Bolsonaro fez 58% dos ataques contra jornalistas no país em 2019, diz Fenaj

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi o responsável por 121 dos 208 ataques contra veículos de comunicação e jornalistas compilados no Brasil no ano passado pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), o que representa 58% do total. Com informações do UOL.

Ainda segundo a organização, o Brasil registrou em 2019 um aumento de 54% nesse tipo de ataque físico ou moral contra profissionais ou veículos de comunicação, na comparação com 2018, quando foram anotados 135 casos. O levantamento divulgado hoje registra que, no caso de Bolsonaro, “foram 114 ofensivas genéricas e generalizadas, além de sete casos de agressões diretas a jornalistas”.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sérgio disse:

    Ninguém foi mais atacada que Dilma. Já pensou se ela fizesse o mesmo?

  2. Anti-Político de Estimação disse:

    Atitude típica de quem não tem capacidade de conviver com pressões e críticas. Porque os outros Presidentes eleitos podiam ser cobrados e criticados e essa figura não pode ???
    Em uma democracia plena isso é a coisa mais normal do mundo , vide os EUA por exemplo.

  3. Cigano Lulu disse:

    Meu Deus, como são melindrosas as meninas da segunda profissão mais antiga do mundo! Pensam elas que ainda são o "quarto poder"? Devaneio pouco é bobagem.

    • LOL disse:

      A imprensa "livre" diz o que quer, ataca diariamente (montou pesquisa pra isso? São 365 dias de governo e 365 dias de ataques somente ao atual governo, várias vezes ao dia e de todas as formas), além de formar opinião da pior forma possível, alienando os telespectadores com as piores baixarias, tudo 'em nome da democracia'… aí, quando perde verba pública (MAMATA) e recebe críticas, não aguenta e faz pesquisa pra se fazer de coitada e tentar sensibilizar a população.
      Há muito falta ética jornalística e relato de fatos isentos de direcionamento político-ideológico. Aliás, faltam até jornalistas pois, desde 2009, se não estou enganado, nem é mais necessário cursar jornalismo para exercer a profissão… o que, por si só, já a desvaloriza. Qualquer pessoa hoje pode ter blog, jornal, canal de youtube ou qualquer outro meio para divulgar notícias e ideias… bons ou ruins.
      Aqui, certos canais já nem fazem parte da programação da tv, tampouco se acessa alguns sites ou blogs, pois não interessa notícia que não traga o mínimo de isenção e verdade.
      Enfim, nem precisa que o presidente "ataque" a profissão. Os próprios já se depreciam sozinhos.

  4. Antonio Turci disse:

    Sem papas na, o Presidente Bolsonaro não fica calado diante das provocações de certos "profissionais" da imprensa. Por ser democrata, apenas rebate verbalmente. Em muitos países, por aí afora, jornalista atrevido apanha, vai preso e, não raro desaparece.

    • Anti-Político de Estimação disse:

      "Em muitos países, por aí afora, jornalista atrevido apanha, vai preso e, não raro desaparece." Pensamento típico de fundamentalista muçulmano, Ditador esquerdista sul-americano ou daqueles chefetes da África sub-saariana.
      Deprimente.

    • Cigano Lulu disse:

      A imprensa (que sai leite) brasileira virou um surubão. Aproveitemos a hora da xepa para comprar o ingresso. O carnaval promete.

  5. Juju disse:

    BOLSONARO é um MARGINAL

  6. Bruno disse:

    E ainda foi pouco, deveria ter feito muito mais.

  7. Sergio disse:

    Ninguém pode falar do bebezinho que ele se ofende e fica com

  8. Chega de CANALHAS disse:

    Ataques mais que merecido. A banda podre da impressa que quer apenas sujar a imagem do presidente. BOTA PRA TORAR BOLSONARO….

  9. Luiz Antônio disse:

    Façamos arminha

  10. Bento disse:

    Que é isso meu Presidente!!!
    O que que está acontecendo?
    Foi pouco.
    A meta é bater 150 ataques

  11. Carlos disse:

    Efetivamente grande parte da nossa imprensa brasileira age visando auferir lucros com chantagem publicando matérias distorcidas no afã de coagir alguém.

  12. Genaro disse:

    Luladrão fez mil vezes mais e ninguém publicava essas estatísticas sem noções

  13. Só Comento disse:

    Não são ataques, são ações de legítima defesa. Não houvesse tanta canalhice e má fé por parte de certos setores de imprensa, os números não estariam tão altos assim.

  14. BC3331986GAC disse:

    Quantos Ataques Ele Sofreu Desse bando ?

COMENTE AQUI