo responde a 32. Por enquanto!

  11. Armando disse:

    Vai sobrar algum?

  12. Akmir disse:

    Se Bolsonaro ganhar, adeus 13º salário. Quem diz isso é o general Mourão.

    • Brasil é verde e amarelo disse:

      Imbecil…para perder o 13 salário tem que trabalhar vagabundo

  13. Carla disse:

    Me engana que eu gosto …kkk

  14. Armando Cruz de madeira disse:

    Tá fazendo delação é ??????

  15. Brasileiro disse:

    É muita ladroagem. Bando de ladrões fdp.

Nova hashtag anti-Bolsonaro é o assunto mais falado no Twitter mundial

 

Depois do #EleNão, uma nova campanha virtual contra o candidato Jair Bolsonaro vira assunto nas redes sociais. Na noite de sábado (13), a tag chegou ao primeiro lugar no trending topics mundial. E lidera também o ranking brasileiro.

A maioria das postagens associadas à campanha faz críticas à onda de violência que assola o Brasil desde o fim do primeiro turno. Um relatório da Agência Pública reúne mais de 50 casos de agressão motivada por divergência política, partindo de apoiadores do candidato do PSL.

Também nesta semana, uma jovem que carregava adesivos da campanha #EleNão foi marcada à canivete com o símbolo em Porto Alegre.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Andy disse:

    O #PTnão é muito mais importante e essencial a sobrevivência do Brasil do que essas tentativas frustradas e desesperadas de descontruir (ou destruir) Jair Bolsonaro.

  2. Janiele Pires disse:

    O curioso é que Bolsonaro defende Israel, povo judeu, e o PT a Síria, Líbano e demais palestinos. Meio controverso isso, não é?

    • Andy disse:

      Verdade, esse povo do PT é tão NOSENSE que Jair Bolsonaro, declaradamente admirador de Israel, não teria como ter a mínima associação ao Nazismo, coisa que qualquer estudante do ensino fundamental I sabe.

  3. Roberto disse:

    Isso é característica de esquerdopatas, a exemplo dos ditadores parceiros deles na América, na África, Ásia e oriente, parceiros que jamais eles condenam, pelo contrário até elogiam, mas é exatamente por isso que não passam dos 26% de votos, isso se comprovou no 1 o turno e nas pesquisas do 2o turno. E é bem feito pra esses desonesto apresentarem a não enganar.

  4. Silva disse:

    Tem nada haver. Pura tolice, o presidente Jair Bolsonaro, não tem nada haver com isso. Violência no Brasil, aumento do consumo das drogas, insegurança etc. etc.etc pode botar na conta do PT. 14 anos de desgoverno. Isso é fato!

  5. Manoel disse:

    O mundo todo está boquiaberto com a possibilidade de um fascista desse chegar a presidência de um país.
    É como Le Pen, líder política da extrema direta francesa, falou: o q esse Bolsonaro fala jamais seria aceito pela sociedade francesa ou qualquer outra saciedade civilizada.
    A brasileira está cheia de gente com ódio e cega. Saíram pra rua pra tirar Dilma e o resultado está aí. Agora estão prestes a eleger uma nulidade política e fascista apenas por ódio a um partido. Serão tdos culpados pelo desastre anunciado.

    • V M disse:

      Só sendo falácia de um mané mesmo!! A violência tomou conta do país faz tempo, por total descasos dos inescrupulosos do poder, q só se preocuparam em tomar o país de assalto!! Não por causa de BOLSONARO, poder até haver um caso um outro, isso dos dois lados, até pq insanos tem em todos os cantos!! Parem de inventar, criar factoides… O PRESIDENTE DO BRASIL SERÁ JAIR BOLSONARO, isso é fato!! É BOM JAIR se acostumando, 🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣

  6. Jose bezerra disse:

    Lamentável esse blog está se nivelando a rede globo , e sabemos o motivo

  7. Brasileiro disse:

    Ativista gay que forjou agressão e não quiz fazer exames de perícia se não iriam descobrir a farça.

    • Maria disse:

      Quis é com S.

    • Roberto Praxedes disse:

      Típico eleitor do bozo. Analfa e ignorante. Farsa com s? Vá estudar meu amigo!

    • A. Dias disse:

      Já pensou na possibilidade dela tido medo do que poderia acontecer com ela depois? Agressores com perfil neo nazista, você teria coragem de enfrentar pessoas assim? Você já viu o que elas sao capazes de fazer? Elas matam por ódio.

    • Tico disse:

      Talvez ele tenha sido vítima do pt, pois abandonou o ensino fundamental, e com alto índice de desistência, tornando esses jovens desistentes as maiores vítimas fatais da violência, muitos acabam até reforçando o exército das facções, com isso, destroi famílias que vivem desesperadas sem poderem fazer nada, só esperarem pelo pior.

FHC: “Não estou vendendo a alma ao diabo”

Fernando Henrique Cardoso, em entrevista ao Estadão, disse que não aceita “coação moral” do PT, que agora busca seu apoio.

“Quando automaticamente o PT apoiou alguém? Só na vice-versa. Com que autoridade moral o PT diz: ou me apoia ou é de direita? Cresçam e apareçam. A história já está dada, a minha. Não vou no embalo. Não me venham pedir posição abstratamente moral. Política não é uma questão de boa vontade, é uma questão de poder. E poder depende de instrumentos e compromissos efetivos. Agora é o momento de coação moral… Ah, vá para o inferno. Não preciso ser coagido moralmente por ninguém. Não estou vendendo a alma ao diabo”.

Essa semana, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso usou a rede social para alegar que não vai apoiar nem o PT nem Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno da eleição presidencial. Publicações na internet haviam afirmado que FHC apoiaria Fernando Haddad (PT).

“As redes divulgam que apoiarei Haddad. Mentira: nem o PT nem Bolsonaro explicitaram compromisso com o que creio. Por que haveria de me pronunciar sobre candidaturas que ou são contra ou não se definem sobre temas que prezo para o País e o povo?”, afirmou o tucano, em sua conta no Twitter.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo martins disse:

    Na testa de FHC há uma tarja com a seguinte inscrição: "Por motivo estritamente sanitário, alma sebosa não entra no inferno."

  2. Valdemir disse:

    FHC não vende a alma ao diabo, porque já vendeu e faz tempo, a não ser que ele tenha devolvido, o que não duvido, porque esse nem o diabo quer. Aí é frasco ruim.

  3. Nasto disse:

    EX é EX. Não deve dar pataco em nada. Já passou a vez. Agora é votar se quiser e aguentar as consequências. É eleitor igual a nós eleitores comuns.

  4. Anderson disse:

    Agora, este comunista velado tenta se esquivar de uma de suas "obras". Junto com outras "jóias", FHC foi fundador do Foro de São Paulo, e nunca foi oposição aos partidos comunistas. O que há, na verdade, é a alternância no poder, ou seja a "teoria das tesouras".

  5. Fernando Antonio Ribeiro Bastos disse:

    Essa praga, culpado de toda essa desgraça pela qual passo o País, vem agora dizer que não está "VENDENDO A ALMA AO DIABO", se ele é o próprio diabo.

    • duendevermelho disse:

      Cabra ruim, mas diabo é o PT!

    • Lsv disse:

      Quanto esquecimento …… E O PLANO REAL ???? Fhc é 1000

    • Guido Ferreira disse:

      Se ele é o Diabo pq o PT quer o apoio dele? Foi por este tipo de pensamento: “sou o PT perfeito, o resto é imperfeito “ que o PT se encontra na berlinda hj. Ciro já deu no pé, FHC também…. O PT vai aprender a lição quando?

Haddad fala sobre refinanciamento do Fies e volta a chamar Bolsonaro ao debate

Foto: Reprodução/TV Globo

Fernando Haddad teve encontro neste sábado (13) com artistas da periferia de São Paulo. O candidato da coligação “O Povo Feliz de Novo” ouviu muitas histórias de jovens que hoje têm diploma universitário e uma profissão, graças aos programas criados por Haddad como ministro da educação de Lula.

Em conversa com jornalistas, Haddad falou sobre alguns projetos do seu plano de governo, como o Minha Casa Minha Vida, o FIES e sobre alguns de seus planos para a área da Cultura da periferias. Ele falou ainda sobre a recusa de Jair Bolsonaro em ir a debates.

Haddad lamentou o fato de o Minha Casa Minha Vida estar parado, uma vez que o programa transformou a vida de milhões de pessoas. Afirmou que vai retomá-lo, anunciando a meta de construir 500 mil unidades ao ano, no mínimo. “Nós vamos pegar toda terra pública das grandes cidades, bem localizadas, e vamos doar para o Minha Casa Minha Vida. Uma das críticas que o programa recebeu era que as casas eram um pouco afastadas de onde está o emprego. Aqui em São Paulo existem terras da União, do INSS, da antiga rede ferroviária. São terras disponíveis, que serão doadas. E estarão mais perto do trabalho, já com infraestrutura instalada”, disse ele, afirmando que sua meta é entregar 2 milhões de moradias ao final de sua gestão.

O candidato também falou sobe o Fies, lembrando que é preciso gerar empregos no país para que todos possam saldar suas dívidas. “É preciso refinanciar o Fies. Não vamos deixar os estudantes inadimplentes. Eles estão se formando e não estão conseguindo emprego, por isso não conseguem pagar. Primeira providência é gerar empregos para quem sai da faculdade. Fies é muito importante. E neste governo caiu de 700 mil pra 100 mil novos contratos. Vamos retomar o programa, garantindo que quem sai da faculdade tenha emprego”.

Haddad voltou a afirmar que está disposto a ir a qualquer lugar, que tenha a garantia de um ambiente sereno de discussão, para debater com seu adversário Jair Bolsonaro. “Precisamos esclarecer a opinião pública sobre os temas que hoje afligem o cidadão brasileiro”, disse Haddad, lamentando a postura de seu oponente até aqui. “Quem não tem proposta não tem o que debater. Eu lamento porque se alguém quer presidir o país tem que apresentar um projeto para o país. Não pode passar incólume. Tem que passar pelo crivo do contraditório. Inclusive para esclarecer o que vem dizendo. Não tem paralelo de alguém querer chegar na presidência sem debater”.

Sobre nomes para o seu ministério, Haddad afirmou que está conversando com algumas pessoas. Não quis revelar nomes, mas destacou que pessoas como Paulo Guedes jamais seriam seu ministro da Fazenda porque “banqueiro não está preocupado com geração de empregos”.

Haddad disse que vai levar para o governo federal um projeto que fez como prefeito de São Paulo, que destina uma parte do orçamento da pasta para produção cultural das periferias das grandes cidades. “Hoje a periferia é que mais produz cultura e nem sempre recebe apoio do poder público. Uma parte do orçamento voltado para produção cultura vai ser destinada a coletivos de periferia necessariamente”.

Perguntado sobre o Partido dos Trabalhadores fará autocrítica, Haddad falou que tem feito isso com frequência. “Todo dia, faço uma crítica de algo que fizemos de forma equivocada, mostrando formas de superação. O ministério que comandei quase 7 tinha uma controladoria muito forte e por isso não tivemos casos de corrupção. O ministério tinha um orçamento de 100 bilhões. Eu vou levar o mesmo tipo de controle para estatais. Para evitar erros que cometemos no passado. Vamos fortalecer esses órgãos de controle”, afirmou Haddad. O candidato lembrou que enquanto os acusados de corrupção tiverem recurso, ninguém pode ser considerado culpado. “É preciso garantir amplo direito de defesa. Só a justiça pode condenar. Isso está na Constituição”.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Valdemir disse:

    Eu fico imprecionada, o FIES é pago pelos alunos. Nada é de graça.

  2. Valdemir disse:

    Esse engodo fica tentando enganar osum e a outro, igualzinho a dilmanta, se fosse eleito, iria dizer que a crise voltou e …. Vá enganar em sp, lá ele reprovaram as promessas não cumpridas

  3. Waldemir disse:

    Por isso que voto em BOLSONARO
    Vi a nova turma que querem mamar no governo “artista” paga um pedaço de cabo de vassoura e bate numa lata kkkkkkkk

  4. Antonio Turci disse:

    Se o petista Haddad usasse um pouco de ética e de compreensão, evitaria esse negócio de querer "forçar a barra" para que o Deputado Jair Bolsonaro vá a debates. Qualquer cidadão minimamente esclarecido ficou sabendo dos graves ferimentos sofridos por Bolsonaro no atentado que o vitimou, e das inconveniências da recuperação e do uso da colostomia. O Capitão não está fugindo de nada. Segue recomendações médicas. Somente isto.

  5. Silva disse:

    Quem debate com bandido corrupto é dr Sérgio Moro.

  6. Brasileiro disse:

    É muita ladroagem. Bando de ladrões fdp.

Bolsonaro diz que Haddad é ‘moleque’ ao falar em perseguição

O candidato do PSL, Jair Bolsonaro, disse que é “coisa de moleque” a afirmação feita por Fernando Haddad (PT) sobre ter sido perseguido por um simpatizante do capitão reformado.

“Poxa, isso é coisa de moleque, de criança. Nem dá para responder que eleitores meus fecharam ele. Coisa de criança, de moleque, de gente que não tem o que fazer”, afirmou.

Haddad disse ter sido vítima de perseguição em Brasília, na quinta-feira (11), quando participava de evento organizado pela CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

“O Brasil tem que estar nas mãos de homens e mulheres com responsabilidade, sem mimimi. Condeno qualquer ataque de quem quer que seja por questão política ou outra qualquer.”, afirmou Bolsonaro enquanto fazia gravações para um programa de TV.

Ele voltou ainda a culpar o PT por problemas de segurança pública, em resposta às acusações de seus adversários de que ele estimula a violência.

“Foram 13 anos de PT. A violência cresceu assustadoramente no Brasil. Eu pergunto: eles investigaram o caso Celso Daniel?”.

Folhapress

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Avante Brasil 🇧🇷 disse:

    Parabéns capitão.

  2. Arnaldo disse:

    MOLEQUE ARREGÃO é quem tem medo de debate. Covarde e medroso igual seus eleitores.

  3. Silvert disse:

    É isso mesmo, que o presidente falou. Esses canalhas alem de prega o nós contra eles, agora querem criar conflito com as religiões, sempre conviveram em paz no Brasil.

  4. Breno disse:

    Fala na cara, covarde.
    Tu és um cagão q se esconde atrás de um atestado médico.

    • Tião disse:

      Precisaram de uma forma traiçoeira e covarde pra debilitar o bolsonaro, agora depois de parte de intestino danificado, tentam intimida-lo chamando-o de covarde, antes do atentado não tinham essa audácia. Porque em condições plena sempre estava pronto pra debates.

    • Flávio disse:

      Leva uma facada na barriga abestalhado e fica com uma bolsa de colostomia para ver se em menos de 30 dias vc está bem! Pimenta nos olhos dos outros é refresco. Pergunte a qualquer profissional de medicina antes de dizer merda viu. Muito mais honesto!

Após anos de rei no Congresso, MDB murcha e perde caciques

No olho do furacão que varreu a política tradicional das urnas, o MDB foi o partido que mais perdeu cadeiras na Câmara dos Deputados, encolheu no Senado e, regionalmente, viu clãs que protagonizaram a vida política das últimas décadas sofrerem derrotas fragorosas.

O candidato emedebista à Presidência, Henrique Meirelles, amargou o sétimo lugar, com 1,2% dos votos. E o presidente Michel Temer, o mais impopular da história recente, tornou-se artigo tóxico na prateleira política.

Entre as maiores bancadas eleitas no Congresso nas últimas três décadas e com posição privilegiada nas negociações com o governo de turno, o MDB começará 2019 com poder reduzido.

Folhapress

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lava Jato disse:

    Lava Jato leve o PT junto. O MAIOR ESQUEMA DE CORRUPÇÃO DO BRASIL É A LAVA JATO.

Mega-Sena, concurso 2.087: aposta do Marabá, no Pará, leva prêmio de R$ 27 milhões

Um único apostador, do Marabá, no Pará, acertou as seis dezenas do concurso 2.087 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (13) no município de Joaçaba (SC).
Veja as dezenas sorteadas: 02 – 18 – 19 – 23 – 34 – 53.

A quina teve 52 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 41.598,96. Outras 4.898 apostas acertaram a quadra; cada uma receberá R$ 630,91.

O próximo concurso, 2.088, será na quarta-feira (17). O prêmio é estimado em R$ 2,5 milhões.

Manufaturados perdem participação nas exportações em 2018

Mesmo com a recuperação significativa das exportações nos últimos anos, os produtos industrializados continuam a perder participação nas vendas externas brasileiras. Segundo dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), a fatia dos manufaturados nas exportações caiu de 36% nos nove primeiros meses de 2017 para 35,2% no mesmo período.

Em valores absolutos, a venda de bens industrializados acumula alta de 6,8% nos nove primeiros meses do ano na comparação com os mesmos meses de 2017, totalizando US$ 63,244 bilhões. Este é o maior valor para o período desde 2013. As vendas de produtos básicos, no entanto, têm apresentado melhor desempenho neste ano, reduzindo o peso dos manufaturados na balança comercial.

Beneficiadas pela alta da cotação internacional do petróleo e da soja, as exportações de produtos básicos saltaram 15,7% nos nove primeiros meses do ano. A participação dos bens primários nas exportações totais subiu de 47,6% de janeiro a setembro do ano passado para 50,4% nos mesmos meses de 2018.

Bolsonaro diz que seu plano de privatizações agrada ao mercado

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, disse hoje (13) que o plano de privatizações previsto por sua campanha, caso seja eleito, será de inteiro agrado do mercado e que, em princípio, as primeiras estatais que serão alvo de análise para privatização serão as criadas pelos governos do Partido dos Trabalhadores. Segundo ele, as privatizações serão realizadas com responsabilidade.

“Em um primeiro momento, aquelas quase 50 estatais criadas pelo PT e ainda sobram 100. Essas outras têm que ter um modelo para privatizar com responsabilidade, logicamente que as estratégicas não privatizaremos, como Banco do Brasil, Caixa Econômica e Furnas, entre outras. Mas, como um todo, tenho certeza que o mercado vai gostar do nosso plano de privatização porque é uma maneira a mais de combater a corrupção e o Estado tem que estar com aquilo que é essencial nas suas mãos, que são as estratégicas”, avaliou.

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) fala à imprensa após gravação de campanha, no bairro Jardim Botânico.
O candidato Jair Bolsonaro (PSL) fala à imprensa após gravação de campanha, no bairro Jardim Botânico. – Fernando Frazão/Agência Brasil
Com relação às propostas para a área da saúde, o candidato pelo PSL disse que prioritariamente é preciso combater à corrupção para que sobrem recursos para serem aplicados em outras áreas. As declarações foram dadas ao deixar a casa do empresário Paulo Marinho, onde gravou o programa político partidário.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carlos Bastos disse:

    Toda vez que os jornalistas pergunta sobre um plano para saúde, educação ou segurança o super capitão muda de conversa, resumindo não têm plano para nada ele é um zero a esquerda.