Advogada de 24 anos passa mal em corrida de rua e morre em Cuiabá

A advogada Taíse Bertoncello, de 24 anos, passou mal e morreu durante uma corrida de rua noturna, em Cuiabá, no sábado (17). Segundo os organizadores da prova, a jovem foi atendida por uma equipe de socorro e levada para UPA Morada do Ouro. Taíse, porém, chegou na unidade já sem vida.

Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso (OAB-MT) lamentou a morte de Taíse.

A corrida, que tinha um total percurso de 7 km, era realizada nas imediações do Parque das Águas.

Taíse estava próxima do final da corrida, quando passou mal e caiu no chão. O incidente ocorreu a 2 km da chegada.

A suspeita é que a advogada tenha sofrido uma parada cardíaca. Um laudo apontando a causa da morte ainda deve ser elaborado.

Taíse era servidora da Prefeitura de Cuiabá e integrava um time feminino formado por outras advogadas. Em nota, a prefeitura lamentou a morte da servidora.

O corpo da jovem deve ser velado em Juara, a 690 km de Cuiabá, onde a família dela mora.

G1

Comentários:

  1. Silas disse:

    Lamentável. Esse pessoal viciado em corridas e veganos são chatos demais, só falam em corrida e alface e se acham. Vão tomar cana bando de bestas.