Abin alertou Bolsonaro sobre necessidade de isolamento contra o coronavírus

A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) adota, em documentos endereçados ao Palácio do Planalto e a ministérios, um discurso radicalmente oposto ao do presidente Jair Bolsonaro sobre a pandemia do coronavírus. Um lote de 47 relatórios diários, num total de 950 páginas, alertou o governo sobre a necessidade do isolamento social para conter a doença. Os documentos, obtidos pelo Estadão, também indicaram a falta de leitos de UTI e a elevada subnotificação de casos de infectados e mortes por insuficiência de testes de diagnóstico.

Com datas que vão de 27 de abril a 13 de maio, os relatórios abasteceram o gabinete de Bolsonaro, o Ministério da Saúde e o grupo liderado pelo chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto, que acompanha o avanço da pandemia. O Centro de Coordenação de Operação do Comitê de Crise para Supervisão e Monitoramento dos Impactos da Covid-19 (CCOP), nome oficial do órgão, foi criado em março por Bolsonaro para tirar o protagonismo do então ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Enquanto o presidente estimulava aglomerações e o retorno da atividade econômica, sob o argumento de que quarentenas “não atingiram o seu objetivo”, a Abin informava o gabinete dele no dia 1.º de maio que, entre 27 e 30 de abril, havia sido observado aumento de casos no interior do Amazonas pelo “descumprimento do isolamento social”. O documento destacava, ainda, o crescimento no número de mortes nos municípios de Coari, Manacapuru, Maués, Parintins e Rio Preto da Eva, que não tinham leitos de UTI suficientes.

Em outro relatório, de 11 de maio, a Abin observou que aqueles Estados que haviam adotado medidas restritivas “aparentemente tiveram maior sucesso em reduzir a taxa de crescimento do número de casos”. “O Distrito Federal foi uma das primeiras UFs a decretar suspensão de aulas e de atividades não essenciais, o que provavelmente contribuiu para controle do crescimento de número de casos locais”, analisou a agência, no começo de maio.

Na reunião ministerial de 22 de abril, no Palácio do Planalto, Bolsonaro afirmou que não recebia informações suficientes dos órgãos oficiais e disse preferir seu próprio serviço de inteligência. “Sistemas de informações, o meu funciona. O meu particular funciona. Os que têm (sic) oficialmente, desinformam”, disse o presidente, na ocasião. “Prefiro não ter informação do que ser desinformado por sistema de informações que eu tenho.”

A Abin faz, desde março, diagnóstico da situação da pandemia no País e um mapeamento de casos da doença no exterior. A agência afirmou, no começo de abril, que decretar rígida quarentena foi determinante para achatar a curva de casos na Espanha, Itália, França, Alemanha e Reino Unido.

Para a equipe de inteligência, apesar de ser difícil definir o tempo entre o começo das restrições e a redução de novos casos, o sucesso foi maior em países que se anteciparam. “Ainda que haja oscilações consideráveis nos números de novos casos diários, é possível identificar padrões de estabilização nos países analisados”, destacou um trecho do relatório.

ESTADÃO CONTEÚDO

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Macedo disse:

    Alguém lembra que antes do Carnaval o JB decretou estado de emergência e os governadores ignoraram.
    https://www.e-farsas.com/bolsonaro-decretou-estado-de-emergencia-antes-do-carnaval-mas-os-governadores-ignoraram.html
    Alguém lembra que no dia 15/04 o STF passou a autonomia de controle da pandemia para os estados.
    https://www.poder360.com.br/coronavirus/stf-decide-que-estados-e-municipios-tem-autonomia-para-impor-isolamento/
    E agora culpam o JB , estão de sacanagem.

  2. Beto Araújo disse:

    Tadim du bixin, só pela cabeça ser rim

    • Ojuara disse:

      Bixin é.. queria ver se seria tadimn desse jeito se alguém da sua casa pegasse.. mainha tá bem?

  3. Eric disse:

    Raimundo31/05/2020 às 09:45
    N há crime nem um, o STF retirou as atribuições dele delegando a governadores e prefeitos a decisão de fechar ou abrir

    EXATAMENTE!

  4. Santos disse:

    O presidente não pode ser tratado apenas como um menino sambudo e mimado, ele tem que ser responsabilizado pelas ações e omissões que tanto causam prejuízo à vida dos brasileiros e ao país.

  5. Carlão disse:

    Abin foi sagaz, 950 páginas. O cara não tem um assessor para fazer um resumo contundente?

  6. Manoel disse:

    Pra que esses relatórios? O MITOMANÍACO só quer saber dos relatórios das investigações dos crimes cometidos supostamente cometidos pelos filhos dele! O MITOMANÍACO não quer saber do povo não! Só pensa em si! Próxima eleição ele não terá meu voto mais!

  7. Amon Carlos de Oliveira disse:

    Alguém se lembra que Bolsonaro tentou suspender o carnaval? porém, os poderosos não deram atenção, e o resultado ai está, os estados do Rio de janeiro e São Paulo o chamaram de louco.

    • Erik disse:

      Isso mesmo! Fora que o presidente não confiava na direção da ABIN durante esse período

    • Eric disse:

      Isso mesmo! Sem contar que o presidente não confiava na direção da ABIN

    • KKKK disse:

      Na verdade, o primeiro caso de coronavírus foi confirmado pelo Ministério da Saúde no dia 26 de fevereiro, na Quarta-Feira de Cinzas, portanto depois do Carnaval.
      MAS UMA FAKE DESSA GALERA DO CONHECEREIS A "VERDADE"

  8. Gustavo disse:

    Um irresponsável sem a menor empatia pelo próximo. Tem que responder por isso. Não merece o cargo de Presidente da República. Uma criança birrenta, mal educada, ignorante, sem cultura, um animal.

  9. Observando. disse:

    Bolsonaro vai nomear um general para a ABIN.

  10. Joaquim disse:

    Bolsonaro 2023

  11. Gabriel Rocha disse:

    Crime de responsabilidade não adianta pois depende do congresso. E esses abutres nada vão fazer este ano pois é eleição e se colocar contra Bozó os fariam perder votos. Veja Maia, que chega está mansinho, nem a cara mostra. Enquanto isso Bozó debocha da morte de seu rebanho.

  12. Morais disse:

    Como os órgãos oficiais não informam o que ele quer, apenas desinformam. Pronto, agora vai destituir o CCOP e alegar que a sigla está muito parecida com CCCP (Союз Советских Социалистических Республик) ou, traduzindo, URSS. Essa agência é COMUNISTA!

  13. Gustavo Ferreira disse:

    Então está configurado o CRIME DE RESPONSABILIDADE e a IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA, pois mesmo sendo informado por suas próprias agências de informação e sabendo que essa medida era necessária, essencial e urgente para o enfrentamento da maior Pandemia que o Mundo já viu, não tomou todas as providências que deveria ter tomado em tempo e modo, preferindo fazer justamente o contrário, politizando a situação e entrando em conflito permanente e injustificado a luz dessa nova declaração.
    Por isso, não há mais o que dizer, senão #BASTABOLSONARO
    #FORABOLSONARO
    O País não te aguente mais!

    • Raimundo disse:

      N há crime nem um, o STF retirou as atribuições dele delegando a governadores e prefeitos a decisão de fechar ou abrir

    • Erik disse:

      Raimundo31/05/2020 às 09:45
      N há crime nem um, o STF retirou as atribuições dele delegando a governadores e prefeitos a decisão de fechar ou abrir

      EXATAMENTE!

COMENTE AQUI