59% dizem que João Alberto foi morto por ser negro, mostra pesquisa

Pesquisa PoderData divulgada nesta 5ª feira (26.nov.2020) mostra que 59% dos brasileiros consideram que João Alberto Silveira Freitas foi morto porque era negro. Conhecido como Beto por amigos e familiares, tinha 40 anos.

O autônomo fazia compras numa unidade do Carrefour em Porto Alegre (RS) em 19 de novembro. Desentendeu-se verbalmente com funcionários. Foi acompanhado até a saída do local e desferiu 1 soco em 1 dos seguranças do supermercado. A partir daí, foi espancado e asfixiado por alguns minutos e morreu.

O assassinato ocorreu na véspera do Dia da Consciência Negra, celebrado na 6ª feira (20.nov.2020). Imagens da agressão foram gravadas e circularam nas redes sociais.

O fato de Beto ser 1 homem negro e a violência dos seguranças fizeram o caso ser visto como 1 episódio de violência racial. No entanto, nas redes sociais, muitas pessoas divergiram dessa percepção.

PoderData então perguntou: “Na sua opinião João Alberto foi agredido e morto por ser negro?”.

O levantamento indica que 27% dos entrevistados avaliam que não há relação entre a cor da pele de Beto e a agressão que o levou à morte. Outros 14% não souberam responder.

A pesquisa foi realizada pelo PoderData, divisão de estudos estatísticos do Poder360. A divulgação do levantamento é feita em parceria editorial com o Grupo Bandeirantes.

Os dados foram coletados de 23 a 25 de novembro, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 2.500 entrevistas em 479 municípios, nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gorett disse:

    Morreu porque desrespeitou o segurança.
    Se ele não dá na cara do segurança, estava vivo.

  2. Manoel disse:

    Eita q só tem gente de olho azul comentando.
    Até parece que se fosse um branquinho, de olhos claros, mesmo murrando os seguranças, o "tratamemto" seria o mesmo.
    O pior do brasileiro é o mau caratismo e a hipocrisia.
    Com Bozo, essas "qualidades " contaminaram muita gente, infelizmente.

  3. Nunes disse:

    Que houve exagero ,não há dúvida,mas o sujeito foi quem bateu primeiro,queria o que?ele pediu pra morrer,racismo coisa nenhuma,Se fosse branco e batesse em alguém,teria acontecido o mesmo.

  4. natal sofrida disse:

    Esse povinho de esquerda são muito sem noção, vivemos numa democracia bando de muares, quer dizer que basta ser negro pra se ganhar tudo com facilidades??? Me poupem seus canalhas! Quem quiser ser melhor que lute, hj temos milhares de canais para isso totalmente gratuito, essa conversinha de garantir facilidades pra negros e etc, é totalmente racista e divide a sociedade. Por acaso existe diferença na hora de se pagar imposto seus imbecis?????? Vão lavar umas cuecas com freadas!!!!!!

  5. Antonio Turci disse:

    Vocês tem razão. Mas as esquerdas do Brasil, jinto com a Globo a CNN,a Band, dentre outras, fazem questão de por "gasolina ba fogueira" querendo, por cima de paus e pedras destruir a harmonia que sempre existiu entre pretos e não pretos. Racusmo no Brasil é invenção de petistas et caterva. Aliás ontem faleceu o ex-governador Sergipe no Dr. João Alves: era afrodescendente.

  6. Luciana Morais Gama disse:

    Se fosse por racismo o Carrefour não teria negros no seu quadro de funcionários. Pense nisso!

    • Minion alienado disse:

      Luciana, algum negro tem cargo de alto escalão no Carrefour? Ter força de trabalho negra não quer dizer que não se tenha postura racista, taokey!?

  7. Zanoni disse:

    Papo furado esse de racismo. Foi morto porque houve excesso por parte dos seguranças, que ao invés de tentar conter o indivíduo, terminaram ocasionando a morte dele. Outra coisa é que quem agrediu os seguranças fisicamente foi um homem que estava alterado, apenas um homem. Se fosse branco, cinza, verde ou marrom ou beje, certamente teria sido morto também.

  8. Gustavo disse:

    Pesquisa sem sentido. As pessoas não têm que achar nada, mas sim a investigação sem viés. A opinião, neste é em outros casos, é formada com criação de narrativa.
    E racismo, definitivamente, não foi a motivação do brutal assassinato.

  9. Delano disse:

    O branquin do zóio azul que for no supermercado ou outro estabelecimento comercial, por várias vezes como fez essa vítima, para ameaçar funcionários, e em seguida socar os seguranças, dificilmente não terá esse mesmo fim, esse tipo de acontecimentos é muito comum em boates. Só o cara sendo loucão pra agir com tamanha insanidade.

  10. Roberto disse:

    É uma polêmica para qualquer assunto, se é branco se é negro, se tomar vacina se não toma. O nosso País não é mais o mesmo faz tempo. O que não se pode esquecer é dos nossos 5 milhões que sabe lá Deus onde a gloriosa governadora enfiou…..

  11. PABLO disse:

    Desses 59% pergunta quantos sabem o que ele fez antes do seu assassinado.

  12. Raimundo disse:

    Tá parecendo aquele antigo programa “você decide “! Quem já se viu fazer pesquisa sobre isso?

  13. Alberto faustino de moura disse:

    ele foi morto pela covardia da sociedade que so ve a cor da pele como trofeu para hipocresia

  14. Calígula disse:

    Lamentável a morte, mais o falecido tinha uma ficha criminal de fazer inveja a muitos marginais, fez o que fez dentro da loja, agrediu o segurança e queria ganhar rosas?
    Toda ação gera uma reação, igual ou superior.

  15. Passarinho disse:

    Ele foi morto por ter alterado no interior do supermercado e ter dado um soco no segurança, que com seu colega reagiu de forma excessiva e espancou até a morte o cidadão.
    Os seguranças cometeram o crime de matar um homem, por motivo banal.
    Não tem nada que relacionar cor de ninguém. Faz isso quem quer tirar proveito dizendo que defende minoria e na verdade alimenta o ódio e o racismo.

    • Caio disse:

      Essa pesquisa foi realizada por quem fez pra vereador? Com esse resultado, só pode! Kkkkk

    • Victorino disse:

      Falou tudo, mas a grande imprensa presta um desserviço a sociedade, esse é o papel imundo, dessa imprensa imprensa que sobrevivia do dinheiro público.

  16. José Macedo disse:

    Não justifica o homicídio, mas poderiam fazer uma pesquisa, se alguém sabia que ele tinha 2 páginas de ocorrência policial?
    Inclusive por seria agressão a sua ex mulher.

COMENTE AQUI