Após vídeo, Embaixada da China reafirma ‘parceria estratégica’ com Brasil

Horas depois da divulgação do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril, a Embaixada da China destacou a parceria comercial entre o país asiático e o Brasil.

“A China e o Brasil são parceiros estratégicos globais. Ao longo dos 46 anos desde o estabelecimento de relações diplomáticas, as cooperações sino-brasileiras têm alcançado resultados abrangentes em um ritmo acelerado”, diz nota da embaixada.

As menções à China e ao Paraguai foram vetadas pelo ministro Celso de Mello e suprimidas do arquivo divulgado nesta sexta-feira.

Na nota da embaixada, não há menções explícitas à reunião.

Ver imagem no Twitter

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bento disse:

    Com esse video Moro e o STF acabaram de reeleger Jair Messias Bolsonaro para a Presidência em 2022.
    Ganha fácil fácil

  2. Soraya disse:

    Nível baixo demais.

    • Bento disse:

      Imaginem no tempo da ptezada que se reuniam para assaltar os cofres públicos da nação.
      Era muita sujeira, muita lama, só tinham ratazanas.
      A mais bobinha era uma ex-terrorista

  3. Cigano Lulu disse:

    Negócios são negócios, amizades à parte.

  4. Nando disse:

    A reunião foi no palácio da alvorada? Pensei q tinha sido no beco da quarentena, local dos cabarés da ribeira.

  5. Emmanoel do Nascimento Costa disse:

    Vamos aproveitar a desgraça do povo para passar uma boiada.Um ministro diz isto na frente do Presidente quem cala consente. O PIOR TEM GENTE QUE APOIA.

    • Toim disse:

      Pior é agradecer a chegada do vírus.
      Aceita que dói menos!
      A pior coisa do mundo é tratar um bandido por Vossa Excelência. Tem que chamar de bosta mesmo!
      Inventa outra desculpa, amigo!
      Que venha Paulo Marinho!

  6. Mário disse:

    Bolsonaro agradece a Celso de Mello pala campanha gratuita na TV.
    Só mais um tiro pela culatra.
    O vídeo apenas ratificou o que todos os brasileiros querem falar.

COMENTE AQUI