Amanda Gurgel: “Não fui eleita para ter privilégios. Continuo vivendo como uma professora”

Amanda campanha divulgaçãoDesde que assumiu o mandato em 2013, Amanda Gurgel nunca recebeu a remuneração integral de vereadora em Natal, que hoje é de R$ 17 mil. Amanda continua recebendo o mesmo salário equivalente ao de professora das redes municipal e estadual de ensino, no valor de R$ 3.680. O restante é doado para apoiar as lutas dos trabalhadores e movimentos sociais no Brasil e no RN. Para combater os privilégios dos políticos, a vereadora do PSTU apresentará, ainda esse ano, um projeto que iguala os salários dos vereadores, secretários e do prefeito ao salário médio dos professores da rede pública de Natal.

Atualmente, o salário de um vereador em Natal é de R$ 17 mil, muito acima da média salarial de um trabalhador comum ou dos professores brasileiros com mais de um vínculo, por exemplo. Porém, desde que assumiu o mandato em 2013, Amanda Gurgel nunca recebeu a remuneração integral de vereadora. A parlamentar socialista continua recebendo o mesmo salário equivalente ao de professora das redes municipal e estadual de ensino, no valor de R$ 3.680. O restante é usado para apoiar as lutas dos trabalhadores e movimentos sociais no Brasil e no RN. “Não fui eleita para ter privilégios. Continuo vivendo como uma professora, não mudei de vida, não me adaptei aos privilégios dos políticos.”, explica Amanda.

O mandato da vereadora é parte da luta para mudar o País e é guiado pelos princípios que o PSTU defende para a sociedade socialista. Para o partido, os altos salários dos políticos no Brasil são uma das portas de entrada para a corrupção. Quando um trabalhador comum é eleito, ele passa a ganhar fortunas que também servem para corrompê-lo. “Não estou na Câmara Municipal para enriquecer. Atividade política não pode ser um trampolim pra subir na vida. Em todo o país, são absurdos os salários dos políticos, completamente fora da realidade dos trabalhadores.”, critica a vereadora do PSTU, que em 2013 defendeu um projeto para revogar o aumento de salário que os próprios vereadores aprovaram em 2012, de R$ 15.030 para R$ 17 mil. “A maioria dos vereadores achava pouco os R$ 15 mil e manteve o aumento. Uma vergonha.”.

Para combater os privilégios dos políticos, a vereadora Amanda Gurgel apresentará, ainda esse ano, um projeto que iguala os salários dos vereadores, secretários e do prefeito ao salário médio dos professores da rede pública de Natal.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. digerson disse:

    Devia ter se preocupado mais em trabalhar e deixar de criticar os outros.

  2. Raimundo disse:

    queria estudar com essa professora para ser tão honesto.

  3. Maracujina disse:

    Professora sim . Me ensinou no ginásio e era muito boa . Inclusive todos meninos queriam sentar na frente .

    • digerson disse:

      Ensinou tanto e ficou quatro anos falando mal de Carlos Eduardo, agora olha onde ela está e olha Carlos Eduardo.

  4. Eita disse:

    Professora????? Quando??? No dia que se tornou professora, após alguns meses, nunca mais apareceu em sala de aula!!!

  5. antonio pereira disse:

    O problema de pessoas como Ricardo Silva é que eles vivem em um mundo de fantasia. Onde, no Brasil, se escolhe secretários por sua competência? São todos indicados pelos prefeitos, governadores ou presidente indicados para ocupar cargos chaves (seja por interesse do partido ou dos aliados) visando, única e exclusivamente, desviar dinheiro público. Tem, sim, que acabar com os privilégios de todos eles, seja do judiciário, legislativo ou do executivo. Porque eles são cidadãos que têm a OBRIGAÇÃO de cumprir e respeitar as leis.

  6. Maracujina disse:

    Projeto bom . Não vamos crivar a pessoa . Vamos valorizar o projeto . Gostei .

  7. junior pinheiro disse:

    É muito bonito ela doar o salario para os movimentos sociais do pais e do RN e os outro de seu partido também fazem isso??? e as verbas de gabinete e os inumeros assessores que sao pagos como o dinheiro do povo e nada fazem…uma andorinha só nao faz verao!!!!

  8. Ricardo silva disse:

    O problema de pessoas como Amanda quando chega a um cargo desse é não ter noção de nada, que ele dieno salário dela, que ela baixe os salários dos vereadores tudo bem, afinal de contar a maioria dos daqueles vereadores estão ali atrás dos seus próprios interesses. Agora a responsabilidade de um prefeito e da maioria dos secretários é grande e para arranjar pessoas competentes tem que se pagar bem. As pessoas têm que olhar para os estados e municípios como empresa. O maior exemplo foi a gestão Micarla por ela não ter noção de que seja uma gestão colocou nosso município na situação que ficou.

  9. Emerson disse:

    Aproveite e retire a verba de gabinete e tenha apenas um assessor parlamentar. Deixem de demagogia. Enquanto tiver o prefeito e vereadores com diversas indenizações, auxílios e verbas de X, Y e etc nada midará, pois corta o salário e aumenta-se a verba de gabinete e demais "ajusdas", coisa que o servidor não dispõe. Assim, Certamente, por exemplo, se pagassem os R$ 20.000,00 fechado e não tivessem nenhuma ajudao, assim, o salário seria o menor dos males.

  10. Jorge disse:

    Amanda Gurgel não sabe nem pegar num giz pra dar aula. Isso sempre inventou essa historia de sindicato pra não trabalhar. Igual a outros companheiros "sindicalistas".

  11. charles disse:

    Parabéns pela iniciativa, mas infelizmente esse projeto, com os parlamentares que temos, não sairá do papel.

COMENTE AQUI