Bolsonaro estadista? ‘Nunca serei isso, talkei?’

Após 28 anos de mandato parlamentar, o presidente Jair Bolsonaro sempre rejeita qualquer tentativa de auxiliares, inclusive militares, de convencê-lo a evitar declarações polêmicas, que frequentemente geram novas crises. Quando ouviu um auxiliar muito próximo sugerir “comportamento de estadista”, Bolsonaro deu uma gargalhada e, com seu jeito gozador, deixou tudo bem claro: “Nunca serei isso, ‘talkei’?”

Nesta sexta (16), Bolsonaro voltou a marcar distância do modelito que muitos imaginam nele: “Eu não sou politicamente correto e ponto final!”

A espontaneidade, melhor atributo de Bolsonaro, está sendo usada contra ele, avaliam marqueteiros, após cada declaração à imprensa.

Bolsonaro não dá ouvidos a assessores de imprensa. Não os respeita, como desdenha de marqueteiros. Confia mais no próprio taco.

CLÁUDIO HUMBERTO

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rosi Sampaio disse:

    Ah juízo de sobra ele tem mesmo, principalmente para usar a seu favor e a favor dos seus filhos. Beneficiar os seus e perseguir desafetos, mostra o quanto ele "tem juízo", só não têm vergonha na cara. Já coragem é outra coisa, não vi isso ainda quando é para enfrentar os assuntos relevantes do país, dos quais ele mostra total desconhecimento. Parece piada dizer que ele faz alguma coisa pelo povo, só vejo fazer alguma coisa por ele mesmo e pelo seu clã. Suas ações falam por si e dizem a todo instante quem é ele, a máscara caiu faz tempo. Maluco, doidão é quem votou nele. Justiça seria livrar o Brasil desse enorme erro.

  2. sergio disse:

    Resumindo: maluco de pedra…

    • Francisco de Assis disse:

      Antes um maluco de pedra, com juízo de sobra, que qualquer corrupto
      Antes um louco com coragem de combater os bandidos que qualquer inteligente corrupto
      Antes um maluco por justiça que qualquer corrupto que se aproprie do estado brasileiro
      Antes um doidão que faça pelo povo que qualquer corrupto que iluda o povo

COMENTE AQUI