6,3 mil mulheres receberam um ou zero voto nas eleições, levantando suspeitas. Em Natal cinco candidatas não tiveram nem os votos delas

Das 173 mil mulheres aptas a disputar o cargo de vereador no domingo passado, 6.372 tiveram apenas um ou nenhum voto, segundo levantamento do Estadão. A ausência de votos e o fato de nem a candidata ter votado nela mesma provocaram suspeitas de que essas mulheres tenham sido usadas como “laranjas”   de candidaturas femininas. Parte delas recebeu R$ 877 mil do fundo eleitoral, dinheiro público usado para financiar gastos de campanha.

A verba na conta de mais de 500 candidatas causa estranheza, já que todas tiveram desempenho pífio nas urnas, e pode ser mais um indício do “laranjal partidário”, com o lançamento de concorrentes “de fachada”. Desde 2018, partidos devem destinar, no mínimo, 30% do fundo eleitoral para campanhas femininas. Quem não cumprir a regra pode ter as contas rejeitadas, os repasses suspensos e ser obrigado a devolver o dinheiro.
 
Em Natal, quatro partidos tiveram cinco candidatas que não receberam nenhum voto, são eles o PSL, o PL, a REDE e o Republicanos. Aliás, o Republicanos tiveram várias candidaturas de mulher pelo estado com ZERO votos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Maria Bernardes disse:

    Esse descaramento precisa acabar…. !
    O contribuinte tendo que bancar carreira de quem irá nos roubar depois..???? Quer se candidatar,???? Pague pelo o seu investimento !!! Como qualquer outra profissão!!! Este país é uma piada de mal gosto!!!😡😡😡😡

  2. Francisco disse:

    Discriminação das próprias mulheres e dos partidos que as lançaram como candidata, não fizeram o mínimo pra serem votadas. Ainda vem com mimimi

  3. tulio disse:

    Margarete Regia minha vereadora…merece todo nosso aplauso …vaiiiiiiiii

  4. FRASQUEIRINO disse:

    A Legislação Eleitoral, determina um número mínimo de mulheres nas chapas eleitorais. Os partidos acabam inscrevendo mulheres que, sequer voltam nelas mesmos. Daí a explicação para tantos candidatas sem voto.

  5. José Macedo disse:

    Temos vários casos deste no Brasil inteiro.
    E o barroso fica afirmando que o voto eletrônico é mais seguro que o voto impresso.
    Só pode estar de sacanagem ou mal intencionado.

  6. Lima disse:

    Que é estranho isso é. Porém algo esquisito é a participação de combustíveis nas eleições.

  7. Azevedo disse:

    A bandidagem política com certeza deve embolsar essa grana do contribuinte em benefício próprio, engordando ainda mais as suas contas pessoais. Haja dinheiro no laranjal da política partidária sebosa é ridícula. Será que a PF vai apurar essa roubalheira do dinheiro público?

  8. Calígula disse:

    Muito estranho, tem que investigar esse laranjal de Mulheres.
    O Véio Bolsonaro ganhou as eleições com menos dindim, que o laranjal do do RN, Hô véi arroxado do cunhão rôxo é Bolsonaro.
    Mito 2022. *Mito 2022*

    • Chico 100 disse:

      Esse Calígula tem um fetiche por " culhões " . Gosta de ovos batidos, com certeza kkkkk

COMENTE AQUI