Após saída de Bolsonaro, centrão quer derrubar PSL de postos-chave da Câmara

O centrão quer tirar o PSL do comando das principais comissões da Câmara. O ex-partido do presidente Jair Bolsonaro, hoje sem legenda, deve perder a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), a mais importante da Casa.

Os líderes argumentam que o esfacelamento da sigla após a saída do presidente em outubro diminuiu o peso político do partido comandado pelo deputado Luciano Bivar, de Pernambuco. Assim, segundo eles, acordos de ocupação dos espaços da Câmara devem ser revistos. A debandada de bolsonaristas ocorreu após uma tentativa frustrada de afastar Bivar do comando da legenda.

Folhapress