A cada dez salários de magistrados, sete superam o teto de R$ 39,2 mil, diz estudo

Foto: reprodução

A cada dez salários de magistrados, como juízes e desembargadores, sete estão acima do teto de R$ 39,2 mil no serviço público federal, segundo levantamento apresentado nesta quarta-feira pelo presidente da Frente Parlamentar da Reforma Administrativa, deputado Tiago Mitraud (Novo-MG).

O estudo foi realizado pela bancada do partido Novo na Câmara dos Deputados com base em dados públicos. O objetivo foi analisar os efeitos dos chamados supersalários, pagos à elite do funcionalismo por meio de verbas extras, como indenizações, que driblam o limite constitucional.

Leia a matéria completa no site Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pronto falei disse:

    É a casta máxima. Mas a hora disso acabar vai chegar. Esse judiciário é hipócrita e podre.

  2. Francisco José disse:

    MELHOR QUE SALÁRIO SÃO AS NEGOCIATA.

  3. José Albino Neto disse:

    É uma vergonha, a população precisa reverter essa regalias do judiciário e dos políticos.

  4. Mario disse:

    Quero ver mostrarem os contra-cheques deles, são tantos penduricalhos que ultrapassam com folga 50 mil reais , é o paraíso dos vencimentos .

  5. Raquel disse:

    Dar nojo essa “ justiça” hipocrita.
    O falso moralismo e cara de pau de muitos sujeitos sisudos que querem se impor foi descoberto com a transparência e hoje ninguém é engana ninguém, o duro é engolir as regalias e penduricalhos absurdos e injiustificaveis desses servidores públicos que se denominam “membros” ou superiores.

  6. Felipe disse:

    Concordo que tem que respeitar o teto. Mas ao invés de reclamar, pq não vai fazer 5 anos de direito, estudar mais uns 4 (e tb trabalhar pra ter os 3 anos de atividade jurídica) pra fazer o concurso? O cara vive de farra, nunca pegou num livro e quer ganhar 30 mil conto…

    • Thalia disse:

      Muitas pessoas estudam durante anos, passam em concursos, mas não possuem nos seus salários esses auxílios, que são imorais e embutidos nos salários de magistrados e membros do MP.
      Porque necessitam de vários auxílios, se já ganham excelentes subsídios?
      De fato isso é uma afronta às pessoas que possuem parcos salários.
      E vc em sabemos que quem de fato faz o trabalho árduo no judiciário e MP são os serventuários e que os doutos, com raras exceções, só assinam as decisões e pareceres, agora eletronicamente.

    • Thalia disse:

      E bem sabemos*

    • Lourdes Siqueira disse:

      É só procurar saber quanto ganha um dentista que estudou pra caramba, comprou material caro, mesmo sendo Universidade Federal o material é pessoal, fez especialização, vive fazendo cursos, grande responsabilidade com a vida do outro e ganha menos de 3 mil reais ( três mil) no serviço público. Fora o que tem que gastar de transporte e alimentação. Nem carteira assinada tem.
      É muito justo?
      É justíssimo?

  7. Everton disse:

    Quem reclamar, vá estudar, dizem os magistrados.

  8. Rogério disse:

    Isso todo mundo sabe que juizes e promotores ganham em media 50mil fora as indenizações de 100 a 300mil que recebem quase todo ano por vende de licença prêmio e ferias, é uma farra que precisa ter peito para acabar.

COMENTE AQUI